Estudante expõe obras premiadas na Sociedade Brasileira de Belas Artes

'A grande cobra mãe', de Priscila pinto.'A grande cobra mãe', de Priscila pinto.
 
Por Carlos William
Equipe Ascom

A Faculdade de Artes da Ufam (Faartes) promoveu, entre os dias 16 e 20 de outubro, exposição de arte e cultura amazônica, com os objetivos de contemplar artistas de todo o Brasil e de ilustrar o imaginário e a cultura local, representados por artefatos e peças. Dentre os autores das obras exibidas, destaca-se a estudante finalista do curso de Artes Visuais, Hebe Sol, que expôs pinturas premiadas no Salão Feminino da Sociedade Brasileira de Belas Artes, no Rio de janeiro.

A amostra foi realizada no andar superior do Centro de Convivência do setor Norte do Campus Universitário, como parte do cronograma de atividades do XXIII Congresso Nacional da Associação Brasileira de Educação Musical (Abem).

A atividade foi viabilizada por meio de parcerias com outras instituições, que foram convidadas a participar, como a Associação de Mulheres do Mocambo do Arari, em Parintins, que utilizaram técnicas ceramistas para confeccionar vasos artesanais e vendê-los na exposição. Outro exemplo é o Instituto Dirson Costa, dedicado a oferecer cursos de formação artística nas áreas de pintura, marchetaria de quadros e xilogravura para indígenas. A entidade foi representada por quadros de artistas indígenas, como Dhiani Pa´saro.Vasos construídos por ceramistas foram apresentados.Vasos construídos por ceramistas foram apresentados.

Conforme afirma a coordenadora da amostra e docente do curso de Artes Visuais da Ufam, professora Roberta Valin, as parcerias fortalecem a relevância social da iniciativa. “Além da visibilidade proporcionada aos artistas expositores, é fundamental que a comunidade acadêmica e outros públicos diversos tenham acesso à educação artística e conheçam estas obras de arte. Categorizadas como artefatos indígenas ou de outras maneiras, todas levam o visitante a encontrar suas próprias interpretações”, constatou.

Instalação visual de autoria da pesquisadora, artista e docente da Faartes, professora Priscila Pinto, ‘A grande cobra mãe’ busca representar elementos presentes no animismo, na cultura e na mitologia indígena, tal como diversas outras obras e vieses de pesquisas elaboradas por ela, voltadas a essa temática. A representação possui rostos pintados em partes distintas do corpo do réptil.

'Encontro das águas', de Hebe Sol.'Encontro das águas', de Hebe Sol.Já ‘Encontro das águas’, da artista Hebe Sol, possui dualidade de significados – os rios Negro e Solimões contrapondo-se um ao outro, ilustrados nos cabelos de duas mulheres, uma negra e uma branca, para reafirmar a importância das diversidades racial e cultural dentro do contexto amazônico. A obra, feita em tinta acrílica sobre tela, foi premiada na 51ª edição do Salão Feminino da Sociedade Brasileira de Belas Artes, Rio de Janeiro.

Hebe Sol destacou sua autoafirmação enquanto artista ‘Naif’, termo usado para se referir a obras não atreladas aos moldes acadêmicos. “Antes de ingressar na Universidade, eu era autodidata, já produzia desenhos e pinturas e, portanto, já possuía um estilo próprio, cheio de manias”, esclareceu. Segundo ela, o curso teve crucial relevância em sua formação, pelo aprendizado de diversas técnicas e pela ampliação de conhecimentos. A modalidade Naif, porém, despertou seu interesse, motivo pelo qual já expôs trabalhos nas bienais de Florença, na Itália, e de Piracicaba (São Paulo), uma das mais concorridas da América Latina. “Acredito que sempre fui Naif, assim como Moacir de Andrade, que foi referência da Arte amazonense e se apresentou no mundo inteiro”, rememorou a estudante finalista.   

Orquestra Sinfônica da Ufam divulga sua agenda para a próxima semana

 
Por Nicoly Ambrozio
Equipe Ascom

A Orquestra Sinfônica da Ufam promove um concerto com o solista alemão Otto Sauter, entre os dias 25 e 27 de outubro, sob a regência do maestro Hermes Coelho Gomes, professor da Ufam. Nos dias 25 e 26, quarta e quinta-feira, o concerto ocorre na cidade de Manaus, e no dia 27, sexta-feira, em Itacoatiara, interior do Estado. A entrada para o evento será gratuita. 

Sobre a Orquestra Sinfônica 

A Orquestra Sinfônica da Ufam iniciou suas atividades em junho deste ano, sob direção artística e regência do maestro professor Hermes Coelho Gomes, da Faculdade de Artes (Faartes), e coordenação conjunta do professor Hermes Coelho Gomes e do professor Jackson Colares. 

Atualmente a Orquestra é composta por 19 músicos, que desenvolvem um repertório abrangente, que vai desde música clássica a temas populares. O Concerto de estreia da Orquestra Sinfônica ocorreu no Auditório Eulálio Chaves, localizado no setor Sul do Campus, no dia 30 de agosto de 2017. 

Confira a agenda completa:

Dia 25/10/2017

Concerto Internacional

Orquestra Sinfônica da UFAM

Regência: Maestro Hermes Coelho

Solista: Otto Sauter, trompete - Alemanha

Local: Igreja São Sebastião - Praça São Sebastião - Centro - Manaus

Horário: 19h30

 

Dia 26/10/2017

Concerto Internacional

Orquestra Sinfônica da UFAM

Regência: Maestro Hermes Coelho

Solista: Otto Sauter, trompete - Alemanha

Local: Faculdade de Artes - UFAM - Setor Norte - Bloco Mário Ypiranga, sala 6

Horário: 13h

 

Dia 27/10/2017

 

Concerto Intinerante

Orquestra Sinfônica da UFAM

Regência: Maestro Hermes Coelho

Local: Praça da Matriz - Itacoatiara - AM

Horário: 20h

 

Mais informações no Facebook da Orquestra Sinfônica: https://www.facebook.com/osufam/

Nota de Pesar – professora Sandra Noda

A Universidade Federal do Amazonas informa com pesar o falecimento da professora da Faculdade de Ciências Agrárias, e do programa de Pós-graduação em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade da Amazônia (PPGCASA), Sandra do Nascimento Noda. O velório será hoje à tarde, a partir das 15h, no Auditório Samaúma, da FCA, Setor Sul. A comunidade acadêmica manifesta sentimentos à família e aos amigos. Confira a nota da direção da faculdade:

Hoje, 20 de outubro de 2017, a Ufam homenageia a professora doutora Sandra do Nascimento Noda, pela significativa e importante contribuição científica em prol do Ensino, da Pesquisa e Extensão. Em 1982, Sandra ingressou como professora em nossa universidade. Desde lá, construiu um legado para a ciência, por meio de sua formação, livros, artigos e capítulos publicados. Foi professora de Sociologia Rural, de Introdução à Filosofia, e de Epistemologia Ambiental.

Seu Ser sistêmico estará para sempre na nossa autopoiese e na autopoiese da Amazônia. Será para sempre uma parte no nosso todo sistêmico. Construiu, ao longo de sua trajetória acadêmica, um legado indescritível que permeará as ciências ambientais e os corações ad eternum. A família (Dr. Hiroshi Noda, Sandra Noda e Gabriela Noda) estará recebendo condolências a partir das 15h no Auditório Samaúma, da Universidade Federal do Amazonas.

Professores da Ufam são homenageados na Assembleia Legislativa

Professores da Ufam recebem homenagem na AleamProfessores da Ufam recebem homenagem na AleamPor Juscelino Simões
Equipe Ascom
 
Os professores Cláudia Guerra Monteiro, Carlos Antônio Magalhães Guedelha e Eyde Cristiane Saraiva Bonatto foram homenageados nesta quinta-feira, 19, em sessão especial da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) com a entrega da medalha do Mérito Educacional “Professora Ignês Vasconcelos Dias” por suas trajetórias na promoção da educação no Amazonas.

A comenda é entregue anualmente a professores, por indicação dos deputados e do Fórum Estadual de Educação, que se destacam, tanto na Educação Básica como no Ensino Superior.  A indicação do professor do curso de Letras/Língua e Literatura Portuguesa, Carlos Guedelha, foi do presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas, David Almeida, e da professora da Faculdade de Educação (Faced), Cláudia Guerra, do Fórum Estadual de Educação.

