Conferência sobre riqueza e desigualdade inaugura semestre letivo do PPG em Sociologia

O palestrante, professor Antonio Cattani, e o coordenador do PPGS, professor Marcelo SeráficoO palestrante, professor Antonio Cattani, e o coordenador do PPGS, professor Marcelo SeráficoA palestra com o professor Antonio Cattani marcou a abertura do semestre do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal do Amazonas (PPGS/Ufam). Com o tema “A riqueza desmedida: ameaça para a economia e o bem comum”, a conferência trouxe uma reflexão sobre como a riqueza se relaciona com a desigualdade e a perpetuação da pobreza no País.

Durante o encontro, o palestrante discorreu sobre o cenário de desigualdade brasileiro, caracterizado por uma economia frágil, cidadania e democracia limitadas e com insegurança e violência crescentes. Para Cattani, o papel da riqueza na construção dessa realidade deve ser explorado.

“É necessário questionar: como se constituíram essas fortunas? Por mérito, por esforço? Ou existem outros mecanismos? Há um mundo de pessoas com fortunas incalculáveis, do qual temos uma ideia muito vaga, marcado por golpes, fraudes, sonegação, corrupção”, declarou o docente. “Do morador de rua ao multimilionário, há uma cadeia de extração articulada, brilhante e eficiente, que perpetua a pobreza”.

O professor espera que o público acadêmico faça novos questionamentos sobre o lado dos ‘donos do capital’. “Os estudos sobre a pobreza são legítimos e necessários, mas só estudar essa parte não adianta. Precisamos estudar os perpetradores, as pessoas que produzem a pobreza, juntar esses polos aparentemente independentes numa análise estrutural”, disse.

Durante o evento, houve o lançamento da obra inédita do palestrante, “Ricos, Podres de Ricos”, uma síntese das produções acadêmicas do docente sobre a temática.

Incentivo ao debate e reflexão

Público acadêmico prestigiou a palestraPúblico acadêmico prestigiou a palestra

Segundo o coordenador do PPGS, professor Marcelo Seráfico, a conferência com o professor Antônio Cattani é mais um dos esforços do Programa para promover o debate e a reflexão entre os estudantes.

“Cattani traz uma série de abordagens críticas sobre como se reproduzem as estruturas de dominação política, econômica e cultural que mantém a situação de desigualdade no País”, afirmou Seráfico. “Considero que este foi um excelente começo para o semestre”.

“Por meio de eventos, publicações e atividades como essa, esperamos estimular a vida acadêmica para além da sala de aula, com temas de interesse público e relevantes do ponto de vista político e, consequentemente, manter e melhorar a qualidade do nosso Programa”, pontuou o professor.

Consad suspende Resolução nº 22/2017 sobre regime de trabalho docente

O Conselho Superior de Administração da Universidade Federal do Amazonas (Consad/Ufam) suspendeu, em reunião ordinária ocorrida na quinta-feira, 3, a Resolução nº 22/2017 - Consad. A normativa instituiu as regras a respeito do regime de trabalho, da alocação de carga horária de docentes efetivos e dos procedimentos relativos à aprovação do Plano Individual de Trabalho (PIT) e do Relatório Individual de Trabalho (RIT) desse grupo de servidores.

A partir da data da suspensão, passa a viger a Resolução nº 12/1991 – Consuni, pela qual o Conselho Universitário aprovou as normas disciplinares do horário de trabalho do pessoal docente.

Trote solidário na acolhida aos calouros do Instituto de Educação, Agricultura e Ambiente de Humaitá

O Instituto de Educação, Agricultura e Ambiente de Humaitá – IEAA da Ufam realizou na segunda e terça-feira, dia 31 de julho e 1° de agosto, evento de acolhida aos novos estudantes do Instituto, dos cursos de bacharelado em Agronomia e Engenharia Ambiental, e das licenciaturas em Ciências (Biologia e Química), Pedagogia, Letras (Língua Portuguesa e Língua Inglesa) e Ciências (Matemática e Física).

A acolhida teve como objetivo dar as boas-vindas e orientar os novos estudantes sobre a estrutura e funcionamento da Unidade.  A gestão acadêmica e administrativa, a organização dos cursos, os setores e serviços de apoio aos estudantes, entre outros, foram apresentados aos discentes com o intuito de reduzir os fatores que dificultam a adaptação e evitar a evasão e a retenção. Também foi realizada uma avaliação diagnóstica para mapeamento do perfil dos acadêmicos para saber de seus hábitos de estudos, conhecimentos, expectativas e opiniões quanto a Universidade.

Na programação realizada na segunda-feira, 31 de julho, os discentes tiveram informações sobre calendário acadêmico, matriz curricular (disciplinas obrigatórias, optativas, Atividades Acadêmico-Científico-Culturais – AACC), Programa de Assistência Estudantil (Bolsa Trabalho, Auxílio Acadêmico, Auxílio Moradia), acesso ao serviço da Biblioteca, Restaurante Universitário, Portal do Aluno E-campus, entre outras informações importantes para o dia a dia dos estudantes.   

A equipe de acolhida também apresentou os direitos e deveres conforme o Regimento Geral, o Guia do Aluno e a legislação educacional vigente da Ufam, especificamente a resolução 023/2017/Consepe, que trata do Regime Didático, e a resolução 031/2016/CEG/Consepe, que trata da revisão e entrega dos exercícios escolares e prova final. O evento também contou com apresentações culturais da banda de música do Exército e do grupo musical PeLuDa, formado por servidores.

Já no segundo dia de evento, os novos estudantes tiveram um momento em sala de aula com os coordenadores de curso e um bate-papo com os alunos veteranos que compartilharam suas experiências de vida acadêmica e dicas para o sucesso na Universidade.

O destaque da programação do evento ficou por conta do trote solidário, que teve por objetivo a arrecadação de alimentos, roupas e brinquedos, para doação a instituições filantrópicas de Humaitá. 

Demat faz informe sobre materiais inservíveis

A Pró-Reitoria de Administração e Finanças (Proadm) solicita às Unidades Acadêmicas e Administrativas que possuam materiais inservíveis que os encaminhem ao Departamento de Material (Demat). A liberação dos itens deve ser oficializada por meio de memorando com a identificação da quantidade, número de tombamento, descrição do material e estado do mesmo.

A medida atende ao Decreto n° 99.658, de 30 de outubro de 1990, com o objetivo de organizar a Instituição em relação aos materiais inservíveis.

