Professora ministra palestra sobre crime e punição

Professora Marilene da Silva, da UERJProfessora Marilene da Silva, da UERJRelatando sua experiência através da pesquisa “O discurso político-jurídico da prisão 1830-1940”, a professora Marilene Rosa Nogueira da Silva, da Universidade Estadual do Rio de Janeiro – UERJ, ministrou palestra com o tema “A Imagem e seus ditos: em foco, a Galeria dos Condenados da Corte”  aos alunos do Programa de Pós-graduação de História na última quarta (22).

A professora trouxe para debate questões sobre Punição e Controle, que tem a preocupação acadêmica e social de refletir sobre os espaços da punição e seus discursos. Pensando: ‘Para quem a Casa de Correção é direcionada?’ E qual sua funcionalidade?’.  A Casa de Correção segundo as fontes e a historiografia sobre o assunto é o lócus de reeducação dos marginalizados da sociedade imperial. “Nesses tempos o pensamento era de que o crime é doença”, pontua a professora.

Marilene da Silva também incentivou os discentes a se aventurar pelos caminhos incertos da pesquisa: “Pensar dói, é um exercício de se quebrar por dentro, um eterno estado de inquietação. A pesquisa é também abandonar caminhos pré-definidos e seguir outros. Existem inúmeras possibilidades e, assim, surgem novas matrizes discursivas”.

ARII publica resultado final do CsF 2014

A Assessoria de Relações Internacionais e Interinstitucionais (ARII), após revisão dos recursos solicitados por candidatos, divulga o resultado final dos nomes homologados para o Programa Ciência sem Fronteira 2014.

Os candidatos homologados devem atentar para o cronograma de sua chamada, principalmente aos prazos finais para anexar todos os documentos. Em breve, a ARII divulgará data do evento "Dia do Intercambista", realizado com a finalidade de orientar e esclarecer dúvidas dos candidatos.

Informações 3305-1753 ou pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. 

Anexos:
Fazer download deste arquivo (RESULTADO FINAL - SELEÇÃO INTERNA UFAM - CSF 2014.pdf)Resultado Final CsF 2014[ ]522 kB

Seleção de bolsistas para o Programa Institucional de Apoio Pedagógico – PIAP/2014

Bolsas para melhorar o ensino-aprendizagemBolsas para melhorar o ensino-aprendizagem

 

O Pró-reitor de Ensino de Graduação da Universidade Federal do Amazonas informa a abertura do edital para o processo seletivo de bolsistas ao Programa Institucional de Apoio Pedagógico (PIAP). As inscrições iniciam hoje, 22, e vão até o dia 31 de outubro, das 8h às 12h e das 14h às 18h, na Coordenação Acadêmica do Instituto de Ciências Exatas (ICE), no setor Sul do campus.

O formulário de inscrição está disponível no endereço eletrônico www.proeg.ufam.edu.br e é exigida uma foto recente (3x4), o formulário de inscrição devidamente preenchido; carta de motivação/justificativa assinada pelo estudante; original e cópia do RG e CPF; termo de compromisso e responsabilidade assinado pelo (a) acadêmico (a); declaração que não tem vínculo empregatício e não recebe bolsa de outro programa; cópia do comprovante de endereço com CEP (original e cópia); histórico escolar comprovando que cursou disciplinas no período 2014/1; regularmente matriculado em disciplinas no curso de licenciatura ou bacharelado já tendo concluído, com bom desempenho, a disciplina para a qual está concorrendo e não tenha mais que duas reprovações no curso.

O Programa Institucional de Bolsas de Apoio Pedagógico (PIAP) desenvolverá ações de caráter permanente, com vistas a oferecer apoio a professores e estudantes dos cursos de graduação da Ufam, de forma vinculada e orientada por eixos norteadores consubstanciados no Projeto Pedagógico Institucional desta Universidade, principalmente no tocante à democratização e à qualidade do ensino superior.

O Projeto tem como objetivo desenvolver ações de apoio pedagógico que favoreçam a permanência e a conclusão de cursos por estudantes da Ufam, proporcionando-lhes suporte didático para que superem suas necessidades básicas de aprendizagem na redução do índice de reprovação e evasão nos diversos cursos de graduação por meio de ações de ensino-aprendizagem, tendo como eixo o acompanhamento intencional aos estudantes com uma ou mais reprovações, promovendo um espaço para refletir, criticamente, sua trajetória acadêmica.

Serão concedidas bolsas de apoio pedagógico para acadêmicos que auxiliarão no processo de ensino-aprendizagem de disciplinas com maiores índices de retenções em suas respectivas unidades acadêmicas. Serão selecionados bolsistas por área/disciplinas, a serem contemplados com a bolsa de tutoria equivalente a R$ 400,00 (quatrocentos reais) mensais, por até 12 (doze) meses. 

 

Anexos:
Fazer download deste arquivo (edital_piap_2014.pdf)Veja edital completo[ ]143 kB

Teste de mutação para aplicativos móveis em destaque no IV Wopi

No último dia de apresentações de Grupos de Pesquisas no IV Workshop de Pesquisa em Informática (Wopi), o mestrando do Programa de Pós-Graduação em Informática, Jonathas Silva dos Santos, apresenta o trabalho de pesquisa:  `Teste de mutação para aplicativos móveis´. O evento que ocorre até quarta-feira, 22, no auditório Rio Javari da Faculdade de Tecnologia (FT)objetiva promover às pesquisas realizadas no PPGI,  visando ser um fórum de discussão e de apresentação de trabalhos de pesquisa.

Leia mais...

Gestores da unidade de Benjamin Constant tomam posse para o próximo quadriênio

Reitora, vice-reitor e autoridades locais prestigiaram a solenidadeReitora, vice-reitor e autoridades locais prestigiaram a solenidadeOs responsáveis por gerir as atividades desenvolvidas no Instituto de Natureza e Cultura de Benjamin Constant (INC/BC) tomam posse para administrar a unidade pelos próximos quatro anos. A reitora da UFAM, professora Márcia Perales, presidiu a cerimônia na tarde do dia 21 de outubro, e empossou os professores Ricardo Barbosa Moraes e Max de Souza Pinheiro nos cargos de diretor da unidade e coordenador acadêmico, respectivamente, e o servidor técnico administrativo José Bezerra Maricaua no cargo de coordenador administrativo.

Participaram da mesa o vice-reitor, professor Hedinaldo Lima, a prefeita do município, Iracema Maia da Silva, o diretor do Instituto Federal de Educação Tecnológica (IFAM), professor Jaime Alves, vereadores, secretários municipais e lideranças indígenas, além de uma equipe de gestores da UFAM da sede e da unidade de Benjamin Constant. No auditório, acompanharam a solenidade alunos dos seis cursos do INC, docentes e técnicos administrativos.

