ProGesp reabre inscrições para seleção de professor substituto na área de Artes

A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (ProGesp), por meio da Coordenação de Recrutamento e Seleção (CRS), reabriu as inscrições do Edital nº 052/2016, referente ao Processo Seletivo Simplificado para Professores Substitutos, EXCLUSIVAMENTE para a área Criação da Forma Bidimensional, Desenho e Gravura, do Instituto de Ciências Sociais, Educação e Zootecnia (ICSEZ).

As inscrições poderão ser realizadas até o dia 3 de novembro, diretamente no ICSEZ, localizado na Estrada Parintins Macurany, 1805, JacareacangaParintins/AM. O horário de atendimento é de 8h às 11h e das 14h às 17h. A vaga é para Professor Auxiliar Nível 1, e o candidato deve possuir, no mínimo, Graduação em Artes Visuais, ou em Artes Plásticas, ou em Educação Artística.

Informações: ProGesp (92) 3305-1478 / 1479. E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

Notícia relacionada:

Processo Seletivo Simplificado para Professores Substitutos com inscrições abertas

 

Aplicação das provas do ENADE 2016 será no dia 20 de novembro

O exame é obrigatório para os alunos selecionados e condição indispensável para a emissão do histórico escolar. Da Universidade Federal do Amazonas foram convocados 412 alunos concluintes para a realização do Exame.

Os estudantes concluintes dos cursos de Agronomia; Educação Física - Promoção em Saúde e Lazer; Educação Física - Treinamento Esportivo; Enfermagem; Farmácia; Fisioterapia; Medicina; Odontologia; Serviço Social; Zootecnia da Universidade Federal do Amazonas – Unidade Manaus -  serão avaliados pelo Ministério da Educação, através do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade 2016), no dia 20 de novembro, às 13h, horário de Brasília (11h no horário de Manaus).

Na mesma data também realizam o exame os estudantes concluintes dos cursos de Enfermagem, Fisioterapia e Nutrição, da Unidade da UFAM em Coari; Agronomia, da unidade de Humaitá; Agronomia e Farmácia, da unidade de Itacoatiara e Serviço Social e Zootecnia, da unidade de Parintins.

Questionário do Estudante

No período de 20 de outubro a 20 de novembro, os discentes selecionados para o exame devem preencher o Questionário do Estudante, que está disponível no site  http://enadeies.inep.gov.br/enadeIes/. O Cartão de confirmação do estudante é obtido ao término do preenchimento do questionário do estudante. Os discentes que não preencherem o questionário ou não realizarem o Enade ficarão impedidos de colar grau até o período de inscrição de irregulares.

Sobre o ENADE

O Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) avalia o rendimento dos alunos dos cursos de graduação, ingressantes e concluintes, em relação aos conteúdos programáticos dos cursos em que estão matriculados. O exame é obrigatório para os alunos selecionados e condição indispensável para a emissão do histórico escolar. A primeira aplicação ocorreu em 2004 e a periodicidade máxima da avaliação é trienal para cada área do conhecimento.

Confira, em anexo, a lista de estudantes convocados para o ENADE; orientações para preenchimento do Questionário do Estudante e demais informações alusivas ao Exame.

Nota de Pesar - Professor Deocleciano Bentes

É com muito pesar que a Universidade Federal do Amazonas informa sobre o falecimento do professor aposentado Deocleciano de Souza Bentes do Departamento de Comunicação Social, curso de Jornalismo.
Neste momento de dor e de consternação, que Deus conforte familiares e amigos com serenidade e com a certeza da efetiva contribuição dada pelo professor Deocleciano Bentes na formação de inúmeros jornalistas do nosso Estado.

O velório está sendo realizado hoje, na funerária Almir Neves, localizada na Rua Monsenhor Coutinho, 510 - Centro de Manaus.

Time da Ufam compete pela terceira vez em evento internacional sobre Engenharia Genética

Time foi premiado com ouro na competição de 2014Time foi premiado com ouro na competição de 2014Entre 26 e 31 de outubro, a International Genetically Engineered Machine Competition (iGEM) recebe pela terceira vez o time da Universidade Federal do Amazonas na etapa final do evento, que ocorre em Boston, EUA. Em 2014, o time coordenado pelos professores Spartaco Astolfi e Carlos Gustavo, trouxe o ouro para a Ufam com o projeto sobre bioremediação de mercúrio.

Este ano, 270 equipes de todo o mundo participam da competição. Todas as informações sobre o projeto do time Ufam estão disponíveis no site 2016.igem.org/Team:UFAM-UEA_Brazil, mas, como a página é uma exigência do evento internacional, ela foi construída toda em inglês.

Biorreator

Inicialmente, foi desenvolvido um sistema de detecção, coleta e biorremediação de mercúrio, um poluente encontrado nos rios amazônicos. “Existem duas formas como esse metal chega às águas dos rios. A primeira é como resultado da mineração, por consequência do processo de separação do ouro, chamado dragagem. O outro é o descarte incorreto de aparelhos como peças de carro, baterias e lâmpadas. O metal é liberado no ambiente, alcança os lençóis subterrâneos e a água dos rios e os organismos vivos”, explica o professor Carlos Gustavo.Para custear a viagem de 2016, o time recebeu apoio em campanha on line. Foto foi divulgada no EstadãoPara custear a viagem de 2016, o time recebeu apoio em campanha on line. Foto foi divulgada no Estadão

As referências sobre a poluição das águas no Amazonas mostram que o mercúrio presente dos rios pode afetar a natureza, pois se instalar nos peixes e segue a cadeia alimentar, atingindo os seres humanos. A presença desse metal no corpo além dos limites recomendados pela OMS pode causar doenças graves em órgãos vitais como fígado, rins e cérebro.

“Essa é uma preocupação nossa”, diz o líder da equipe, professor Carlos Gustavo. “Quando projetamos um biorreator, que já está na sua versão final para a competição com 70% de eficiência na biorremediação (uma espécie de “limpeza” do mercúrio presente na água), nós pensamos num ambiente mais saudável para as pessoas. Isso é uma contribuição social, porque no Amazonas, por exemplo, se consome bastante peixe”, esclarece o docente.

Time

O projeto “Desenvolvimento de bactérias sensores de mercúrio para águas contaminadas utilizando ferramentas de biologia sintética” é um melhoramento das duas fases da pesquisa apresentadas nos anos de 2014 e 2015. Desta vez, o time viaja com nove alunos, sendo dois da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), dois professores da Ufam e a técnica de laboratório Enedina Assunção, doutora em Biotecnologia.Doutora em Biotecnologia, Enedina auxilia a equipe de bancada nos testesDoutora em Biotecnologia, Enedina auxilia a equipe de bancada nos testes

“Eu colaboro na parte de bancada com os testes em vetores. Quatro alunos do curso de Biotecnologia realizam os procedimentos de checagem com as bactérias que serão usadas na biorremediação. O trabalho é intenso, principalmente a um mês da competição, mas o projeto vai completo. Todas as etapas estão prontas para concorrermos ao ouro”, comemora Enedina.

Os alunos também têm um trabalho complexo, que inclui a elaboração de banners, vídeo e página virtual toda em inglês para abrigar as fases de desenvolvimento do projeto. “Na parte social, apresentamos o projeto em cinco escolas da cidade. Fizemos atividades lúdicas para mostrar como o biorreator funciona na prática. Os alunos do 2º e do 3º ano ficaram muito interessados, porque eles já têm uma noção de biologia”, disse um dos membros da equipe, aluno do 4º período de Biotecnologia Anderson Oliveira.

Ações da campanha “Ufam, eu cuido!” promovem conscientização para preservação dos recursos hídricos dentro da floresta do Campus

A coleta em campo foi feita durante a manhã desta quarta-feira (19) como parte das atividades da campanha “Ufam, eu cuido!”, sob a supervisão da coordenadora do Eixo Água e diretora da Central Analítica da Universidade Federal do Amazonas (Ufam),  professora Tereza Cristina Oliveira.

