Curso de Medicina da Ufam comemora desempenho na Avaliação Seriada para Escolas Médicas

Performance dos alunos do segundo ano do curso de Medicina da Ufam foi acima da média brasileira, da Região Norte e do Amazonas.

 

A Avaliação Nacional Seriada dos Estudantes de Medicina (ANASEM) foi realizada em 2016 e mobilizou 22.086 estudantes de 233 cursos das escolas de educação médica brasileiras. Essa foi a primeira edição da prova pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP).

O exame foi instituído pela Portaria MEC nº 982, de 25 de agosto de 2016 e tem o objetivo de avaliar os estudantes de graduação em Medicina, do segundo, quarto e sexto anos, por meio de instrumentos e métodos que considerem os conhecimentos, as habilidades e as atitudes previstas nas Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Medicina publicadas em 2014.

No exame, 130 acadêmicos do segundo ano do curso de Medicina representaram a Universidade Federal do Amazonas (Ufam). Isto significa em 16,1% dos 805 alunos matriculados no curso.

 

Avaliação de desempenho

Os desempenhos nas questões objetivas e subjetivas foram agrupados em três níveis de proficiência – básico, adequado e avançado – com o objetivo de medir as competências estruturais ou habilidades dos participantes de acordo com o que se espera para cada ano do curso.

Segundo o Inep, cerca de 91,2% dos estudantes de medicina encontram-se no nível de proficiência adequado; 6,9%, no básico; e 1,9%, no avançado. Quanto aos desempenhos agregados por instituições de educação superior, 98,71% apresentam média em nível adequado e 1,29%, no básico.

Ufam acima da média

Para o coordenador do curso de medicina da Ufam, professor Alexandre Lopes Miralha, o bem-sucedido desempenho dos alunos reflete o engajamento de todos para oferecer ensino e serviços de saúde de qualidade. “Superamos todas as médias local, regional e nacional. Enquanto a proficiência média brasileira é de 100, a Ufam alcançou 101,7; a média da Região Norte é de 97 e a do Amazonas é 96,7. Isso significa que estamos na direção certa, buscando maior qualidade no ensino e fortalecendo as mudanças que vem ocorrendo na unidade acadêmica. Com a participação ativa de nossos alunos, professores, técnicos, administração da unidade e administração superior, certamente o curso de Medicina da Ufam conseguirá a tão esperada nota 5 na avaliação do INEP/MEC. O trabalho é árduo, exige persistência e resiliência por parte de todos os atores envolvidos. Às vezes precisamos parar um pouco, retroceder em algumas ações e avançar em outras, pois a construção da organização didático-pedagógica é coletiva e necessita da participação de todos para que seja inovadora, sólida e perene. É o caminho para o amadurecimento do nosso curso”, destacou o coordenador.

Consulta a resultados e próxima prova

Os resultados foram divulgados no último dia 24 de julho pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). A segunda edição da ANASEM acontecerá no dia 18 de outubro de 2017 e será aplicada para os estudantes matriculados no segundo e quarto ano dos cursos de Medicina