PPG em Ciência Animal comemora primeira defesa do mestrado

 
 
Por Sandra Siqueira
Equipe Ascom

Logo do PPG em Ciência Animal da UFAM Logo do PPG em Ciência Animal da UFAM O Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal (PPGCAN) da Ufam realizou na manhã de quarta-feira, 7, a primeira defesa de dissertação. Com seis meses de antecedência, a defesa mostra a competência de alunos e professores do programa.

Com apenas um ano e sete meses de criação, o PPGCAN já teve aprovado seu primeiro trabalho de pesquisa do curso de mestrado. Coordenador do Programa e orientador da dissertação defendida, o professor Frank Cruz, comemora este importante momento na história do programa. “Ele iniciou em abril de 2016 e a primeira defesa acontece com um ano e sete meses. Isso é muito bom para o candidato e também para o programa porque vai contar para que o curso suba de conceito na avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes)”, comemora.

Com a defesa da dissertação “Bioeficiência da inoculação de L-glutamina em ovos embrionados de matrizes avícolas”, de João Paulo Ferreira Rufino, o PPGCAN dá início ao cronograma de defesas da primeira turma. Segundo o coordenador, até o final do mês de abril quase 80% dos alunos terão feito suas defesas. O coordenador atribui os bons resultados alcançados pelo programa ao empenho e compromisso dos corpos docente e discente. “Temos um corpo docente jovem, motivador. E essa motivação tem de vir atrelada à produção científica e esses jovens professores têm se desdobrado dentro do programa em orientar, ministrar aulas, produzir artigos, pesquisas e isso é que talvez faça um grande diferencial do nosso programa”, diz.

A qualidade dos trabalhos desenvolvidos pelos estudantes também é outro destaque do PPGCAN. “Entraram alunos muito bem motivados. O PPGCAN está de parabéns porque nós tivemos a felicidade de termos alunos e trabalhos de pesquisa muito importantes”, comenta sobre os 15 alunos da primeira turma.

Primeira defesa do PPGCAN ocorre com apenas um ano e sete meses de criação.Primeira defesa do PPGCAN ocorre com apenas um ano e sete meses de criação.

Com a primeira defesa realizada, o programa celebra a superação do maior desafio enfrentado desde sua criação, titular seu primeiro aluno. A permanente busca por equipamentos mais modernos e a obtenção do conceito quatro da Capes são atualmente os principais objetivos do PPG. “Seremos avaliados em 2019, e estamos trabalhando para sermos pelo menos conceito quatro”. Para obtê-lo, a equipe investe na produção científica docente e na infraestrutura dos laboratórios. “Com isso, a nossa intenção é submeter à Capes a proposta de curso em nível de doutorado já em 2019”, revela.

Primeira Defesa do PPGCAN

Abordando um tema inovador, o uso da L-glutamina no desenvolvimento de aves ainda nos ovos, João Paulo Rufino discorreu sobre um tema com o qual já possui familiaridade, uma vez que desde a graduação realiza trabalhos na linha de pesquisa Nutrição e Produção de Monogástricos e Ruminantes. “Sempre gostei de trabalhar com o desenvolvimento embrionário, com a reprodução de aves, e a possibilidade de utilizar um produto que nunca tinha sido utilizado me fascinou”, conta.

De acordo com o orientador, ainda que a temática escolhida seja nova, a estrutura do PPG possibilitou a realização da pesquisa. “É um trabalho muito bom. Eu comentei da falta de referências bibliográficas durante a arguição justamente porque para realizar um trabalho desses é preciso infraestrutura física e de equipamentos e hoje só quatro universidades brasileiras possuem isso, entre elas a UFAM”, declarou.

Banca avaliadora e público participam de momento importante na história do PPG.Banca avaliadora e público participam de momento importante na história do PPG.

Primeiro colocado na seleção para o PPGCAN, João Paulo demonstra grande interesse para a pesquisa científica. Para o professor Frank Cruz, o estudante promete ser um destaque na área. “Ele é uma pessoa altamente produtiva do ponto de vista científico, já tem 28 artigos produzidos. Ele é um exemplo de quando você quer, quando você tem motivação, você consegue”, afirma ao anunciar a aprovação do orientando para o curso de doutorado da Rede Bionorte, também da UFAM.

Sobre o PPGCAN

Com a proposta do curso submetida à Capes no final de 2015 e aprovada em 2016, após duas tentativas frustradas em 2013 e 2014, o PPGCAN é um exemplo de determinação. Composto por 22 docentes, 15 permanentes e sete colaboradores, o programa começa a colher os frutos da dedicação dos seus envolvidos com as defesas dos alunos da primeira turma.

Vinculado à Faculdade de Ciências Agrárias (FCA), o PPGCAN é o único do tipo no Estado, possuindo duas linhas de pesquisa: Biotecnologia Aplicada a Produção Animal e Nutrição e Produção de Monogástricos e Ruminantes; além de contar com instituições como oInstituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado do Amazonas (IFAM/AM) e Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA).