Seletor idioma

Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Novos dirigentes da Escola de Enfermagem de Manaus tomam posse nesta sexta-feira, dia 13

Publicado: Terça, 10 de Setembro de 2019, 13h18 | Última atualização em Quarta, 11 de Setembro de 2019, 10h46 | Acessos: 433

 

Por Juscelino Simões
Equipe Ufam

O reitor da Ufam, professor Sylvio Puga, dará posse aos novos dirigentes eleitos da Escola de Enfermagem de Manaus, os professores Esron Soares Carvalho Rocha (diretor eleito), Priscila Mendes Cordeiro (coordenadora acadêmica) e o assistente administrativo Daniel Bezerra Lima Junior (coordenador administrativo) nesta sexta-feira, 13, às 15h, para o quadriênio 2019-2023, em cerimônia a ser realizada no miniauditorio da Escola de Enfermagem, localizada na Rua Terezina, 495, em Adrianópolis.

A nova direção da Unidade foi eleita pela comunidade acadêmica neste ano e assinam o termo de posse para o quadriênio 2019-2023. O professor Esron Rocha será o 15º diretor da Escola de Enfermagem desde sua fundação em 1949.

Esron Soares Carvalho Rocha (diretor eleito)

Doutor em Ciência na área de concentração Enfermagem na Saúde do Adulto pela Universidade de São Paulo (2016). Mestre em Sociedade e Cultura na Amazônia pela Universidade Federal do Amazonas (2007). Especialista em Saúde Pública com ênfase em Saúde Indígena pela Universidade Federal do Amazonas (2000). Graduado em Enfermagem e Obstétrica pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (Sobral, Ceará 1989). Atualmente é professor adjunto III da Universidade Federal do Amazonas, nas disciplinas Saúde Coletiva, Saúde Indígena e Estágio Curricular I (módulo rural), coordenador estadual no âmbito da Ufam do Programa de Acesso e Melhoria da Qualidade – PMAq, Coordenador Pedagógico do curso de Qualificação de Agentes Indígenas de Saúde e Agente Indígena de Saneamento no Alto Rio Negro, professor permanente do mestrado profissional em Enfermagem da Ufam. Presidente da Associação Brasileira de Enfermagem (ABEn/Amazonas, gestão 2013–2016 e 2016–2019). Membro Titular da Comissão Intersetorial de Saúde Indígena (CISI). Avaliador ADOC da Revista Latino América de Enfermagem e Revista Brasileira de Enfermagem (REBEn). Presidente do 71º Congresso Brasileiro de Enfermagem 2019. Coordenador da Telesaúde Indígena no âmbito da Ufam.  Foi Coordenador do Programa de Pós-Graduação Latu Sensu do Centro de Pesquisa Leônidas e Maria Deane (Fiocruz). Tem experiência teórica e prática na área de Enfermagem na Atenção Primária e Saúde Indígena. Produção cientifica tem dado ênfase a temas como saúde indígena, etnografias de práticas sanitárias, controle social em saúde, Saúde da Família e Avaliação de Políticas e Programas de Saúde.

Priscila Mendes Cordeiro (coordenadora acadêmica)

Doutora em Ciências, com área de concentração em Enfermagem na Saúde do Adulto (médica-cirúrgica), no programa de Pós-Graduação de Enfermagem na Saúde do Adulto (PROESA) - Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (2016). Graduada em Enfermagem na Escola de Enfermagem de Manaus, Universidade Federal do Amazonas (2008). Especialista em Saúde do Trabalhador e Meio Ambiente, Lato Sensu, pela Universidade Estadual do Amazonas (2012). Adjunta I, Instituto de Saúde e Biotecnologia de Coari, da Universidade Federal do Amazonas (5/2011 até 1/2019). Líder do Grupo de Estudo e Pesquisa em Enfermagem na Saúde do Adulto e Alta Complexidade no Amazonas. Professora Adjunta, Escola de Enfermagem de Manaus (EEM), Universidade Federal do Amazonas (1/2019). Professora e orientadora no mestrado profissional de Enfermagem da EEM.

Daniel Bezerra Lima Junior (Coordenador Administrativo)

Bacharel em Ciências Econômicas (FES/Ufam-2017); Assistente em Administração ( 2017).

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página