Primeiro doutor do PPGE defende tese sobre políticas públicas para pessoas com deficiência

Dalmir Pacheco, primeiro doutor titulado pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da UFAM (PPGE) é sociólogo, mestre e professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (IFAM), onde ele coordena o Projeto Curupira, objeto da pesquisa. A defesa, que foi orientada pela professora Iolete Ribeiro, ocorreu na manhã desta sexta (19).

Ele conta que, a princípio, a ideia era distinta do tema políticas públicas inclusivas, mas essa proposta surgiu no decorrer do curso como estudo de caso do Projeto Curupira. “Resolvemos falar do Projeto Curupira, que realiza a formação profissional de pessoas com deficiência, dentro do IFAM. O projeto cria objetos de aprendizagem adaptados e capacita professores para a educação especial, ou seja, ele materializa uma política pública de inclusão escolar”, explica Dalmir Pacheco ao resumir a relevância da investigação.

A diretora da Faculdade de Educação, professora Selma Baçal, que coordenava o Programa à época da submissão da proposta de doutorado para o PPGE foi enviada à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), orgulhou-se do feito. “É um marco histórico porque o doutorado foi criado pela Capes em 2009, com a primeira turma em 2010, num esforço coletivo para oferecer a melhor qualidade da formação stricto sensu na área da Educação”, recorda. Atualmente, o PPG é coordenado pela professora Arminda Mourão.

 

A Tese

A orientadora da tese e diretora da Faculdade de Psicologia da UFAM, professora Iolete Ribeiro, disse que a pergunta central foi "Como a visibilidade da pessoa com deficiência passou a ser construída pelas políticas públicas em educação e trabalho, mesmo nascidas na estrutura de uma sociedade marcadamente competitiva e excludente?" E para análise dessa questão foi realizada uma pesquisa documental e o estudo de caso do Projeto Curupira.

A partir de uma abordagem qualitativa para tratar o tema, foi possível elaborar uma análise interpretativa sobre políticas públicas e visibilidade de pessoas com deficiência no âmbito do Curupira. “A nossa tese é de que, mesmo dentro de uma sociedade competitiva e materialista, as políticas públicas oportunizam a visibilidade da pessoa com deficiência, através da educação e da profissionalização”, pontua o pesquisador, ao evidenciar iniciativas dessa natureza e voltadas a esse público.

O professor coordena o projeto curupira desde a criação, em 2007, no âmbito do IFAM. Qual a perspectiva vocês abordaram (o recorte) para a pesquisa de doutorado? A pergunta central da tese foi esta: "Como a visibilidade da pessoa com deficiência passou a ser construída pelas políticas públicas em educação e trabalho, mesmo nascidas na estrutura de uma sociedade marcadamente competitiva e excludente?". E para análise dessa questão foi realizada uma pesquisa documental e o estudo de caso do Projeto Curupira.

 

Resultados

Com experiência na área da psicologia histórico-cultural, a professora Iolete Ribeiro explicou que o tema ‘políticas públicas’ foi analisado com o objetivo de “produzir conhecimentos que contribuam para promover os direitos da população”. Ela apontou ainda para a possibilidade de construção de uma “cultura pró-direitos humanos”, enfatizando que essa deve ser uma tarefa coletiva que passa pela produção de conhecimentos por meio de interfaces entre essas áreas. “A Universidade participa da invenção de uma escola inclusiva na medida ao formar profissionais que compreendem que a diversidade é inerente à condição humana”, aponta.

Ao apontar os principais resultados da pesquisa, Dalmir Pacheco aponta para as contribuições pedagógicas e para o alcance das ações que foram possíveis através do projeto Curupira. O debate sobre a inclusão escolar gerou produção científica a partir do projeto, inclusive como forma de aprimorar o trabalho que está em andamento desde 2007. Em complemento, a orientadora disse que uma das principais contribuições dessa investigação foi o resgate das políticas públicas de inclusão e a apresentação da experiência do Curupira. “A tese demonstra que é possível avançarmos na promoção dos direitos das pessoas com deficiência”, conclui.

Manutenção programada no PoP-AM/RNP nos dias 20 e 21, das 8 às 22h

Nos dias 20 e 21/12/2014 (sábado e domingo), das 8h às 22h, o PoP-AM/RNP (Responsável por prover os serviços de Internet no Campus Universitário) estará realizando manutenção programada onde ocorrerá a migração dos seguintes serviços/equipamentos:
 
- circuito do backbone AM-DF;
- circuitos dos clientes;
- equipamentos da rede comep;
- switchs de distribuição/acesso;
- equipamentos (servidores, roteador, desktops, etc) ;
- servidores do projeto monipe;
- máquina de serviço da RNP.
 
Durante a manutenção os serviços de Internet ficarão indisponíveis.
 
Observação: A Gerência de Infraestrutura de Redes da UFAM estará dando apoio ao corpo técnico do PoP-AM/RNP e realizando testes assim que a manutenção for concluída.
 
Em caso de dúvidas, ligue para (92) 3305-1195.
 
Atenciosamente,

Centro de Processamento de Dados
Universidade Federal do Amazonas

PPGM divulga Edital de Seleção de Mestrado para ingresso em 2015

O Programa de Pós-Graduação em Matemática (PPGM) abre inscrições para selecionar os alunos da turma de Mestrado 2015.

