Ufam dá as boas-vindas aos novos estudantes estrangeiros

Alunos estrangeiros foram recepcionados pela ARII/UfamAlunos estrangeiros foram recepcionados pela ARII/UfamA Universidade Federal do Amazonas (Ufam) recepcionou os novos alunos estrangeiros ingressantes na Instituição por meio do Programa de Estudante de Convênio de Graduação (PEC-G). A recepção, conduzida pela Assessoria de Relações Internacionais e Interinstitucionais (ARII), aconteceu nesta quarta-feira, dia 22, no miniauditório da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progesp).

A servidora da ARII, Aldinéa de Paula, falou aos novos estudantes sobre a estrutura, funcionamento e serviços oferecidos pela Ufam. Aldinéa frisou a importância de cada estudante para o cumprimento da missão de formação humana da Universidade. 

“Vocês agora são alunos regulares da Ufam, com os mesmos direitos e deveres que os outros membros da comunidade acadêmica. Cabe a vocês aproveitar cada oportunidade de crescimento oferecida dentro da graduação”, disse a servidora. “Não se sintam inibidos para dialogar: conheçam seus professores e colegas. Vivam, respirem a Universidade, façam esta experiência valer a pena”, incentivou.

Christiane Eveng compartilhou sua experiência como aluna do PEC-G na UfamChristiane Eveng compartilhou sua experiência como aluna do PEC-G na Ufam

Vivência

A mestranda do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social (PPGAS), Christiane Carole Eveng, é um exemplo de como aproveitar ao máximo a experiência acadêmica. Vinda de Camarões, África Central, pelo PEC-G, Christiane se graduou em Comunicação Social – Relações Públicas e desenvolveu pesquisas científicas sobre os intercâmbios acadêmicos entre os países africanos e o Brasil.

Ao compartilhar sua história, Christiane encorajou os novos alunos a se envolverem com a Universidade, especialmente através da pesquisa. “É uma forma de retornar à Ufam tudo o que aprendemos. Nossa experiência como alunos PEC-G é melhorada quando dialogamos e nos aproximamos da Instituição. Aproveitem cada oportunidade de desenvolvimento intelectual que é oferecida”, afirmou.

Christian Kibeba Bande, natural da República Democrática do Congo e aprovado em Engenharia de Petróleo e Gás, está ansioso para iniciar a trajetória universitária. “Tenho muitos planos pela frente. Sei que não vai ser fácil no início, terei dificuldades por causa da língua, mas não será impossível. Quero ser o melhor aluno e que meu nome fique marcado na Universidade”, declarou.

O PEC-G

Desenvolvido pelos ministérios das Relações Exteriores e da Educação em parceria com Instituições de Ensino Superior (IES), o PEC-G atende à demanda por graduações de estudantes oriundos de países em desenvolvimento socioeconômico, como Gana, Benin, República Democrática do Congo, Haiti e Camarões, dentre outros. O procedimento que conferiu vaga a estes novos discentes da Ufam consistiu, primeiramente, na conclusão de um curso de Língua Portuguesa para estrangeiros em 2016, ministrado presencialmente aqui, e em aprovações no exame de proficiência (Língua Portuguesa – Celpebras).