A entrega do memorando e encaminhamento dos materiais devem ser feitas até segunda-feira, 7 de agosto. Para mais informações, o número do telefone do Demat é 3305-1493 (ramal 1494). 

Workshop de empreendedorismo apresenta aplicativos criados por estudantes da Ufam

Novo formato incluiu palestras, além da feira de appsNovo formato incluiu palestras, além da feira de appsWise, palavra inglesa que significa sábio, esperto e sensato, também é a sigla do Workshop de Inovação: Startup e Empreendedorismo digital da Universidade Federal do Amazonas, que já está na oitava edição.

Em 2017, além da apresentação de aplicativos desenvolvidos por acadêmicos do curso de Ciências da Computação, com a presença de possíveis investidores, o evento teve palestras sobre experiências de startups bem sucedidas e economia criativa.

O ‘Demo Day’ é a oportunidade que os acadêmicos têm para demonstrar que suas ideias são interessantes, inovadoras e funcionais. O auditório do Instituto de Ciências da Computação (Icomp) abrigou 11 equipes de discentes com trabalhos em diversas áreas, desde saúde até música, passando por apps de aprendizagem de idiomas, compras, auxílio para achar restaurantes e transcritor de podcasts – arquivos em áudio ou vídeo disponíveis na web.

Na avaliação da diretora do Instituto, professora Tanara Lauschner, a proposta prioriza o empreendedorismo no Amazonas. “A ideia é trabalharmos para fomentar a criação de várias startups de fundo tecnológico no estado para que possamos mudar um pouco nossa matriz de desenvolvimento a partir do emprego da tecnologia”, destacou.

TimeMed auxilia pessoas que fazem uso contínuo de medicamentos, inclusive por interação de vozTimeMed auxilia pessoas que fazem uso contínuo de medicamentos, inclusive por interação de voz

Coordenador do Workshop desde a primeira edição, o professor Eduardo Souto decidiu ampliar as atividades oferecidas, com inclusão de um ciclo de palestras além da feira de aplicativos. “O desenvolvimento dos apps é o resultado da prática de duas disciplinas, Empreendedorismo e Sistemas Distribuídos, esta última ministrada por mim. É um processo gradativo que promove o surgimento de startups ainda na academia”, explicou.

Este ano, três grupos já sinalizaram que vão para o mercado, o Musier, o Aplicacazzione e o Caupone. O professor lembrou ainda que projetos de edições anteriores estão em atividade, como a Dona Know, cujo trabalho é reunir destaques da agenda cultural da cidade.

 

Novas Ideias

As propostas são sempre dos grupos, ao verificarem a existência de uma demanda pelo serviço que pretendem desenvolver. “No caso do Podscritptor, a empresa pensou ‘existem milhões de conteúdos nesse formato’. Por que não criar um app que transcreva esse conteúdo para texto, permitindo a busca no texto”, apontou o coordenador do evento. Paulo Martins, um dos componentes do grupo, destacou que a inclusão de deficientes auditivos, que não têm acesso ao áudio, tenham acesso ao conteúdo das publicações através da mídia escrita.

Musier busca aproximar músicos de grupos autoraisMusier busca aproximar músicos de grupos autoraisJá o TimeMed funciona como um assistente que alerta e informa a hora exata de tomar os medicamentos de uso contínuo. “Ele é uma aplicação inovadora porque usa o processamento por voz para facilitar a interação do usuário desde o cadastramento. Outro fator interessante é a possibilidade de cadastrar amigos próximos ou familiares que ajudem no tratamento do paciente. Esses auxiliares também são alertados sobre os horários da medicação”, informou Gabriel Montenegro, um dos desenvolvedores da equipe.

Outro exemplo de aplicativo que surge para suprir uma demanda bastante específica é o Musier. Segundo um dos seus criadores, o acadêmico Willian Girão, que também é músico, as bandas autorais geralmente passam por um processo longo para a escolha de novos componentes.

“Pensando nisso, criamos um app pelo qual as pessoas desse nicho tenham acesso facilitado ao trabalho umas das outras”, informou. Inclusive, na versão demo que foi feita para o Iphone, é possível carregar audições que ficam disponíveis aos demais usuários.

Ufam lança edital para exame de proficiência em tradução e interpretação Libras/Português

Exame certificará profissionais qualificados para a tradução e interpretação de Libras/PortuguêsExame certificará profissionais qualificados para a tradução e interpretação de Libras/PortuguêsA primeira edição ofertará 48 vagas até 20 de outubro.

A Coordenação de Tradutores Intérpretes de Libras/Português da Universidade Federal do Amazonas (TILSP/Ufam), por meio da Comissão de Inclusão e Acessibilidade (EUAPOIO) e a Pró-Reitoria de Extensão (Proext), divulga o edital para o primeiro Exame Estadual de Certificação de Proficiência na Tradução e Interpretação de Libras – Língua Portuguesa (PROFLIBRAS). Acesse o edital em anexo.

A PROFLIBRAS tem como objetivo certificar tradutores intérpretes de Libras/Português aptos a trabalhar nas demandas nos diferentes contextos de atuação, além de promover ampla qualificação desses profissionais de acordo com o Decreto 5.626/2015. A certificação concederá à Comunidade Surda Amazonense profissionais qualificados a atender as necessidades comunicacionais existentes no Estado.

Inscrições

Podem se inscrever pessoas ouvintes usuárias de Libras no período de 16 a 20 de outubro exclusivamente por meio de formulário eletrônico (Acesse). Serão oferecidas 48 vagas nesta edição e as inscrições deferidas serão confirmadas no site da Ufam até o dia 3 de novembro.

Etapas

O exame terá três fases: prova de interpretação Libras – Português (versão voz); prova de interpretação Português – Libras (versão sinalizada); e prova de tradução de Libras – Língua Portuguesa na modalidade escrita. A descrição de cada etapa encontra-se disponível no item 3 do Edital.

Temas, referências para a prova e a banca avaliativa do PROFLIBRAS podem ser conferidos nos anexos do Edital.

As datas previstas de realização do exame são 12 e 13 de dezembro. O resultado final da PROFLIBRAS será divulgado até o dia 10 de janeiro de 2018.

Informações: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

 

‘Geap Saúde’ esclarece dúvidas quanto aos planos de servidores

A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progesp), por meio do Departamento de Saúde e Qualidade de Vida (DSQV), divulga aos servidores o cronograma de visitas que a operadora de planos de saúde 'Geapfará à Universidade em agosto, com o objetivo de prestar maiores informações e esclarecer dúvidas referentes aos planos oferecidos, presencialmente.