As inscrições podem ser realizadas até 20 de fevereiro de 2015, no horário de 8h as 12h e de 14h as 18h , na secretaria do Programa de Pós-Graduação em Matemática, localizada no prédio professor Dorval Varela Moura (Departamento de Matemática), campus universitário, setor Norte, Avenida Rodrigo Otávio , nº 6200, Coroado I. O telefone da Secretaria é o 3305-4604.

O processo de seleção será realizado em etapa única através da avaliação de Curriculum Lattes, de cartas de recomendação e do resultado obtido na prova escrita nas áreas de Análise Real ou Álgebra Linear para os candidatos inscritos na área de Matemática e Introdução à probabilidade para os candidatos inscritos na área de Estatística. A prova ocorre no dia 27 de fevereiro de 2015, das 9 às 13h, em local a confirmar.

As áreas de concentração são: Geometria Diferencial, Matemática aplicada e Estatística.

Para mais informações, ligar para: 3305-4604 (secretaria do PPGM)

Edital, Modelo de carta de recomendação e Ficha de inscrição, no anexo.

Educação do ensino superior em destaque na Semana de Serviço Social

'Serviço Social e a contrarreforma do Estado: a precarização do ensino e seus reflexos na atuação profissional' é tema da Semana de Serviço Social que teve solenidade de abertura nesta quinta, 18, no auditório Rio Negro do Instituto de Ciências Humanas e Letras (ICHL), Setor Norte.

O evento objetiva promover a participação do alunado em discussões de temáticas relevantes para o Serviço Social, contribuindo para a formação acadêmica e políticas dos estudantes, além de ser também uma proposta de interação entre os discentes de diversos períodos.

Leia mais...

Elias Farias em pauta no Projeto Nossa Música

O professor do Departamento de Música e cantor, Elias Farias, fez apresentação nesta quinta-feira, 18, no auditório Mario, bloco Mario Ypiranga (ICHL) de algumas canções que estão reunidas no CD Di-ver-so, álbum da coletânea de três compact disc que celebra 30 anos de carreira do artista. O projeto Nossa Música objetiva promover encontros e debates com artistas de diversos gêneros com representatividade social, cultural e artística na cidade de Manaus.

Leia mais...

ARII publica edital de Mobilidade Nacional - Andifes/ Santander 2015

A Universidade Federal do Amazonas, por meio da Assessoria de Relações Internacionais e Interinstitucionais (ARII), torna pública a inscrição e seleção de alunos para participarem no primeiro ou no segundo semestre de 2015, do Programa Andifes/Santander de Bolsas de Mobilidade Acadêmica Nacional, nos termos do convênio firmado entre as instituições federais de ensino superior para viabilização do Programa de Mobilidade Acadêmica Nacional.
 
O objetivo é possibilitar aos alunos da graduação da Universidade Federal do Amazonas a oportunidade de realizar estudos em Instituições Federais de Ensino Superior, participantes do Convênio Andifes/Santander, cuja listagem está disponível no ANEXO.
 
Serão concedidas cinco bolsas, o valor destinado à cada bolsa é de R$ 3.000,00 (três mil reais) a serem pagos diretamente ao estudante em cinco parcelas de R$ 600,00 durante o período de mobilidade. O pagamento será repassado ao estudante até o quinto dia útil de cada mês.
 
O candidato deverá encaminhar a documentação exigida no Item 3 do edital para o e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo., a partir do dia 18 de dezembro até 31 de janeiro
 
A documentação (exceto item 3.1) deverá ser escaneada e enviada em formato PDF para o e-mail citado, com assunto/título “Edital ANDIFES 2015 - ‘nome do candidato’ ”.
 
 

UFAM tem representantes na Academia Brasileira de Ciências entre 2015 e 2019

Jovens cientistas de todo o país foram eleitos membros da Academia Brasileira de Ciências (ABC) para representarem suas regiões no próximo quinquênio. Entre os novos indicados para representar a região Norte, dois docentes da UFAM estão entre os agraciados: Igor Luis Kaefer, Fabrício Beggiato Baccaro, ambos vinculados ao Instituto de Ciências Biológicas (ICB).

Para concorrer, o pesquisador deve ter idade inferior a 40 anos. Atualmente, os membros são indicados pelos titulares da ABC, instituição fundada em 1916, não governamental e sem fins lucrativos, que atua como sociedade científica honorífica e contribui para o estudo de temas socialmente relevantes para a formulação de políticas públicas. A Academia busca também o intercâmbio de conhecimentos entre cientistas. Acesse a lista no portal da Academia.

 

Novos membros

O professor Igor Luis Kaefer é docente da UFAM há um ano e meio e pesquisa sobre Ecologia. Com apenas 28 anos, ele iniciou na pesquisa há dez, ainda no início da graduação. Segundo Kaefer, o foco será aproximar a Universidade de parceiros nacionais e internacionais em prol do desenvolvimento da pesquisa e da conservação do bioma Amazônico.

O professor Fabrício Baccaro, de 38 anos e há 15 na pesquisa, disse estar feliz por ter sido um dos cinco indicados para a ABC. Ele também é do quadro da Universidade há um ano e meio, lecionando Zoologia. O professor trabalha também com o tema Ecologia de Comunidades.

Baccaro revela que a participação na ABC será uma “grande oportunidade, pois a Academia promove eventos de alta qualidade que colocam cientistas do Brasil e do exterior em contato, estimulando parcerias e pesquisas em conjunto”. Ele avalia ainda que, por outro lado, a participação é uma grande responsabilidade. “Discutir e ajudar a direcionar a ciência no Brasil não é tarefa fácil, mas farei o melhor possível para representar bem nossa região”, finalizou.