Visando ao uso consciente e à redução do desperdício de água no ambiente da Instituição, durante esta semana, a campanha promove ações para despertar a reflexão sobre o uso do recurso natural.

Com o objetivo de demonstrar como é feito o trabalho de tratamento e preservação dos recursos hídricos do Campus, a equipe de alunos e professores fez uma expedição até a nascente de um dos igarapés localizados na floresta para a primeira coleta de amostras, a outra foi retirada do trecho onde desagua a estação de tratamento de efluentes do Setor Norte.

De acordo com a professora Tereza Cristina, a atividade é fundamental para alunos interessados em diagnóstico ambiental, determinação de análises e em conhecer a floresta do campus. “Queremos ensinar aos alunos quais os critérios para obter uma amostra adequada para análise e, além disso, mostrar também que existe uma preocupação acadêmica em estudar e avaliar a qualidade da água nos igarapés dentro da Ufam”, afirmou, ao registrar que todo o percurso foi feito com o apoio da equipe de seguranças da Universidade.

Ainda na terça-feira (19), foi realizada também a análise das amostras coletadas pela manhã, no Laboratório de Saneamento da Faculdade de Tecnologia (FT), onde os participantes puderam avaliar o material coletado sob parâmetros físicos, químicos e microbiológicos.

Para a professora, a oficina tem um valor importante no contexto de conscientização para a preservação ambiental. “É uma forma de valorizar o recurso natural que existe dentro do Campus e o cuidado que é feito para a preservação dele”, enfatizou. 

Para a aluna Heloísa Caetano do curso de bacharelado em Química, conhecer algumas nascentes dos igarapés dentro do campus e ver como funciona o tratamento dos efluentes, é uma experiência gratificante. “Muitos alunos que estudam aqui nunca vieram na estação de tratamento, essa visita é importante principalmente para os alunos de Química, para aplicarmos tudo que aprendemos na teoria em sala de aula”, finalizou. 

Estudantes do Icomp criam aplicativos móveis que facilitam acesso a serviços

Estudantes do Instituto de Computação da Ufam apresentaram na VII Feira de aplicativos móveis, que ocorre no Centro de Convivência, no setor Norte do campus, aplicativos voltados para atender demandas da sociedade com o objetivo de facilitar o aceso a diversos serviços. O Meu Mercadinho, o Vanmos, Frequência Escolar e o SOS Carros foram apresentados pelos estudantes na quarta-feira, 19, e procuram parceiros e financiadores para aprimorar os aplicativos para o uso popular.

Donos de mercadinhos, condutores de van escolar, donos de oficina, borracharia e guincho podem melhorar o atendimento aos seus clientes de maneira prática, rápida e instantânea por meio do uso de aplicativos móveis (utilizados em celulares e tablets). Os aplicativos passam por ajustes e necessitam de parceiros e financiamento para melhorar seu desempenho.        

O meu Mercadinho quer cadastrar pequenos comércios espalhados pelos bairros de Manaus para facilitar tanto a vida do empresário quanto do consumidor. O aplicativo permite que o usuário acesse as prateleiras do estabelecimento, escolha os produtos, a forma de pagamento e entrega, se prefere que as compras cheguem ao destino ou passe para pegar no mercadinho. O aplicativo está em fase de testes e fazendo contatos. “Meu pai tem um mercadinho e nós fizemos o aplicativo baseado no comércio dele. Uma moça nos procurou e disse que quer testar também”, disse a estudante Karlla Batista. Os contatos podem ser feitos pelo email O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

Já o Vanmos deve ser lançado no início do ano que vem, com o começo do ano letivo das escolas. O aplicativo permite saber quais as vans cadastradas, qual a localização delas (por meio de GPS), a frequência escolar e troca de mensagem entre auxiliar do condutor e pais. “Já temos o contato com algumas empresas. O aplicativo está em fase de testes. Nesses dois meses, queremos ver o que falta para ajustar para que ele funcione plenamente no ano que vem”, explicou o aluno finalista de Ciência da Computação, Jó Vidal.

O SOS Carros promete ajudar os motoristas que tiverem problemas com seu carro. Um pneu furado, bateria descarregada ou um problema mecânico podem acontecer com qualquer um. O aplicativo vem com a proposta de reunir os serviços de auxílio a esses condutores num só lugar. Para isso, basta que os fornecedores dos serviços entrem em contato com os desenvolvedores dos apps por meio do site http://www.soscarroapp.com.br/.

“Nosso objetivo é incentivar o espírito empreendedor neles. Alguns já montaram empresas e querem levar a ideia adiante, mesmo depois de formados. Já temos alguns exemplos de empresas que nasceram no IComp e deram certo”, afirmação o professor Eduardo Souto, coordenador da VII edição da Feira de aplicativos móveis.

Palestra sobre fomento à pesquisa abre a IV Semana de Ciência e Tecnologia do ICE

Cursos do ICE abordam a importância da ciência na produção alimentar Cursos do ICE abordam a importância da ciência na produção alimentar A cerimônia de abertura da IV Semana de Ciência e Tecnologia do Instituto de Ciências Exatas (IV SECT-ICE) foi realizada nesta terça-feira (18) com a palestra da professora Andrea Waichman, diretora técnico-científica da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (FAPEAM), que abordou o tema “Possibilidades de fomento para a pesquisa em tempos de crise financeira”.

A IV SECTI-ICE, realizada no período de 18 a 21 de outubro, unifica as semanas dos cursos de química, física, matemática, estatística e geologia, integrando-os à Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT).

De acordo com a coordenadora geral do evento, professora Daniela Menegon, um dos objetivos dessa unificação é somar forças e conhecer as atividades de cada curso do Instituto. “Queremos mostrar para a Universidade e para a comunidade o que produzimos em ciência, pesquisa, ensino e extensão”, afirmou. 

Da esq para a dir.: Daniela Menegon, Gilson Monteiro e Andrea Waichman Da esq para a dir.: Daniela Menegon, Gilson Monteiro e Andrea Waichman Também participaram da solenidade o professor Gilson Monteiro, pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação (Propesp), o diretor do ICE, professor Cícero Mota Cavalcante, bem como os professores coordenadores das semanas de cada curso; Márcia Brandão, de Estatística, Marcelo Brito de Física, Emilio Soares, de Geologia, Júlio César Rodrigues, de Matemática e Renato Henriques, de Química. 

Para o pró-reitor Gilson Monteiro, o encontro ressalta o aspecto interdisciplinar dos alimentos, tema da SNCT 2016, principalmente dentro das ciências exatas.  “Acho que esse encontro é fundamental, juntar as pessoas que fazem ciência é a melhor forma de estimular pesquisas efetivas, inovação. É o que mostra o quanto a universidade está viva”, enfatizou.


As atividades da Semana serão realizadas até a sexta-feira (21) e dentro da temática da SNCT, “Ciência alimentando o Brasil”. A programação completa está disponível no site do evento. Inscrições para vagas remanescentes podem ser feitas presencialmente até 15 minutos antes das atividades. 

Mais informações no site da IV SECT-ICE

Socióloga Wania Pasinato avalia dez anos da Lei Maria da Penha em "Seminário Violência e Gênero no Amazonas"

Mesa de honra da abertura do Seminário Violência e Gênero no AmazonasMesa de honra da abertura do Seminário Violência e Gênero no AmazonasVoltado a acolher reflexões sobre a questão de gênero na atualidade, como violência de gênero,  discriminação,  diversidade e  orientação sexual em diferentes abordagens teóricas, o "Seminário Violência e Gênero no Amazonas" teve início na manhã desta quarta-feira, 19, no auditório Rio Amazonas.