Cronograma

Dia 3 – 9h às 17h – Recepção da Progesp, localizada no prédio da Reitoria, setor Norte do Campus;

Dia 10 – 8h30 às 17h – Hospital Universitário Getúlio Vargas (HUGV), localizado na avenida Apurinã, número 4, praça 14 de Janeiro;                                                       

Dia 21 – 9h às 17h – Recepção da Progesp.

 

Informações: (92) 3305-1479 (DSQV - Progesp)

Edua divulga normas para instruir autores sobre submissões

A Editora da Universidade Federal do Amazonas (Edua) disponibilizou para a comunidade acadêmica, nesta quarta-feira, 2, o guia intitulado 'Normas Editorias: orientações aos autores' e o 'Manual da EDUA: normas para a produção de livros', para orientar aqueles que buscam publicar por meio daquele Órgão Suplementar. O material foi elaborado em formato eletrônico e já se encontra disponível (Acesse). 

O diretor da Edua, professor Sérgio Freire, explica que a disponibilização das normas, além de reunir informações relevantes quanto à submissão de futuras publicações, também possibilitará dar maior celeridade aos processos, desde o recebimento até a efetiva publicação do livro. 
 
"O lançamento do guia e do manual representam uma ação de compartilhamento das informações sobre os trâmites, procedimentos e processos de submissão de trabalhos para publicação da Editora. Com o autor informado sobre esses trâmites, será possível reduzir tempo, caso a mesma obtenha a aprovação do Conselho Editorial". 
 
REESTRUTURAÇÃO
 
O diretor da Edua, professor Sérgio Freire afirmou, ainda, que a iniciativa de melhoria na comunicação com a comunidade faz parte do programa de reestruturação da Editora Universitária, compreendida pela atual administração da Ufam como de caráter estratégico para a Universidade. "O objetivo maior da Editora é a publicação e a divulgação da produção intelectual dos professores e alunos pesquisadores da instituição com qualidade e relevância social. Por isso é preciso envolver a comunidade do início ao fim do processo editorial", salientou Freire.

Dapes retoma o Cronograma de Atividades

A Pró-reitoria de Gestão de Pessoas, por meio do Departamento de Administração de Pessoal (Dapes), retoma a utilização do Cronograma de Atividades a partir da folha de pagamento de agosto de 2017, a qual está sendo preparada.

O objetivo do Cronograma é adequar a demanda externa aos serviços internos do Departamento, a fim de evitar transtornos diversos e proporcionar a melhoria dos processos realizados.

A direção do Dapes informa que haverá recepção de documentos normalmente e em todos os dias no balcão de protocolo da ProGesp. Os prazos limites que constam no cronograma abaixo servem para que servidores e demais interessados saibam que situações que gerem algum reflexo financeiro e configurem alguma aplicabilidade imediata (documentos, portarias, processos) terão seu processamento na folha de pagamento em curso, caso tenham dado entrada na Coordenação de Pagamentos e Encargos até a data grifada no Cronograma de Atividades. Os processos que adentrarem a unidade após as datas estipuladas, aguardarão o processamento da folha de pagamento subsequente.

Reforça-se que o presente Cronograma alcançará apenas as atividades desenvolvidas pelo Dapes/ProGesp.

Anexos:
Fazer download deste arquivo (Imagem - Cronograma.png)Imagem - Cronograma.png[ ]2062 kB

Progesp revisa programa Bolsa Trabalho

A pró-reitora de Gestão de Pessoas, TAE Maria Vanusa do Socorro de Souza, informa à comunidade acadêmica e às unidades administrativas que desde terça-feira, 1º de agosto de 2017, estão suspensas novas demandas de bolsistas oriundos do Programa Bolsa Trabalho, instituído pela portaria 387/2007, de 26 de fevereiro de 2007, alterado e consolidado pela Portaria 598/2010, de 17 de março de 2010. Também não há previsão para novo edital de seleção.

A presente suspensão temporária acontece em virtude de o Departamento de Assistência Estudantil (Daest), através de suas coordenações, ter iniciado cronograma de estudos sobre o Programa Bolsa Trabalho, revisando as bases legais do mesmo e as origens de seu custeio. Objetiva-se estudar o real foco do programa Bolsa Trabalho, a fim de salvaguardar aos acadêmicos o direito à assistência estudantil sem extrapolar os limites impostos pelas legislações existentes. Destes estudos, que tem uma previsão de finalização entre setembro e outubro de 2017, a Progesp apresentará à comunidade os desdobramentos futuros do programa.

A gestora ressalta a importância de a Instituição cercar-se dos mecanismos legítimos na gestão do pessoal efetivo ou daqueles de origem acadêmica e reitera o compromisso da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas na busca de estudar e revisar processos e procedimentos quando considerar necessário para atender adequadamente à comunidade acadêmica.

Demanda recebida na Progesp até 31 de julho de 2017

O Daest/Progesp possui uma demanda de mais de 30 solicitações de bolsistas e um banco de reserva de 16 candidatos remanescentes do último edital de 2016. Para fins de melhor solucionar a questão, terão prioridade no atendimento aquelas unidades que não apresentaram horário específico de trabalho na demanda, visto que boa parte dos candidatos possuem horários alternados em suas atividades acadêmicas.

 

 

Nota de falecimento – servidora Rosa Lira Guerreiro Medeiros

A Universidade Federal do Amazonas informa com pesar o falecimento da servidora aposentada Rosa Lira Guerreiro Medeiros, auxiliar de Enfermagem no Ambulatório Araújo Lima, onde atuou de 1974 a 2007. Rosa se aposentou após 33 anos de serviços dedicados ao Ambulatório.  

O velório está sendo realizado na Funerária Canaã, situada na Rua Major Gabriel, 1833, Centro.

A Universidade se solidariza com os familiares, colegas e amigos da servidora por esta perda lastimável.

Proext divulga o resultado das propostas submetidas ao Edital de Ligas Acadêmicas 2017/2

A Pró-reitoria de Extensão (Proext), por meio do Departamento de Programas e Projetos de Extensão (Dproex) torna público o resultado das propostas submetidas ao Edital de Ligas Acadêmicas para o 2º semestre de 2017. (Acesse).