Comunicado da Coordenadoria de Serviços Gráficos

A Coordenadoria de Serviços Gráficos – CSG comunica a todos os setores da UFAM que necessitam de trabalhos (impressos, encadernações e/ou outros) para enviar uma lista à esta Coordenadoria contendo: tipo de serviços (color ou p/b); tipo de papel; e quantidade.

O objetivo é detectar o volume de serviços para que possam saber o quantitativo de material a ser solicitado ao Departamento de Material durante o ano de 2015.

Diante de uma demanda crescente, comunica que a partir de janeiro de 2015, os pedidos terão que ser entregues com pelo menos 05 (cinco) dias de antecedência para sua confecção nas seguintes situações: Corel Draw, Word, PDF ou em JPG (poderá ser enviado para o e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.">O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.).

Mais Informações: 3305-4079  (Valcimar Amorim da Silva – Coordenador)

CONSEPE divulga decisões da reunião dos dias 9 e 10 de dezembro

A Secretaria Geral do Conselhos divulga lista de decisões das reuniões realizadas nos dias 9 e 10 de dezembro.

(Anexo)

Anexos:
Fazer download deste arquivo (CONSEPE DECISÕES.pdf)CONSEPE DECISÕES.pdf[ ]152 kB

Icomp recebe equipamentos de robótica para serem utilizados na agricultura e monitoramento ambiental

Responsável pelos projetos em robótica, professor José Reginaldo, em teste de equipamento Responsável pelos projetos em robótica, professor José Reginaldo, em teste de equipamento

O Instituto de Computação (Icomp), da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) recebeu na última semana, uma série de equipamentos para uso por parte dos estudantes de graduação, pós-graduação e professores que realizam pesquisas na área de robótica. Adquiridos por meio do edital do Pró-Equipamentos, no valor de R$ 1,5 milhão, as peças serão manejadas com foco em projetos nas áreas de agricultura de precisão, monitoramento e proteção ambiental, como explicou o professor responsável do Icomp, responsável pela iniciativa, José Reginaldo Carvalho. 
 
"A chegada desses robôs era uma necessidade desde 2013 e agradecemos à Reitoria e também ao Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia (INCT) que atendeu à nossa solicitação, uma vez que poucas universidades do País têm oportunidade de contar com esses equipamentos que, em muito, ajudam a promover o conhecimento, a divulgação científica", comentou ele. 
 
O professor explicou que no âmbito da agricultura de precisão, o objetivo é construir novos métodos, inserir algorítimos que vão, através da robótica, aumentar a produtividade no campo. No caso de um dos equipamentos adquiridos, o quadrirrotor tem uma câmera termal ou infravermelho e ela tem a capacidade de fazer detecção de pragas quando estão no começo. 

"O quadrirrotor faz o que nós chamamos de 'assinatura de calor' das folhas, o que, obviamente, uma câmera comum não faz. Outra aplicação desses robôs terrestres é que eles podem andar sozinho no campo. É claro que eles não são implementos agrícolas, mas nós inserimos algorítimos neles, testamos neles e quando estiverem prontos, nós transportamos esses mesmos algorítimos para os tratores e implementos agrícolas do campo. E é importante salientar que os robôs lego, por exemplo, não têm essa mesma funcionalidade, porque os algorítimos não podem ser transferidos para uma máquina de campo e não poderá andar em terreno acidentado. Terá que transpor um tronco e não vai conseguir, situações que robôs sem as características de quadrirrotor não têm como solucionar e dentro de um laboratório, as pesquisas não conseguem abarcar, porque os trabalhos precisam ser em campo", explicou. 

 
Já no que se refere a monitoramento e à proteção ambiental, o professor revelou que as peças aéreas têm a função de servir como "olhos humanos", sendo usados eventualmente em situações as quais ofereçam risco à vida de agentes federais, por exemplo, ou onde há dificuldade de acesso a lugares que precisem ser fiscalizados. 
 

Alunos e professores durante apresentação de parte dos equipamentosAlunos e professores durante apresentação de parte dos equipamentos

"Podem ser feitas análises de zonas de desmatamento ou mesmo inspeções de rotina. Nós adequamos o algorítimo desses equipamentos e o enviamos para fazer os trabalhos. É mais seguro e com resultado mais preciso", frisou. Sobre a estrutura do maquinário, a câmera termal ajuda a fazer o levantamento fotográfico dos locais e o laser, o levantamento tridimensional, porque indica medidas exatas de altura e demais dados. 
 
"Alunos de graduação e pós-graduação e professores do laboratório de Robótica já passaram por treinamento junto aos fabricantes, que são de Portugal. Em breve, depois que finalizarmos alguns testes aqui no Icomp, deveremos ir à campo para iniciar pesquisas no Instituto Mamirauá, da cidade de Tefé, possivelmente, em abril ou maio do próximo ano", contou. 
 

Pesquisa e divulgação científica - O diretor do Instituto de Computação (Icomp), professor Ruiter Braga, disse que a demanda pelos equipamentos que inclui até mesmo um carro motorizado, semelhante aos infantis, que funcionam por meio de um joy stick (controle remoto) mais elaborado, vem desde o ano de 2013. 

Pró-equipamentos possibilitou aquisição de R$ 1,5 mi em editalPró-equipamentos possibilitou aquisição de R$ 1,5 mi em edital

"Hoje estamos muito confortáveis em levar a cabo pesquisas de primeira linha, uma vez que temos condições de ampliar nosso campo de visão e atuação", comentou. 
 