O coordenador geral do evento, professor Fabio Candotti, destacou que abordar apenas os dez anos da criação da Lei Maria da Penha não seria suficiente para discutir a temática e classificou o Seminário como um espaço de resistência da sociedade. “Uma das minhas tarefas ao assumir a coordenação do Observatório de Violência no Amazonas, criado em 2012 sob a coordenação da professora Flávia Melo e com apoio da PROEXT, da PROTEC e da FAPEAM, era fazer o lançamento do mapa da violência que estava sendo construído desde 2012 e ele será lançado logo mais, às 14h. Mas   não é suficiente lançar o mapa ou apenas abordar os dez anos da criação da Lei Maria da Penha. É preciso resistir à tentativa de retirar a temática de gênero das escolas e demais esferas políticas e aqui na universidade é o espaço ideal por se tratar de uma reunião pública, um fórum, porque é preciso, sim, falar de gênero e esse debate é cada vez mais necessário” declarou o coordenador do evento, referindo-se a projetos de Lei em tramitação.

No hall do auditório Rio Amazonas resumos de trabalhos alusivos à temática do Seminário como "Análise do papel do sistema de justiça na solução de conflitos de gênero" e "A etnografia das trabalhadoras da limpeza pública do município de Benjamin Constant" O seminário segue até o próximo dia 21 de outubro. No hall do auditório Rio Amazonas resumos de trabalhos alusivos à temática do Seminário como "Análise do papel do sistema de justiça na solução de conflitos de gênero" e "A etnografia das trabalhadoras da limpeza pública do município de Benjamin Constant" O seminário segue até o próximo dia 21 de outubro. A pró-reitora de Inovação Tecnológica, professora Socorro Chaves, representou a Administração Superior da Universidade na abertura do evento. Durante seu discurso, ela enfatizou que a Ufam tem vários trabalhos sobre a temática Violência e Gênero, inclusive vinculados à Pró-reitoria de Inovação Tecnológica. “Quero parabenizar a todos os organizadores que assumiram  esse compromisso de debater esse tema extremamente relevante e espero que daqui saiam várias proposições para que nós possamos ganhar força e esperança nesse momento crítico de aumento da violência em todas as áreas, não só no Estado do Amazonas, mas em nível mundial”, ressaltou a Pró-reitora.

A Secretária Executiva de Políticas para as Mulheres, Keith Bentes, representou o Governo do Estado na cerimônia de abertura do evento. “Em nome do Governo do Estado eu gostaria de agradecer o convite. Nós viemos aqui para contribuir com o debate e apresentar o trabalho desenvolvido pela nossa Secretaria. Nossa gerência de diversidade também participa ativamente deste Seminário e quero destacar que a Universidade Federal do Amazonas tem feito um trabalho fundamental de protagonismo no interior e essa parceria com nossa Secretaria é fundamental para debelar a violência contra a mulher”.

Centro de Referência dos Direitos da Mulher

Representando o Poder executivo municipal, a coordenadora do Centro de Referência dos Direitos da Mulher, Luciana Farias, aproveitou para divulgar os serviços oferecidos pelo recém-inaugurado Centro que coordena. “Preciso falar da necessidade de divulgação constante do Centro de Referência dos Direitos da Mulher inaugurado recentemente e que é mais uma instituição para compor a Rede de Enfrentamento à violência contra a mulher. O Centro está instalado no Conjunto Duque de Caxias e oferece serviços de atendimento psicossocial, jurídico e de orientação pedagógica e busca acolher mulheres em situação de violência da melhor forma possível”, declarou a representante da Prefeitura de Manaus.

Conferência de abertura

A socióloga da Universidade de São Paulo, Wania Pasinato, foi a conferencista da abertura do Seminário Violência e Gênero no Amazonas.A socióloga da Universidade de São Paulo, Wania Pasinato, foi a conferencista da abertura do Seminário Violência e Gênero no Amazonas.A socióloga da Universidade de São Paulo, Wania Pasinato, foi a conferencista da abertura do Seminário Violência e Gênero no Amazonas. Durante a apresentação, ela destacou que a Lei Maria da Penha passa pelo momento mais delicado de sua existência. “Pra mim é uma honra falar sobre a Lei Maria da Penha, pois eu tenho acompanhado desde a elaboração dela. Sou convidada há anos para fazer balanços sobre a implementação da Lei, sobre os avanços e desafios e eu afirmo aos senhores que em nenhum momento antes, nesses dez anos de implementação, a Lei Maria da Penha esteve tão ameaçada quanto agora", declarou a palestrante. Segundo Wania Pasinato, os Projetos de Lei que apresentam alterações em direitos conquistados nas últimas décadas. "Se permitirmos uma modificação no texto da Lei Maria da Penha, por mais que revestida da ideia de boa intenção, vamos deixar as portas abertas  para que outras mudanças entrem. Estão propondo, por exemplo, que se retire a palavra gênero da Lei Maria da Penha. Se nós retirarmos a palavra gênero dessa Lei, vamos desmantelar a lei; toda a sua história e tudo o que ela representa como marco político de enfrentamento da violência contra a mulher” , alertou a conferencista.

 

Programação

Na tarde desta quarta o evento continua com a apresentação e com o debate do Mapa da Violência de gênero no Amazonas, além do lançamento do aplicativo do Observatório da violência de gênero no Amazonas. 

 

Confira notícia relacionada:

UFAM realiza seminário “Violência & Gênero no Amazonas” de 19 a 21 de outubro

 

 

II Workshop de Química Inorgânica da UFAM aborda 100 anos da Teoria de Lewis

Conferência de abertura sobre as contribuições do físico-químico para a ciência foi proferida pela pesquisadora do Instituto de Química da USP, professora doutora Ana Maria da Costa Ferreira.

A mesa de honra foi composta pelo pró-reitor de Extensão, professor Frederico Arruda; pelo diretor do Instituto de Ciências Exatas, professor Cícero Mota; pelo coordenador do Programa de Pós-graduação em Química, professor Leandro Pocrifka e pelo chefe do Departamento de Química, professor Túlio Gadelha Costa. A mesa de honra foi composta pelo pró-reitor de Extensão, professor Frederico Arruda; pelo diretor do Instituto de Ciências Exatas, professor Cícero Mota; pelo coordenador do Programa de Pós-graduação em Química, professor Leandro Pocrifka e pelo chefe do Departamento de Química, professor Túlio Gadelha Costa. Promovido pelo Departamento de Química da UFAM, o II Workshop de Química Inorgânica tem o objetivo de articular o encontro da comunidade acadêmico-científica para compartilhar experiências e saberes e, dessa forma, enriquecer conhecimentos relacionados aos eixos temáticos Química de coordenação, Bioinorgânica, Materiais, Eletroquímica, Catálise e Nanotecnologia.

O evento é paralelo à 30ª Semana de Química da UFAM, organizada para refletir e propor novas políticas para o Ensino e a pesquisa e também integra a programação da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia promovida pelo Instituto de Ciências Exatas na UFAM.

A coordenadora do II workshop, professora Neila Braga, destaca a segunda edição do Workshop de Química Inorgânica como um dos eventos-satélite da Semana de Ciência e Tecnologia do ICE. "Embora nosso evento seja focado na área de Química, ele envolve várias subáreas, o que colabora muito na formação de nossos alunos de graduação e pós-graduação. Para tanto, organizamos minicursos, palestras e experimentos que também integram a Semana de Ciência e Tecnologia do Instituto de Ciências Exatas (ICE) e esperamos que todos aproveitem para aprimorar os conhecimentos".

Solenidade de abertura

Durante a solenidade de abertura do evento, o diretor do Instituto de Ciências Exatas, professor Cícero Mota, destacou que eventos desta natureza dão vida à atividade científica. "Nesses eventos os professores mostram seus trabalhos, integram alunos da graduação e da pós. Para Manaus eventos assim se tornam ainda mais importantes por estarmos distantes de outros centros, então a comunicação científica se torna mais difícil, especialmente para nossos alunos obterem financiamento para irem a esses grandes centros. Em geral são eventos assim esses que animam os alunos, empolgam, dão vida à atividade científica e ficamos sempre felizes com a disponibilidade que o Departamento tem de realizá-los", declarou o diretor.