Diretor quer investir na vocação localDiretor quer investir na vocação local

Ao se pronunciar, a professora Márcia Perales agradeceu aos novos gestores pela dedicação ao serviço, enfatizando ser essa a verdadeira vocação do servidor público. Ela destacou também a importância das parcerias e da união para avançar ainda mais. “Todos nós reconhecemos nossa singularidade, nossas diversidades, mas entendemos que a Universidade Federal do Amazonas tem a capacidade, tem a força de nos unir em prol do significado que ela tem: o ensino público federal gratuito, de qualidade, inclusivo, democrático, que nós queremos que seja cada vez mais forte e mais presente, sobretudo na Região Amazônica”, enfatizou.

O professor Hedinaldo Lima, vice-reitor, lembrou dos desafios enfrentados há oito anos pela gestão superior da UFAM, quando da implantação das cinco unidades no interior. “Naquele momento, a UFAM tinha 60 cursos na capital, e investiu na interiorização. Hoje, dos 117 cursos de graduação, 40 são oferecidos nas unidades do interior”, destacou o professor. O ex-diretor do INC, professor Agno Acioli, desejou que a nova gestão avance nas mudanças necessárias: “Foi uma experiência sem precedentes, e compartilho com todos a minha felicidade ao passar a direção professor Ricardo e a equipe dele, com as conquistas e os desafios que virão”.

Propostas

Professor Max assume a coordenação acadêmicaProfessor Max assume a coordenação acadêmicaO diretor eleito com aproximadamente 60% dos votos, professor Ricardo Barbosa Moraes, foi aclamado pela comunidade acadêmica presente para a posse dos novos gestores do INC. Ele faz parte do quadro do Instituto desde 2006, mas cursou Ciências Sociais na UFAM e foi professor substituto na capital. Atualmente, ele leciona filosofia para o curso de Pedagogia e concluiu, agora em 2014, o doutorado com a tese ‘O Poder Ecológico: a história da cocaína na cidade de Benjamin Constant’.

“Nós vamos fazer uma gestão participativa no Instituto; e queremos investir nas parcerias com as comunidades indígenas e agrárias do município e do entorno”, disse o diretor empossado, para quem é fundamental educar no sentido de fortalecer a vocação do Alto Solimões. Investir em pesquisas em Ciências Agrárias e Biologia, cujo intercâmbio com pesquisas em saúde, segurança, educação, manejo florestal/pesqueiro e fronteira econômica será prioridade.

Para o novo coordenador acadêmico da unidade, professor Max Pinheiro, a interiorização do Instituto também é uma das metas dessa nova equipe. “Iremos buscar mecanismos para expandir as atividades do INC junto aos ribeirinhos, às comunidades indígenas e a outros municípios, ampliando, com isso, a ideia de interiorização”, destacou. Mais especificamente, a coordenação irá lidar com os pleitos dos acadêmicos, como matrículas e bolsas, por exemplo.Coordenador administrativo formou-se no INCCoordenador administrativo formou-se no INC

O técnico agropecuário José Maricaua, empossado no cargo de coordenador administrativo, é formado no INC e faz parte do quadro desde 2011. “A proposta de trabalho é voltada para o fortalecimento das parcerias tanto internamente quanto com outros setores da sociedade”, destacou, frisando que “cooperação” e estratégias de “desenvolvimento sustentável” serão as palavra de ordem nesta gestão.

Sobre o INC

O projeto Ufam Multicampi, que é parte do Programa de Expansão do Sistema Público Federal de Educação Superior do Ministério da Educação, ensejou, no Amazonas, a expansão e a interiorização da UFAM em cinco municípios estratégicos para o desenvolvimento regional, sendo um deles Benjamin Constant, região de tríplice fronteira. A UFAM já atuava nessa cidade por meio de Campus Avançados, e em 2005 foi criado o Campus do Pólo Alto Solimões.Gestores da UFAM acompanharam o eventoGestores da UFAM acompanharam o evento

No ano de 2006, a unidade assumiu o formato Multicampus, e hoje são oferecidos no Instituto de Natureza e Cultura (ICN) os cursos de graduação em Pedagogia, Ciências Agrárias, Administração, Antropologia, Letras – Língua e Literatura Portuguesa e Espanhola e Licenciatura Dupla em Ciências – Biologia e Química. Inicialmente foram ofertadas 50 vagas por curso pelo Processo Seletivo Macro Verão (PSMV) e pelo Processo Seletivo Contínuo (PSC).

Atualmente, o INC possui mais de 1300 alunos e uma área de 8.714 metros quadrados, sendo mais que o triplo maior que a área inicial, também por conta da inauguração de três blocos, sendo dois a comportarem salas de aula e laboratórios e um destinado a salas administrativas.

PPGI promove Workshop de Pesquisa em Informática

Na quarta edição, o Workshop de Pesquisa em Informática (Wopi)  objetiva promover as pesquisas realizadas no Programa de Pós-Graduação em Informática (PPGI) visando ser um fórum de discussão e apresentação dos trabalhos dos 7 grupos de pesquisa. A palestra `Programa de Pós-Graduação em Informática´, proferida pelo professor Raimundo da Silva Barreto, abriu oficialmente o evento, ocorrida nesta segunda-feira, 21, no auditório Rio Javari, da Faculdade de Tecnologia (FT), Setor Norte.

Leia mais...

Gabinete informa transferência do ponto facultativo para o dia 27 de outubro

Gabinete da Reitora da Universidade Federal do Amazonas divulga portaria nº 2822/2014 (anexo) que tem por objetivo transferir ponto facultativo de docentes e servidores técnico-administrativos do dia 28 (terça-feira) para o dia 27 de outubro de 2014 (segunda-feira).

Anexos:
Fazer download deste arquivo (PORTARIA GR 2822-2014.pdf)PORTARIA GR 2822-2014.pdf[ ]258 kB

"Oficina de Escrita Científica como narrativa de viagem" inicia com participação de alunos de pós-graduação

A Universidade Federal do Amazonas (UFAM), por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (Propesp) iniciou, nesta segunda-feira 20, a "Oficina de Escrita Científica como narrativa de viagem", que acontece até o dia 23, das 14h às 18h, na sala 6, do Bloco Mário Ypiranga Monteiro, do Instituto de Ciências Humanas e Letras (ICHL), voltada para professores e estudantes de Pós-graduação. As oficinas serão ministradas pela professora da Universidade de Caxias do Sul, Maria Luíza Cardinale Baptista. 
 
Para a professora, escrever sem amarras, sem julgar o conteúdo de forma prévia, é uma estratégia para se libertar do medo de redigir. Ela equipara a construção de um texto, a uma viagem, que precisa ser pesquisada antes de se concretizar.  
 
"Trabalharemos algumas ferramentas durante a oficina, entre elas a identificação do processo de desenvolvimento da pesquisa, a construção do objeto de estudo e a elaboração de um alinhamento de um paralelo com a narrativa de uma linha histórica atrelado a um roteiro de viagem. Também vamos fundamentar 'uma trama de trilhos', tendo em mente um eixo metodológico e teórico conceitual", explicou. 
 
Para quem perdeu a oportunidade de participar desta primeira turma da oficina, a segunda chance é de 28 a 30 de outubro, quando acontece a "ENTRE(LAÇOS) AMAZÔNICOS: Rodas de conversa sobre a Amorosidade na Escrita Científica", igualmente aberto ao público em geral, das 8h às 12h, no Hall do ICHL. 
 
De acordo com a professora, é preciso revolucionar a escola no sentido de que ela seja um campo de produção dos sujeitos segundo e conforme o seu desejo. “As aulas não podem ser paradas, a própria origem da aula tem que ser diferente. Fui me desafiando a inventar uma aula que mobilizasse os afetos dos alunos, que os mobilize alegremente para aprender e deixe claro que a potência do conhecimento está no coração de cada um”, afirmou a professora que traz esse conceito para as oficinas.
 
Maria Luiza afirma ainda que a proposta não é uma visão romântica, mas uma visão linda e fundamentada em teorias complexas, e de ponta, de vanguarda, passando por autores de várias áreas do conhecimento, como Educação, Paulo Freire, a visão de Complexidade, do Edgar Morin e a Biologia Amorosa ou do conhecimento do Humberto Maturana e as estruturas dissipativas de Ilya Prigogine.
 
“Tenho o compromisso de desenvolver um trabalho para as pessoas que as faça mais feliz e ajude a resolver os seus problemas de comunicação. Como docente, fui percebendo e sentindo as dificuldades dos estudantes, o mundo mudou e a escola tem que ser totalmente diferente”, finalizou.
 
OFICINAS 
 
Informações pelo telefone: 3305-1496.

Semana de Ciência e Tecnologia reúne quase 2 mil inscritos em Itacoatiara

O Instituto de Ciências Exatas e Tecnologia de Itacoatiara (ICET) com o Centro de Estudos Superiores de Itacoatiara da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (CETAM) promoveram, até última sexta-feira, (17), uma série de atividades em virtude da 11ª edição da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, que este ano teve como tema  'Ciência e Tecnologia para o desenvolvimento social'. 
 
A Semana em Itacoatiara conquista espaço e a cada ano atrai mais e mais pessoas. A principal finalidade do evento é mobilizar a população, em especial crianças e jovens, em torno de temas e atividades de ciência e tecnologia (C&T), valorizando a criatividade, a atitude científica e a inovação.
 
O evento, cuja abertura aconteceu no dia 13 pretendeu mostrar a importância da C&T para a vida de todos e para o desenvolvimento do País, possibilitando, ainda, que a população brasileira conheça e discuta os resultados, a relevância e o impacto das pesquisas científicas e tecnológicas e suas aplicações.
 
Entre as atividades promovidas durante a Semana, contabilizam-se oficinas, mini cursos e palestras, apresentações de experimentos químicos, físicos e biológicos, exposição de arte, música e dança, exposição de banners, competições desportivas e muitas outras atividades.
 
O diretor do ICET, professor Fábio Ferreira comenta sobre o número de inscritos e a oportunidade de a comunidade universitária de Itacoatiara ter contato com palestrantes de outros estados. “Neste ano contamos com uma boa marca de inscritos que somam mais de 1800, e este número reflete em grande parte a qualidade dos palestrantes dentre os quais estão conferencista da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) da UEA, do CETAM e outros advindos das Universidades Federais de Viçosa, de Santa Mara de São Paulo, do Maranhão, do Mato Grosso e várias outras instituições que vieram abrilhantar o evento”, explicou.
 
O coordenador da Semana no ICET, professor Leandro Souza conta que a ideia do evento “é estimular as crianças, adolescentes e jovens a desde cedo estarem envolvidos com as questões científicas, apresentar projetos, conhecer pesquisadores e proporcionar a comunidade em geral a chance de conhecer a ciência e abrir os caminhos para a construção do conhecimento científico”, finalizou.

Inscrições prorrogadas para a Prova Diploma de Espanhol como Língua Estrangeira

O departamento de Língua e Literatura Estrangeira (DLLE) informa que as inscrições  para o Exame Diploma de Espanhol como Língua Estrangeira (DELE) foram prorrogadas até o dia 26 de outubro. A data da prova escrita é dia 22 de novembro de 2014. 
 
Nesta convocatória, as provas serão aplicadas em todos os níveis (A1, A2, B1, B2, C1 e C2). Para mais informações sobre os níveis consulte o site do Instituto Cervantes http://diplomas.cervantes.es/
 
Os procedimentos necessários para a inscrição são os seguintes:
 
 
2) Clicar na opção "Quieres conseguir tu diploma?";
 
3) Depois clicar na opção "Cómo y dónde me inscribo";
 
4) Baixar e imprimir a ficha de inscrição e a declaração que estão em PDF;
 
5) Preencher e assinar esses documentos;
 
6) Pagar a taxa de inscrição, transferindo o dinheiro para a conta do Instituto Cervantes.
 
Os valores referentes ao pagamento da inscrição e os dados da conta bancária estão disponíveis na secretaria do DLLE, localizada no Instituto de Ciências Humanas e Letras, Bloco Mário Ypiranga, 2o andar, sala 18.
 
Para finalizar a inscrição, o candidato deverá se dirigir à secretaria do DLLE, portando o comprovante de pagamento de inscrição, a ficha de inscrição preenchida, a declaração assinada e um documento de identificação com foto (cópia e original).

Depes informa sobre horário de atendimento nesta terça (21)

O Departamento de Pessoal da Universidade Federal do Amazonas informa aos servidores, unidades e comunidade em geral que nesta terça-feira, 21/10/14, estará em Reunião Geral a partir das 14 horas.
 
Em virtude disto, apenas neste dia, o funcionamento do DEPES ocorrerá de 08:00 às 14:00.

X Simpósio Nacional de Geomorfologia da Ufam ocorre nesta semana

Anice EstevesAnice Esteves

A União da Geomorfologia Brasileira (UGB), o Departamento de Geografia e o Programa de Pós-graduação de Geografia da Ufam e, a Universidade do Estado do Amazonas (UEA), realizaram no domingo, 19, a abertura do X Sinageo  2014 “Geomorfologia, ambiente e sustentabilidade”, no auditório da reitoria da UEA. O evento ocorre até o dia 22, no Instituto de Ciências Humanas e Letras (ICHL) e está programado palestras, minicursos e exposição de painéis e apresentações orais que ocorrem no Centro de Convivência.

A mesa de abertura foi composta pelo Pró-reitor de Ensino de Graduação, Lucídio Rocha, representando a reitora da Ufam, pela professora Neliane Alves representante da UEA, professor Marcos Castro de Lima, chefe do departamento de Geografia, a coordenadora do Programa de Pós-graduação em Geografia da Ufam, Amélia Regina Batista, o presidente da IAG, vice-reitor da Sorbone e reitor da Sorbone de Abu Dabhi, Eric Fouache, o presidente da UGB, André Salgado e o coordenador do Evento, professor do curso de Geografia da Ufam, Antonio Fábio Sabbá Guimarães Vieira.

Em seguida o professor Eric Fouache proferiu conferência de abertura intitulada “O papel da IAG na Geomorfologia”. Logo depois o professor da Universidade Federal do Paraná, João José Bigarella foi homenageado e também proferiu palestra.

O Sinageo é um evento itinerante e Manaus foi escolhida para sediar a X edição há dois anos no último evento, ocorrido no Rio de Janeiro. Desde 1996 ocorre o evento de dois em dois anos e é a primeira vez que é sediado no norte do Brasil. São mais de 440 participantes inscritos de todo o Brasil, que vão participar de minicursos, palestras, apresentações orais e exposição de painéis. “É importante realizar um evento desse porte pelo fato de reforçar o conhecimento da Geomorfologia, mas também pelo fato de estarmos trazendo nomes de peso da área, são 42 palestrantes, e também a interação com outras universidades”, explicou o coordenador Fábio Guimarães.

minicursominicursoNesta segunda-feira, 20, de 8 às 12h, iniciaram três minicursos. No auditório Rio Negro, no ICHL, a professora da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Anice Esteves Afonso, ministrou o minicurso “Geomorfologia na formação de professores de Geografia e no ensino básico”. No auditório Rio Solimões, também no ICHL, o professor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Fábio Oliveira, ministrou o minicurso “Lateritas e evolução da paisagem”. E, na sala de aula de número 13 do ICHL, o professor Rogério Uagoda, da Universidade de Brasília (UNB), ministrou o minicurso “Mensuração de processos Hidro-geomorfológicos”.

       

`Clube da Madrugada 60 anos´ abre inscrições para os dias 17, 18 e 19 de novembro

Com objetivo de divulgar aos públicos interno e externo a produção literária dos autores filiados ao Clube da Madrugada, o Programa Curricular de Extensão, `Clube da Madrugada 60 anos´, por meio da Coordenação e Núcleo de Pesquisa em Linguagens de Expressão Amazônica (Conplexa) abre inscrições para ouvintes durante o período de 1° a 10 de novembro,  no endereço eletrônico:  www.ufam.edu.br ou página Facebook: Clube da Madrugada 60 anos. A ficha de inscrição deverá ser enviada para o email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.. Os participantes receberão certificado de 20h/a.        

 

Anexos:
Fazer download deste arquivo (ficha de inscrição_definitiva.doc)Ficha de Inscrição [ ]2832 kB
Fazer download deste arquivo (Folder Clube da Madrugada.pdf)Folder[ ]6846 kB

Apresentação do CONIC no ICET ‘demonstra fortalecimento da graduação’

O Instituto de Ciências Exatas e Tecnologia de Itacoatiara (ICET) realizou em consonância com a 11ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia a apresentação dos trabalhos no Congresso de Iniciação Científica (CONIC 2013-2014).
 
Ao todo, 81 trabalhos foram avaliados pelo comitê científico local e avaliadores externos durante os dois dias de apresentação. As avaliações dos alunos, dentre outros critérios, auxiliam o comitê a escolher o melhor trabalho, onde o aluno e orientador recebem a menção honrosa e aluno ainda é contemplado com uma passagem aérea para participar de um evento científico em qualquer estado brasileiro.
 
Foram mais de 8 horas de avaliação entre apresentações orais e de exposição de cartazes que demonstraram um alto nível de preparação dos alunos, garante o avaliador externo que é oriundo da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT), o professor doutor Gabriel de Souza. “Foi uma experiência excelente ter encontrado trabalhos muito bons, tanto na parte de exatas, quanto biológicas e agrárias, o que demonstra um grande fortalecimento da graduação”, comentou.
 
Gabriel que já foi professor do ICET, conta que é testemunha ocular do desenvolvimento dos trabalhos no Instituto. “Eu acompanhei na época que estava aqui e até agora um crescimento vertiginoso na quantidade e qualidade dos trabalhos que estão sendo apresentados que são cada vez melhores”, garantiu.
 
O coordenador do CONIC no ICET, professor doutor Gustavo Hattori, conta que foram avaliados os trabalhos que finalizaram no último mês de julho. “O avaliadores externos e o pessoal do comitê científico local estão fazendo a avaliação se foram cumpridas as metas, os objetivos e o conhecimento dos alunos em torno da temática dos projetos que desenvolveram ao longo dos doze meses do PIBIC”, explicou.
 
Sobre o CONIC
 
O CONIC 2013-2014 (Congresso de Iniciação Científica da UFAM) é um evento anual e faz parte da avaliação do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC), de acordo com agências de fomentos a pesquisa como a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado Amazonas (FAPEAM) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

II Semana de Ciência e Tecnologia do ICE tem experimentos de Física

Pregos são usados em uma das peças de demonstraçõesPregos são usados em uma das peças de demonstrações

Para encerrar a II Semana de Ciência e Tecnologia do ICE, alunos do curso de Física expuseram, durante três dias, experiências com materiais de baixo custo para alunos de escolas públicas de Manaus. A atividade aconteceu no hall do Centro de Convivência, no setor Norte da Instituição. 
 
A acadêmica do 6 período do curso, Luana Tavares Reis, explicou que durante o evento, a coordenação do curso se preocupou em aproximar o conteúdo dos assuntos abordados em sala de aula para a comunidade. 
 
"São experimentos de baixo custo, construídos com materiais de baixo custo, tais quais, cano de pvc, garrafas pet, fios e pregos, por exemplo. Estamos com o gerador de Van Der Graaf, anel de thompson, elevador hidráulico, canhão de batata, efeito jaule, cadeira de pregos e equipamento de Looping", explicou. 
 