A solenidade ocorreu no plenário da Aleam, que ficou lotado de convidados (em sua maioria professores e familiares dos homenageados). Para o presidente da Assembleia, o objetivo primordial da homenagem foi “reconhecer a grandeza daqueles que dedicam a maior parte do seu tempo a ensinar, seja na escola ou em qualquer outro lugar, compartilham seus conhecimentos, vivências e experiências. São eles que nos fazem acreditar que somos capazes de transformar sonhos em realidade, através da educação. Valorizá-los com justa homenagem não é só um ato de gratidão, mas também de reconhecimento por toda a dedicação e valoroso trabalho desempenhado por quem tem em seu cerne a arte de educar”, disse David Almeida

O professor Carlos Guedelha afirmou que a homenagem tem uma enorme simbologia, porque indica o reconhecimento da profissão pelas instituições. “A homenagem reveste-se de uma enorme simbologia, porque é um indicativo de que esta casa legislativa entende a importância do professor como protagonista, junto aos alunos, de todo o processo educacional, e compreende que é necessário e urgente valorizar esse profissional e o trabalho que ocorre no chão da escola. Ali é o lugar onde se pode plantar a cidadania. Ali é o campo onde nos armamos para a guerra contra a ignorância e a estupidez”, afirmou o professor.

Homenageados

A professora Cláudia Guerra Monteiro é licenciada em Letras pela Ufam, possui mestrado em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo e doutorado em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo. Atualmente é professora associada da Ufam e tem experiência na área de educação e tecnologia, atuando principalmente nos temas educação a distância, comunicação e estudos de recepção e tecnologia assistiva.

O professor Carlos Antônio Magalhães Guedelha é graduado em Letras pela Ufam, possui mestrado em Sociedade e Cultura na Amazônia pela Ufam, com foco em estudos literários. É doutor em Linguística pela Universidade Federal de Santa Catarina. Atualmente é professor efetivo da Ufam, instituição em que atua na formação de professores em nível de Graduação e Mestrado. É autor e organizador de livros diversos de literatura, linguística e poesia. No governo de David Almeida, atuou como secretário executivo adjunto da capital da Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc/AM).

A professora Eyde Cristianne Saraiva Bonatto possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal do Amazonas (1998), mestrado em Ciências Agrárias pela Universidade Federal do Amazonas (2002) e doutorado em Planejamento de Sistemas Energéticos pela Universidade Estadual de Campinas (2006). Especialista em Saúde Ambiental (FIOCRUZ), Especialista em Educação Ambiental (SENAC). Foi Chefe do Departamento de Engenharia Agrícola e Solos no período de 2011 a 2015, e Coordenadora Adjunta da Diretoria de Educação a Distância da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES/MEC (2016 a 2017). Atualmente é professora adjunto IV; coordenadora do Laboratório de Bioenergia 2013; líder do Grupo de Pesquisa Núcleo de Estudos em Engenharia Agrícola Aplicada; ministra disciplinas para cursos de graduação na modalidade presencial e semipresencial, vinculados à Faculdade de Ciências Agrárias. É pesquisadora colaboradora na Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado.

 

 

 

Faculdade de Medicina forma 43 novos médicos

Por Marion Litaiff
Equipe Ascom

A Universidade Federal do Amazonas, por meio da Faculdade de Medicina, realizou a outorga de grau de quarenta e três novos formandos da octogésima sétima turma do curso, na última quinta-feira, 19. A solenidade ocorreu no auditório Eulálio Chaves, situado no setor Sul do campus universitário. Amigos, familiares, professores e técnico-administrativos prestigiaram a cerimônia.

A cerimônia foi presidida pelo vice-reitor da Ufam, professor Jacob Moysés Cohen, acompanhado do vice-diretor, no exercício do cargo de diretor da faculdade de medicina e patrono da turma, professor Ivan Tramujas da Costa e Silva. A mesa de honra também foi composta pela coordenadora em exercício do curso de medicina, professora Maria do Socorro Lucena Cardoso, pela paraninfa do curso, Doutora Luciana Mendes, e pelo homenageado com nome da turma, Doutor Massanobu Takatani.

Em seu discurso de oradora, realizado após a entrega dos diplomas, a recém-graduada Paula Affonso Ferreira, enfatizou que a colação de grau vai além de simplesmente receber o diploma de conclusão de curso e afirma que o evento é marco na vida dos formandos, pois a partir deste dia será colocado em prática tudo o que foi aprendido até ali. “A Universidade Federal do Amazonas nos colocou todos juntos, e aqui não aprendemos somente a medicina teórica e prática, aprendemos também a sermos melhores seres humanos e que o cuidado com o outro vai muito além dos artigos baseados em evidências. Aprendemos, sobretudo, sobre respeito, pois de que adianta toda a sapiência se não houver ética e respeito ao próximo?” questionou Paula. 

Convidada para ser paraninfa do curso, a Doutora Luciana Mendes se dirigiu aos formandos lembrando-os que naquele momento uma importante fase de suas vidas estava sendo encerrada. “Vocês colhem nesse momento o fruto da dedicação e esforço desprendidos nestes longos seis anos. É inevitável o sentimento de alívio e dever cumprido. O alívio, no entanto, é passageiro, e o dever está apenas começando. Formar um médico é trabalhoso, mas tornar-se um médico com todos os louvores da profissão é um trabalho interminável”, disse a homenageada. Luciana lembrou também sobre a importância de continuar estudando e de questionar sempre para prosperar na profissão. “Tenham sempre em mente que conhecer a extensão da própria ignorância é o primeiro passo para o aprendizado”, afirmou a médica. 

Em sua fala, o professor Ivan Tramujas, diretor em exercício da Faculdade de Medicina, demonstrou ter um afeto especial voltada à Turma 87. “Esta turma é a menina dos olhos da FM, ou seja, nossa razão de existir. Estes alunos são nosso orgulho e a nossa esperança, pois desde o ano que entraram na faculdade até o presente, o curso de medicina tem amadurecido deveras, graças ao nosso maior patrimônio, que são vocês”, afirmou o professor, que acredita que o conhecimento dos alunos é de mérito deles, pois levam isso em seu DNA. “Nós só disponibilizamos as ferramentas e os conduzimos, vocês fizeram o resto”.

Da esquerda para direita: Luciana Mendes, Cohen, Ivan Tramujas e Maria do Socorro Lucena.Da esquerda para direita: Luciana Mendes, Cohen, Ivan Tramujas e Maria do Socorro Lucena.

Jacob Moysés Cohen, Vice-reitor da Universidade, declarou ter ficado muito contente ao ser escolhido pelo reitor da Universidade, Professor Sylvio Puga, para presidir a mesa de honra da outorga de grau da Faculdade de Medicina. “Esta turma não é somente a menina dos olhos, esta turma é nossos olhos”, disse o vice-reitor, que há 43 anos colava grau juntamente com a quarta turma do curso de Medicina da Ufam, em 1974. O mesmo afirmou ainda em seu discurso que ser solidário a quem precisa é a função mais importante dos médicos e de quem trata da saúde da pessoa humana. “Eu quero desejar muitas felicidades a todos, especialmente aos pais. Hoje vocês estão tento o prazer de ver seus filhos graduados em um curso almejado por muitas pessoas”, falou antes de declarar encerrada a sessão solene de outorga de grau.

CED divulga locais e horários da aula magna de cursos EaD

Por Alice Almeida
Equipe Ascom

O Centro de Educação a Distância (CED) divulga a lista de locais e horários onde acontecerá, neste final de semana, a aula magna dos cursos de graduação de Ensino a Distância (EaD) da Ufam. Confira o quadro:

O CED também informa que as senhas de acesso aos ambientes virtuais serão informadas nas Oficinas de Informática de cada polo dos respectivos cursos.

Informações: (92) 3305-1181 / Ramal 4036 / O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

        

Estudantes da UFAM participam do maior evento de Ecologia do Brasil

Trabalho sobre interação entre planta e formiga levou Lucas de Jesus (à esq.) e João Vitor Ladislau (à dir.) para o maior evento da área no BrasilTrabalho sobre interação entre planta e formiga levou Lucas de Jesus (à esq.) e João Vitor Ladislau (à dir.) para o maior evento da área no BrasilCom o trabalho intitulado “Comparação da variação dia-noite na interação planta-formiga de espécies com diferentes quantidades de nectários extraflorais”, três estudantes do curso de licenciatura em Ciências Biológicas da UFAM participaram da XIII edição do Congresso de Ecologia do Brasil (XIII CEB), mais importante evento da área do país, realizado de 8 a 12 de outubro, na Universidade Federal de Viçosa (MG).

Desenvolvida como atividade prática da disciplina Ecologia e Estatística, a pesquisa de João Vitor Bandeira Ladislau, Lucas Carvalho de Jesus e Lucas de Azevedo Rêgo foi apresentada na última quarta-feira, 11 de outubro, na categoria Interações Ecológicas. O trabalho teve como objetivo investigar se existe relação entre a quantidade de recurso disponibilizado pelas plantas por meio de nectários extraflorais e a diversidade de formigas e se existe variação das espécies de formigas ao longo do dia.