Evento oportuniza troca de saberes e experiências entre os participantesEvento oportuniza troca de saberes e experiências entre os participantesSemana Nacional de Ciência e Tecnologia

Ele aproveitou também para convidar a comunidade universitária para o lançamento da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia na tarde desta terça-feira (18). "Hoje à tarde haverá o lançamento da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia na versão do ICE, que congrega todas as semanas de cursos de Matemática, Física, Química, Estatística e Geologia. É um evento muito animado que equivale à Semana de Portas abertas de outras universidades. É um momento muito dinâmico em que trazemos para a nossa Universidade alunos de Ensino Básico, de outras universidades e Institutos Federais e que, apesar dos poucos recursos, o trabalho é possível por contarmos com muitos voluntários e professores de universidades de Estados vizinhos. Espero que todos prestigiem mais essa edição da Semana de Ciência e Tecnologia do ICE", ressaltou o diretor.

O Pró-reitor de Extensão, professor Frederico Arruda, representou a reitora na solenidade de abertura. Ele destacou a eficiência do ICE na realização de grandes eventos na Universidade e ressaltou a utilização da Química Inorgânica nas práticas tradicionais indígenas. "Em nome da reitora, professora Márcia Perales, trago as felicitações dela e as minhas também e desejo que este seja mais um evento de sucesso do ICE, que a cada programação demonstra eficiência e se torna exemplo de como se organizar eventos na Universidade. Ao mesmo tempo, quero ressaltar a importância da Química Inorgânica entre os povos tradicionais indígenas. Muitas pessoas pensam logo só na utilização dos recursos da Química Orgânica, na extração de substâncias de folhagens e raízes, mas eles também utilizam bastante os conhecimentos da Química Inorgânica, principalmente com cinzas, em seu cotidiano", comentou o pró-reitor.

Conferência de abertura

Palestrante  Ana Maria da Costa Ferreira é professora da USP há 38 anos  e já foi contemplada com 19 prêmios e títulos, entre eles a Comenda da Ordem Nacional do Mérito Científico, concedida  pelo Ministério da Ciência e TecnologiaPalestrante Ana Maria da Costa Ferreira é professora da USP há 38 anos e já foi contemplada com 19 prêmios e títulos, entre eles a Comenda da Ordem Nacional do Mérito Científico, concedida pelo Ministério da Ciência e TecnologiaEm seguida, a professora doutora Ana Maria da Costa Ferreira proferiu A conferência de abertura sobre as contribuições do físico-químico Lewis para a ciência.

A aluna do segundo período do curso de Engenharia de Materiais comenta como os conhecimentos repassados no Workshop de Química Inorgânica contribuem para a formação dela. "A engenharia de materiais estuda estrutura, propriedade, aplicações, processamentos e desenvolvimento de novos materiais, logo nossa grade curricular é composta por muita química. O workshop de química está voltado, também, para questão da composição estrutural do material. Então, é de grande importância a participação nessas palestras, minicursos e experimentos que o evento proporciona".

Confira a programação completa do II Workshop de Química Inorgânica em http://sectice.ufam.edu.br/outras-atividades/492-ii-workshop-de-quimica-inorganica 

 

Ufam torna pública a abertura de processo seletivo simplificado para contratação de professores visitantes

A Fundação Universidade do Amazonas torna pública a abertura de processo seletivo simplificado destinado à contratação de professores visitantes, brasileiros ou estrangeiros, para atendimento de necessidade temporária de excepcional interesse público. O processo seletivo é destinado à contratação de 13 professores visitantes para atuarem junto a programas de pós-graduação da Universidade Federal do Amazonas, conforme as especificações constantes no anexo I do edital.

Dentre as atividades a serem executadas estão: atuar como suporte ao desenvolvimento e aperfeiçoamento qualitativo dos programas de pós-graduação; apoiar as unidades acadêmicas no aprimoramento de seus programas de pós-graduação stricto sensu, cursos de graduação e de projetos estratégicos de desenvolvimento institucional, entre outras atividades.

As inscrições iniciaram nesta segunda-feira, 17, e vão até o dia 18 de novembro de 2016, das 9h às 11h e das 14h às 16h, diretamente na secretaria da unidade acadêmica (relacionadas no Anexo II do edital) a qual o programa de pós-graduação ofertante da vaga encontra-se vinculado. Também serão aceitas inscrições via Sedex para todas as áreas, desde que o pagamento do valor da inscrição e a data da postagem tenham sido comprovadamente efetuados até o dia 18 de novembro de 2016. Além do endereço, o candidato deverá acrescentar no envelope o nome da unidade acadêmica e o respectivo programa o qual deseja disputar a vaga para evitar o extravio da documentação.

Veja a o edital completo abaixo, ou acesse o site: progesp.wixsite.com/ddpessoas/0612016

Anexos:
Fazer download deste arquivo (edital_061.pdf)edital_061.pdf[ ]371 kB

Compec convoca fiscais para o PSC - 2017

A ativação do cadastro é destinada somente aos colaboradores que já possuem cadastro na base de dados da Compec

Comissão Permanente de Concursos, setor sul do CampusComissão Permanente de Concursos, setor sul do CampusA Comissão Permanente de Concursos da UFAM (Compec) informa que no período de 17 a 27 de outubro, estará aberta a Ativação de Cadastro de colaboradores interessados em trabalhar no Processo Seletivo Contínuo (PSC-2017), como prestadores de serviços de fiscalização. As provas ocorrem no dia 27 de novembro, no horário de 6h às 13h. A Ativação do Cadastro é exclusivo no endereço eletrônico: www.comvest.ufam.edu.br.

Critérios para participar

Podem participar como fiscais os colaboradores que possuem conta corrente individual, em instituição bancária; e tenham disponibilidade de tempo para o dia de aplicação das provas. Colaboradores que possuem conta empresarial, conta poupança, conta conjunta, conta salário, conta inativa, ou tenha restrição no CPF junto à Receita Federal, não podem participar.

Confirmação de Participação e Recebimento do Manual de Instruções do Fiscal

A confirmação da participação no Processo Seletivo dar-se-á mediante o recebimento do Manual de Instruções do Fiscal que contém informações acerca do trabalho a ser realizado no dia do Processo Seletivo. A entrega do Manual de Instruções é pessoal e acontecerá da seguinte forma:

  • No período de 31/10 a 07/11, na Comissão Permanente de Concursos – COMPEC, situada no Campus Universitário Sen. Arthur Virgílio Filho, Setor Sul, no horário das 8h às 12h e 13h às 17h;
  • O Colaborador que não comparecer à COMPEC para receber o Manual de Instruções do Fiscal, no período acima, será automaticamente substituído e excluído do processo seletivo e ficará com rejeição em seu cadastro para futuros processos seletivos por 2 anos, a partir da data de realização do Processo Seletivo.

A ativação do cadastro é destinada somente aos colaboradores que já possuem cadastro na base de dados da Compec, ou seja, já trabalharam em processos seletivos anteriores realizados pela Comissão.A simples ativação no portal online não garante a participação no processo seletivo. A partir deste Processo Seletivo os servidores da UFAM que atuarem como colaborador, receberão a remuneração referente aos trabalhos realizados via contra-cheque.

Instituição American Chemical Society realizou abertura de evento na Ufam

A Universidade Federal do Amazonas - Ufam, em parceria com a American Chemical Society - ACS, e a Sociedade Brasileira de Química - SBQ, realizou a abertura do Workshop Bulding Opportunity out of Science and Technology – BOOST. O evento teve início nesta manhã de sexta-feira, 14, e se estende até as 17h30, no auditório da Faculdade de Direito, no setor Norte do campus.

