Saiba como participar ativamente das decisões da Universidade através da representação estudantil

Os estudantes também podem participar do processo decisório dentro das unidades acadêmicas

 

Estudantes podem colaborar no gerenciamento da UniversidadeEstudantes podem colaborar no gerenciamento da Universidade

Além dos conhecimentos teóricos oferecidos pelos cursos de graduação, a Universidade Federal do Amazonas oferece a seus alunos o espaço e a oportunidade de atuar na estrutura administrativa da Instituição. Todo estudante pode assumir liderança e representatividade entre a comunidade acadêmica contribuindo para que as demandas estudantis saiam das salas de aulas e cheguem aos órgãos administrativos da Universidade.

Conselhos Superiores

Uma das principais formas de representatividade dos estudantes da UFAM é a participação nos Conselhos Superiores, maiores instâncias deliberativas da Instituição: Conselho Universitário (Consuni), Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) e Conselho de Administração (Consad). Neles, os representantes do corpo discente têm o importante papel de apreciar e decidir sobre as pautas de competência de cada órgão junto com os demais conselheiros.

Para compor esses órgãos, os representantes universitários são escolhidos por votação secreta a cada dois anos pelos membros dos três segmentos da comunidade acadêmica: professores, técnico-administrativos em educação e estudantes, tendo direito a uma reeleição. Só podem candidatar-se alunos que já tenham passado pelo segundo período da graduação. Os conselheiros atuais assumiram em janeiro de 2016.

No Consuni, os estudantes têm oito assentos. Já no Consepe, são eleitos seis estudantes para representar os interesses discentes no âmbito do ensino, pesquisa e extensão. Quanto ao Consad, são reservadas quatro vagas para representantes estudantis. Através deles, os estudantes podem levar ao colegiado informações e demandas na área administrativa.

Câmaras

Através das Câmaras Setoriais os alunos também podem manifestar opiniões e demandas. Há três cadeiras discentes vagas na Câmara de Ensino e Graduação (CEG), uma na Câmara de Pesquisa e Pós-graduação (CPPG) e mais uma na Câmara de Extensão e Interiorização (CEI). Para participar, os interessados em assumir os postos devem ter concluído o segundo período e acionar os centros acadêmicos para que sejam indicados.

Unidades Acadêmicas

Os estudantes também podem participar do processo decisório dentro das unidades acadêmicas. Para cada departamento de curso também são reservados espaços para os alunos terem voz e voto. O departamento de cada curso é o órgão que consulta e delibera as ações que irão ocorrer e afetar a estrutura, os projetos e agentes envolvidos no ensino de determinado curso.

Frank Lira é aluno do 6º período do curso de Filosofia e é representante discente no departamento. Para o estudante, alguns elementos são essenciais para o desempenho destas funções “Aprender sobre o funcionamento da Universidade e questões administrativas e documentais é um dos pontos mais importantes. A partir daí você não vai deixar escapar oportunidades que possam ser úteis aos estudantes que representa,” pontua Frank. Ele ressalta que a participação dos discentes na gestão da UFAM é importante, pois afeta diretamente a vida acadêmica do grupo e o potencial da Instituição.

Além das entidades citadas, outra forma de participação estudantil são os Centros Acadêmicos (CAs) de cada curso. São formados, liderados e executados exclusivamente pelos estudantes de graduação e também possuem vez e voz nos colegiados departamentais. O que significa que através desse órgão estudantil interno os alunos podem deliberar demandas e também promover programações acadêmicas e culturais além de promover a integração entre os estudantes.