Antônio Oliveira, mestrando em Ensino de Ciências e Matemática pela Ufam, que compunha a equipe de exposição do curso de Física, informou que durante três dias, outros atividades desenvolvidas dentro ds Universidade também puderam ser apresentadas aos visitantes, como as implementadas pela Casa da Física, Pibid (Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência), Pet (Programa de Educação Tutorial). 
 
Ele explicou que a ideia era que as ações se voltassem não somente aos acadêmicos de outros cursos, mas principalmente à comunidade em geral, integrada por alunos alunos de escolas públicas. 
 
"Este é um momento muito importante de interação entre a Universidade e a escola pública, tanto que estiveram reunidos, num mesmo espaço, alunos de outros cursos do Instituto de Ciências Extaas. Cada um, dentro de sua especificidade, expuseram seus trabalhos", disse. 

Inicia o I Simpósio de Formação do Professor de Matemática da Região Norte

As atividades do Simpósio ocorrem até o dia 19 de outubro e participam do evento estudantes, professores e pesquisadores de todo o País. Na Conferência de abertura foi realizada na sexta-feira (17), no auditório da Faculdade de Direito (FD). Na área externa, pôsteres sobre temas correlatos são apresentados aos visitantes. Também haverá reuniões dos Grupos de Trabalho da Associação Nacional dos Professores de Matemática na Educação Básica (ANPMat).

A primeira mesa redonda teve a apresentação dos professores Cydara Ripoll, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Letícia Rangel, do Colégio de Aplicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), e Hilário Alencar, da Universidade Federal de Alagoas. A professora Ripoll apresentou o Livro Companheiro, cujo primeiro volume tem quatro capítulos sobre Números (naturais, inteiros, racionais e reais), e que traz abordagem problematizadora.

Segundo a professora, a ideia é baseada nos estudos do matemático Klein. Trabalho da equipe de pesquisadores está no portal do Projeto Klein. “A Coleção de Livros Companheiros do professor tem como público alvo o professor que leciona Matemática no segundo segmento do ensino fundamental ou médio”, disse a pesquisadora. A professora falou ainda sobre a mudança de paradigma que precisa ocorrer, na qual o professor deve problematizar conceitos e desenvolver sua própria abordagem no ensino de uma Matemática viva e dinâmica.

Educação e Extensão

A estudante do curso de Licenciatura Integrada em Matemática e Física da Universidade Federal do Oeste do Pará, Lissa Nareli, apresentou o trabalho ‘As contribuições das disciplinas de prática do ensino e dos projetos de extensão no exercício do estágio’. Ela faz parte do Laboratório de Aplicações Matemáticas da OFOPA e aplicou, durando o estágio, atividades do projeto Cuca Legal. “Hoje em dia não se usa a palmatória, mas encontramos formas dinâmicas de fazer que os alunos aprendam matemática através de piadas, desafios e contas”, disse ela.

Atividades práticas e teóricas envolvem conceito de número, desafios sobre bases numéricas e brinquedos e materiais didáticos curiosos. “Nós precisamos retomar - com os alunos do sétimo e oitavo ano - os conceitos básicos da disciplina, porque muitos deles sentem dificuldades devido à falta de interesse nas aulas tradicionais. Ensinamos polígonos usando palitos de picolé e tachinhas para compor as estruturas e eles conseguem fazer as associações”, explicou.

Programação

Na programação, estão incluídas palestras, mesas redondas, comunicações orais e exibição de pôsteres. Cada participante pode submeter apenas um trabalho e receberá certificado pela apresentação o autor inscrito e participante. Os trabalhos estão sendo apresentados em forma de pôsteres, embora alguns autores possam realizar apresentações orais durante o evento.

Sistema de Bibliotecas disponibiliza conta para biblioteca virtual

O Sistema de Bibliotecas (SISTEBIB) informa que está disponível a conta de teste para consulta e análise da Biblioteca Virtual de Livros Eletrônicos Ebrary® Academic Complete e que esta permanecerá ativa até o dia 12 de novembro para avaliação de toda a comunidade universitária.

O acesso pode ser efetuado por todos os computadores dentro da UFAM pelo link abaixo:

https://trials.proquest.com/trials/trialSummary.action?view=subject&trialBean.token=F52R9VR5QNJY7ODVWU3G

A Ebrary® Academic CompleteT dispõe hoje de 107.000 títulos em diversos idiomas e com acesso multiusuário, ou seja, um mesmo título pode ser acessado simultaneamente por um número ilimitado de usuários sem restrição. O número de títulos está em constante crescimento e é composto pelas principais editoras do mercado acadêmico.

Além disso, a Ebrary® Academic CompleteT inclui: 
.       Coleção em permanente crescimento;
.       Ferramenta DASH!T (Data Sharing, Fast) de repositório institucional; 
.       Menu InfoToolsT, conecta o conteúdo dos livros a fontes externas de informação na web;
.       Estatísticas de uso detalhadas;
.       Ranqueamento de capítulos no resultado das buscas;
.       Estantes virtuais pessoais e compartilháveis para cada usuário;
.       Funções de marcação, anotação e associação a links externos;
.       Função de leitura de textos (acessibilidade);
.       Referenciamento automático;
.       Integração com os gerenciadores de referências RefWorks e EndNote 
.       Integração com o Summon e a plataforma ProQuest.
 
Encaminhamos, para melhor aproveitamento da ferramenta, o Guia de Uso Básico em anexo e os tutoriais em vídeo em português podem ser acessados no link abaixo: <http://www.youtube.com/watch?v=1Tkyjc_S800>

É importante que todos os professores, pesquisadores e alunos tenham conhecimento e avaliem o conteúdo para amparar a decisão do Sistema de Bibliotecas quando a aquisição da base. Para avaliar a Base responder o questionário disponível no link: 

https://docs.google.com/forms/d/1qFRkLF9glZhAyjKm8R42gUhyBNo6KfLpzoEThWhHA4s/viewform

 

 

PPGL divulga informações sobre seleção

Processo seletivo do programa de Pós-graduação de Letras terá sua primeira etapa realizada no dia 4 de novembro, às 14h. 

Nomes dos inscritos, deferimento das inscrições e ensalamento estão no documento anexo.

Cais promove ação de apoio ao Outubro Rosa

Servidor Osmarino Souza prestigiou o eventoServidor Osmarino Souza prestigiou o evento

O Centro de Atendimento Integral a Saúde (CAIS) realizou nesta sexta-feira, 17, programação de embelezamento (corte de cabelo) destinada ao atendimento da comunidade universitária. A atividade teve como objetivo convidar o público feminino a participar da programação do evento “Semana do Servidor” que ocorre entre os dias 28 a 31 de outubro no CAIS. Este evento faz parte da comemoração do “Outubro Rosa” que ocorre em todo o mundo.

