Seletor idioma

Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Gerência de Telessaúde da Ufam utiliza as redes sociais no combate à covid-19
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Gerência de Telessaúde da Ufam utiliza as redes sociais no combate à covid-19

  • Publicado: Segunda, 01 de Fevereiro de 2021, 16h21
  • Última atualização em Segunda, 01 de Fevereiro de 2021, 16h35
  • Acessos: 390

A utilização das redes sociais a partir de ferramentas tecnológicas como Facebook, Instagram, Chatbot, Podcasts pela Gerência de Telessaúde da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) desperta interesse cada vez mais da população para informações quanto a medidas de segurança contra à covid-19.

A Gerência de Telessaúde da Ufam, criada em 2014, integra o Programa Telessaúde Brasil Redes do Ministério da Saúde (MS), uma ação nacional que busca melhorar a qualidade do atendimento e da atenção básica no Sistema Único da Saúde (SUS), integrando ensino e serviço por meio de ferramentas de tecnologias da informação, que oferecem condições para promover a Teleassistência e a Teleducação.

A enfermeira Adriany Araújo, gerente da Telessaúde da Ufam, disse que, com a pandemia do coronavírus, houve a necessidade de implementar medidas de segurança para que se atingisse o objetivo de mitigar os números de casos no estado do Amazonas. Desde março do ano passado, a Telessaúde agregou outros cursos na área, como os de química e psicologia, assim como professores que apoiaram as ações desenvolvidas.

Nesse processo, foram recrutados alunos com interesse nessa atividade, assinando um termo de adesão por um período de três meses e, por conseguinte, sua renovação, sem bolsa remunerada, sendo capacitados para atuar na linha de frente para o fortalecimento das redes sociais. Durante a pandemia, foi desenvolvido material digital informativo destinado à população quanto medidas de segurança contra covid-19, como o distanciamento, uso adequado de itens domésticos, limpeza e higienização em casa, uso de água e sabão para higienização de mãos, dentre outros itens. Ela acredita que com essa medida foram atingidos cerca de 4 mil seguidores.

No Instagram, que teve o mesmo procedimento, informa ainda que o atendimento ao público ocorre das 7h às 22h, tendo apoio dos residentes multiprofissionais do Hospital Universitário Getúlio Vargas/HUGV-Ebserh. O Chatbot, outra ferramenta que serve como porta de entrada às atividades desenvolvidas pelo programa, é um aplicativo que nada mais é que um numero de whatsApp, no qual o interessado irá encontrar informações preventivas, teleconsultas na área multiprofissional (enfermeiro, psicólogo, fisioterapeuta e médico, este último em processo de viabilidade).

E por último, o podcasts, comparável a áudios de um canal de rádio, é um aplicativo que, na programação semanal do Telessaúde, são transmitidos dois podcasts em que são disponibilizadas informações sobre assuntos atuais à população, como exemplos, tipos de doenças, panorama epidemiológico, vacina, e outros.

registrado em:
Fim do conteúdo da página