A interação planta-formiga está entre os exemplos mais conhecidos de mutualismo, em que ambos se beneficiam da interação ecológica. De acordo com o professor João Victor Rodrigues, o trabalho dos estudantes se destacou por apontar um diferencial nesta relação. “Foi possível observar que a espécie de planta que apresentava maior proporção de nectários extraflorais foi a que apresentou menor diversidade de espécies de formigas visitando, diferentemente do que esperávamos”, explicou o professor que orientou o trio durante a coleta dos dados e elaboração do trabalho.

Para os estudantes que realizaram a pesquisa na Fazenda Experimental da UFAM, ter o trabalho exposto em um evento da importância do XIII CEB foi uma significativa conquista. "Poderia ter sido apenas um trabalho como qualquer outro de uma disciplina, podíamos nem ter acreditado na possibilidade de apresentá-lo em um congresso, mas fomos atrás disso. Os professores também nos incentivaram muito pra que tudo fosse bem feito”, relembra João Vitor Bandeira Ladislau.  “Foi uma oportunidade incrível ver um trabalho que deveria ser apenas uma avaliação se tornar algo tão importante para nossa formação na graduação”, revelou Lucas Carvalho de Jesus.

Curso de formação de servidores da Ufam em Libras tem sua 1ª edição

 
Por Juscelino Simões
Equipe Ascom

O Departamento de Políticas Afirmativas da Pró-Reitoria de Extensão (DPA/Proext/Ufam) iniciou nesta quarta-feira, 18, a primeira edição do curso de 'Libras/Língua Brasileira de Sinais/Série Formação de servidores administrativos', com o intuito de melhor atender o público surdo que procura os setores da Instituição.

A formação tem como objetivo capacitar servidores da Ufam na Língua Brasileira de Sinais para atender a comunidade surda que procura os diversos órgãos da Universidade, além de promover a política de inclusão. Os surdos são cidadãos que necessitam de atendimento diferenciado e a Instituição inicia a formação de pessoal qualificado para garantir este direito.

“A ideia é que os servidores de todos os setores estejam preparados pra receber este público e que esta seja a primeira de uma série de formações oferecidas pela Proext. Vamos oferecer o curso a outros setores também. A duração do curso será de um ano, duas vezes por semana, das 10h às 12h, para que os servidores tenham um encaminhamento da melhor forma possível”, destacou a diretora do DPA, Cláudia Guerra.

A coordenadora geral do Centro de Ensino de Línguas (CEL), Maria Perpétua Silva Pessoa, afirmou que o conteúdo do curso vai melhorar o atendimento na Ufam. “O curso foi uma iniciativa da diretora do DPA, Cláudia Guerra e que o CEL atendeu. Estamos felizes de proporcionar esse curso aos servidores da Ufam porque vamos capacitá-los para atender um público que tem direito a se comunicar”, disse a coordenadora.

Progesp disponibiliza novos formulários para Progressão por Capacitação e Incentivo à Qualificação

 
Por Ismael dos Santos
Equipe Ascom

A Pró-reitoria de Gestão de Pessoas (Progesp), por meio do Departamento de Desenvolvimento de Pessoas/Coordenação de Aplicação e Controle, informa que os formulários para solicitação de Progressão por Capacitação e Incentivo à Qualificação dos servidores Técnico-administrativos da Ufam, foram atualizados. A partir de 1º de novembro os requerimentos deverão ser feitos nos novos modelos (Acesse).

As solicitações feitas após aquela data, por meio dos formulários desatualizados, serão indeferidas, salvo os processos protocolados em datas anteriores. Além do site, os servidores também podem encontrar os novos formulários no Protocolo da Progesp.

Informações: (92) 3305-1181 / Ramal 1487 / O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Orientações referentes à entrega de atestados médicos/odontológicos à Unidade Siass

 
Por Alice Almeida
Equipe Ascom

Os atestados médicos/odontológicos deverão ser enviados via ofício ou memorando, com o nome e CPF do servidor (e do familiar se for um caso de acompanhamento), telefone e email do servidor e do setor de lotação. No atestado, é importante que esteja identificado a assinatura do médico/cirurgião dentista, carimbo com CRM ou CRO, sugestão de afastamento e o CID – 10.

O prazo para a entrega de atestado pelo servidor ao seu setor ou na Unidade SIASS/Ufam (servidor em trânsito) é de 05 dias a contar da data que foi expedido. Acima desse prazo o atestado deve ser enviado com uma justificativa de atraso.

Para maiores informações, a Siass recomenda a consulta do folder em anexo e do Decreto 7.003/2009, ou que se dirija à Unidade para esclarecimentos com a equipe técnica.

Telefones: 99318-3254/3305-1181 - ramal 4228

Anexos:
Fazer download deste arquivo (folder.pdf)folder.pdf[ ]384 kB

Protec comunica que novo Sistema de Gestão do Patrimônio Genético será disponibilizado em novembro

O diretor do Departamento de Gestão do Patrimônio Genético e Conhecimentos Tradicionais (DCT), da Pró-Reitoria de Inovação Tecnológica (Protec), Genilson Pereira Santana, comunica que o Sistema de Gestão do Patrimônio Genético e do Conhecimento Tradicional Associado (SISGen), criado pelo Ministério do Meio Ambiente, que é a espinha dorsal do novo marco legal de acesso ao patrimônio genético e conhecimentos tradicionais associados (Lei 13.123/2015), será implementado e disponibilizado a partir de 6 de novembro de 2017 no site https://sisgen.gov.br, conforme o Diário Oficial da União (DOU), número 197, de 13 de outubro de 2017.

No SISGen o pesquisador que trabalha com patrimônio genético e do conhecimento tradicional poderá fazer o seu cadastro de atividade de acesso, cadastro de remessa, notificação de produtos e credenciamento de coleção “ex situ (conservação fora do lugar de origem)”. Essa plataforma tecnológica deverá se tornar um grande avanço para a gestão do patrimônio genético e para as pesquisas e desenvolvimentos com biodiversidade brasileira.

Ufam apresenta materiais didáticos para surdos em congresso internacional

Materiais didáticos do Projeto 'Praler' foram contemplados pelo evento.Materiais didáticos do Projeto 'Praler' foram contemplados pelo evento.

Por Carlos William
Equipe Ascom

Por meio do projeto de extensão que desenvolve materiais didáticos para surdos ‘Praler’, a Ufam participou, entre 9 e 12 de outubro, da Oitava Conferência Internacional de Usuários da Língua de Sinais (Sign 8), congresso idealizado e promovido por instituições de ensino em países diversos, com o objetivo de compartilhar pesquisas internacionais relacionadas aos estudos linguísticos para surdos. A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) sediou o evento, abrigado pela primeira vez por um país latino-americano.

Na ocasião, a professora Elizandra Bastos e a estudante Alanna Coelho, ambas do curso de Licenciatura em Letras Libras da Ufam e integrantes do projeto Praler, apresentaram o Workshop intitulado “Criação de materiais didáticos: O ensino de Língua Portuguesa / L2 para surdos, com base em gêneros textuais”. A doutoranda em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), professora Laura Frydrych, participou da apresentação.

pesquisadores de diversas instituições compartilharam ideias.pesquisadores de diversas instituições compartilharam ideias.

A partir do pressuposto de que o ensino da Língua Portuguesa para surdos não deve limitar-se somente à gramática ou à utilização de gêneros textuais distintos, o Workshop propôs a soma dos elementos – gêneros, tema norteador, língua e cultura surda - para sugerir uma forma mais abrangente de aprendizagem. Foram expostos, a fim de ilustrar as ideias ministradas, materiais didáticos elaborados pelo Projeto, que já está na quarta edição e é coordenado pela professora Elizandra Bastos.

A docente destacou a receptividade dos participantes em relação à proposta compartilhada pelo grupo como excelente. “A aceitação do material mostrado foi muito boa, o feedback e as críticas foram extremamente significativos para nós, pois pudemos perceber que, de fato, a escassez de materiais didáticos específicos para alunos surdos pode ser, de certo modo, suprida com a nossa proposta. Isto nos incentiva a continuarmos nosso trabalho, sempre com esmero”, avaliou.

Ao viajar para outro estado brasileiro pela primeira vez, a graduanda do sexto período de Letras Libras, Alanna Coelho, considera o apoio na execução de um workshop, dentro de um congresso internacional que aborda questões da área em que se formará como uma experiência inesquecível. “Foi uma semana que marcou minha vida. Aprendi muito e quero continuar aprendendo muito mais”, complementou a estudante.