A American Chemical Society já realizou o mesmo evento em Curitiba, Belo Horizonte, Salvador, Recife e agora em Manaus. Direcionado a discentes, doutores e jovens profissionais da área de química, oobjetivo do evento é permitir que os cientistas adquiram habilidades que não aprendem em sala de aula e se caracterizam em publicar, comunicar, vender e ser contemplado em editais.

A ACS é uma das maiores sociedades científicas do mundo e têm este projeto itinerante que busca cidades longínquas dos grandes centros e oferece aos estudantes e aos jovens pesquisadores destes locais como trabalhar a linguagem científica.  

O primeiro módulo do evento foi ministrado pela cientista e membro da ACS, Lily Raines, com o tema “Communicating Your Science” (Comunicando em Ciência).    São quatro módulos com temas: “Publicando em Ciência”; “Vendendo sua Ciência”; e “Mapeando sua Carreira”, que serão ministrados por Bradley Miller, Cornelia Bohne, Ellene Tratras Contis, membros da ACS.

“O objetivo do evento é permitir que os cientistas adquiram habilidades que realmente não aprendem em sala de aula que seriam publicar, comunicar, vender e ser contemplado com editais em ciência. Então, a ideia foi trazer expert da American Chemical Society para que pudessem intermediar uma série de atividades, exercícios, entre outros, para que as pessoas tivessem consciência destes quatro pilares que todo cientista deve ser capaz de dominar. O grande benefício do Workshop é trazer para o público local como o mundo trabalha com a linguagem da ciência”, Destacou o professor do curso de Química da Ufam, Renato Henriques de Souza, vice-secretário regional da Sociedade Brasileira de Química e coordenador local do Workshop.

O professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Peter Seidl, explicou que a American Chemical Society é a maior sociedade científica do mundo e querem se aproximar dos estudantes brasileiros para apresentar a Instituição e de que forma podem colaborar com as universidades, com centros de pesquisas pra avançar as aplicações da Química. “A ACS é a maior sociedade científica do mundo. Eles têm 150 mil associados, um prédio de cinco andares em Washington, verbas enormes e querem se aproximar dos estudantes brasileiros. Querem apresentar ao público em geral o que é a ACS e de que forma podem colaborar com a ciência no Brasil.

“É um evento interessante porque são conteúdos voltados para os alunos de pós-graduação como: escolha de artigos, como fazer apresentações, delinear a pesquisa e aprender várias técnicas. São assuntos de extrema importância pra gente que está no mestrado e no doutorado. É um grupo de pesquisadores que trazem informações que colaboram com a nossa pesquisa. É um evento importante porque acrescenta no desenvolvimento do trabalho científico”, disse a doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Química -PPGQ-, Kamila  Fernandes.

As atividades do Workshop são ministradas integralmente na língua inglesa e os participantes recebem certificado de participação.

Secons divulga datas e pautas das reuniões de Conselhos Superiores

A Secretaria dos Conselhos Superiores (Secons) divulga as datas das próximas reuniões do Conselho de Administração (CONSAD) e Universitário (CONSUNI):

1.Reunião ordinária do CONSAD a ser realizada no dia 18 e 19 de outubro de 2016;

2.Reunião ordinária do CONSUNI a ser realizada no dia 20 e 21 de outubro de 2016.

As reuniões acima elencadas ocorrerão nos horários de 8h30 às 12h30 e de 14h30 às 18h30, no Plenário Abraham Moysés Cohen, no Bloco da Administração da Faculdade de Direito, Setor Norte do Campus Universitário. As pautas de cada reunião estão em anexo. 

Anexos:
Fazer download deste arquivo (Pauta Consad.pdf)Pauta Consad.pdf[ ]222 kB
Fazer download deste arquivo (Pauta Consuni.pdf)Pauta Consuni.pdf[ ]135 kB

Inscrições abertas para editais de Pós-Graduação na UFAM

A Universidade Federal do Amazonas (UFAM), por meio da Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (Propesp), está com inscrições abertas para a seleção de mestrado e doutorado em quatro programas de pós-graduação. São eles: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil (PPGEC), Programa de Pós-Graduação em Zoologia (PPGZOOL), Programa de Mestrado Profissional em Filosofia (PROF FILO/Rede Nacional) e Programa de Pós-Graduação em Informática (PPGI).

Os editais completos estão disponíveis na página www.propesp.ufam.edu.br.

Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil (PPGEC)

O programa oferece 24 vagas para o mestrado, sendo 20 vagas regulares e 4 vagas suplementares, destinadas à política de ação afirmativa para autodeclarados pretos, pardos e indígenas. As inscrições ocorrem de 10 de outubro a 27 de outubro. Interessados devem levar o formulário de inscrição preenchido até a Secretaria do PPGEC, localizada no 2º piso do Bloco Prof. Vilar Fiuza da Câmara, Faculdade de Tecnologia (FT), setor Norte do campus universitário. O atendimento ocorre de segunda a sexta, das 9h às 11h e das 13h às 16h.

Candidatos residentes ou temporariamente fora da cidade sede do PPGEC poderão enviar o formulário preenchido, assinado e digitalizado no formato pdf para o e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

O PPGEC dispõe da área de concentração Materiais e Componentes de Construção, com a seguinte linha de pesquisa:

Linha 1 - Materiais Regionais e Não Convencionais Aplicados a Estruturas e Pavimentos.

Acesse o edital completo aqui.

Programa de Pós-Graduação em Zoologia (PPGZOOL)

São 12 vagas para o mestrado, sendo 10 vagas regulares e 2 vagas suplementares; e 8 vagas para o doutorado, com 7 vagas regulares e 1 vaga suplementar. As inscrições ocorrem de 7 de outubro a 7 de novembro. Interessados devem entregar o formulário de inscrição preenchido na Secretaria do PPGZOOL, localizada na Secretaria do Prédio das Pós-GraduaçõesICB/FCAPós-Bio-Agro, térreo, do Instituto de Ciências Biológicas (ICB), setor Sul do campus. O atendimento ocorre de segunda a sexta, no horário das 8h às 12h e das 14h às 18h.

Candidatos residentes ou temporariamente fora de Manaus poderão enviar o formulário preenchido, assinado e digitalizado no formato pdf para o e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

O PPGZOOL dispõe de área de concentração em Zoologia, com as seguintes linhas de pesquisas:

Linha 1 – Sistemática filogenética e taxonomia integrativa;

Linha 2 – Evolução e biogeografia;

Linha 3 – História natural, Ecologia e Conservação.

Acesse o edital completo aqui.

Programa de Mestrado Profissional em Filosofia (PROF-FILO/Rede Nacional)

O programa oferece 185 vagas para mestrado, distribuídas nos dezesseis núcleos locais ativos do PROF-FILO do país. No núcleo da UFAM, há um total de 10 vagas. As inscrições ocorrem até 7 de novembro e devem ser realizadas através do formulário disponível no site do PROF-FILO.

O PROF-FILO dispõe da área de concentração em Ensino de Filosofia. O exame de seleção contará com três fases de caráter eliminatório:

I – Prova teórica;

II – Avaliação de projeto de pesquisa;

III – Arguição do projeto de pesquisa.

Acesse o edital completo aqui.

Programa de Pós-Graduação em Informática (PPGI)

O programa oferece 36 vagas para o curso de mestrado, sendo 30 regulares e 06 suplementares. Para o doutorado são oferecidas 12 vagas, sendo 10 regulares e 02 suplementares. As vagas suplementares visam atender a política de ação afirmativa para autodeclarados pretos, pardos e indígenas;

O PPGI dispõe das seguintes linhas de pesquisas:

Linha 1 – Banco de Dados e Recuperação de Informação;

Linha 2 – Inteligência Artificial;

Linha 3 – Otimização, Algoritmos e Complexidade Computacional;

Linha 4 – Redes de Computadores e Sistemas Distribuídos;

Linha 5 – Sistemas Embarcados e Engenharia de Software.

