Novos prédios do ICB melhoram a qualidade do ensino, da pesquisa, da extensão e da inovação

Os dois blocos ocupam uma área total de 9.009,48 m², e comportam 25 laboratórios didáticos, e 40 laboratórios com diversas áreas de atuação

Bloco ICB 02, setor sul do CampusBloco ICB 02, setor sul do CampusO Instituto de Ciências Biológicas (ICB) da Ufam é uma das Unidades Acadêmicas localizadas no Setor Sul do Campus senador Arthur Virgílio Filho, que iniciou suas atividades de ensino-pesquisa-extensão a partir de junho de 1970. Mas muito antes, na primeira versão do Estatuto da Universidade, em 1965, o ICB tinha outro nome: o Instituto Central de Biologia.

Em 2015, o Instituto de Ciências Biológicas iniciou a mudança física para dois novos blocos, no mesmo setor, atrás das antigas instalações, entregues pela Ufam em agosto. O valor investido nos prédios foi de R$ 12.203.445,94 recursos estes oriundos da Universidade; Ministério da Educação, através do programa de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (MEC-Reuni); e emenda parlamentar.  Ao todo foram três anos para a conclusão dos prédios, sob a execução de uma empresa.

Com as novas instalações, o ICB passou a melhorar as condições de infraestrutura das aulas práticas dos 17 cursos de graduação e pós-graduação do Instituto. Os prédios se somam com outro já existente, chamado Paulo Buhrnheim, com 17 salas e 1 Auditório.

 

Espaço físico

Os dois novos blocos do Instituto de Ciências Biológicas, juntos comportam 25 laboratórios didáticos, e 40 laboratórios com diversas áreas de atuação, como um Herbário, uma Coleção Zoológica, e outra de Microrganismos-Micoteca. Um Auditório para 100 pessoas e salas de professores também fazem parte das novas estruturas físicas, que juntas ocupam uma área total de 9.009,48 m², com quatro pavimentos cada.Laboratório da coleção de fungosLaboratório da coleção de fungos

No ICB 01 estão presentes setores importantes como a Secretaria e Diretoria do ICB, cinco chefias de departamento (Morfologia, Biologia, Ciências Fisiológicas, Genética, e Parasitologia) três coordenações de Cursos (Ciências Naturais, Ciências Biológicas e Biotecnologia), Laboratório do Ensino à Distância, Laboratório de Informática, Sala da Coordenação do PARFOR, Laboratório de Prática de Ensino de Ciências, Salas de Professores de Ciências e de Citologia, de reuniões, e um Auditório para 100 pessoas. Já no subsolo estão três Centros Acadêmicos, um PET e a sala do Programa de Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid), e um Centro de Convivência com Cantina.  

Ainda no ICB 01 (foto de capa desta matéria especial) estão grandes coleções como o do Herbário (coleção de plantas secas prensadas), e Zoológica (coleção de animais de diferentes habitats). No ICB 02 estão outros laboratórios, com destaque para a Coleção de Microrganismos - Micoteca.

Melhorias na graduação e pós-graduação

Mesmo ainda com poucos meses de entrega, a nova infraestrutura do ICB já começa a trazer melhorias significativas para as atividades de ensino-pesquisa-extensão da graduação e pós-graduação. Segundo Coleção do laboratório didático de ZoologiaColeção do laboratório didático de Zoologiadiretora, professora Sônia Maria da Silva Carvalho, “com o aumento do espaço físico e melhores condições de infraestrutura laboratorial, o ICB pretende buscar agora o conceito 5,0 no MEC. Atualmente temos nota 4,0”. Outro ponto destacado pela Diretora é que os docentes do Instituto passaram a se sentir mais motivados “pois o novo ambiente cria um clima/ambiente mais estimulante para o desenvolvimento das atividades”.

O Instituto de Ciências Biológicas oferece seis cursos regulares em nível de Graduação: Ciências Biológicas, com Bacharelado somente no horário diurno, e Licenciatura nos horários diurno e noturno; Licenciatura em Ciências Naturais, diurno e noturno e Biotecnologia, somente no horário noturno. O Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas obteve o conceito 4,0 em 2015.

Também são oferecidos Ensinos à Distância (EAD), com Licenciatura em Ciências Biológicas em seis municípios do Amazonas (São Gabriel da Cachoeira, Humaitá, Benjamin Constant, Coari, Itacoatiara e Parintins) e Parfor com Licenciaturas em Ciências Naturais e Ciências Biológicas. Além disso, o ICB é responsável pelo oferecimento Laboratório de CitogenômicaLaboratório de Citogenômicade disciplinas do ciclo básico para 14 cursos de graduação da Ufam (Zootecnia, Engenharia de Pesca, Engenharia Florestal, Fisioterapia, Medicina, Farmácia, Odontologia, Enfermagem, Educação Física, Psicologia, Agronomia).

As graduações do ICB contam com a colaboração das Secretarias de Educação do Estado e do Município (Seduc e Semed), para a execução dos estágios das Licenciaturas e atividades de extensão. Em projetos de pesquisa, o Instituto conta com um vasto número de colaboradores (Superintendência da Zona Franca de Manaus – Suframa; Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas – Fapeam; Secretaria de Defesa do Meio Ambiente - Sedema; Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas – Ipaam; Centro de Instrução de Guerra na Selva – Cigs; Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – Ibama; Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade – Semmas; e a Petrobras com o financiamento de projetos do ICB.

Na pós-graduação, três programas de mestrado e doutorado são destaques no ICB: Programa Multi-Institucional de Pós-Graduação em Biotecnologia (2002); Programa de Pós-Graduação em Diversidade Biológica (2014); e Programa de Pós-Graduação em Imunologia Básica e Aplicada (2008).

O Programa de Pós-Graduação em Diversidade Biológica foi descredenciado em 2014, estando em finalização das turmas, tendo sido substituído pelo Curso de Pós-Graduação em Zoologia (2015), com conceito 4,0 na CAPES. As pós-graduações do ICB contam com professores da Ufam e de outras instituições de pesquisa e ensino do Amazonas, além de outros estados brasileiros.

A Fapeam, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) são os principais agentes financiadores da pós-graduação do ICB.

O Instituto de Ciências Biológicas divide suas pós-graduações com as da Faculdade de Ciências Agrárias (FCA) em um bloco conhecido como Pós-BioAgro, entregue em 2013. Este com os dois novos prédios passaram a contribuir para a expansão e melhoria na qualidade das atividades científicas do Instituto.

Telefones: (92) 98429-5666; 99221-8563; 99146-4050; 98191-1236.

E-mail: icb.ufam@gmail.com