A expectativa da equipe em relação ao evento consiste em potencializar cooperações internacionais, visto que representantes de universidades de variadas partes do mundo estiveram presentes, como expositores de pesquisas linguísticas ou como ouvintes. A comunicação foi estabelecida pelas Línguas Brasileira de Sinais (Libras) e Internacional de Sinais (IS).

Confira a descrição do Congresso em Libras.

Progesp levanta necessidades de capacitação. Formulários devem ser entregues até 10/11

 
Edição: Cristiane Souza
Equipe Ascom

Projeto envolverá todas as unidades acadêmicas e administrativas da Ufam e resultará na criação de Plano Anual de Capacitação adequado às necessidades dos servidores

A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas, por intermédio da Coordenação de Treinamento e Desenvolvimento (Progesp/CTD) realiza Levantamento de Necessidades de Capacitação (LNC 2017). O formulário (uma via por unidade) deve ser encaminhado por protocolo assinado à Progesp, além de ser submetido pelo link http://bit.ly/LNC-UFAM-2017 até o dia 10 de novembro de 2017.

Os servidores técnico-administrativos e seus respectivos gestores devem reunir-se juntamente com o apoio do agente de capacitação da unidade para discutir sobre as necessidades de capacitação da unidade em que estão lotados. Para planejar as ofertas voltadas aos servidores da Ufam, a coleta de dados (necessidades) de capacitações desejadas subsidiará a próxima edição do PAC. Ou seja, o processo identificará lacunas de capacitação dos servidores técnico-administrativos para dimensionar a oferta de cursos a partir de 2018.

Relevância

A Progesp realiza periodicamente o levantamento das necessidades de capacitação, visando à solução de  lacunas de conhecimento e de habilidades dos servidores para a realização de suas atividades em seu local de trabalho.

As capacitações são estratégicas para potencializar o desempenho do servidor, que pode exercer suas atribuições com celeridade e eficiência. Assim, a capacitação adequada gera desenvolvimento pessoal e institucional.

A capacitação é um instrumento para a execução de estratégias de desenvolvimento do servidor TAE em seu plano de carreira, e se opera por meio de Programas de Capacitação, com base no que determinam a Lei nº 11.091/2005, o Decreto nº 5.707/2006, o Decreto nº 5.825/2006, dentre outras legislações.

Documentos

O formulário anexo deve ser preenchido pelo gestor em conjunto com os servidores e o agente de capacitação da sua respectiva unidade. Em caso de ter havido troca de servidor, a unidade deve indicar à CTD/PROGESP o nome do novo agente de capacitação e de seu respectivo substituto.

As informações requeridas são: a origem da demanda, a sugestão em si, a justificativa, o número de servidores interessados, a prioridade de realização para o setor e os resultados esperados.

O fluxo do processo deverá ser:

Cronograma

Dúvidas?

Entre em contato com a Coordenação de Treinamento e Desenvolvimento - CTD/DDP/PROGESP

E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Telefone: (92) 3305-1487.

 

 

 

 

 

 

 

 

Anexos:
Fazer download deste arquivo (Cartaz_LNC2017.pdf)Cartaz_LNC 2017[ ]2186 kB
Fazer download deste arquivo (Folder_LNC2017.pdf)Folder_LNC 2017[ ]1986 kB
Fazer download deste arquivo (Nome da Unidade_LNC - Modelo Preenchido.pdf)Modelo de Preenchimento[ ]379 kB
Fazer download deste arquivo (Unidade_LNC.xls)Formulário por Unidade[ ]326 kB

Professores da Ufam destacam-se na 32ª Feira do Livro do Sesc

Docentes deram suas contribuições em mesas temáticas, sessões de autógrafos e bate-papos literários na Feira. Evento ocorreu entre os dias 11 e 14 de outubro

Por Cristiane Souza
Equipe Ascom
 

A Universidade Federal do Amazonas (Ufam) tem em seu quadro professores que realizam diversas pesquisas na área de literatura em relação a outras formas de arte, passando pelos estudos sobre discurso, mídia, ensino, gênero etc. Na última semana, entre os dias 11 e 14 de outubro, alguns desses pesquisadores/artistas/escritores compartilharam conhecimento em espaços temáticos da 32ª edição da Feira de Livros do Serviço Social do Comércio do Amazonas (Sesc/AM), ocorrida no Centro de Convenções Vasco Vasques.

Entre os convidados, estava o professor Sérgio Freire, docente dos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Letras e diretor da Editora Universitária da Ufam (Edua). Destacam-se ainda as presenças dos docentes Lajosy Silva, Saturnino Valladares e Otoni Mesquita. Ao todo, 39 escritores amazonenses dividiram espaço entre o “Café Literário” e a “Arena Literária”.

De acordo com o diretor da Edua, relevante é a participação de profissionais com inserção na literatura. “Isso é necessário para se criar uma cultura literária na cidade, e fundamental é o papel da Editora Universitária, que fomenta a produção local”, afirma. “A Ufam se fez presente através de seus professores, mas também porque produz literatura, sendo tais convites o reconhecimento dessa produção”, completa.

Diálogos & Discursos

Professores Sérgio Freire e Odenildo Sena debateram sobre produção literária de Youtubers e a influência sobre o público jovem (foto: prof. Sérgio F.)Professores Sérgio Freire e Odenildo Sena debateram sobre produção literária de Youtubers e a influência sobre o público jovem (foto: prof. Sérgio F.)

Para falar sobre o legado de Moacyr Andrade a partir do estabelecimento de um diálogo entre as artes plásticas e a literatura, o professor Otoni Mesquita, da Faculdade Artes (Faartes) foi um dos debatedores da primeira mesa temática, ao lado de Luciane Páscoa, autora da obra “Álvaro Páscoa: o golpe fundo” - lançado pela Edua em 2013 - e do livro “As artes plásticas no Amazonas”, com o qual participou da sessão de autógrafos no primeiro dia.

O professor Lajosy Silva foi um dos debatedores da mesa temática “Literatura, gênero e transgressão”, ao lado do escritor Márcio Santana. Ambos levaram obras para a sessão de autógrafos, sendo deste o livro “Marcas de mordidas na pele” e daquele, docente da Faculdade de Letras (Flet) e do Programa de Pós-Graduação em Letras (PPGL), “O fim de nós”.

A contribuição do professor Sérgio Freire foi no segundo dia de evento, 12, na mesa temática “Youtubers, celebridades e a literatura – para onde caminha a escrita”, ao lado de Odenildo Sena. O bate-papo e os autógrafos foram sobre as obras “Amazonês”, a mais popular do professor Sérgio Freire, e “Temos de memória”, esta do professor Sena.

“Nós discutimos a atuação dos Youtubers como produtores de informação que atinge a juventude e a produção deles em formato de livros. Eles agora estão indo para a literatura e isso é muito bom, porque, com milhões de seguidores, eles acabam criando uma cultura de leitura. É claro que será preciso discutir, depois, o mérito dessa produção, embora o fato de fazer os jovens lerem já é um grande avanço”, avalia o debatedor.

“A escola como espaço da palavra – o ensino da literatura na sala de aula” foi o tema da mesa em que foi debatedor o professor Saturnino Valladares, ao lado de Rita Barbosa de Oliveira. Os escritores levaram, respectivamente, as obras e “Segredos da Fênix” e “Sophia: poema de mil faces transbordantes” para a sessão de autógrafos na noite do dia 13.

 
 
 
 

Pró-Reitoria de Extensão apresenta ações afirmativas em andamento na Ufam

Comunidade PcD, indígenas e municípios do interior serão os beneficiados pelas ações da Proext. Entre os destaques, está a implantação de creches universitárias nos campi da Ufam.

Por Valdeniza Vasques
Equipe Ascom

Transformar o conhecimento produzido em sala de aula em ações que beneficiem a sociedade. Esse é um dos papéis da extensão universitária, e a Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Federal do Amazonas (Proext/Ufam) se empenha em cumprir a tarefa de promover projetos que contemplem os diversos públicos da Universidade, sejam eles internos ou externos à Ufam.

Entre as principais ações em fase de implantação pela Proext está a realização de fóruns para discutir e pôr em prática soluções efetivas para os públicos indígena, surdo, deficiente físico e visual, entre outros. Promovido pelo Departamento de Políticas Afirmativas (DPA/Proext), o primeiro encontro, voltado especificamente para políticas indígenas, ocorrerá no dia 27 de outubro no município de Novo Airão.

Segundo o pró-reitor de Extensão, professor João Ricardo Bessa Freire, a proposta é que os fóruns sejam de consenso e não fiquem apenas no debate. “Queremos que a discussão se efetive em ação”, afirma. “Hoje, compreendemos que o nosso papel é romper com os muros do campus e resgatar a dívida social que a Ufam tem com a sociedade, que são as pessoas que mantém a instituição”.

Outra ação da Proext é o levantamento de dados da comunidade de pessoas com deficiência (PcD) da Ufam. Serão coletados e analisados os dados de servidores e alunos para obter um panorama geral e detalhado. Os mecanismos de acessibilidade e as políticas afirmativas para esse público, já existentes na Universidade, também serão revistos.

A Biblioteca da Fazenda Experimental é outro destaque: o projeto arrecadou mais de 3 mil livros e beneficiará mais de 5 mil pessoas que vivem no entorno do local.

Mudança de visãoPró-reitor de Extensão, professor João Ricardo Bessa FreirePró-reitor de Extensão, professor João Ricardo Bessa Freire

“Por muito tempo, o DPA se dedicou quase que exclusivamente à questão indígena”, revela a diretora do Departamento, professora Cláudia Guerra. “Mas o Departamento envolve questões mais amplas, como a do negro, do quilombola, do cadeirante, do deficiente visual. Demos uma nova dimensão ao papel do DPA”, completa a diretora.

A ampliação do alcance da Proext se reflete na avaliação de projetos na Câmara de Extensão. O setor analisa os projetos à luz de três critérios: relevância social, relevância científica e viabilidade econômica. A mudança, segundo a diretora do DPA, é que, antes, a academia definia as demandas que seriam atendidas pela extensão. “Atualmente, invertemos esse processo: as comunidades é que reivindicam ações concretas que interessam a elas”, informa. “Como uma instituição acadêmica, nossos conhecimentos produzidos cientificamente devem ser veiculados em sala de aula (ensino) e levados para a sociedade (extensão)”, reafirma.

Para veicular as realizações dos 42 programas de extensão da Ufam, está previsto o lançamento da Revista da Extensão, contendo a descrição dos projetos que fazem a diferença na Universidade e na sociedade e que promovem a integração entre a instituição e os cidadãos.

No interior

Primeiro fórum de discussão do DPA/Proext ocorrerá em Novo Airão, voltado para políticas indígenasPrimeiro fórum de discussão do DPA/Proext ocorrerá em Novo Airão, voltado para políticas indígenas

Os municípios amazonenses com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) serão priorizados pelas ações de extensão no interior. Uma das preocupações da pró-reitoria é a análise contínua desse índice para identificar as necessidades de cada local e traçar estratégias de intervenção. As cidades próximas aos campi da Ufam no interior serão as principais beneficiadas.

A Proext vem participando de reuniões com as prefeituras dos municípios para estabelecer parcerias. Entre os resultados, pode-se destacar a implantação das creches universitárias, que atenderão filhos de servidores e alunos da Ufam. Em Benjamin Constant, serão oferecidas 300 vagas na creche que funcionará inicialmente em um prédio cedido pela Prefeitura. O serviço estará disponível a partir de fevereiro de 2018.

No dia 8 de outubro, o pró-reitor se reuniu com a prefeitura de Humaitá para viabilizar, entre outras ações, a implantação da creche universitária e de um projeto de coleta seletiva no município em parceria com o curso de Engenharia Ambiental do Instituto de Educação, Agricultura e Meio Ambiente (IEAA).

“A ideia é ter uma creche universitária em cada um dos seis campi da Ufam, financiadas pelo Ministério da Educação”, disse o pró-reitor.

Já pré-aprovado na Câmara, o Programa de Estágio Social Curricular (Pesc) pretende ser o “guarda-chuva” da extensão. A proposta é que os estudantes da graduação atuem na capital e no interior, realizando ações que contribuam para desenvolvimento e melhora da qualidade de vida da população amazonense.  Assistência em saúde, atividades de alfabetização, palestras de cidadania, humanização de moradias, projetos de empreendedorismo e formação de cooperativas são algumas das atividades que poderão ser executadas. O Pesc será votado na Câmara de Extensão em novembro, com previsão de início já em 2018.

Propesp promove Seminário Interno de Avaliação de 100 dias de gestão

Vice-reitor, reitor e pró-reitora da Propesp abrem Seminário Interno de AvaliaçãoVice-reitor, reitor e pró-reitora da Propesp abrem Seminário Interno de Avaliação

Por Juscelino Simões
Equipe Ascom

A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação realizou nesta segunda-feira, 16, o Seminário Interno de Avaliação dos 100 dias de gestão e planejamento das ações para o quadriênio 2017/2021. O evento ocorreu no miniauditório da Escola de Enfermagem, no Adrianópolis.

O reitor da Ufam, Sylvio Mário Puga Ferreira, e o vice-reitor, Jacob Moysés Cohen, junto com a pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação, professora Selma Baçal, realizaram a abertura do evento, dando as boas-vindas aos servidores, e enfatizando a importância do planejamento das ações para o sucesso da nova gestão.

Na programação consta o balanço dos 100 dias das atividades da Propesp e a prospecção para execução do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI/Ufam) para o quadriênio 2017/2021; projeção do Departamento de Pesquisa (DP)/Departamento de Acompanhamento e Avaliação da Pós-Graduação (DAV)/Departamento de Programas Institucionais (DPI); relações humanas e otimização do espaço físico e debate. O Seminário iniciou às 8h30 e o encerramento está previsto para 15h.

Além do reitor e da pró-reitora, os diretores da Propesp, Jamal Chaar, Adriana Malheiros e Henry Vieira, também apresentaram dados sobre seus departamentos.

Em sua fala a pró-reitora fez um balanço do início da gestão, demonstrando as ações que resultaram na melhoria do serviço. A ampliação dos números de bolsas, de parcerias, convênios e o bom atendimento à comunidade foram destacados. “Tínhamos 170 bolsas da Fapeam quando assumi a pró-reitoria. Buscamos a direção da Instituição para alterar esses números e conseguimos ampliar para 580. Temos diversos Dinter [Doutorado Interinstitucional] em processo de aprovação e, junto com as coordenações dos programas de pós-graduação, estratégias para melhorar a avaliação”, afirmou Selma Baçal, que agradeceu a participação de todos os servidores lotados na Pró-reitoria.      

O reitor da Ufam ressaltou que a Propesp é uma pró-reitoria absolutamente estratégica dentro da Instituição. “Nos 100 dias de gestão já tivemos um salto significativo. Temos tido uma avaliação positiva vindo da comunidade e esse seminário serve pra rever nossos hábitos e a cada dia melhorar o serviço. Essa é a pró-reitoria mais visada da Instituição porque é da pesquisa que se gera inovação, novos produtos e novos serviços”, disse o reitor.      

 

Jornalista premiado e professor da Ufam lançam livros no Icsez

Por Carla Santos
Equipe Ascom
 
O lançamento de duas publicações marcou a semana, no Instituto de Ciências Sociais, Educação e Zootecnia (Icsez), em Parintins, intituladas 'Choro Por Ti, Belterra!' e 'Brincando de Onça e de Cutia entre os Sateré-Mawé”. O primeiro é de autoria do jornalista premiado e também bacharel em Direito, Nicodemos Sena, bastante conhecido entre os seus pares como um “narrador de um estranho mundo” . A segunda publicação foi escrita pelo professor de Jornalismo da Ufam, em Parintins, Renan Albuquerque.
 
Por quase duas horas, alunos, professores e interessados em ouvir sobre a dinâmica de elaboração dos dois livros, acompanharam a sessão com os autores. 
 
No livro 'Choro Por Ti, Belterra!', o jornalista Nicodemos Sena discorreu sobre suas memórias de infância, as quais contou ao longo de 19 episódios, cujo roteiro transita entre o fato jornalístico e a literatura. Numa busca de suas origens, o autor organizou suas histórias em escritos que foram sendo contados em edições distintas do jornal 'O Estado do Tapajós', ao longo de dois anos. O mote do livro foi a visita do pai de Nicodemos, Bernardino Sena, à cidade de Belterra, localizada no interior do estado do Pará. 
 
Ao público que prestigiou o lançamento, o autor diz que gosta do desafio da escrita, porque acaba se impondo um ritmo de esforço. "Mesmo assim, penso que o que prevalece é a opinião do leitor e dos críticos literários”, considerou ele, que também lançou a publicação em outras praças, como São Paulo, Belém, Santarém e Manaus. 
 
'Prata da casa' - Na mesma noite, o professor Renan Albuquerque, pós-doutor em Antropologia, apresentou a discentes o livro “Brincando de Onça e de Cutia: Entre os Sateré-Mawé”, fruto de sua pesquisa de estágio de pós-doutorado concluída na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, há aproximadamente dois meses.
 
O professor ajudou a conduzir a apresentação do livro e os debates, integrados por Nicodemos Sena, junto aos acadêmicos do curso. Foram duas horas de diálogos relativos ao jornalismo literário e a pesquisas na área da Comunicação Social.
 