As propostas terão até o dia 10 de agosto para enviar as documentações solicitadas ao endereço eletrônico: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

O Dproex aproveita para se desculpar pelo atraso ocorrido para a publicação, ocasionado pela fase de estruturação da nova gestão.

Informações:(92) 3305-1497 / 99318-3193

Ufam participa de Seminário sobre o Plano Nacional de Educação (PNE)

 

Pró-reitor de Ensino de Graduação, professor David Lopes Neto, com o Secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, professor Rossieli Soares da Silva, durante o Seminário sobre o Plano Nacional de Educação Pró-reitor de Ensino de Graduação, professor David Lopes Neto, com o Secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, professor Rossieli Soares da Silva, durante o Seminário sobre o Plano Nacional de Educação

O evento foi promovido pela Escola de Contas Públicas do Tribunal de Contas Públicas do Amazonas, nos dias 26 e 27 de julho, e envolveu mais de 500 participantes entre docentes, secretários municipais e de estado de educação, professores e estudantes para discutir planos, metas e perspectivas para o Plano Nacional de Educação.

Ampliação de oportunidades educacionais

O pró-reitor de Ensino de Graduação, professor David Lopes Neto, representou o reitor da Ufam, professor Sylvio Puga, no seminário. Ele destacou que o debate sobre o Plano Nacional de Educação (PNE) foi muito além de apontar critérios, metas e estratégias para a política educacional até 2024. “Entre as metas estabelecidas pela política educacional que devem ser alcançadas até 2024 estão diminuir a evasão escolar no Ensino Médio, reduzir desigualdades e valorizar os profissionais da educação. Durante o debate sobre o PNE, a garantia do direito à educação básica com qualidade, assegurando acesso à universalização do ensino obrigatório e a ampliação das oportunidades educacionais para a população foram os temas mais enfatizados. Na Ufam nós já trabalhamos bastante com a ampliação das oportunidades educacionais por meio da oferta de cursos presenciais e na modalidade a distância, tanto na capital quanto nos municípios dos estados do Amazonas, Acre, Roraima e Rondônia”, ressaltou o pró-reitor.

Agenda com o reitor

Na ocasião, o Secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, professor Rossieli Soares da Silva, confirmou uma agenda com o reitor da Ufam para o início de agosto.

Mais informações sobre o Seminário

O Seminário é voltado a fortalecer o comprometimento de todos os colaboradores da Educação para cumprir as metas do Plano Nacional de Educação  - estabelecidas para os estados e municípios -  além de debater as perspectivas de avanços ao longo dos 10 anos de vigência do plano, que vai até 2024.

O seminário foi dividido em painéis e mesas redondas, cada um com uma hora de duração. Entre os temas ministrados nas palestras estavam “Políticas e programas para garantir o direito à educação à luz do PNE”; “Diretrizes, metas e estratégias necessárias para uma educação de qualidade nos municípios do interior do Amazonas”; “Dificuldades e avanços na execução do PNE e PEE sob a ótica da Seduc/AM”; “Acompanhamento, monitoramento e avaliação do PNE” e “Dificuldades e Avanços na Execução do PNE e PME sob a ótica da Semed”.

O seminário teve o apoio do colegiado do TCE e do Ministério Público de Contas (MPC), além de parcerias da Controladoria Geral da União (CGU), do Ministério da Educação (MEC), do Ministério Público do Amazonas (MPE-AM), do Ministério Público Federal (MPF), da Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc), da Secretaria Municipal de Educação (Semed), do Tribunal de Contas da União (TCU) e da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação no Amazonas (Undime).

 

 

Estudantes do INC participam de primeira viagem de negócios a Manaus

Projeto é prática de campo de disciplinas do cursoProjeto é prática de campo de disciplinas do cursoCom a finalidade de estabelecer maior aproximação entre estudos teóricos e prática de campo, acadêmicos do curso de Administração do Instituto de Natureza e Cultura da Ufam (INC), localizado em Benjamin Constant, participam da primeira viagem de negócios a Manaus de 22 de julho a 2 de agosto.

O projeto, que envolveu 25 estudantes do 4º ao 6º período, é coordenado pelos docentes Antônio Henrique Conceição, Antônio Vagner Olavo e Max Pinheiro, e está incluso nas ementas das disciplinas Administração da produção e de operações (INA045) e Empreendedorismo (INA072).

As atividades envolvem visitas técnicas a corporações do Polo Industrial de Manaus (PIM) e a incubadoras universitárias, que são setores institucionais prestadores de assessorias empresarial, financeira e jurídica a pequenas ou microempresas, caso sejam frutos de projetos de pesquisa e desenvolvimento científico e tecnológico. “Além das visitas, o projeto oportuniza o estabelecimento de parcerias empresariais para realização de estágios e pesquisas”, acrescentou o professor Antônio Henrique.

 

Edições futuras

Ainda segundo o docente do INC, a expectativa da coordenação sugere a possibilidade de extensão das visitas a outros polos industriais e comerciais, como meio de ampliar o alcance da Academia para garantir a manutenção de um ensino público e gratuito de qualidade. “Queremos assegurar a formação de profissionais comprometidos com o desenvolvimento social e econômico da região amazônica”, declarou.

Acesse em anexo o cronograma das atividades executadas e locais visitados.

 

Informações: (97) 3415-5585 / 99142-1424 (INC)

Anexos:
Fazer download deste arquivo (Cronograma Viagem ADM.pdf)Cronograma[ ]268 kB

XIV Festival Folclórico da Ufam está com inscrições abertas para os centros acadêmicos

Evento será no dia 25 de agosto, no Centro de Convivência do Setor Norte

A Pró-reitoria de Gestão de Pessoas (Progesp), por meio da Divisão de Esporte, Lazer e Cultura (Delc), está com inscrições abertas até 4 de agosto, para os centros acadêmicos interessados em participar da 14ª edição do Festival Folclórico da Ufam, que ocorrerá no dia 25 agosto, a partir das 18h, no hall do Centro de Convivência do Setor Norte do Campus.

A participação deve ser feita com o preenchimento da ficha de inscrição (Acesse aqui) e entrega na sala do Delc, localizada no Bloco do Centro de Atenção à Saúde Integral do Servidor (Cais), Setor Sul do Campus, nos horários de 8h às 12h, e de 14h às 16h30.

No dia 4 de Agosto, às 12h, haverá uma reunião no Auditório Paulo Burheim para acertos finais da programação do evento. (Acesse o regulamento do festival).

Centro de Educação a Distância realiza solenidade de formatura em Boa Vista

A Universidade Federal do Amazonas, por meio do Centro de Educação a Distância, em parceria com a Fundação Universidade Virtual de Roraima, realizou neste final de semana,  no município de Boa Vista (RR), a solenidade de outorga de grau a 112 formandos. Dos cursos de Bacharelado em Administração, Licenciatura em Ciências Agrárias e Licenciatura em Educação Física, os graduandos aprimoraram seus conhecimentos por meio de estudos na modalidade a distância. 

A solenidade, que ocorreu no auditório do Centro Amazônico de Fronteiras (CAF), na Universidade Federal de Roraima e que contou com 55 graduandos de Administração, 30 de Educação Física e 27 formandos em Ciências Agrárias, foi presidida pelo reitor da Universidade Federal do Amazonas, professor Sylvio Mário Puga. Além dele, estavam presentes o representante da governadora do estado de Roraima e reitor da Universidade Estadual de Roraima (Uerr), professor Régis Odlare Lima de Freitas, a senadora Ângela Portela, a reitora da Fundação Virtual de Roraima (Univir), Júlia América Vieira e o chefe do gabinete da Ufam, professor Almir Liberato.

O vice-reitor da UERR, José Gomes da Silva, o deputado estadual Gabriel Picanço, os professores da Ufam João Otácilio Libardoni dos Santos (paraninfo do curso de Educação Física), Carlos Alberto Franco Tucci (paraninfo de Ciências Agrárias), Ricardo Jorge da Cunha Costa Nogueira (paraninfo do curso de Administração) e o diretor do Centro de Educação a Distância, Evandro de Morais Ramos  também 

Durante seu discurso, o reitor da Ufam afirmou ser uma honra estar em Boa Vista e presidir a solenidade de formatura. “A Ufam, por meio da Educação a Distância, mantém ações que vão além dos limites geográficos do Estado onde se encontra, o Amazonas. Estamos presentes, também, nos estados do Acre e em Roraima e, mesmo com esta formatura, o trabalho não cessa. Neste domingo (30), também aplicamos outro Processo Seletivo de Educação a Distância, no qual serão oportunizadas novas vagas de EAD. É um ciclo, enquanto um se encerra, logo outro se inicia”, afirmou.

O diretor do Centro de Educação a Distância, professor Evandro de Morais Ramos, destacou que o Centro oportuniza às pessoas a realização de seus sonhos profissionais através da educação a distância. “Estamos aqui em Boa Vista finalizando um ciclo para 121 formandos, com o sentimento de dever cumprido. Esperamos estar ajudando essas pessoas a realizarem seus objetivos profissionais, não apenas com amor, mas com qualidade”, disse o diretor.

Gratidão

Uma das formandas mais realizadas era Antonia Gomes de Andrade. “É uma conquista profissional pela qual tanto me esforcei para alcançar. Com todas as dificuldades, consegui concluir e agora posso dizer que tenho um diploma de nível superior. Concluir esse curso representa uma grande vitória. Sou imensamente grata à Ufam por ter disponibilizado o curso e por nos dar todo o suporte ao longo desses quatro anos”, ressaltou. 

 

Ufam aplica as provas do Processo Seletivo de Educação a Distância

Gabarito preliminar pode ser consultado no site da COMPEC

Instituto de Educação do Amazonas foi um dos locais de aplicação das provas em ManausInstituto de Educação do Amazonas foi um dos locais de aplicação das provas em Manaus

 

A Universidade Federal do Amazonas (Ufam) aplicou neste domingo, 30, as provas do Processo Seletivo de Educação a Distância (PSEaD). O certame recebeu a inscrição de 5.133 candidatos, que concorrem a 1.004 vagas para cursos de licenciatura e bacharelado para o campus de Manaus, campi do interior e para os polos da Ufam no Acre e em Roraima.

Cursos mais concorridos

Entre os cursos mais concorridos do certame estão os de Administração Pública a serem oferecidos nos polos de Cruzeiro do Sul, no Acre; Manaus e Tefé. O curso de Administração a ser oferecido em Cruzeiro do Sul é o mais concorrido e conta com 512 inscritos que pleteiam 25 vagas. Em seguida, vem o curso de Administração a ser oferecido no município de Tefé, com 302 candidatos inscritos para 25 vagas e 502 candidatos concorrem a 50 vagas oferecidas para o curso de Administração Pública em Manaus.

Otimismo dos candidatos

Raimundo Passos das Graças, 34, foi um dos primeiros a concluir a prova. Ele concorre a uma das vagas para o curso de Administração Pública do polo Manaus. Ele ressalta que a oportunidade veio na hora certa. “Fiquei feliz coma oferta do curso de Administração Pública a distância. A prova tinha 35 questões e elas estacam fáceis. Espero ser um dos aprovados ”, declarou o candidato.

Françoan Goes de Oliveira Dias, 25, achou a prova um pouco mais difícil. “Não estava muito fácil, mas também não era a prova mais difícil do mundo. Fiquei sabendo da seleção pelo site da Compec, que eu sempre consulto, assim como o da Ufam, e me interessei pela flexibilidade que um curso a distância oferece. Tenho muitos afazeres e um curso a distância facilitaria muito a minha vida, porque conseguiria honrar meus compromissos.

Françoan Goes ficou sabendo da seleção pelo site da COMPECFrançoan Goes ficou sabendo da seleção pelo site da COMPECOportunidade de qualificação

As provas foram realizadas em 19 cidades, entre elas Manaus (Amazonas), Boa Vista (Roraima) e Cruzeiro do Sul (Acre). Em Manaus, as provas foram aplicadas no Instituto de Educação do Amazonas e na Escola Estadual Princesa Isabel. A diretora-presidente da COMPEC, professora Ana Galota, destaca a importâcia do certame. “O PSEaD é importante por contemplar o preenchimento de 1.004 vagas para os cursos como o de Licenciatura em Artes Visuais, Ciências Agrárias, Ciências Biológicas, Educação Física e o Bacharelado em Administração Pública e isso significa oportunidade para a qualificação das pessoas que o maior compromisso da nossa instituição”, afirmou a gestora.

Gabarito e recursos

O gabarito preliminar pode ser consultado no site da COMPEC ou através do link Gabarito Preliminar. Candidatos que discordarem do gabarito preliminar terão até o dia 1º de agosto para ingressarem com recurso.