O público feminino compareceu, nesta manhã de sexta-feira, 17, ao prédio do Centro de Atendimento Integral a Saúde (CAIS), em busca de serviços de beleza. Estavam programados vários serviços de embelezamento ao público feminino, mas somente foi possível oferecer corte de cabelo. O Senac ficou impossibilitado de mandar todos os serviços que estavam na programação. 

O setor de enfermagem do CAIS distribuiu folders com orientações sobre o câncer de mama ao público que compareceu e também deu orientações sobre a campanha “Outubro Rosa”. A enfermeira Tatiana Castro explicou que o folder tem orientações sobre os sintomas do câncer de mama, do diagnóstico precoce, da prevenção e da importância do exame.

Mas não foi só o público feminino que compareceu em busca dos serviços. O servidor técnico-administrativo do CAIS, Osmarino Pereira de Souza, aproveitou a atividade para cortar o cabelo. “Vim valorizar o evento e aproveitei pra cortar o cabelo. Essas ações são importantes para reduzir os casos de câncer. É uma doença catastrófica para as mulheres e estou prestigiando a campanha”, disse Osmarino de Souza.        

Jeane AmorimJeane Amorim

 

A coordenadora da Divisão de Desenvolvimento Social do CAIS, Jeane de Amorim Freire, explicou a razão dos serviços de embelezamento . “Fizemos esse evento com o intuito de chamar as mulheres e aproveitar a oportunidade pra sensibilizá-las em relação ao câncer de mama que é a temática principal do ‘Outubro Rosa’. Tínhamos combinado com o pessoal do SENAC que estaríamos oferecendo vários serviços (higienização de mãos, depilação de buço e de sobrancelha), divulgamos ao público, mas infelizmente só foi possível oferecer o corte de cabelo. Pedimos desculpas para as mulheres que compareceram em busca dos outros serviços”, afirmou Jeane Amorim. 

Procomum abre inscrições para Projetos "Atividade Física" e "Grávidas Ativas"

A partir do dia 20 de outubro, a Pró-reitoria de Assuntos Comunitários- PROCOMUM abrirá inscrições para os Projetos: Atividade Física e Grávidas Ativas. O objetivo é proporcionar o bem estar físico, mental e social aos alunos, servidores e seus dependentes da Universidade Federal do Amazonas.

As atividades são: hidroginástica, Natação e Caminhada Orientada. As inscrições serão realizadas na Sala do Desporto, ao lado do prédio da segurança, setor sul, nos horários de 8h ao 12h e 14h às 16h.

O projeto GRÁVIDAS ATIVAS tem por objetivo realizar atividades físicas com gestantes após o 1° trimestre de gestação, proporcionando qualidade de vida e um melhor preparo para o parto. Essas atividades variam entre: caminhadas programadas, ginástica aeróbica e localizada e hidroginástica. A proposta é oferecer atividades físicas, palestras sobre gestação e dicas para a hora do parto,  integração entre grávidas e  atividades em datas comemorativas. O projeto funciona em dois polos: na piscina da Faculdade de Educação Física e Fisioterapia e Maternidade Ana Braga.

O projeto é vinculado às instituições Maternidade Ana Braga e a UFAM (PROCOMUN/DESPORTO).

OBS: AS GRÁVIDAS DEVERÃO TER UMA LIBERAÇÃO MÉDICA PARA A PRÁTICA DA ATIVIDADE FÍSICA.

CONTATOS PARA INFORMAÇÕES: 9311-7259 / 9334- 7823 / 9490-0380

Joao Paes Loureiro profere palestra no I SISCultura

Com o tema `A Cultura à luz da Teoria Crítica´, a palestra proferida pelo professor da Universidade Federal do Pará (UFPA), João Paes Loureiro, integrou a programação do I Seminário Internacional Sociedade e Cultura na Panamazônia: Interdisciplinaridade, desafios e perspectivas, cujo objetivo é consolidar e intercambiar discussões contemporâneas sobre a interdisciplinaridade: agendas, formação, questões, pautas e objetos de pesquisa, diversas e comuns, sobre as sociedades amazônicas. A programação encerra-se nesta sexta-feira, 17, no auditório Rio Solimões, do Instituto de Ciências Humanas e Letras (ICHL), Setor Norte. Veja a entrevista concedia para a Assessoria de Comunicação da Ufam:

Leia mais...

Cursos apresentam experimentos e jogos na II Semana de Ciência e Tecnologia do ICE

Jogos matemáticos tiveram receptividadeJogos matemáticos tiveram receptividade

No segundo dia de atividades, a II Semana de Ciência e Tecnologia do ICE chama a atenção do público pela apresentação de projetos dos cursos de Matemática, Geologia, Física, Estatística e Química. “Os jogos são dinâmicos e criativos, as explicações dos expositores são coerentes e interessantes”. Assim foi a avaliação da estudante do 4º período de Ciências Naturais, Mayra Gonçalves, sobre a iniciativa da Semana, neste segundo dia de evento (16).

Segundo a estudante, esta é uma oportunidade que os cursos de Exatas têm para mostrar seu lado curioso e lúdico, superando o mero “ensino de cálculo e de fórmulas”. O interesse também partiu de alunos de Humanidades. Luiz Lima, 2º período de História, também valoriza a troca de conhecimentos entre as diversas áreas. “Nós sentimos que a explicação dos alunos é resultado de conhecimento e preparação”, elogiou Luiz, depois de ouvir curiosidades sobre variados tipos de rochas pelo do discente Albert Reis, do 4º de Geologia.Estudante de Geologia dá explicaçõesEstudante de Geologia dá explicações

Stands

Albert tem apenas dois anos de trajetória na Geologia, mas apresenta com detalhes dados a respeito de formações rochosas variadas. “Icnofóssil não é um animal fossilizado, mas ocorre quando um animal deixa rastros (pegadas, por exemplo) em rochas sedimentares”, esclareceu. O expositor revelou que na região Amazônica já existiram vulcões ativos, mas há cerca de dois milhões de anos, o que “para a Geologia é um período relativamente curto”. “O tipo de rocha que alguém encontra traz informações valiosas sobre a História daquele local”, finalizou, citando a cidade de Presidente Figueiredo (a 107 km de Manaus), onde há rochas Riolito.

 
Experimentos da Casa da Física são testadosExperimentos da Casa da Física são testados

No stand do curso de Matemática, os jogos são os mais procurados. Torre de Hanói, Triângulos Notáveis, Potenciação Floral, Dominó da Radiciação e Descobrindo Ângulos são alguns deles. Para os coordenadores do Projeto de Extensão ‘Desenvolvendo Habilidades matemáticas através de jogos’, professores Yachiko Wakiyama e Francisco Feitosa, o objetivo é atrair estudantes da Educação Básica para o ambiente universitário e permitir a troca de informações. “Os jogos foram elaborados para esta Semana”, afirmou a professora. Dentre eles, o mais procurado pelas meninas é o Dominó Apaixonante, que une fração e geometria.