A opinião é compartilhada pelo responsável da área de robótica, professor José Reginaldo Carvalho. "Com a chegada desses equipamentos, a estrutura e a situação do departamento muda bastante. Isso porque antes, a gente só conseguia publicar artigos científicos em veículos que não eram tão relevantes, porque ainda aceitam robótica em simulação, ou seja, aquelas produzidas em animação de computador. A partir de agora estaremos prontos para fazer experimentos no campo, em eventos e conferências que são muito mais exigentes. Hoje, existem revistas de robótica que não aceitam mais simulação. É preciso apresentar o robô em funcionamento", explicou. 
 
A relação de equipamentos voltados ao inclui: Central de Dados de Alto Desempenho: cluster de máquinas para a realização de pesquisa onde aspectos relacionados com desempenho são fundamentais (CDAD), Rede para Processamento Paralelo e Distribuído: infraestrutura adequada para a pesquisa de temas de elevada complexidade computacional (RPPD) e Plataforma Robótica Aero-Terrestre de Interior e de Exterior:esta plataforma será utilizada para o desenvolvimento de pesquisa em robótica ambiental, tecnologias móveis para sistemas embarcados para eletrônica de consumo, backbones assíncronos (PRAT).
 
Da Assessoria de Comunicação da UFAM
Por Carla Santos 
 

SECONS divulga horário de expediente para sexta-feira, 19

A Secretaria dos Conselhos (Secons) informa que devido ao período natalino, o expediente no dia 19 de dezembro, sexta-feira, será das 8h às 12h. 

 

Homenagens a profissionais marcam cerimônia do ICHL

Com homenagens a gestores e profissionais que contribuíram para a história da Unidade Acadêmica, ocorreu nesta terça-feira, 16, a cerimônia que comemorou os 30 anos da instalação do Instituto de Ciências Humanas e Letras (ICHL) no setor Norte do campus universitário.

Leia mais...

`No paiz das Amazonas´ ganha novo formato e é exibido no ICHL, nesta terça-feira, 16

A reconstituição e sonorização do `No paiz das Amazonas´ é resultado do trabalho de pesquisa de Sávio Stoco, membro do Núcleo de Antropologia Visual (NAVI), e o esforço institucional do Conselho Municipal de Cultura. Antes da exibição do documentário, houve os pronunciamentos do escritor e presidente do Conselho Municipal de Cultura, Márcio Souza, e do músico responsável pela sonorização, Celdo Braga. A exibição ocorreu nesta terça-feira, 16, no auditório Rio Negro, do Instituto de Ciências Humanas e Letras (ICHL), Setor Norte.

Leia mais...

Progesp terá apenas expediente interno nesta sexta-feira (19)

A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progesp) informa a toda a comunidade acadêmica da UFAM que, nesta sexta-feira (19), estará em expediente interno para confraternização natalina dos seus servidores. Por esse motivo, não haverá atendimento ao público nessa data.

Feudan começa com participação de mais de 100 grupos de dança

Dança clássica está entre as atraçõesDança clássica está entre as atrações

Um dos eventos mais tradicionais promovidos pela Universidade Federal do Amazonas, o Festival Universitário de Dança da Ufam (Feudan) começou, oficialmente, nesta segunda-feira, 15, no Teatro Direcional do Shopping Manauara, no bairro Adrianópolis.

 
Coordenado pela Faculdade de Educação Física e Fisioterapia (Feff), o evento tem caráter competitivo, no qual diversos grupos de dança se reúnem para apresentar coreografias em duas noites de competição. 
 
Dentre os estilos estão o Clássico e Neoclássico, Moderno e Contemporâneo, Danças Urbanas, Danças Populares e Jazz, que se apresentam nas categorias Baby, Infantil, Juvenil I, Juvenil II, Adulto e Avançado.
 
 
Segundo o coordenador geral do evento, o educador físico e jornalista Daniel Góes, o festival é voltado para toda comunidade, embora tenha nascido no âmbito acadêmico, afirmou. 
 

Professor Daniel Góes recebe homenagem de diretora da Feff, professora Artemis SoaresProfessor Daniel Góes recebe homenagem de diretora da Feff, professora Artemis Soares

“Nosso principal objetivo é fomentar a parte cultural da cidade, desenvolver mais a dança e fazer com que os acadêmicos se envolvam também", assegurou Góes.
 
Nesta primeira noite, apresentaram-se dançarinos das categorias Baby, crianças na faixa etária de três a cinco anos, Infantil, com crianças de seis a oito anos, e Juvenil I, com o público entre nove e onze anos de idade.
 
Na próxima quarta-feira, dia 17, irão se apresentar as categorias Juvenil II, com pré-adolescentes de 12 a 15 anos, Adulto, com jovens de 16 a 18 anos, e  Avançado, que comporta jovens a partir de 17 anos, incluindo os dançarinos profissionais. 
 
As premiações do festival são definidas entre o 1º, 2º e 3º lugar, por categoria, cujos vencedores ganharão troféus e medalhas personalizadas.  
 

‘Revista de Ciências Humanas’ recebe artigos para publicação em 2015

Professores e alunos vinculados a Programas de Pós-Graduação na área de Ciências Humanas podem submeter artigos à Revista da Universidade Federal de Santa Catarina - RCH, através do portal de periódicos da UFSC, visando publicação no ano de 2015.

