Reitor em exercício participa de reunião com Ministro de Assuntos Estratégicos

A reunião  com o Ministro de Assuntos Estratégicos, Roberto Mangabeira Unger, aconteceu na manhã desta segunda-feira (4) na sede do Palácio do Governo do Estado do    Amazonas. Durante o encontro, que foi presidido pelo governador do Estado do Amazonas, José Melo, e que contou com a presença de autoridades como o Secretário de Estado da Fazenda; o Superintendente da Suframa; o reitor da Universidade do Estado do Amazonas; o Secretário de Educação e Qualidade de Ensino e o Reitor em exercício da Ufam, professor doutor    Hedinaldo Narciso Lima, foram realizadas apresentações sobre a ampliação do Polo Industrial de Manaus e investimentos que podem ser viabilizados a longo prazo no Estado.

O governador do Amazonas ressaltou a necessidade de uma política de desenvolvimento integrado. “O Amazonas tem abundância de silvinita; de gás natural, além do potencial para incrementar a atividade pesqueira ou viabilizar o polo de fertilizantes. O ministro está aqui para formular conosco uma agenda amazônica com vistas a diversificar as atividades econômicas no país inteiro e nós estamos apresentando as nossas potencialidades”, declarou o chefe do Executivo Estadual.

O Ministro declarou que objetiva atrair o apoio da região amazônica na construção de um novo plano de desenvolvimento nacional. “Percebo que a Amazônia tem poder de coesão e por isso temos como uma de nossas prioridades levantar a causa da região, construir um modelo de desenvolvimento baseado na ampliação de oportunidades produtivas que inclua todas as pessoas. Quanto à educação, o ministro ressaltou a necessidade de uma mudança profunda no ensino básico. “Precisamos avançar no que diz respeito ao modo de ensinar e aprender. Buscamos um modelo que ofereça competência crítica. Na Europa observamos, por exemplo, os estudos gerais voltados para as elites e os estudos técnicos para as massas. O que pretendemos fazer em nosso país é oferecer educação da melhor qualidade a todos. Queremos uma produção densa de conhecimentos”.