As inscrições devem ser feitas no período de 02 a 18 de janeiro de 2017, exclusivamente de forma on-line, através do Requerimento de Inscrição disponível no site do programa.


Acesse o edital completo aqui

CTIC informa manutenção nos servidores da rede da UFAM na terça-feira (11)

O Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) informa que no dia 11 de outubro, terça-feira, das 14h às 19h, será realizada a manutenção nos servidores da rede local da instituição, podendo ocorrer indisponibilidade de alguns sistemas, como: Internet, Webmail, Portais, Pergamum e SIE.

Rede elétrica do Campus passa por manutenção no próximo domingo (09)

O Departamento de Logística e Meio Ambiente da Prefeitura do Campus informa que, no próximo domingo (09), das 08 às 11h, haverá interrupção do fornecimento de energia elétrica dentro do Campus para manutenção e melhorias na rede elétrica da Universidade. 

CAUA abre inscrições para curso de flauta-transversal

O Centro de Artes (CAUA) da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) realiza até a quinta-feira (13) as inscrições para a seleção do curso “Coral de Flauta-Transversal”. Com carga horária de 60 horas, o curso tem como proposta aperfeiçoar as técnicas e habilidades do flautista estimulando os alunos a trabalhar em diferentes naipes. Os candidatos, com idade mínima de 14 anos, devem possuir o instrumento e noções básicas de flauta-transversal.

A seleção acontece na quinta-feira, 13 de outubro, das 14h às 17h, na Unidade II do CAUA, localizado na Rua Simão Bolivar n° 215, Centro – Praça da Saudade e não é necessário que os participantes apresentem documentos.

As inscrições acontecem dos dias 17 a 19 de outubro, na Unidade I do CAUA, localizada na Rua Monsenhor Coutinho n° 724, Centro. Para a matrícula, os candidatos aprovados devem apresentar cópia do RG, CPF, uma foto 3x4 e no caso do aluno de menor, deve apresentar juntamente uma cópia do RG e CPF do responsável.

As aulas tem início no dia 21 de outubro, na Unidade II do CAUA.

Para mais informações, entre em contato pelo telefone: (92) 3305-5150 e 3305-5183 ou pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Prazo de inscrições para o curso Produção de Conteúdo para EaD é prorrogado

A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (ProGesp), por meio da Coordenação de Treinamento e Desenvolvimento (CTD), do Departamento de Desenvolvimento de Pessoas, informa que o prazo de inscrições para o curso 'Produção de Conteúdo para EaD' foi prorrogado até o dia 11 de outubro de 2016.

Servidores técnico-administrativos e docentes da UFAM interessados em participar devem preencher o formulário de inscrição evento interno de capacitação Educação à Distância disponível no link goo.gl/updzqC. O documento deve ser encaminhado via protocolo para a CTD, localizada no Centro Administrativo, setor Norte do Campus Universitário Arthur Virgílio Filho. Junto com o formulário, os servidores também devem entregar uma Declaração de "Nada Consta" (acesse aqui) da Biblioteca Central, conforme Resolução Consad 003/2015.

Informações pelo telefone: (92) 3305-1487. E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

Notícia relacionada:

PROGESP e CED abrem inscrições para o curso de capacitação "Produção de Conteúdos para EaD”

 

Servidores discutem projetos de vida após a aposentadoria em último dia de curso da Progesp

Curso informa servidores sobre temas importantes para a aposentadoriaCurso informa servidores sobre temas importantes para a aposentadoriaA Pró-reitoria de Gestão de Pessoas (Progesp) realizou na manhã desta quinta-feira, 06, o último dia de atividades do curso de capacitação para a aposentadoria. Discutir temas referentes a essa nova fase da vida dos servidores foi a proposta do curso.

Durante duas semanas, 15 servidores (docentes e técnico-administrativos) participaram do curso que é um projeto-piloto do “Programa de Preparação para a Aposentadoria”. O encerramento contou com a presença da reitora da UFAM, professora Márcia Perales, que agradeceu a contribuição e o comprometimento dos profissionais para o crescimento da Universidade. “Essa Instituição só funciona, só cresce porque nós, a cada dia, aprendemos mais desenvolvendo um trabalho que é sempre coletivo. As pessoas estão envolvidas no processo de construção”, declarou.

Reitora agradeceu a contribuição dos profissionais da UFAMReitora agradeceu a contribuição dos profissionais da UFAMDe acordo com a pró-reitora de Gestão de Pessoas, professora Kathya Thomé, o curso é uma das etapas do “Programa de Preparação para a Aposentadoria” que conta ainda com outras duas atividades: a homenagem no ato da aposentadoria e a entrega de troféu alusivo em cerimônia no fim do ano. “Essa é uma preocupação da Universidade; queremos criar a cultura do reconhecimento da importância do servidor para a Instituição”, expôs a professora.

No curso, os profissionais puderam aprender sobre diversos temas, entre eles, os aspectos legais da aposentadoria, dicas de saúde, educação financeira e afetividade. “Foi uma grade bem rica e acredito que o objetivo do curso foi alcançado”, afirmou a diretora do Departamento de Saúde e Qualidade de Vida (Dsqv) da Progesp, professora Nikeila Conde, que junto com o Departamento de Desenvolvimento de Pessoas (DDP), promoveram o curso.

No último dia de atividade, os participantes discutiram seus projetos de vida durante a palestra da professora Rosângela Dutra. Dos 15 inscritos no curso, 13 possuem tempo de aposentadoria, como Francisco Gaspar de Oliveira, 65 anos de idade e 40 vividos na Instituição. “Eu agradeço à UFAM e à Progesp por terem oferecido esse curso para os futuros aposentados da Universidade. Nós tivemos a oportunidade de aprender sobre muitos assuntos que irão nos beneficiar”, disse o seu Chiquinho, coordenador de Transportes da Prefeitura do campus.

Agroufam inicia sua 30º edição nesta quinta-feira

A 30ª edição da Feira da Agricultura Familiar -Agroufam-, teve início nesta quinta-feira, 6, e se estende até amanhã, sexta-feira. A Feira ocorre na primeira semana de cada mês (dois dias) no hall da Faculdade de Ciências Agrárias, no setor Sul do campus. Todos os meses a Feira dispõe ao público interno e externo a comercialização de frutas, verduras e legumes, além de artesanato, biojoias e roupas confeccionadas com chita nativa.

Com um faturamento médio mensal de R$ 52 mil, a Feira já se tornou referência para agricultores de 14 municípios e ao consumidor local.  Ao todo 80 barracas abrigam a produção e em cada uma há a participação de três famílias.  

O público em geral (comunidade acadêmica e externa) tem a disposição produtos agrícolas com melhor qualidade e produzidos com monitoramento do Núcleo de Socioeconomia da Ufam – Nusec-, por meio do setor de Segurança Alimentar e Nutricional, que orienta e promove treinamento para quem vende alimentos e cultiva produtos agrícolas. “O Núcleo promove treinamento na área de manipulação, de higiene, de sanitização e até mesmo na parte de melhor apresentar o alimento na Feira. Mostramos para eles que o alimento pode apresentar perigos para o consumidor, principalmente, químicos, físicos e biológicos. Para quem vende frutas, verduras, hortaliças e legumes também recebem treinamento na área de segurança de alimentos, principalmente, no que diz respeito ao uso de agrotóxicos. Estamos buscando zero de veneno para disponibilizar ao consumidor produtos de melhor qualidade” destacou o professor do curso de Engenharia de Alimentos da Ufam e do setor de Segurança Alimentar do Nusec, Victor Lamarão.

A funcionária publica municipal, Núbia Lameira, moradora de Petrópolis, vem a Agroufam todos os meses adquirir frutas e verduras. “Eu tenho amigos e um sobrinho que estudam aqui e me avisam quando vai ter a Feira. Venho sempre no primeiro dia, pela manhã, porque os produtos estão fresquinhos e as bancas estão bem abastecidas. Os preços estão dentro da média do mercado e a qualidade dos produtos é melhor. Gosto também da higiene da Feira. É um local bem limpo e os produtos são bem armazenados”, disse Núbia Lameira.    