O tema deste da edição é 'As ocupações urbanas no Brasil contemporâneo'. A submissão pode ser realizada até 10 de fevereiro de 2015 e os textos devem obedecer às normas para publicação, disponíveis na página do periódico.

A RCH (ISSNe 2178-4582) é um periódico semestral, multidisciplinar, que publica textos inéditos (artigos científicos e resenhas de livros), em especial aqueles relativos a resultados de pesquisa de caráter teórico e/ou empírico, revisões de literatura e reflexões críticas sobre experiências realizadas nas diferentes áreas das Ciências Humanas, privilegiando abordagens interdisciplinares. 

Avaliada pelo Qualis/CAPES em diversas áreas do conhecimento, a RCH é indexada por Sociological Abstracts - AS, Linguistics & Language Behavior Abstracts - LLBA Social Planning / Policy & Development Abstracts - PODA Public Affairs Information Service, Inc. - PAIS Nisc Pennsylvania Abstracts, Inc. - NISC, entre outros.

O acesso é livre e imediato, e o objetivo é disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico, mantendo os direitos sobre a obra sob o domínio do autor.

Professor da UFAM é premiado por projeto de erradicação do sub-registro entre indígenas

Professsor Raimundo Nonato. Divulgação.Professsor Raimundo Nonato. Divulgação.‘Registro Civil para os Povos Indígenas’: um desafio proposto pelo Projeto Rondon em setembro de 2007 para o qual o professor Raimundo Nonato da Silva, do Departamento de Antropologia da Universidade Federal do Amazonas, foi indicado para por em prática. O reconhecimento veio com o prêmio Direitos Humanos 2014 da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), no qual o professor venceu na categoria Erradicação do Sub-registro de Nascimento "Santa Quitéria do Maranhão".

Trata-se da maior premiação do governo brasileiro a pessoas e instituições que realizam ações de destaque nas áreas de promoção e defesa dos Direitos Humanos. O professor Nonato trabalhou, no projeto piloto, com 17 pesquisadores das etnias Yanomami, Sateré-Mawé, Tuyuka, Tukana, Mura, Tikuna, Kambeba, Apurinã, Arapasso, Desaana e Kokama para diagnosticar o registro civil de povos indígenas no Amazonas.

Na primeira fase, foram realizadas atividades de cunho antropológico, e os indígenas que atuaram como pesquisadores ficaram responsáveis pela aplicação de questionários em comunidades próximas aos rios Cauabiris e seus afluentes (território Yanomami); em regiões do alto Rio Negro; no alto, médio e baixo Solimões; no baixo Amazonas; no Juruá; no Purus e até na capital amazonense.

Após esse primeiro momento, instituições responsáveis por temas como registro civil e organizações indígenas discutiram os resultados da pesquisa. Dentre elas a Associação dos Notários e Registradores do Amazonas (ANOREG), o Tribunal de Justiça (TJAM-AM), a Secretaria de Estado e Ação Social e Cidadania (SEAS), a Secretaria de Justiça do Amazonas (SEJUS), o Ministério Público Estadual (MPE), o Ministério Público Federal (MPF), a Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (COIAB), a Associação das Mulheres Indígenas Sateré-Mawé (AMISM) e a Associação de Mulheres Indígenas do Alto Rio Negro (AMARN).

 

Alcance

Em 2008, a SEAS realizou ações para erradicar o sub-registro civil dos povos indígenas. “Desde então, foram realizadas atividades com vistas a erradicar o sub-registro civil em diversas comunidades indígenas e em Manaus. Com essas ações, ocorreu um aumento expressivo de indígenas que puderam ter seus nomes étnicos no registro civil, inclusive pessoas com quase 70 anos que não tinham o documento”, conta o professor. O projeto encerrou naquele ano, mas serviu como base para ações futuras com essa perspectiva.

O projeto de emissão de registro civil de nascimento para povos indígenas foi posto em prática por meio da parceria entre SEAS, Exército, prefeituras e cartórios municipais, Polícia Civil, Correios, Ministério do Trabalho e associações indígenas. “Hoje, as ações do registro civil ocorrem em todo o Estado”, comemora Raimundo Nonato, que resumiu assim o alcance do trabalho: “Vou resumir com a fala de um indígena Yanomami de 70 anos da comunidade Maiá, Território Indígena Yanomami, rio Maiá, ao receber a sua certidão de nascimento: Agora, sim, Posso dizer que sou brasileiro!”.

Segundo o professor, o registro é a garantia para ser cidadão, mas não a cidadania em si. É um instrumento jurídico que dá a liberdade, por exemplo, para que um indígena possa registrar o nome do seu filho em sua língua materna. “A igualdade não pode ser motivo para negar que o outro possa marcar sua diferença; e o registro civil é o primeiro documento oficial que nos torna diferentes e iguais. Esse, eu creio, é o principal legado”, frisou Nonato.

 

Bons frutos

O antropólogo acrescenta que, no ano de 2012, houve oficinas em cidades-polo como Parintins, Tefé, Tabatinga e Manaus, cujo objetivo foi preparar agentes mobilizadores para atuar nos mutirões e atividades promovidos pelas prefeituras e pelo governo estadual através do Pronto Atendimento Itinerante, o barco PAI. De acordo com dados da SEAS, foram mais de 18 mil beneficiados até 2013.

Ao falar sobre as boas influências do projeto, o professor destaca que, nesses quase cinco anos, delegações de Guiné-Bissau, Rondônia, Roraima, Amapá e Acre estiveram em Manaus para conhecer os instrumentos e saber mais sobre o processo de articulação e mobilização que foram desenvolvidos a partir do projeto.

Campanha natalina da FCA tem solidariedade e presépio amazônico

A Faculdade de Ciências Agrárias (FCA), através de três Programas de Educação Tutorial (PET´s), está arrecadando até o dia 23 de dezembro, roupas, bolsas, sapatos, redes de dormir, colchões, dentre outros produtos de uso pessoal. O objetivo é doar todo esse material para comunidades carentes do entorno de Manaus.

A Campanha, coordenada pelo professor Ari Hidalgo, pode ser vista no térreo da Faculdade, setor Sul do campus da Ufam. No local foi construído um presépio, onde também  há uma caixa para recebimento das doações. 

Leia mais...

Workshop CANVAS: modelo de negócios realiza inscrição com alimento não perecível

O evento faz parte da proposta pedagógica da disciplina Seminários de Administração ministrada pela professora Kleomara Gomes Cerquinho, cujo objetivo é aprofundar a discussão sobre Business Model Canvas em que serão apresentados e desenvolvidos  casos práticos com a participação da platéia. O workshop que ocorre na quarta-feira, 17, às 9h, no auditório Rio Amazonas, da Faculdade de Estudos Sociais (FES), realiza inscrição por meio do link    : http://goo.gl/forms/Rg4wyZeO4n

Anexos:
Fazer download deste arquivo (WS Canvas.jpg)Cartaz[ ]92 kB

Leia mais...

Prorrogada as inscrições para o mestrado do PPG-ECIM até 19 de dezembro

O Programa de Pós-graduação em Ensino de Ciências e Matemática (PPG-ECIM) divulga a retificação do edital 051/2014 PROPESP/UFAM para seleção de mestrado referência primeiro semestre letivo de 2015 com o oferecimento de 15 vagas. O processo seletivo será realizado em quatro etapas. Os interessados podem inscrever-se até 19 de dezembro de duas formas:

1 - Por email, desde que encaminhe todos os documentos no item 3.1 do edital para O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.    ou

2 - Entregar os documentos no horário das 9h às 12h e das 14h às 17h, na secretaria do Instituto de Ciências Exatas (ICE), no bloco de matemática e das 17h às 21h, na Secretaria do PPG-ECIM, localizada no departamento de Física, Setor Norte.

Sobre o programa:

O Ensino de Ciências e Matemática constitui uma área de pesquisa estratégica ao desenvolvimento socioeconomico da Amazônia e do Brasil. Sua importância às políticas públicas básicas, ao processo de humanização das pessoas e à construção da cidadania justifica a organização deste campo de conhecimento numa política de estado, específica ao setor, numa região continental como a Amazônia ocidental.

O programa de Pós-graduação em Ensino de Ciências e Matemática, em nível de mestrado, vem responder a essas demandas e se constitui em um novo compromisso à Universidade Federal do Amazonas com a Política de Educação do Estado do Amazonas.

O Programa de mestrado abrange uma única área de concentração: Ensino de Ciências e Matemática. A ênfase do Programa é no Ensino das seguintes ciências: Biologia, Física, Matemática e Química.

Mais informações pelo telefone (92) 8408-2006, pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Em anexo: Retificação do edital  051/2014 PROPESP/UFAMhttps://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif

 

Anexos:
Fazer download deste arquivo (RETIFICAÇÃO-DO-EDITAL-Nº-051-PROPESP-UFAM (1).pdf)Edital de retificação[ ]60 kB

Gestores discutem perspectivas para a Ufam no IV workshop do PDI

Compor o diagnóstico estratégico da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), agora segundo a perspectiva dos gestores da Instituição, é o objetivo do IV workshop que visa elaborar o Planejamento Estratégico e o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) da Ufam. O encontro ocorre nesta sexta-feira, 12, na sala de reuniões do Departamento de Recursos Humanos do Centro Administrativo.

Leia mais...

II Anpuh recebe conferencista Francisco Foot Hardman, da Unicamp

Com o tema Ofício do historiador na Amazônia: fontes documentais e desafios de pesquisa, o Departamento de História realizou, nesta semana, o II Encontro Estadual da Seção Amazonas da Associação Nacional de História. A abertura aconteceu no auditório rio Solimões, no Instituto de Ciências Humanas e Letras (ICHL) , setor Norte, com a conferência "O sequestro da Amazônia", proferida pelo professor Francisco Foot Hardman, da Unicamp. 
 
Segundo o coordenador do curso de Pós-Graduação em História e coordenador da organização do Encontro, professor James Roberto, a escolha de Foot Hardman como palestrante tem a ver com sua relação direta como pesquisador e professor, o qual escreveu, entre alguns artigos de temática regional, o livro "Trem Fantasma: a modernidade na selva". 
 
Ao passo que atuou incisivamente como colaborador no processo de criação do arquivo Edgard Leuenroth, tido como o mais importante centro brasileiro de documentação sobra história social, Foot Hardman também fundamentou expressivos e respeitos grupos de pesquisa, referências no País e no exterior. 
 
"Ele trabalhou na organização de documentos muito importantes para a história operária, depois, aqui no Amazonas, atuou na criação do Museu Amazônico e de seu acervo, além de ter feito uma rica pesquisa sobre a estrada Madeira-Mamoré, que implicou com a permanência dele aqui, no Estado, por alguns anos", explicou.
 
Durante sua palestra, o conferencista se posicionou, entre outros assuntos, sobre a importância de se investir em laboratórios como forma de os alunos de graduação aprenderem mais sobre o próprio ofício, bem como da repatriação de documentos históricos, que se encontram sob a tutela de bibliotecas estrangeiras. 
 
"Existe uma falta de sensibilidade de grupos de pesquisadores e professores que põem os estudantes de graduação à margem do conhecimento. Eu, particularmente, costumo me surpreender bastante com o que absorvo deles e seria interessante, tal qual produtivo, se houvesse um olhar mais atento a eles nesse nível de formação", considerou. 
 
O conferencista finalizou sua apresentação, alegando que o País precisa se posicionar sobre a permanência de obras históricas em poder de bibliotecas de outros países.  
 
"Não é uma questão de ser bairrista ou nacionalista, já que é uma grave questão a de enfrentarmos dificuldades no que tange ao acesso às fontes de pesquisa e à relação que mantemos com a memória. Cheguei a ver anotações de Euclides da Cunha, na Universidade de Standford e me indignei, porque é um ensaísta brasileiro, falando sobre o Brasil. Afinal, por que não estavam aqui, ou na Biblioteca Nacional ou que fosse na Biblioteca de São José do Rio Pardo, onde são preservados muitos desses documentos e produção de Euclides da Cunha?", observou. Para ele, muito gestores acreditam não ser necessário acervar materiais, não ter uma grande infraestrutura. 
 
"Pelo contrário, como um aluno de graduação vai apreender se não adminstrar sua matéria-prima, seu material primário de trabalho", disse. 

Egressos de Medicina comemoram 40 anos de formatura

Aula da saudade foi ministrada pelo doutor José Bernardes Sobrinho

Leia mais...

Assembléia SBQ Norte avalia o I Encontro de Química

O I Encontro de Química da Região Norte – SBQ Norte com tema `Química para o desenvolvimento sustentável da Amazônia´ que desde quarta-feira, 10, propõe divulgar a Química na Sociedade como elemento de contribuição ao desenvolvimento sustentável regional, realizou nesta sexta-feira, 12, a Assembléia SBQ Norte, no auditório Samaúma, da Faculdade de Ciências Agrárias (FCA), Setor Sul.

Leia mais...

Propesp divulga horário de atendimento reduzido no dia 17

A Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa informa que no dia 17 de dezembro, quarta-feira, o atendimento ao público ocorrerá somente de 8h às 13h. O horário de atendimento ficará normalizado nos outros dias, de 8h às 12h e de 13h às 17h.

PPGCCOM realiza seminário de avaliação

Ocorre hoje, na Academia Amazonense de Letras (Centro) o “Seminário de Avaliação PPGCCOM - Triênio 2013-2015” do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação (PPGCCOM) da Ufam.

O Seminário tem por objetivo proporcionar o debate referente aos itens de avaliação trienal da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nivel Superior - Capes. No debate, o PPGCCOM espera oportunizar a elaboração de metas e ações que venham impactar positivamente o triênio, bem como possibilitar uma reflexão preliminar acerca do planejamento estratégico para 2016-2018.

A abertura será as 14h com a conferência proferida pelo egresso do curso de mestrado da UFAM, Sylker Teles, atualmente doutorando em Design Estratégico pela Universidade Kyushu (Japão), que irá ministrar a palestra “Videogames, aprendizagem contextual e comunicação”. Às 15h30min terá um Sarau incluindo música, dança, leituras dramáticas, declamações de poesias e o lançamento de livros.

Políticas educacionais em debate no II Encontro da Anpae Amazonas 2014

´Educação, cultura e diversidade: desafios amazônicos´ é tema do II  Encontro da Anpae Amazonas 2014 que teve solenidade de abertura nesta quinta-feira, 11, no auditório Rio Alalaú, da Faculdade de Educação (FACED). O Encontro objetiva discutir as políticas educacionais no contexto da diversidade amazônica, na perspectiva de produzir conhecimentos, visando intervir na melhoria da educação e da escola.

Leia mais...

Sete PPGs estão com inscrições abertas – Sociologia e Ensino de Ciências encerram amanhã, 12

A Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação (Propesp) está com inscrições abertas para sete programas de Pós-graduação, entre eles o PPG em Sociologia (pós-doutorado) e o PPG em Ensino de Ciências e Matemática (mestrado), cujas inscrições encerram amanhã, 12 de dezembro. Há oportunidades ainda, com cursos de mestrado, nas áreas de Ciências Farmacêuticas, Comunicação, Imunologia Básica e Aplicada, Informática e Odontologia. O PPG em Informática inscreve também, até 09 de janeiro de 2015, para o curso de doutorado.

Leia mais...

Homenagens e premiações marcam a comemoração do centenário das Relações Públicas no Brasil

As atividades alusivas ao centenário das Relações Públicas no Brasil iniciaram nesta terça-feira (9), na Universidade Federal do Amazonas. Conduzida pela coordenação do curso de Relações Públicas, a programação abrange homenagens a docentes, discentes e profissionais que contribuem para o pleno exercício e desenvolvimento da profissão.