A Casa da Física, coordenada pelo professor Haroldo Guerreiro, é um dos projetos de extensão de maior alcance social da UFAM e também está representada no evento. Joelma Oliveira é licenciada em Física e pertence hoje à equipe de coordenação do projeto. Ela ajuda a explicar os experimentos aos visitantes, como, por exemplo, a eletricidade que passa através de uma esfera metálica através do corpo humano e atinge as extremidades. A descarga elétrica através das pontas dos cabelos ou dos dedos pode ser sentida por quem se submete ao experimento.

Projeto Pé-de-Pincha realiza coleta de ovos de quelônios nas comunidades do baixo Amazonas e Juruá

Nesse mês de outubro começa a coleta dos ovos de quelônios. Mais de quarenta (40) acadêmicos de várias instituições UFAM, UNINORTE, ESBAM E FAMETRO estão engajados com as comunidades em fazer o manejo dos ovos em vários municípios onde o projeto Pé-de-Pincha faz pesquisa cientifica. Todas as equipes com seus coordenadores de campo já começaram a viajar e ficaram de 08 a 20 de outubro em  várias comunidades do Baixo Amazonas e Juruá.

Em 15 anos promovendo o manejo racional e sustentável de quelônios pelas próprias comunidades em áreas abertas e não oficialmente protegidas, o Programa Pé-de-Pincha da Universidade Federal do Amazonas viabiliza o treinamento de agentes ambientais voluntários, a capacitação de professores da rede municipal e estadual de ensino, alunos e comunitários, por meio da Educação Ambiental.

Segundo os coordenadores professores Paulo Cesar Machado Andrade e Aldeniza Cardoso de Lima, com o patrocínio da Petrobras, os trabalhos já começaram a fazero monitoramento dos quelônios que foram devolvidos a natureza do ano de 2014, no Médio Rio Amazonas, Madeira e Negro, nos municípios de Nhamundá, Barcelos, Itacoatiara, Parintins, Barreirinha, Maués, Manaus, Careiro Castanho, Borba, Canutama, Novo Airão e Carauari/AM, Terra Santa, Juruti, Faro e Oriximiná/PA, no sentido de estimular a conservação de quelônios através do manejo participativo.

De acordo com os coordenadores do programa “Pé-de-Pincha/UFAM”, 2.000 famílias, em 16 municípios sendo 4 no Estado do Para/PA e 12 no Estado do Amazonas/AM, em 170 comunidades recebem noções de Educação Ambiental e passaram a executar um programa de manejo sustentável da população de quelônios em suas áreas. Já foram devolvidos à natureza filhotes de tracajá (Podocnemis unifilis), tartaruga da Amazônia (P. expansa), iaçá ou pitiu (P. sextuberculata), irapuca ou calalumã (P. erytrocephala) e cabeçudo (Peltocephalus dumerilianus), totalizando mais de Dois Milhões e Quinhentos (2.500.000) filhotes de quelônios devolvidos à natureza durante esses 15 anos. 

 

Nota de pesar - Kelly Clarinho Cândido

A Universidade Federal do Amazonas e, em especial, a comunidade acadêmica do ICSEZ - Campus de Parintins, manifesta pesar pelo falecimento da acadêmica Kelly Clarinho Cândido, ocorrido no dia 15 de outubro. A Universidade se solidariza com os familiares, colegas e amigos da discente do curso de Zootecnia.

"A Realidade do Ensino de Ciências na Educação Básica" é tema de mesa-redonda na VI Semana de Ciências Naturais

O Instituto de Ciências Biológicas realizou nesta quarta-feira, 15, a mesa redonda "A Realidade do Ensino de Ciências na Educação Básica", que foi parte da programação da VI Semana de Ciências Naturais, que vem sendo realizada no auditório da Faculdade de Educação Física e Fisioterapia (Feff), no setor Sul da Instituição. O encontro, o qual contou com a presença de gestores estaduais e municipais de Educação, além de formadores da Universidade e acadêmicos do curso de Ciências, teve como objetivo debater a realidade do ensino de Ciências na Educação Básica. 
 
Segundo a coordenadora da iniciativa, a professora do Departamento de Biologia Ana Cláudia Maquiné, professores e acadêmicos vivenciam as mesmas angústias quando do início do Programa de Iniciação à Docência. 
 
"A escola mudou, as demandas vêm de maneira diferenciada também nos dias atuais, então é preciso que se mude também a forma de ensinar. Nada mais oportuno do que trazer os gestores aqui, para pensarmos e nos debruçarmos sobre essas temáticas", explicou ela. 
 
Representando o secretário municipal de Educação, Humberto Michiles estava a gestora Ana Lúcia Barros de Andrade e pela secretaria estadual de Educação, representando o titular da pasta, Rossiele Santos, a gestora Hiléia Monteiro. Na oportunidade, houve troca de experiências dos acadêmicos que já se encontram em estágio de docência e os gestores, que receberam demandas acerca das necessidades de ampliar e alinhavar o programa de forma a aproximar os interesses comuns de alunos, professores e gestores.  
 
Pela Universidade, a coordenadora do evento, professora Ana Cláudia Maquiné salientou que o ensino e a licenciatura têm igual valor à pesquisa e à extensão e que os mesmos precisam estar articulados. 
 
"Estamos na perspectiva de integração e socialização de conhecimentos, tanto que amanhã teremos um Simpósio de Estágio, com uma representante da Universidade de São Paulo (USP), a qual tem uma larga experiência na atividade docente e poderá falar da identidade docente e da formação", adiantou. 
 
Um dos tópicos abordados durante a mesa redonda tratou da entrada dos acadêmicos dentro das instituições de ensino, antes restrita ao período do estágio. Hoje, com a reestruturação da área de ensino do Instituto de Ciências Biológicas (ICB), os professores têm outra visão do que é formação de professores, do que é Licenciatura. 

Já a partir dos programas de extensão, é possível que os acadêmicos ingressem nas escolas antes mesmo do estágio de docência, já a partir do primeiro período, dessa forma, atuando em instituições parceiras como a Escola Emanuel Ribeiro da Cunha, situada no ramal do Brasileirinho. Trabalhando em consonância com a universidade, os alunos do Ensino Fundamental desenvolvem ações experimentais nos laboratórios da Ufam. 
 