Sobre a Feira

A Agroufam é uma realização do Nusec e conta com a participação de organizações não governamentais, Unidades de Conservação e Empreendimentos de Economia Solidária de ensino. A feira recebe apoio do Ministério do Desenvolvimento Agrário, Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), Secretaria Municipal de Abastecimento (Sempab) e da Fapeam, que financia o Programa Estratégico de Transferência de Tecnologias para o Setor Rural (Prorural).

A Feira é um espaço socioeducativo que estimula o intercâmbio de conhecimentos e integração de saberes entre agricultores e comunidade acadêmica, além de estabelecer uma relação direta produtor-consumidor. 

E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Blog: agroufam.wordpress.com

Facebook: facebook.com/Agroufam

Cel:. (92) 99219-6825

 

Colóquio Internacional na Ufam debate questões sobre religiosidade e normativas

Realizado pelo Núcleo de Pesquisa em Política, Instituições e Práticas Sociais (POLIS) do Departamento de História da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), o Colóquio Internacional Religiões e Normatividades no Atlântico Português, ocorreu no auditório Rio Negro do Instituto de Ciências Humanas e Letras (ICHL), na tarde desta segunda-feira (03).

A conferência, aberta ao público, teve o objetivo de refletir, debater e problematizar a questão da normatividade, focando no período da Idade Moderna (séculos XVI – XIX). Participaram do debate os professores Márcia Mello, Jaime Gouveia e Davi Avelino da Ufam e o professor João Nunes do Instituto Politécnico de Viseu (IPV). 

Para a professora Márcia Mello, um dos principais propósitos do evento é fazer com que os estudantes conheçam as pesquisas desenvolvidas, não somente sobre o Amazonas, mas também na relação que se estabelece entre Portugal e o Brasil. “Hoje o estudo da história Colonial é muito mais presente do que era antigamente, mas também queremos mostrar a possibilidade de desses campos de pesquisa se interligarem, como no caso da religião e do direito, mostrando que a história pode dialogar com outras áreas”, afirmou a professora. 

O professor Jaime Gouveia, um dos coordenadores do evento, falou sobre os tribunais episcopais e a questão da normatividade, as leis que interferiam na sociedade na época e de que forma ocorriam os julgamentos. 

Segundo ele, a conferência se justifica pela atualidade do tema que também tem ecos no passado e que precisa ser debatido. “Ainda há muitas lacunas em aberto em campos relacionados à história religiosa de uma perspectiva atual e sobre normatividade, no ponto de vista da história e do direito. Portanto este primeiro colóquio tem a missão de desbravar, de certa forma, o terreno que não está desenvolvido ainda”, finalizou.  

HUGV implanta três protocolos de Segurança do Paciente

Durante o mês de setembro, o Setor de Vigilância em Saúde e Segurança do Paciente, do Hospital Universitário Getúlio Vargas, da Universidade Federal do Amazonas – (HUGV-UFAM), apresentou à comunidade hospitalar os protocolos de segurança do paciente implantados no HU: Protocolo de Identificação do Paciente, Protocolo de Prevenção de Queda e o Protocolo de Prevenção de Úlcera por Pressão.

Os protocolos desenvolvidos no HUGV estão de acordo com o Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP) do Ministério da Saúde (MS), criados em parceria com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), e buscam prevenir e reduzir a incidência de eventos geradores de danos ao paciente, e erros em procedimentos cirúrgicos nos estabelecimentos públicos e privados.

A identificação do paciente será feita por meio de pulseiras, colocadas no momento da internação, e monitoradas diariamente pela equipe assistencial. Nelas devem constar informações como o nome completo do paciente, data de nascimento, número de prontuário e clínica onde foi internado.

Pulseiras de identificação, colocadas no momento da internação do pacientePulseiras de identificação, colocadas no momento da internação do pacienteA prevenção de queda, que visa reduzir a ocorrência em pacientes, e os danos associados, utilizará um formulário de avaliação de risco de queda no momento da admissão do paciente no hospital, e reavaliação diária. Outras medidas a serem adotadas serão estratégias de educação ao paciente, familiares e profissionais, e distribuição de material informativo.

Por último, para a implantação do protocolo de prevenção de úlcera por pressão, também será utilizado formulário que deverá ser preenchido no momento da admissão do paciente, com reavaliações de risco diários.  Nele consta a escala de Braden (instrumento para avaliação de risco para avaliação de ulcera por pressão) e recomendações gerais para prevenir as lesões, além de ações educativas para pacientes, acompanhantes e profissionais, como distribuição de flyers informativos com os fatores de risco para lesão por pressão.

A Chefe do Setor de Vigilância em Saúde e Segurança do Paciente do HUGV, enfermeira LucianaEnfermeira Luciana SilveiraEnfermeira Luciana Silveira Silveira, destacou a importância de se compartilhar este momento com toda a comunidade do Hospital, tanto assistencial quanto acadêmica. “É extremamente importante divulgarmos para todo o hospital, abrangendo as áreas de ensino, administrativa e principalmente da assistência, pois entendemos que é uma oportunidade de apresentar as ações de segurança, orientar quanto ao funcionamento de cada protocolo e angariar apoio, aumentando assim a adesão para os protocolos que estão sendo implantados".

Além dos protocolos implantados na ocasião, o HUGV já monitora os protocolos de lista de verificação segura de cirurgia e de higienização das mãos, e está em fase de discussões e ajustes para a implantação de prescrição segura e de comunicação entre profissionais. ​Abaixo seguem alguns informativos apresentados durante as reuniões: 

 

 

Propesp divulga editais de Pós-Graduação com inscrições abertas

A Universidade Federal do Amazonas (UFAM), por meio da Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (Propesp), está com inscrições abertas para a seleção nos cursos de Mestrado dos Programas de Pós-Graduação em Odontologia (PPGO) e Sociologia (PPGS); Mestrado e Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social (PPGAS) e Pós-Doutorado dos Programas de Pós-Graduação em Agronomia Tropical (PGATR) e Física (PPGFIS).  

Os editais, formulários e informações completas estão disponíveis na página da Propesp.


Programas de Pós-Graduação em Odontologia (PPGO)

O programa oferece 19 vagas para Mestrado, sendo 15 vagas regulares e 4 vagas suplementares, destinadas à política de ação afirmativa para autodeclarados pretos, pardos e indígenas.

As inscrições vão até 07 de outubro. Interessados deverão comparecer à Secretaria do PPGO, levando o formulário de inscrição preenchido (disponível no site da Propesp), juntamente com ocomprovante de pagamento de taxa de inscrição.

A secretaria fica na Faculdade de Odontologia, Avenida Ministro Waldemar Pedrosa, 1539, Praça 14 de janeiro, 3º andar, sala da pós-graduação. O horário de atendimento é de segunda a sexta, das 09h às 11h


O PPGO dispõe das seguintes linhas de pesquisas:

Linha 1 - Promoção de saúde: Epidemiologia, Promoção e Prevenção em Saúde Bucal;

Linha 2 – Materiais Dentários: Reabilitação Oral e Endodontia;

Linha 3 – Fitoterápicos em Odontologia;

Linha 4 – Etiologia, Diagnóstico e Tratamento das Doenças Bucais.


Acesse o edital completo aqui.

 

Programa de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS)

São 18 vagas para o Mestrado, sendo 15 regulares e três suplementares. As inscrições podem ser efetuadas através do formulário, disponível no site da Propesp, devidamente preenchido e entregue na Secretaria do PPGS, juntamente com o comprovante da taxa de inscrição e demais documentos constantes em anexo ao edital. 