 

Reitor e vice-reitor da Ufam fazem avaliação ao fim da primeira participação na Andifes

Reitores e vice-reitores se reuniram por dois dias, em Natal (RN). Foto: Ascom UFRNReitores e vice-reitores se reuniram por dois dias, em Natal (RN). Foto: Ascom UFRN

Encerrado o último dia de reunião ordinária da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), que aconteceu em Natal (RN), os gestores da Ufam, o reitor, professor Sylvio Puga e o vice-reitor, professor Jacob Cohen, consideraram positiva a experiência de participar do encontro, pela primeira vez. Para eles, a Universidade Federal do Amazonas foi posta dentro das proposituras apresentadas pela Andifes.

Na oportunidade em que se fizeram presentes ao evento, o reitor e o vice-reitor acompanharam também, a eleição e a posse da nova diretoria executiva da Associação, presidida pelo reitor Emmanuel Zagury Tourinho, da Universidade Federal do Pará (UFPA) e o primeiro vice-presidente, José Arimathéia Dantas Lopes, da Federal do Piauí (UFPI). Também foram empossados o segundo presidente, José Roberto Soares Scolforo, da Universidade Federal de Lavras (UFLA), os suplentes Rui Vicente Oppermann, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e Myrian Thereza de Moura Serra, da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT).  

"Acompanhamos o início dessa nova jornada da direção da Andifes nos remetendo à nossa própria missão frente à Ufam. Sabemos o quão é importante trabalharmos por um ensino superior de qualidade e é desse desafio ao qual nos incumbimos. Este espaço nos congrega para os mesmos objetivos: o bem e a autonomia das Universidades e Institutos Federais", avaliou o reitor, professor Sylvio Mário Puga Ferreira.

Pronunciando-se como novo presidente da Andifes, o professor Emmanuel Tourinho se comprometeu a continuar erguerdo a bandeira da educação superior brasileira autônomia e de qualidade. "Nossa liderança buscará o relacionamento com todos os setores do País dispostos a defender o atual sistema de universidades", disse.

A diretoria anterior apresentou o relatório de gestão 2016/2017 e destacou os desafios enfrentados em tempos de crises política e financeira do País. "Vivenciamos talvez o momento mais difícil ao longo da história das universidades brasileiras, mas conseguimos reatar o diálogo com os ministérios em busca da consolidação dos projetos de cada instituição. Também seguimos na defesa da universidade pública, gratuita, laica e de qualidade, com autonomia e possibilidade de expansão", disse Ângela Paiva, que é reitora da Universidade do Rio Grande do Norte (UFRN).

NOTA PÚBLICA

Durante o Conselho Pleno da Associação Nacional dos Dirigentes de Instituições Federais de Ensino Superior, os reitores aprovaram e divulgaram uma nota pública em defesa da soberania das universidades, ocasionada pela emenda aditiva que propõe a conversão da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila) em Universidade Federal do Oeste do Paraná (UFOPR).  

 

   

 

Projeto 'Biblioteca na Fazenda Experimental' recebe doação de livros

As ações de Extensão Universitária estabelecem, entre a Universidade e os mais diversos segmentos sociais, uma perspectiva educativa, informativa, crítica e transformadora. É na Extensão, que se realiza um conjunto de práticas acadêmicas, científico-culturais e de inclusão social, por meio de vivências que possibilitem o encontro entre os saberes tradicionais e os conhecimentos científicos. 
 
Partindo desse princípio é que a Universidade Federal do Amazonas, por meio da Pró-reitoria de Extensão (Proext) está implementando o projeto Biblioteca na Fazenda Experimental e busca a colaboração da comunidade acadêmica para fortalecer a iniciativa. 
 
No período entre os dias 2 de agosto e 2 de setembro, o projeto Biblioteca na Fazenda Experimental recebe doações de livros, sejam eles acadêmicos, instrutivos, literários, infantis, recreativos, didáticos ou paradidáticos. 
 
“Essa iniciativa tem como objetivo promover a cidadania crítica e ativa por meio da leitura entre a comunidade que frequenta a Fazenda. Nossa única recomendação é a de que os exemplares estejam em bom estado de conservação, apresentem conteúdo útil e interessante e não despertem a violência e a criminalidade”, explicou a diretoria de Políticas Afirmativas da Proexti, professora Cláudia Guerra. 
 
Onde doar
O local de doação é na Sala 33 do Centro de Convivência da Ufam, situado no setor Norte do Campus Universitário Senador Arthur Virgílio Filho e o horário para entrega é de 9h às 16h.
 
Para perguntas ou dúvidas, os interessados em participar do projeto podem entrar em contato com o professor Lisandro Mamud, por meio do número do telefone: 9916-41148 ou e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

Progesp convoca aposentados e pensionistas para recadastramento

A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progesp) divulga a relação de servidores, aposentados e pensionistas, que tiveram os proventos suspensos na folha de pagamento referente ao período de julho de 2017 e daqueles que ficarão suspensos a partir da próxima folha.

Acesse a lista em anexo.

É imprescindível que os listados compareçam à Progesp até o dia 14 de agosto para que regularizem sua situação.

Contato: 3305 1181 Ramais 1478 / 1479

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. / O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

HUGV realiza primeira simulação de emergência aeronáutica

Hospital é o único da rede pública estadual a oferecer estrutura com heliponto para casos de emergência.

 

Na manhã desta sexta-feira, 28, o Hospital Universitário Getúlio Vargas, em parceria com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (INFRAERO) e a Marinha do Brasil realizaram o primeiro Exercício Simulado de Emergência  Aeronáutica.

A simulação consistiu em um acidente com uma aeronave no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes. Na ocorrência representada, uma das vítimas precisava de atendimento hospitalar emergencial e o helicóptero das Forças Armadas, no caso, o da Marinha, foi acionado para transportar a paciente para a Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Universitário Getúlio Vargas, o único hospital público das imediações com a estrutura para esse tipo de atendimento.

No HUGV, a simulação envolveu a checagem da estrutura do heliponto e a prontidão do serviço de emergência do Hospital. O deslocamento do heliponto para a UTI foi realizado em sete minutos e o atendimento médico foi instantâneo.