Em agosto, o livro “Brincando de Onça e de Cutia Entre os Sateré-Mawé” foi lançado em São Paulo, na PUC-SP.

Coari receberá cursos do CEL em iniciativa de expansão do Centro

 

Reunião definiu início das aulas no primeiro período de 2018Reunião definiu início das aulas no primeiro período de 2018

Carla Santos
Equipe Ascom

A coordenação geral do Centro de Estudos de Línguas (CEL) reuniu-se com a Direção do Instituto Saúde e Biotecnologia, de Coari (ISB/CO) para dar início às ações de expansão do CEL para 2018.  A previsão é que os trabalhos sejam iniciados já em janeiro do próximo ano. 

Segundo informações da coordenadora do CEL, Maria Perpétua Silva Pessôa, o ISB contará com cursos de Língua Inglesa e um curso específico de Língua Inglesa para Leitura em Artigos Científicos.

Ainda de acordo com a coordenadora, as aulas de inglês serão aplicadas de forma modular, nos meses de janeiro e fevereiro e, posteriormente, nos meses de junho e julho, para completar a carga horária equivalente a dois anos de curso. 

No caso, do curso de Língua Inglesa para Leitura em Artigos Científicos, terá duração de 01 semestre. "Vamos disponibilizar vagas tanto para o corpo acadêmico quanto para o público em geral. Para a comunidade acadêmica será concedido o desconto de 20% sobre o valor das mensalidades.   

Sobre o CEL - O CEL propicia a aprendizagem de línguas estrangeiras, no sentido de que os alunos possam compreender, falar/sinalizar e escrever na(s) língua(s) estudada(s) – diferencial que os qualifica para o mercado de trabalho no mundo globalizado ou para atingir o nível de proficiência necessário para estudos de Pós-Graduação.

Para mais informações: CEL 99142-8631

Página no Facebook: CelUfam

Cursos de Ciências Contábeis e Ciências Econômicas formam 65 bacharéis

 
Por Valdeniza Vasques
Equipe Ascom

A Faculdade de Estudos Sociais da Universidade Federal do Amazonas (FES/Ufam) entregou à sociedade novos bacharéis em Ciências Contábeis e Ciências Econômicas. Ao todo, 65 graduandos colaram grau na terça-feira, 10, em cerimônia realizada no Auditório Eulálio Chaves, situado no setor Sul do campus universitário.

A entrega dos diplomas ocorreu em solenidade presidida pelo reitor da Ufam, professor Sylvio Puga, acompanhado do diretor da FES, professor Antonio Jorge Cunha Campos. Na mesa de honra, estavam ainda os professores André Ricardo Costa, Lenice Ypiranga, Manoel Martins, Mauro Thury, Wander Araújo e Salomão Neves.

As bacharelas Alinne Sparano e Sarah Duarte foram eleitas como oradoras das turmas de Ciências Contábeis e Ciências Econômicas, respectivamente.

Veja a lista de formandos:

Ciências Contábeis – Adonias Lima, Alexandre de Lima, Alinne Sparano, Ana Caroline Jesus, Ana Karoliny dos Santos, Bianca Maia, Breno novo, Caio Silva, Cyssa de Castro, Daniel José da Silva, Dayana Negreiros, Elder Pereira, Eponyne Ham, Erika Costa, Gabryella dos Santos, Hortência Vasconcelos, Jaina Bohadana, Jeane da Silva, Jennefer de Souza, João Victor Machado, Jordana Farias, Kiara Tavares, Laryssa Rodrigues, Lisa Tonaki, Lucas Ribeiro, Luis Philipe de Souza, Mailson Gama, Matheus Correa, Matheus da Silva, Monica Alencar, Natalia  de Melo, Patrícia Yamagata, Paulo Thomaz Correa, Raabe Lima, Renata Santoro, Rochele Vidal, Samya de Brito, Sanmya de Souza, Simone Pontes, Suzan Lee Nascimento, Suziane Uchoa, Thais Silva, Thalissa Marques, Vitória Moreira e Yuki Oka.

Ciências Econômicas – Adriane da Silva, Dalrylene Pimentel, Diego Melo, Gilvany da Rocha, Igor dos Santos, José Ricardo Coutinho, José Wagner de Farias, Judah Lima, Leonardo Braga, Marcele dos Santos, Matheus Vital, Paulo Ricardo Maria, Ricardo Henrique Junior, Sarah Duarte, Surimã Neto, Taís Mota, Thalita Garcia, Thayná Freitas, Tiago Brito, Wellem de Almeida. 

Compec convoca colaboradores para o PSC 2018

Convocação é destinada somente aos servidores que já possuem cadastro na base de dados da Compec

Por Ismael dos Santos
Equipe Ascom

A Comissão Permanente de Concursos da Ufam torna público, que no período de 12 a 24 de outubro estará aberta a ativação de cadastro de colaboradores que desejam trabalhar no Processo Seletivo Contínuo (PSC-2018), como prestadores de serviços de fiscalização do certame, marcado para o dia 3 de dezembro, no horário de 6h às 13h. A ativação é feita exclusivamente no endereço eletrônico: www.comvest.ufam.edu.br. A convocação ocorrerá em duas fases:

Primeira fase

1.  Colaboradores que podem participar:

Somente o que possuir conta corrente individual, em instituição bancária;

Aquele que tiver disponibilidade de tempo, no horário de 6h as 13h, do dia 3 de dezembro.

2. Colaboradores que não podem participar:

Quem possui conta empresarial; conta poupança; conta conjunta; conta salário; conta inativa; com restrição no CPF junto a Receita Federal.

Segunda fase - Confirmação de participação e recebimento do Manual de Instruções do Fiscal

A confirmação da participação se dará mediante o recebimento do Manual de Instruções do Fiscal, documento com informações acerca do trabalho a ser realizado no dia da prova. A entrega do Manual de Instruções é pessoal e será na sede da Compec, no período de 26 de outubro a 1º de novembro, localizada no Campus Universitário Senador Arthur Virgílio Filho, Setor Sul, próxima a TV Ufam, no horário das 8h às 12h e 13h às 17h.

O colaborador que não comparecer para o recebimento do Manual de Instruções do Fiscal será automaticamente substituído e excluído e ficará com rejeição em seu cadastro para futuros processos seletivos por 2 anos, a partir da data de realização do PSC 2018.

Observações:

1. A ativação do cadastro é destinada somente aos colaboradores que já possuem cadastro na base de dados da Compec, ou seja, já trabalharam em processos seletivos anteriores realizados por esta comissão;

2. A simples ativação no portal online não garante a participação no Processo Seletivo;

3. A partir deste certame, os servidores da Ufam que atuarem como colaborador receberão a remuneração referente aos trabalhos realizados via contracheque.

Candidatos do cadastro de reserva dos Auxílios Acadêmico e Moradia devem comparecer ao Daest

 

A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progesp), por meio do Departamento de Assistência Estudantil (Daest), convoca candidatos do CADASTRO RESERVA dos processos de seleção para as modalidades de Auxílio Acadêmico e Auxílio Moradia do Campus Manaus - Edital Nº 001/2017, de 06 de janeiro de 2017 e Edital 002/2017, de 30 de maio de 2017, conforme previsto no subitem 8.7 do item 8 dos referidos Editais.

 

Os candidatos devem comparecer para o processo de implementação conforme as datas relacionadas no Documento de Convocação, em anexo, munidos dos documentos originais de cartão do banco ou contrato de abertura de conta corrente onde conste todas as informações bancárias (Banco, Agência e Número da conta corrente),  carteira de identidade e CPF para cadastro das informações bancárias no sistema SIAFI e Assinatura do Termo de Compromisso, de acordo com a convocação em anexo. É vedada a utilização de conta poupança, conta conjunta e conta de terceiros.

 

Os candidatos que se encontram em algumas das condições previstas no Item 8.3. deste Edital deverão no prazo de até 02 (dois) dias úteis, a contar da data do encerramento do prazo para implementação do auxílio, encaminhar ao DAEST a documentação comprobatória de sua condição, devendo aguardar orientações sobre os procedimentos a serem adotados. Caso o candidato classificado não compareça nas datas estabelecidas para Implementação do Auxílio e não informe a situação no prazo estipulado acima será considerado DESCLASSIFICADO e substituído por outro discente selecionado no Cadastro Reserva.

 
Anexos:
Fazer download deste arquivo (convocação Daest.pdf)convocação Daest.pdf[ ]727 kB

Propesp comunica que não haverá atendimento ao público na segunda-feira, 16

 
Por Juscelino Simões
Equipe Ascom

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Ufam comunica à comunidade acadêmica que não haverá atendimento ao público na próxima segunda-feira, dia 16, em virtude da realização de seminário interno de avaliação dos 100 dias de gestão e planejamento das ações para o quadriênio 2017/2021. O seminário será realizado na Escola de Enfermagem de Manaus (EEM/Ufam), na Rua Teresina, nº 495, em Adrianópolis. 