O prazo para inscrições vai até o dia 14 de outubro. A secretaria é localizada no Bloco Prof. Mário Ypiranga Monteiro do Instituto de Ciências Humanas e Letras (ICHL), sala 9, Setor Norte do Campus Universitário da  UFAM  Arthur  Virgílio  Filho. O atendimento é feito de segunda a sexta, no horário das 9h às 12h.

O PPGS dispõe das seguintes Linhas de Pesquisas e seus respectivos eixos temáticos:

Linha 1: A Amazônia e o pensamento social no Brasil
- Literatura, Arte e Cultura; 
- Amazônia e formas de conhecimento;
- Estruturas, institucionalidades e processos de legitimação.

Linha 2: povos, dinâmicas populacionais e dimensões simbólicas
- Territórios e identidades amazônicas;
- Formas de representação, ideologia e imaginário;
- Sociobiodiversidade e ambiente.

Linha 3: trabalho, estado e sociedade
- Indústria e mundos do trabalho;
- Formação das elites, empresariado e sindicalismo;
- Formas de governo, democracia e cidadania. 


Acesse o edital completo aqui.


Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social (PPGAS)

Dentro do programa são oferecidas 20 vagas para o Mestrado, sendo 15 regulares e 5 suplementares. Para o doutorado são oferecidas 11 vagas, 8 regulares e 3 suplementares. As vagas suplementares visam atender a política de ação afirmativa para autodeclarados pretos, pardos e indígenas.

O período de inscrição vai até o dia 21 de outubro. As inscrições podem ser efetuadas através do formulário de inscrição, disponível no site da Propesp, devidamente preenchido e entregue na Secretaria do PPGAS, localizada na Rua Ferreira Pena, nº 386, Centro, Manaus/AM, CEP 69010-140. O atendimento ocorre de segunda a sexta, das 9h às 12h.

O PPGAS dispõe das seguintes Linhas de Pesquisas:

Linha 1: Antropologia da Amazônia Indígena. Estudos etnográficos e comparados de povos indígenas com ênfase na Amazônia - organização social, parentesco, cosmologia, ritual, teorias nativas, relação sociedade/natureza, sistemas de classificação, dentre outros. Enfoques interdisciplinares de etnologia, linguística, história e política indígena.

Linha 2: Povos Tradicionais e Mundo Rural Amazônico. Estudos da problemática rural na Amazônia. Família, propriedade e patrimônio; legislação e direitos costumeiros; poder, política e conflitos fundiários; meio ambiente e desenvolvimento; territorialidade, inclusão social e identidades; saberes tradicionais e religiosidade.

Linha 3: Política, Territorialidade e Mobilização Social. Processos de ordenamento e gestão territorial. Processos de territorialização e territorialidades diferenciadas. Mobilizações, redefinições e emergência de identidades sociais. Políticas indígenas e indigenismo.  Cultura e fronteiras identitárias.  Conflitos socioambientais, deslocamento de populações e efeitos sociais de grandes projetos. Desenvolvimento sustentável e povos tradicionais. Antropologia do Estado. Direito e regulação social

Linha 4: Linguagem, Arte e Sistemas Simbólicos. Estudo de diferentes formas de pensamento e comunicação humanas a partir da linguagem, arte e outras manifestações, dentro de uma perspectiva tanto sincrônica como diacrônica.  Antropologia da arte.  Etnomusicologia.  Etnologia.  Arte, performance e sociabilidades.

Linha 5:  Cidades,  Patrimônio  e  Práticas  Culturais  Urbanas. Apropriação e uso do espaço urbano. Interação social e formas de sociabilidade. Imaginário e cultura popular no contexto urbano. Práticas culturais em meio urbano. Patrimônio cultural imaterial e novas centralidades.  Migrações. Redes indígenas urbanas.  Preconceito e construção identitária. Violência e conflito. Individualismo, gênero, família e parentesco em sociedades contemporâneas. Rito, devoção e magia.


Acesse o edital completo aqui.

 

Programa de Pós-Graduação em Agronomia Tropical (PGATR)

O programa oferece 1 vaga para pós-doutorado disponibilizada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). As inscrições devem ser feitas somente por e-mail, até o dia 4 de outubro, com envio da documentação exigida no edital para o endereço eletrônico O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. com a linha de assunto da mensagem “PNPD 2016”.

Acesse o edital completo aqui. 


Programa de Pós-Graduação em Física (PPGFIS)

O programa oferece 1 vaga para pós-doutorado disponibilizada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). As inscrições devem ser feitas somente por e-mail, até o dia 11 de outubro, com envio da documentação exigida no edital (em um único arquivo e em formato PDF) para o endereço eletrônico O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. com a linha de assunto da mensagem “PNPD 2016”.

Acesse o edital completo aqui. 



Dúvidas e informações complementares sobre os processos pelo telefone: (92) 3305- 1496.

ProGesp convoca para recadastramento aposentados e pensionistas

 

A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas -ProGesp- informa aos servidores aposentados e pensionistas, que ainda não se recadastraram, que poderão realizá-lo até o dia 14 de outubro de 2016 (veja lista dos servidores que estão pendentes de recadastramento). Caso não o façam até esta data, terão os seus proventos suspensos no mês de novembro.

Os aposentados e pensionistas que já realizaram o recadastramento anual, devem desconsiderar a listagem. A ProGesp está localizada no térreo do Centro Administrativosetor norte do Campus Universitário, bairro Coroado. Fone: (92) 3305-1478

 

Anexos:
Fazer download deste arquivo (aposentados_pensionistasufam_hugv2.doc)Aposentados e Pensionistas[ ]31 kB

NEAI debate arqueologia amazônica e a construção da história indígena

O palestrante, arqueólogo do MUSA, Filippo StampanoniO palestrante, arqueólogo do MUSA, Filippo StampanoniNa última sexta-feira (30), o Núcleo de Estudos da Amazônia Indígena (NEAI), do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social (PPGAS) da UFAM, promoveu a palestra “A arqueologia amazônica e a construção de uma história indígena de longa duração”. Ministrado pelo arqueólogo do Museu da Amazônia (MUSA), Filippo Stampanoni Bassi, o evento faz parte da programação dos Seminários de Pesquisa do NEAI.

A palestra foi dividida em dois momentos: uma retrospectiva dos primeiros estudos arqueológicos na Amazônia, com pesquisadores como Betty Meggers, Clifford Evans e Peter Hilbert; e a apresentação do estudo de caso do contexto doméstico pré-colonial na região da Amazônia Central. Fillipo Stampanoni explanou a respeito da escavação na região do baixo rio Urubu (AM), que resultou na tese “A maloca Saracá: uma fronteira cultural no médio Amazonas pré-colonial, vista da perspectiva de uma casa”.

A partir da apresentação, foram propostas considerações sobre processos sociais indígenas da época, como a casa sendo usada como espaço político, e o “reaproveitamento” do passado dos povos indígenas por eles mesmos, com a reinterpretação da arte rupestre na cerâmica.

Segundo Filippo Stampanoni, “o seminário foi pensado a partir da necessidade da Arqueologia em se reaproximar da História, no esforço para a criação de uma história indígena de longa duração”. Ainda para o pesquisador, é necessário que um diálogo seja estabelecido entre as áreas de estudo, e o discurso seja ampliado para além dos arqueólogos, envolvendo, também, antropólogos e, sobretudo, os povos indígenas.Seminário debateu caminhos para a construção de uma história indígena de longa duraçãoSeminário debateu caminhos para a construção de uma história indígena de longa duração

Sobre os Seminários de Pesquisa

Os Seminários de Pesquisa promovidos pelo NEAI objetivam o aprofundamento e debate em torno de pesquisas avançadas em etnologia ameríndia. Cada seminário conta com um especialista convidado que expõe os resultados de seus estudos ou pesquisas sobre um determinado tema no campo da Etnologia indígena, seguido de um tempo para o debate com o público (especializado ou não). Os seminários acontecem na sede do NEAI, sem um calendário fixo.