Seletor idioma

Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias Coronavírus > E-book ‘Ensino de Graduação em tempos de pandemia’, lançado nesta terça-feira, 22, já está disponível para acesso
Início do conteúdo da página

E-book ‘Ensino de Graduação em tempos de pandemia’, lançado nesta terça-feira, 22, já está disponível para acesso

Publicado: Quarta, 23 de Junho de 2021, 14h34 | Última atualização em Quarta, 30 de Junho de 2021, 14h19 | Acessos: 618

Lançamento ocorreu nesta terça-feira em solenidade que contou com a participação do reitor, organizadores e os autores da obra que é um referencial para novas práticas pedagógicas na Ufam. 

Por Juscelino Simões

Equipe Ascom

A Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (Proeg) realizou nesta terça-feira, 22, no canal da Ufam no Youtube, o lançamento do e-book ‘Ensino de Graduação em tempos de pandemia – Experiências e oportunidades para uma educação tecnológica na Universidade Federal do Amazonas’. Acesso ao e-book.

Em evento virtual ocorrido no início da noite desta terça-feira, a Proeg promoveu solenidade de lançamento do e-book ‘Ensino de Graduação em tempos de pandemia – Experiências e oportunidades para uma educação tecnológica na Universidade Federal do Amazonas’, construído por muitas mãos, que narra experiências e práticas acadêmicas sob a perspectiva do ensino mais interativo, conectado e contemporâneo. A obra é fruto do esforço de técnicos, docentes, discentes e do aparato institucional da Editora da Universidade Federal do Amazonas.

O reitor da Ufam, Sylvio Puga, o pró-reitor de Ensino de Graduação da Ufam, David Lopes, autores, organizadores, editor (Edua), participaram da solenidade de lançamento da obra. As manifestações foram marcadas pela satisfação e orgulho pela produção do livro que passa a ser um referencial de inovação da prática pedagógica.  

O docente do Centro de Ensino a Distância (CED/Ufam) e co-autor e organizador do e-book, João Victor Rodrigues, fez uma breve apresentação da obra. “A obra apresenta para toda a comunidade acadêmica e, a sociedade em geral, uma pequena parte dos trabalhos inovadores e exitosos que os nossos colegas professores da Ufam realizaram durante o Ensino Remoto Emergencial em 2020. Sabemos que foi um período desafiador, porém, oportunizou a reflexão de práticas pedagógicas e adequação a uma nova realidade com excelentes resultados que ficarão eternizados nesse livro que servirá de incentivo e inspiração para que outros docentes possam inovar em suas abordagens didáticas e desenvolver uma didática mais tecnológica e inovadora”, disse o docente.

Já o diretor da Edua, docente Sérgio Freire, destacou a satisfação de fazer parte da produção do livro. “A pandemia chegou de forma disruptiva. Alterou nossa vida, perdemos a rotina, a mobilidade, e veio causar o luto permanente. Fez a vida ser repensada em todos os campos. A Ufam usando a inteligência coletiva pensou institucionalmente o Ensino Remoto Emergencial. Nosso fazer pedagógico também foi convocado a esse repensar e em razão disso foi preciso mudar. O livro têm dois objetivos: um deles é registrar a memória que é algo muito importante porque nos ensina pra onde ir e pra onde não ir;  e a outra é a reflexão sobre a prática pedagógica. A Edua se sente  honrada em participar da construção desta obra”, afirmou o diretor.

“Tivemos dificuldades, mas mostramos que não estávamos parados, nunca paramos e nem vamos parar. Os textos que são retratados mostram ressignificadas práticas docentes elaboradas coletivamente. O trabalho é permanente e estamos elaborando outras obras que virão contribuir”, destacou o pró-reitor de Ensino de Graduação, David Lopes.

Em sua fala, o reitor da Ufam Sylvio Puga, ressaltou o ineditismo do livro e o trabalho coletivo. “Quero manifestar em meu nome e do vice-reitor Jacob Cohen a nossa satisfação em estarmos colocando, agora de forma pública, esta importante obra que é inédita para a Instituição. Nós que fomos pioneiros em declarar a suspensão de nossas atividades em março de 2020, por conta da pandemia, agora, mais uma vez, estamos sendo pioneiros em trazermos, fruto de um edital, uma coletânea de relatos de experiências de nossos professores, TAES, junto aos nossos acadêmicos de um momento tão diferenciado e atípico da história de nossa Universidade que foi fazer o ensino da graduação em tempos de pandemia. É assim que a construção da Universidade Federal do Amazonas acontece, de forma coletiva”, disse o reitor da Ufam.

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página