Prefeitura do Campus realiza balanço das obras de pavimentação asfáltica

 

O trabalho de manutenção será finalizado no dia 19 de outubro.O trabalho de manutenção será finalizado no dia 19 de outubro.

Márcia Grana, Carla Santos e Carlos William
Equipe Ascom

Na tarde desta quarta-feira, 18, a Prefeitura do Campus Universitário (PCU) realizou balanço das obras de manutenção viária iniciadas no último dia 10, há uma semana, para informar a comunidade acadêmica em relação ao serviço.

Os trechos do retorno dos ônibus do setor Sul, em frente à Faculdade de Educação Física e Fisioterapia (Feff) e da área de confluência entre os setores Norte e Sul, que segue até o prédio da Reitoria são etapas já concluídas.

Conforme afirma a gestora da PCU, a arquiteta Carmem Guimarães, o recapeamento asfáltico da bifurcação que conecta o prédio da Reitoria ao Instituto de Filosofia, Ciências Humanas e Sociais (IFCHS) será finalizado nesta quarta-feira, dia 18 de outubro. “Amanhã, dia 19, concluiremos a última etapa do processo, que consiste na recuperação do trecho que inicia no retorno do setor Sul e vai até a Prefeitura do Campus”, informou.

As obras foram viabilizadas por meio de contrato emergencial.As obras foram viabilizadas por meio de contrato emergencial.Ainda segundo a gestora, os buracos foram fechados e as depressões aplainadas com massa de concreto de alta resistência, para suportar o tráfego intenso de veículos médios e pesados, a exemplo dos ônibus. "Ao longo do processo, o asfalto será colocado em cima destes blocos de concreto e a resistência deles é superior, se comparada à que existia antes”, esclareceu. Ela mantém a orientação para que os condutores de veículos atentem para os pontos de manutenção das vias.

EMPENHO - Desde abril deste ano não havia contratos de manutenção para prestação do serviço de pavimentação. Para dar início às obras, a Prefeitura elaborou um Projeto Básico para Contratação Emergencial, que  foi aprovado em setembro.

“A preocupação da Administração Superior, na pessoa do reitor, professor Sylvio Puga, era a de resolver num curto prazo de tempo essa questão. Escolhemos realizar este trabalho no feriado para que o impacto no dia a dia da comunidade acadêmica seja o menor possível”, disse a prefeita.

 

 

Instituto de Natureza e Cultura apresentará 33 trabalhos no Congresso Brasileiro de Química

 
Por Valdeniza Vasques
Equipe Ascom

A produção científica do Instituto de Natureza e Cultura da Ufam (INC), em Benjamin Constant, é novamente destaque em um evento nacional. Desta vez, 33 trabalhos científicos de alunos do curso de Licenciatura em Ciências: Biologia e Química foram aprovados para apresentação no 57º Congresso Brasileiro de Química (CBQ). Acesse a lista dos artigos em anexo.

Os trabalhos foram produzidos no âmbito dos programas institucionais de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic), de Iniciação à Docência (Pibid) e de Atividade Curricular de Extensão (Pace), além da área de ensino. Os graduandos foram orientados pelos professores Alcinei Pereira Lopes, Eliel Guimarães Brandão, Lisandra Vieira Rosas, Radamés de Lemos Gonçalves, Renato Abreu Lima e Vandreza Souza dos Santos.

O professor Renato Abreu classifica a produção dos trabalhos como árdua, mas recompensadora. “Fizemos reuniões, discutimos ideias e planejamos as ações que levaram aos produtos. Ao fim, obtemos um trabalho bem executado e proveitoso”, comemorou.

Os artigos são nas áreas de Ensino de Química, Produtos Naturais, Química Orgânica e Química Analítica. Entre os destaques, está a pesquisa intitulada ‘Outubro rosa: composição química das plantas medicinais no combate ao câncer de mama’. Escolhido para apresentação oral, o trabalho busca conhecer espécies da medicina popular da região amazônica que são promissoras no combate da doença.

Sobre o CBQ

A 57ª edição do Congresso Brasileiro de Química ocorre em Gramado (RS), de 22 a 27 de outubro. Promovido pela Associação Brasileira de Química (ABQ), o congresso tem como tema ‘Megatendências: desafios e oportunidades para o futuro da Química’. O evento é voltado para alunos de graduação e pós-graduação, professores e pesquisadores. 

Anexos:
Fazer download deste arquivo (Trabalhos aceitos no CBQ.pdf)Trabalhos aceitos no CBQ.pdf[ ]20 kB

Ufam e USP: reunião institucional em Coari para viabilizar Dinter

 
Por Alice Almeida
Equipe Ascom

A pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação da Ufam (Propesp), professora Selma Baçal de Oliveira, reuniu-se ontem, dia 9, no Instituto de Saúde e Biotecnologia (ISB/Coari), com  representantes docentes da Universidade de São Paulo (USP). Na pauta, o Doutorado Interinstitucional (Dinter) em Ciências da Saúde para atender aos professores do Instituto.

Na oportunidade do encontro, a USP foi representada pela coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem na Saúde do Adulto (Proesa), professora Ruth Teresa Natália Turrini e pela presidente da Comissão de Pós-Graduação da Escola de Enfermagem, professora Sílvia Regina Secoli.  

Agenda - No período da tarde, a pró-reitora participou de um encontro com os técnico-administrativos em Educação para explanar sobre a Qualificação dos TAE’s. Em seguida, houve a inauguração da Sala da Coordenação de Pós-Graduação, além de uma reunião com docentes para Apresentação de Proposta de Cursos Novos (APCN), com o intuito da criação de um novo mestrado acadêmico no ISB/Coari. 

A visita foi encerrada com uma reunião entre a pró-reitora e discentes, para conversar sobre bolsas de Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic).

 

Acadêmicos de Administração da Ufam conhecem espaço de coworking durante visita técnica

Visita faz parte de projeto que leva aos futuros administradores uma experiência de vivência com o espaço profissional e organizacional

Por Ismael dos Santos
Segundo o presidente do CAADM, visita inspirou os alunos a serem mais empreendedoresSegundo o presidente do CAADM, visita inspirou os alunos a serem mais empreendedores
Equipe Ascom

Estudantes do curso de Administração, da Faculdade de Estudos Sociais da Ufam, participaram de mais uma visita técnica, promovida pelo seu centro acadêmico. Eles conheceram a Vila Hub Coworking (facebook.com/vilahub) onde puderam aprender sobre coworking, uma forma moderna de trabalho que reúne profissionais de todas as áreas compartilhando um espaço. 

A Vila Hub busca criar um novo conceito de espaço colaborativo que oferece serviços completos de escritórios compartilhados e salas comerciais, onde as pessoas que trabalham individualmente passam a dividir não só o escritório, mesa e ar condicionado, mas a interagir entre si, criando networking e formando uma verdadeira comunidade.

Para o presidente do Centro Acadêmico de Administração (CAADM), Thiago Bastos, a visita superou as expectativas. “Conseguimos inserir os estudantes do curso em ambientes organizacionais sobre os quais apenas lemos e estudamos na sala de aula. Também conseguimos visualizar, de forma prática, projetos inovadores e inspiradores que tocaram nossas almas acadêmicas e nos tornaram, certamente, mais empreendedores".

O CAADM, por meio da Diretora de Fomento ao Empreendedorismo e Inovação, Erica Damasceno, agradeceu à empresa pela receptividade, à Prefeitura do Campus Universitário pelo apoio logístico na reserva dos ônibus, e aos alunos participantes da visita técnica, realizada no dia 3 de outubro.

 

Progesp divulga calendário de renovação de contrato de professores substitutos

 

Por Juscelino Simões

Equipe Ascom

A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progesp), por meio do Departamento de Desenvolvimento de Pessoas/Coordenação de Recrutamento e Seleção, torna público aos gestores das unidades acadêmicas da capital e do interior, que a partir desta terça-feira, 10, até o dia 20, estará recebendo pedidos de renovação e contratação de professores substitutos 2018/1.

Os processos deverão ser formalizados individualmente (um por pedido de renovação), com capa de processo do SIE. Cada processo deverá, obrigatoriamente, conter: o memorando de solicitação, o formulário de solicitação de prorrogação do contrato de professor substituto, totalmente preenchido, contendo carimbo e assinatura do chefe de departamento ou coordenador acadêmico e anuência da direção da unidade.