Equipe preparada

A superintendente em exercício do HUGV, Miharu Matos, avaliou a simulação como bem-sucedida e anunciou que o HUGV passa a fazer parte da Comissão de Emergência Aeroportuária. "Respondemos ao procedimento de simulação com um atendimento encadeado, harmônico, bem-sucedido. Com isso demonstramos que, havendo necessidade, temos todo o suporte necessário para realizar excelente atendimento nessa modalidade de emergência. O melhor é que, a partir deste exercício de simulação, o HUGV fará parte da Comissão de Emergência Aeroportuária. Aproveito para parabenizar nossa equipe de profissionais especializados. Todos demonstraram que estão mais que preparados para o acolhimento de pacientes de áreas remotas do estado”, declarou a superintendente em exercício.

Aluna de Medicina Mariam Montijo interpretou vítima de acidente aéreo durante a simulaçãoAluna de Medicina Mariam Montijo interpretou vítima de acidente aéreo durante a simulação

Experiência proveitosa

Para a estudante do oitavo período do curso de Medicina, Mariam Montijo, 22 - que interpretou a vítima durante a simulação -  a experiência foi muito proveitosa. "Como estudante de Medicina, reconheci todos os procedimentos que adotaram no meu atendimento como vítima e senti, na prática, o quanto as habilidades dos profissionais da área da saúde têm que ser usadas de forma rápida nesse tipo de atendimento. É um trabalho de equipe mesmo. A simulação também foi uma oportunidade de me sentir como paciente e perceber que, em um momento tão vulnerável, como  o da vítima que interpretei, dependemos totalmente das técnicas de outras pessoas. É tenso, mas o HUGV conta com uma equipe experiente, preparada. Foi um exercício muito bom", avaliou a participante.

Inaugurado em novembro de 2016, o HUGV é o único hospital da rede pública  estadual a contar com uma estrutura de heliponto para receber pacientes, via  transporte aéreo, em casos de emergência.

Mais informações sobre o exercício de Simulação

O Exercício Simulado de Emergência Aeronáutica (Esea) foi realizado no Aeroporto Internacional de Manaus/Eduardo Gomes (AM). A atividade é parte da atualização do Plano de Emergência (Plem) do aeroporto, seguindo as recomendações da Organização da Aviação Civil Internacional (Oaci), assim como as normas do Comando da Aeronáutica e da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

O treinamento é uma mobilização simultânea de todos os órgãos integrantes da Comissão de Emergência do aeroporto e tem por objetivo avaliar os processos para atendimento de uma emergência aeronáutica no aeroporto. Para isso, o exercício simulou um acidente ocorrido na pista de taxiamento do aeroporto em uma aeronave em pane hidráulica, com 45 vítimas em variadas situações de risco.

 

Confira notícias relacionadas

Inaugurada a primeira etapa do Hospital Universitário Getúlio Vargas

UFAM celebra início das atividades da primeira etapa do HUGV

 

Instituto de Natureza e Cultura da Ufam apresentará 30 artigos em Congresso Nacional de Botânica

O CNBot é o principal espaço para debates sobre a Flora Brasileira, reunindo cerca de três mil participantes anualmente

Turma de prática de campo em Botânica, no município de Tabatinga (AM) Turma de prática de campo em Botânica, no município de Tabatinga (AM) Trinta trabalhos científicos dos cursos de Licenciatura em Ciências: Biologia e Química e de Ciências Agrárias e do Ambiente do Instituto de Natureza e Cultura da Universidade Federal do Amazonas (INC/Ufam) foram aceitos para apresentação no 68º Congresso Nacional de Botânica (CNBot). Os trabalhos são frutos de projetos de prática de campo, Iniciação Científica (PIBIC) e Atividade Curricular de Extensão (PACE), produzidos por acadêmicos do 7º, 8º e 9º períodos.

O CNBot será realizado no Rio de Janeiro (RJ), de 20 a 25 de agosto, com o tema “Diversidade Vegetal: Conhecimentos e Aplicações”. Acesse a lista dos trabalhos do INC que participarão do evento.

Orientados pelos professores Renato Abreu Lima, Líbia de Jesus Miléo e Márcia Nascimento Pinto, as produções científicas serão apresentadas nas áreas temáticas de Ensino de Botânica, Fitoquímica, Taxonomia Vegetal, Florística, Fitossociologia e Fitogeografia e Etnobotânica.

Para o professor Renato Abreu Lima, a produção foi um “trabalho árduo, mas muito bem executado e proveitoso” – qualidades que se refletem na recepção positiva: todos os trinta trabalhos submetidos ao Congresso foram aprovados.

Equipe de professores do curso de Ciências: Biologia e Química do INCEquipe de professores do curso de Ciências: Biologia e Química do INC

Aprendizado

Duas estudantes que se apresentarão no CNBot falam da experiência adquirida durante a elaboração e execução dos projetos. Mesmo em categorias diferentes dentro da Botânica, os trabalhos se assemelham ao explorarem temas que aliam o conhecimento científico e a tradição popular.

A estudante Gabriane Matos realizou um levantamento sobre plantas medicinais comercializadas em feiras livres de Tabatinga (AM). “É interessante conhecer as espécies que fazem parte da medicina popular da nossa região e a tradição, que vem de anos, da venda e do ensino o modo de preparo do remédio”, apontou a acadêmica.

Já para a aluna Ana Cristina Barros, que teve o trabalho aprovado na área de Fitoquímica, a pesquisa mostrou novas possibilidades para a composição de medicamentos. “É uma alternativa interessante utilizar extratos de plantas para combater bactérias que causam doenças graves no lugar de medicamentos sintéticos”, explicou a aluna.

Sobre o CNBot

Promovido pela Sociedade Botânica do Brasil (SBB), o CNBot é voltado a alunos, tanto de graduação como de pós-graduação, professores e pesquisadores, e aberto a todos os interessados na conservação e na sustentabilidade dos recursos naturais, especialmente nos componentes da flora. O Congresso Nacional de Botânica é o principal fórum de debates da Flora Brasileira, reunindo anualmente cerca de 3.000 participantes.  

O Congresso tem como missão divulgar os avanços obtidos na Botânica e apontar, recomendar e sugerir ações e mecanismos para a área ambiental nacional, colocando à disposição da comunidade científica e de pessoas interessadas informações voltadas para a conservação da natureza e dos recursos naturais. Acesse o site do evento.

Andifes reúne gestores de instituições federais em encontro ordinário

 

Gestores são de Universidades e Institutos FederaisGestores são de Universidades e Institutos Federais

Reitores de todas as Universidades e Institutos Federais do Brasil estão reunidos na cidade de Natal (RN), para a 165ª edição da Reunião Ordinária do Conselho Pleno, promovida pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes). 
 