Compuseram a mesa de honra da solenidade de abertura o chefe do departamento de Comunicação Social, professor Allan Rodrigues e a coordenadora do Curso de Relações Públicas, professora Judy Tavares Sales. Durante seu pronunciamento, a coordenadora do curso de Relações Públicas elogiou o desempenho de alunos e professores de Relações Públicas da Universidade Federal do Amazonas. “Queria dizer que o Curso de Relações Públicas da Ufam tem feito um trabalho muito bom, no ensino, na pesquisa e na extensão. Temos participado ativamente do Intercom Nacional e Regional. Nossos alunos têm obtido grandes oportunidades no mercado de trabalho. Então, realmente é pra celebrar. Desses 100 anos nós temos 37, mas é uma história de muito sucesso, realmente eu fico muito feliz por isso e por estar contribuindo. Parabéns aos alunos, pelo esforço, pelo compromisso e competência, e para nós professores e profissionais da área”, discursou

O chefe do Departamento de Comunicação Social, ao mesmo tempo em que elogiou o engajamento de docentes e discentes para a realização do evento, anunciou um trabalho que será feito para resgatar a memória do curso de Comunicação Social da UFAM. “É um momento de celebrar esses 100 anos. Eu vi durante as últimas semanas os alunos de relações Públicas promovendo café da manhã, organizando evento. O curso aproveitou pra por em prática o que se aprende em sala de aula. E hoje é o dia de reunir pessoas que foram importantes pro curso de Relações Públicas, pro departamento de Comunicação Social. Vamos começar um trabalho para resgatar a memória do Departamento de Comunicação, dos dois cursos que nós temos, Jornalismo e Relações Públicas. Será um livro chamado ‘Pensamento Comunicacional no Amazonas’ onde nós vamos registrar todos os professores que passaram pela Ufam, nos cursos de Jornalismo e Relações Públicas, pra que nós possamos ter essa memória, possamos ver quem contribuiu e conhecer um pouco do seu pensamento. Sintam-se todos homenageados nesse momento. Parabéns e sucesso a todos”.

A homenagem aos docentes que contribuíram para o desenvolvimento e  fortalecimento  da profissão de Relações Públicas no Amazonas foi conduzida pela professora Célia Carvalho. Foram prestigiados os professores Randolpho Bittencourt, Walmir Albuquerque, Reinaldo de Miranda Leão, Teresinha Lima Silva, Edson Gil Costa, Maria do Perpétuo Socorro Pereira, Luiza Azevedo e Ierecê dos Santos Barbosa.

Centro de Artes da UFAM realiza testes e entrevistas para cursos gratuitos

O Centro de Artes da Universidade Federal do Amazonas realiza, até 17 de dezembro, testes de aptidão e entrevistas para cursos e atividades artísticas oferecidas a partir do primeiro semestre de 2015. Os cursos terão duração de dois anos e são gratuitos. Há vagas para os cursos de Dança Infantil, Dança Infanto-Juvenil, Dança Juvenil, Dança da Melhor Idade, Dança Cênica Preparatória, Dança e Qualidade de Vida, Teatro, Pintura, Desenho, Musicalização e Violino.

Crianças a partir de seis anos, jovens e adultos interessados em aprimorar seus conhecimentos nas áreas de dança, teatro e artes visuais devem comparecer ao Centro de Artes da UFAM e participarem das audições. Não é necessário apresentar documento, mas o candidato deve preencher uma ficha de inscrição.

As listas com os aprovados serão divulgadas no próximo dia 22, a partir das 14h, no mural da Divisão de Cursos do Centro de Artes. Se aprovado, o aluno deverá dirigir-se a secretaria para obter as orientações sobre sua matrícula.

 

Testes e Entrevistas

Para o curso de Violino (com faixas etárias de 7 a 12 e de 12 a 19 anos e 3 vagas disponíveis em cada), os testes de aptidão ocorrem nesta quinta, dia 11, das 8h30 às 11h30. Para o curso de Musicalização, com faixa etária de 6 a 8 anos e 8 vagas disponíveis, os testes serão nos dias 16 e 17, das 8 às 11h e das 14 às 17h.

O curso de Dança Cênica Preparatório, com oferta para as faixas etárias a partir de 15 anos e a partir de 18 anos, terá testes no dia 16 de dezembro, das 8 às 11h e das 14 às 18h. Para concorrer a uma vaga no curso de Teatro, nas faixas etárias a partir de 15 e a partir de 18 anos, os candidatos devem comparecer no CAUA no dia 17 de dezembro, das 8 às 11h ou das 14 às 18h. Para os demais cursos de Dança (Infantil, Infanto-Juvenil, Juvenil e Melhor Idade) a data para o teste e a entrevista é 15 de dezembro, das 8 às 11h e das 14 às 18h. Todos esses cursos oferecem 20 vagas.

Os testes de aptidão e as entrevistas para os cursos de Pintura e Desenho ocorrem até 13 de dezembro, das 8 às 11h e das 14 às 17h. Até 17 de dezembro, das 14 às 17h, serão realizadas as entrevistas para o curso de Dança e Qualidade de Vida, voltado para pessoas a partir de 30 anos. Para Pintura e Desenho são ofertadas 10 vagas por curso.

Para obter mais informações sobre faixa etária, horários de testes e entrevistas, os interessados devem dirigir-se à Divisão de Cursos do Centro de Artes da UFAM, situado na rua Simão Bolívar, 215, Praça da Saudade, Centro (ao lado da Igreja Batista). O CAUA funciona de segunda a sexta.

 

Objetivos do CAUA

O Centro de Artes visa a atuar como órgão de extensão universitária na promoção de ensino, pesquisa e produção artística sistemática no âmbito da Universidade, bem como contribuir para a formação e o desenvolvimento do cidadão na sociedade, através de atividades em seus diversos níveis: lúdico, expressivo e pedagógico.

Anexos:
Fazer download deste arquivo (Cronograma - Cursos.pdf)Cronograma-Cursos CAUA[ ]202 kB