Contato da Coordenação de Recrutamento e Seleção da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas pelo telefone (92) 3305-1487. Os formulários encontram-se disponíveis no link: http://progesp.wixsite.com/ddpessoas/formulrios-crs. O e-mail para dúvidas: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

Anexos:
Fazer download deste arquivo (calendario_solicitacao_professor_substituto.pdf)Veja calendário[ ]110 kB

Por meio do 'VIP', reitor recepciona estudantes do Instituto Adventista de Manaus

 
 
Por Jucelino Simões
Equipe Ascom

Diretor e professores da escola, reitor e equipe da Administração Superior posam para foto com alunosDiretor e professores da escola, reitor e equipe da Administração Superior posam para foto com alunos

A Universidade Federal do Amazonas recebeu nesta segunda-feira, 09, por meio do Programa de Visitas para os Públicos Internos e Externos da Ufam (Vip/Ufam), estudantes do Instituto Adventista de Manaus. Os alunos foram recepcionados pelo reitor da Ufam, professor Sylvio Puga, o pró-reitor de Ensino de Graduação, professor David Lopes Neto, o chefe de gabinete da Ufam, professor Almir Liberato, entre outros membros da Administração Superior.

Mais de 180 estudantes dos três anos do Ensino Médio e 20 coordenadores da escola foram recebidos pelo reitor, professor Sylvio Puga, no auditório da Faculdade de Ciências Agrárias (FCA), no setor Sul do campus. Ele agradeceu a visita dos alunos, o interesse deles pela Instituição e ressaltou a importância do estudo para o futuro dos jovens. "Esse momento que vocês estão vivendo é de descobertas, de saberem do que mais lhes agrada, de tomar decisões agora que terão impacto nos próximos anos. É assim que começa a vida na Universidade. Muitos dos nomes que hoje ocupam posições de prestígio no Amazonas e até mesmo no País, passaram por aqui; alguns de seus professores, por exemplo, também são egressos desta Casa. Menciono isso para assegurar-lhes da nossa satisfação que será a de recebê-los em breve. Vamos juntos construir um belo futuro!", disse o reitor. 

A coordenadora do Programa de Visitas para os Públicos Internos e Externos da Ufam (VIP/Ufam), Célia Carvalho, deu boas-vindas aos estudantes e a comitiva do Adventista e destacou o objetivo do Vip de promover a integração da comunidade estudantil dos ensinos Fundamental, Médio e Superior (calouros) com o ambiente universitário. Em seguida concedeu a palavra ao pró-reitor de Ensino de Graduação, David Lopes, para que explicasse o funcionamento da pró-reitoria em relação à vida acadêmica na Ufam.

Apresentação da Universidade aos alunos contou com gestores da Administração SuperiorApresentação da Universidade aos alunos contou com gestores da Administração Superior

Depois, a diretora-presidente da Compec, Ana Galotta, explicou os processos seletivos de entrada na Ufam e tirou dúvidas dos estudantes sobre o PSC. Já a servidora Lisângela Coutinho, diretora do Departamento de Programas Acadêmicos da Proeg, expôs os diversos programas de bolsas e intercâmbios disponíveis no âmbito da Instituição.

O evento de recepção da Escola contou com uma aula preparatória aos estudantes para os processos seletivos de várias instituições locais (PSC/Ufam, SIS e Extra-Macro/UEA) e Enem, que ocorrem a partir do final do mês de outubro e vai até dezembro.

As visitas aos setores da Ufam ocorrem pela tarde, no setor Norte do Campus, com direito a almoço no Restaurante Universitário e  sessão no projeto Cine & Vídeo Tarumã, no auditório Rio Negro.

O diretor acadêmico do Instituto Adventista de Manaus, Gilberto José de Santana, classificou a visita de grande importância para os alunos porque promove uma adaptação ao mundo universitário. “Sempre acreditei que a educação é contínua. É importante vivenciar um dia no campus, entender quais são as nuances, a magnitude de uma universidade para preparar os nossos alunos para este ambiente”, disse Gilberto José de Santana.

Já o estudante Huan Caio Oliveira da Silva destacou a importância de conhecer o funcionamento da Universidade e de seus processos seletivos. “A visita nos dá informações que vão servir para conhecer a Instituição. Foi importante saber detalhes sobre o PSC e de como me preparar. O ambiente universitário é diferente de uma escola e a vinda aqui nos prepara para vivenciá-lo melhor”, afirmou o estudante.      

 

Inscrições para o exame de proficiência em Espanhol terminam no dia 11 de outubro

Provas serão aplicas no dia 25 de novembro, na Faculdade de Letras

Por Ismael dos Santos
Equipe Ascom

A Faculdade de Letras da Ufam informa aos candidatos interessados em obter o Diploma de Espanhol como Língua Estrangeira (DELE), que as inscrições para o exame de proficiência encerram no dia 11 de outubro. (Acesse). As provas são elaboradas pelo Ministério da Educação e Cultura da Espanha, e verifica a proficiência linguística do candidato na Língua Espanhola. O diploma é reconhecido internacionalmente, e os exames são aplicados por sedes em todo o  mundo, pelo menos duas vezes a cada ano, pelo Instituto Cervantes.

A Ufam é uma das sedes no Amazonas, e aplicará a prova escrita para seis níveis de diplomas, no dia 25 de novembro, no turno matutino, na Faculdade de Letras, Setor Norte do Campus. Para cada diploma existe um valor de inscrição. (Acesse).

Informações: (92) 3305-1181 / Ramal 2114

Tradutores do Núcleo ‘EUAPOIO’ promovem acessibilidade aos surdos da Ufam

O grupo de tradutores recebe 130 solicitações semestrais.O grupo de tradutores recebe 130 solicitações semestrais.Por Carlos William
Equipe Ascom

Com a finalidade de proporcionar acessibilidade linguística e inclusão a todos os membros da comunidade acadêmica, a Ufam, por meio do projeto ‘EUAPOIO’, presta serviços de interpretação e tradução para a Língua Brasileira de Sinais (Libras), em eventos realizados na Instituição com a presença de pessoas surdas, ou em disciplinas e demais atividades de cursos tanto de graduação quanto de pós-graduação, além de traduzir documentos acadêmicos.

O Núcleo, presidido pelo professor Renato Brandão, possui uma Coordenadoria de Tradutores Intérpretes de Libras / Português, coordenada pelo Tradutor Intérprete Joabe Barbosa e composta por 09 membros. Conforme afirma a vice-coordenadora dos trabalhos de tradução, Suzany Haddad, 130 solicitações são atendidas por semestre, em média, o que equivale a 22 serviços por mês. “As atividades abrangem interpretação em reuniões, acompanhamento em setores da Ufam para interpretação, tradução de editais internos, de vestibulares, de textos e de vídeos”, complementou.

Suzany reitera a relevância social da iniciativa ao constatar que o impacto produzido é benéfico para a população externa à Universidade, visto que o grupo traduz materiais de grande interesse coletivo, como informações de prevenção e controle da Dengue, Zika e Chikungunya.

“Para que estas demandas sociais sejam melhor atendidas, uma de nossas preocupações é a qualidade de formação de outros intérpretes dentro do Estado e, portanto, ofertamos treinamentos nas áreas de tradução e interpretação através de projetos fomentados pelo Programa de Apoio à Realização de Cursos e Eventos (Parec)”, relatou a vice-coordenadora, que divulgou também a realização de certificação de proficiência através de banca avaliadora.

 

Procedimentos para solicitar traduções

A solicitação pode ser feita de três formas: pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ; por preenchimento do formulário de solicitação disponibilizado pelo Núcleo; ou presencialmente, protocolando o pedido.

O ‘EUAPOIO’ está localizado ao lado do Centro de Atenção Integral à Saúde (Cais), setor Sul do Campus Universitário, e os horários de funcionamento são das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Para possibilitar a organização do cronograma de ações do Núcleo, as solicitações devem ser encaminhadas dentro de prazos de antecedência, a depender da natureza da interpretação. Caso a presença dos tradutores seja necessária em eventos, a equipe deve ser informada com 30 dias de antecedência com a programação detalhada e os conteúdos das palestras devem ser encaminhados 15 dias antes do início da atividade. Se o objetivo for incluir intérpretes nas aulas de uma disciplina de graduação ou de pós-graduação, 20 dias antecipados são o prazo. Há ainda a possibilidade de solicitar interpretação em reuniões ordinárias (24h de antecedência) e extraordinárias (12h de antecedência). O prazo para tradução de textos é condicionado ao número de páginas.

Mais informações podem ser acessadas no site da Coordenação de Tradutores Intérpretes do Projeto e no regimento interno que orienta a procedência deles, disponibilizado em anexo.

Confira a matéria em Libras.

Anexos:
Fazer download deste arquivo (Regimento Eu apoio surdos (1).pdf)Regimento interno[ ]172 kB