O encontro, que acontece pela sétima vez neste ano, visa debater temas pertinentes ao fortalecimento da Educação Superior no País.
 
O reitor da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), professor Sylvio Puga Ferreira e o vice-reitor, professor Jacob Cohen, integram a comitiva dos gestores. Representando a Ufam, pela primeira vez, nos cargos de reitor e vice-reitor, respectivamente, Puga fala das expectativas de ambos. "Estamos acompanhando a programação e buscando posicionar as ações da nossa Universidade no âmbito das propostas apresentadas, tais como a Relação entre as Universidades e a Petrobras e o Desenvolvimento Sustentável (ODS), todas dentro do nosso contexto", observou. 
 

Reunião acontece em Natal, até sexta, 28Reunião acontece em Natal, até sexta, 28

PROGRAMAÇÃO
 
Para o primeiro dia do encontro consta no cronograma de atividades dos gestores educacionais a explanação de duas palestras. O tema de uma delas é a 'Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) entre as Universidades Federais e a Petrobras', proferida pelo gerente de Relacionamento da empresa, Eduardo Fernando dos Santos e a segunda, que aborda 'Os objetivos de Desenvolvimento Sustentável', apresentado pelo secretário adjunto da Andifes, Cláudio Cavalcanti Ribeiro. Houve ainda os pronunciamentos do secretário da Educação Superior do Ministério da Educação (Sesu/Mec), Paulo Barone e do presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, Kleber Morais. 
 
Na sexta-feira, 28, está prevista a apresentação da proposta de portfólio para apresentação das universidades federais, a apresentação do relatório de gestão referente ao biênio 2016/2017 e os debates acerca das Diretrizes de Ações para a Andifes, Também ocorrerão as subsmissões de candidaturas às chapas para a Diretoria Executiva da Andifes, eleição e posse da mesma, dos membros do Conselho Fiscal e homologação do Diretório Nacional. 

Programa Idiomas sem Fronteiras oferta curso presencial de Inglês

Os cursos da Oferta 2 terão a duração mínima de 16 horas e máxima de 64 horas. Inscrições podem ser realizadas até o dia 02 de agosto.

 

O Núcleo Gestor do Programa Idiomas sem Fronteiras (IsF) divulga a segunda oferta (Oferta 2) para os cursos presenciais de INGLÊS, neste segundo semestre de 2017.

Em processo de unificação ao Sistema de Gestão IsF, o sistema do My English Online (MEO) - antes gerenciado pela CAPES - está sendo transferido para o gerenciamento direto do Programa IsF. Essa unificação teve início na Oferta 1 dos cursos.

Inscrições

As inscrições para a Oferta 2 podem ser realizadas até o dia 02 de agosto. Poderão participar todos aqueles que já tiverem realizado o TOEFL ITP pelo Programa IsF e quem já estiver com  inscrição ativa no MEO, ou seja, quem já tiver realizado o teste de nivelamento e souber seu nível no MEO.

Para os interessados que não fizeram o TOEFL ITP pelo Programa IsF ou não estiverem inscritos no MEO, a inscrição pode ser realizada no seguinte endereço eletrônico: http://cadastro.myenglishonline.com.br/, que é um link exclusivo para alunos ou no endereço http://meo.capes.gov.br/sys/meo/inscricao/acesso, um link exclusivo para servidores.

Os cursos da Oferta 2 terão a duração mínima de 16 (dezesseis) horas e máxima de 64 (sessenta e quatro) horas, divididas em 4 (quatro) aulas semanais de 60 (sessenta) minutos cada, podendo ser em formato de imersão, em locais e horários definidos pela própria universidade a serem informados ao candidato no ato da inscrição.

Oferta 3

Caso não dê tempo para participar da Oferta 2, poderão participar da Oferta 3, com inscrições a partir de 28 de agosto e de outras que se seguirão.

Confira o edital completo das ofertas dos cursos presenciais de inglês em 2017.

 

Capes oferece dez bolsas para a Universidade de Harvard

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) divulgou nesta segunda-feira, 24, o Edital N° 31/2017, que abre seleção de Professor Pesquisador Visitante Júnior para atuação na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos. O programa selecionará até 10 professores para participar de estágio em nível de pós-doutorado por um período de três a 12 meses na universidade americana.

O processo de inscrição é individual e deve ser realizado em duas etapas: primeiramente, o interessado deverá obter carta de aceite emitida por docente de uma das escolas elegíveis da Universidade de Harvard, informadas no edital. A segunda fase é a inscrição na página da Capes, no período de 1º de novembro até 15 de dezembro de 2017 na página da CAPES. Na inscrição, entre outros documentos, deverá ser apresentado projeto de pesquisa com até 15 páginas.

Requisitos
Entre os requisitos exigidos para candidatura estão residir no Brasil, possuir título de doutor e ser professor efetivo estável de uma instituição de educação superior (IES) brasileira pública. Também podem se inscrever professores com vínculo empregatício de docência efetivo em IES brasileira privada há pelo menos três anos. Interessados também precisam ter fluência em inglês, orientar pesquisas de mestrado ou doutorado e ser elegíveis pela IES de destino a afastamento remunerado integral.

De acordo com o edital, são 17 as áreas elegíveis para o programa: Engenharias e demais áreas tecnológicas; Ciências exatas e da terra; Biologia, ciências biomédicas e da saúde; Computação e tecnologias da informação; Tecnologia aeroespacial; Fármacos; Produção agrícola sustentável; Petróleo, gás e carvão mineral; Energias renováveis; Tecnologia mineral; Biotecnologia; Nanotecnologia e novos materiais; Tecnologias de prevenção e mitigação de desastres naturais; Biodiversidade e bioprospecção; Ciências do mar; Indústria criativa (voltada a produtos e processos para desenvolvimento tecnológico e inovação); e Novas tecnologias de engenharia construtiva.

Benefícios
Os docentes selecionados recebem da CAPES mensalidades (bolsas) no valor de US$ 2,1 mil, auxílio-deslocamento de US$ 1,6 mil, auxílio-instalação de US$ 2,1 mil, auxílio para seguro-saúde de US$ 90 mensais e adicional-localidade de US$ 400. A CAPES vai repassar os valores diretamente ao bolsista.

A previsão de divulgação dos resultados é maio de 2018.

Acesse o Edital nº 31/2017

Confira a página do programa.

 

Com informações do MEC/Capes