Outra iniciativa é fruto de fomento da Capes, através do programa Novos Talentos, que vem para ajudar a difundir e popularizar a Ciência, a partir da interação, reflexão e ação entre a comunidade e a escola básica. 

Medicina comemora dia do professor e apresenta Museu de Patologia revitalizado

Professores da Medicina são homenageadosProfessores da Medicina são homenageadosA reunião festiva foi realizada nesta quarta-feira (15), na sala de diagnósticos da FM, e reuniu professores, servidores administrativos e representantes discentes. Logo após as homenagens ao dia do professor e, em especial, ao dia do médico, comemorado em 18 de outubro, a coordenadora do Museu de Anatomia Patológica, professora Neila Falcone, apresentou o espaço revitalizado à comunidade acadêmica.

O diretor da unidade, professor Dirceu Benedicto, apontou a valorização do professor como a principal arma para a melhoria da educação. “Ser professor”, disse ele, “é ter o que dizer e acreditar no que diz, tal como faziam Sócrates e Cristo”. Em seu discurso, ele elencou as seis características do professor: “Ele precisa ser provedor de informações; modelo no serviço e no ensino; elaborador de recursos didáticos; planejador; avaliador do sistema, dos estudantes e do curso; e facilitador, no sentido de contribuir para a aprendizagem plena”.

Dentre as peças, há fetos com diversas patotologiasDentre as peças, há fetos com diversas patotologiasOs discentes, representados por Iuri Matias Schreiner, do 7º período, também prestaram homenagem aos mestres. Em carta escrita a punho, Iuri buscou a síntese do que os professores representam nessa fase para a formação profissional, ética e até pessoal. “Temos dos nossos professores o reconhecimento, a amizade, o apoio e a compreensão, pois eles acreditam em nós”, disse em trecho da carta, em que o jovem afirmou ainda que “Todos os pequenos aprendizados ajudam a construir a trajetória de cada aluno”.

 

Museu revitalizado

O Museu de Anatomia Patológica da Faculdade de Medicina possui, hoje, um catálogo de 665 peças para servir ao estudo de patologias. Idealizadora daquele espaço ainda na década de 1980, quando era médica residente, a professora Neila Falcone lembrou a importância desse local para o sucesso das aulas práticas de Patologia. “É quando os alunos mais se aproximam da realidade através de peças cirúrgicas ou retiradas post mortem [após a morte]”, explicou.Coordenadora mostra peças ao prefeito do CampusCoordenadora mostra peças ao prefeito do Campus

A revitalização foi realizada pela Prefeitura do Campus Universitário (PCU), e o próprio prefeito, professor Atlas Bacellar, esteve no local para conferir o resultado. “O nosso trabalho foi fazer o revestimento das paredes, a laje, a cobertura, a pintura e a instalação do condicionador de ar”, elencou o professor. Ao todo, o local já passou por cinco recadastramentos, ou seja, renovação do acervo e revitalização do local. O primeiro foi em 1992, o seguinte em 1999, o terceiro em 2005 e penúltimo em 2011. Das 811 peças que havia naquele ano, 146 foram descartadas.

As peças são acomodadas no museu e, quando das aulas práticas nos laboratórios, às segundas, terças e quintas, elas são levadas aos laboratórios e estudadas por uma média de 35 alunos. Anderson de Camargo, 8º período, diz que a oportunidade de associar as descrições nos livros com os materiais da realidade tornar o aprendizado mais dinâmico e eficaz na hora de identificar as patologias. A professora Neila Falcone revela um objetivo ainda maior, que é poder levar uma seleção de peças do acervo para exposição para o público externo.

Materiais, processos e energia verde marcam eixo principal de discussão em Congresso Internacional

Na quinta edição, o Congresso de Materiais Verdes na Amazônia (Amazon Green Material Congress) reuniu nesta quarta-feira, 15, no auditório do Caesar Business Hotel, pesquisadores nacionais e internacionais, profissionais, professores e estudantes para discutir temáticas relacionadas às questões de sustentabilidade. O Congresso objetiva divulgar e estimular à pesquisa e ao desenvolvimento tecnológico de produtos e processos que visem agregar valor a biodiversidade Amazônica, bem como fornecer uma alternativa de tecnologia mais sustentável e com menor impacto ambiental. 

Leia mais...

Reitora participa de reunião em homenagem a Univasf

No dia 18 de outubro, a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) irá completar 10 anos de atividades acadêmicas. Para celebrar a data, será realizada, entre os próximos dias 11 e 19, a “Semana de Comemorações – 10 Anos Univasf”, que terá em sua programação a realização de diversos eventos, entre eles a CXXXV Reunião Ordinária do Conselho Pleno da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), quando a professora Márcia Perales, reitora da Ufam, prestará homenagem à instituição representando a diretoria da Andifes.  

Iniciada em 2004 com 11 cursos, atualmente a Univasf tem 26 cursos de graduação presenciais e à distância, além de oito cursos de mestrado, quatro programas de residência multiprofissional, oito programas de residência médica, sete cursos de especialização e 261 projetos de pesquisa e 45 de extensão.

Ufam passa a integrar Associação das Universidades de Língua Portuguesa

Durante a assembleia deliberativa realizada no XXIV Encontro da Associação das Universidades de Língua Portuguesa – AULP, no Instituto Politécnico de Macau, os associados discutiram a filiação da Ufam, que respeitando os requisitos de adesão como membro titular, posteriormente foi aceita na associação.

Sobre a AULP

No âmbito das suas atividades, a Associação das Universidades de Língua Portuguesa é responsável por um amplo leque de iniciativas: Encontros anuais; Reuniões bilaterais temáticas; Edições; Prémio Fernão Mendes Pinto; Revista Internacional em Língua Portuguesa (RILP); Atas dos Encontros; Edições que promovem a língua portuguesa e as culturas nacionais; Fomento de Pós-graduações multilaterais; Observador Consultivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Proplan promoverá 2ª Oficina de Elaboração do Planejamento Estratégico e Revisão do PDI

A Pró-reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional convida os integrantes do G40 para a 2ª Oficina de Elaboração do Planejamento Estratégico e Revisão do PDI da Universidade Federal do Amazonas, que ocorrerá nos dias 29, 30 e 31 de outubro de 2014.

A 2ª Oficina de Elaboração do Planejamento e Revisão do PDI da Ufam ocorrerá nos Auditórios Javari e Jutaí, da Faculdade de Tecnologia e terá como propósito o desenvolvimento das atividades pertinentes ao primeiro ciclo do Diagnóstico Estratégico- Macroambiente; Diagnóstico Estratégico-Externo; e Swot- Score Card.

Mais informações através do telefone: 3305 1484