HUGV promove ações voltadas ao Mês da Mulher

Atendimentos ambulatoriais, de beleza e palestras estiveram presentes na programação

As servidoras do Hospital Universitário Getúlio Vargas da Universidade Federal do Amazonas (HUGV-Ufam) receberam tratamento especial em homenagem ao Mês da Mulher, comemorado em 8 de março. As funcionárias do Hospital tiveram acesso às atividades como dança com orientação física, esmaltação e design de sobrancelhas, consultas ginecológicas e dermatológicas e palestras sobre saúde.

O superintendente do HUGV, cirurgião Rubem Alves Jr, ressaltou que esta ação foi uma iniciativa louvável de diversos setores e serviços do Hospital. “Unimos esforços para proporcionar às servidoras do HUGV um atendimento especial no mês em que se comemora o dia das mulheres, como sinal de nosso reconhecimento pelos seus esforços constantes na qualidade do atendimento aos nossos usuários”, declarou. 

Participaram da ação, promovida na última segunda-feira, dia 20, o Ambulatório Araújo Lima; a Unidade de Saúde da Mulher, Criança e Adolescente; e o Programa de Atividades Motoras para Deficientes da Ufam (Proamde), além de parceiros como o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac Amazonas).

Importância da rotina na prevenção

Para a responsável técnica pelo serviço de Ginecologia do HUGV, a médica Heliamara Teles, a maior contribuição desta ação para o Hospital é dar oportunidade para as servidoras de repensarem a maneira como cuidam da própria saúde, muitas vezes negligenciada.
 
“Esta ação foi criada exatamente para atualizar a rotina de consultas e exames das servidoras. Pudemos perceber nos atendimentos que a maioria das pacientes estava com exames atrasados”, relatou a médica.  “A iniciativa serve para relembrar as funcionárias de não descuidar da saúde em nenhum momento do ano”.

Heliamara reforçou a importância dos exames de rotina para a prevenção de doenças. “A rotina é necessária, pois só conseguimos fazer a prevenção por meio dela, e nela encontramos o rastro de doenças como câncer de colo de útero e câncer de mama. O ginecologista, como médico clínico da mulher, não está só para cuidar da parte ginecológica, mas também das demais rotinas de saúde da mulher", explicou a médica.