Incomodal motiva interesse de estudantes para o mercado de trabalho

Acadêmicos e estudantes de Ensino Médio da Rede Pública de Ensino participam da palestra “Incomodal: o segredo dos campeões”, proferida pelo especialista em Marketing e Comportamento Humano, Carlos Eduardo Oshiro. O evento ocorreu nesta segunda-feira, 1° de abril, no auditório Rio Amazonas, da Faculdade de Estudos Sociais (FES).

Conhecer o perfil comportamental das organizações e os critérios exigidos no  mercado de trabalho foi  o principal objetivo do evento que faz parte das atividades dos alunos do 8º período da disciplina Gestão de Projeto do curso de Administração da FES.  

Oshiro conceitua a incomodação como geradora das mudanças, o que trará, consequentemente, resultados bastantes eficazes.  Ter uma meta,  focar seus objetivos e ter disciplina são os componentes que formam a tríade que fará a diferença no futuro e na própria realização do profissional, concretizando suas ações, destaca o especialista.

“É importante que o interessado busque algo que efetivamente traga prazer naquilo que faz e que esteja ligado a seus valores, aos seus comportamentos e ao mesmo tempo esteja em busca de melhorias continuas tanto no âmbito técnico quanto no pessoal para que este sempre se renove e se reinvente, completa.” explicitou o palestrante.

O professor de Sociologia da Escola Estadual Josué Cláudio de Souza, bairro Coroado, zona Leste, José Fernandes Barros, ressalta que a importância desse tipo de evento é sempre bem-vinda, principalmente quando se trata de ações motivacionais. Para o professor, os estudantes de Ensino Médio estão procurando orientações que possibilitem ingressar na Universidade ou no mercado de trabalho e esse tipo de evento sempre vem agregar valor aos seus ideais.

Os alunos das quatro turmas do terceiro ano foram os escolhidos para participar do evento, uma vez que eles estão “amadurecidos” em relação as perspectivas de ingressar no ensino superior ou no mercado de trabalho, completa Fernandes Barros.

Oficinas fortalecem o evento

A Oficina 1 ”Currículo e entrevista  de emprego” e a Oficina 2 “Dinâmica de Grupo e teste Psicológico” fizeram parte da programação. A psicóloga do Departamento de Apoio ao Servidor (DAS), da Pró-reitoria para Assuntos Comunitários (Procomun), Adenilda Arruda, que apresentou a segunda Oficina, disse que o mercado de trabalho está cada vez mais competitivo e cada vez mais se estreita no que se refera à seleção de profissionais.

“Essas oficinas irão ajudá-los a ter uma postura e a conhecer um pouco mais o que está sendo avaliado nessas condições. Então a dinâmica de grupo e o teste psicológico ajudam a conhecer o candidato para saber se ele tem um perfil adequado para aquele cargo que está concorrendo”, declara.   

Opinião

O estudante do 3º ano, Francisco Aragão Neto, avalia que o evento é fundamental. Ao finalizar o curso, geralmente, o estudante não sabe para onde ir. Sempre há duvidas com relação a sua vida profissional e não se tem uma orientação para seguir e fazer o que mais gosta, ou seja, conciliar sua vida profissional com os estudos, finaliza.