Inscrições para o PET - Conexões Indígenas seguem até o dia 2 de março

A Pró-reitoria de Ensino de Graduação (Proeg) divulgou edital do processo seletivo de bolsistas para o Programa de Educação Tutorial (PET - Conexões Indígenas). São 9 vagas para bolsistas e 4 para voluntários. As inscrições podem ser realizadas até o dia 2 de março, no horário de 8 às 12h e 14 às 17h, no Departamento de Programas Acadêmicos (DPA), localizado no térreo do prédio da reitoria, setor norte do Campus.

Para realizar inscrição no processo seletivo, os interessados deverão apresentar os seguintes documentos (originais e cópias):

1. Formulário de Inscrição devidamente preenchido (disponível em anexo no edital);

2. Histórico escolar, autenticado na Proeg, comprovando que o candidato se encontra regularmente matriculado em disciplinas de curso de graduação da Ufam;

3. Declaração de disponibilidade para início das atividades relativas ao programa imediatamente após ser selecionado e cadastrado;

4. Documento oficial de identificação com foto;

5. Registro Administrativo de Nascimento de Indígena (RANI), próprio ou de parentes consanguíneos de até segundo grau (pais e avós), com documento oficial comprovando o parentesco.

Além dos documentos, os candidatos devem estar atentos a outros critérios: comprovar oficialmente a condição de indígena ou ascendência (via RANI); não ser bolsista de qualquer programa; não possuir vinculo empregatício; ter disponibilidade de tempo para a realização das atividades; apresentar coeficiente de rendimento escolar igual ou superior a 5,0; e participar da avaliação presencial, que será composta por leitura e interpretação de texto e entrevista. A ausência de algum desses documentos ocasiona a desclassificação do candidato.

Atividades

Os selecionados no PET – Conexões Indígenas irão desenvolver ações para ampliação da troca de saberes entre as comunidades populares e a universidade, valorizando o protagonismo dos estudantes universitários (beneficiários das ações afirmativas no âmbito da universidade), contribuindo com a inclusão social de jovens oriundos das comunidades indígenas e em situação de vulnerabilidade social.

O PET é um programa desenvolvido em grupos e organizado a partir de cursos de graduação das unidades acadêmicas. As atividades extracurriculares que compõem o programa proporcionam aos alunos oportunidades de vivenciar experiências que atendam amplamente às necessidades dos cursos de graduação.