Nusec realiza nos dias 04 e 05 de maio o 2º Workshop sobre Juta e Malva

O Núcleo de Socioeconomia da Ufam (Nusec), da Faculdade de Ciências Agrárias (FCA), promove nos dias 04 e 05 de maio o 2º Workshop de Estratégia de Dinamização da Cadeia Produtiva de Juta e Malva no Estado do Amazonas. O Evento tem como objetivo apresentar propostas e estratégias de desenvolvimento e inovação sociotecnológicas e perspectivas para a dinamização da cadeia das fibras de malva e juta no Amazonas.

A programação será no Centro de Ciências do Ambiente, sala Copaíba, setor sul do Campus Universitário, e contará com mesas-redondas, oficinas, apresentações de trabalhos técnico-científicos na forma de pôster, relatos de experiências individuais e coletivas, e mostra de produtos fabricados a partir das fibras de malva. Agricultores, técnicos de extensão rural, pesquisadores, professores, estudantes, indústrias do segmento e representantes governamentais estão na programação (ver anexo).

As inscrições podem ser feitas no dia do workshop. Outras informações pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. . Comunicação: (92) 99219-6825. 

Anexos:
Fazer download deste arquivo (1. Programação_do_Workshop__Malva_18-04-16_-_rev.pdf)Programação[ ]157 kB
Fazer download deste arquivo (BANNER-1.jpg)Banner[ ]2505 kB

Palestra sobre suicídio de idosos no Brasil acontece nesta quarta-feira (27)

No dia 27 de abril acontece o Seminário, com o tema: “É possível prevenir a antecipação do fim? Suicídio de idosos no Brasil e possibilidades de atuação do Setor Saúde”. A palestra será proferida pela pioneira nesse estudo, a pesquisadora a professora da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP/RJ) da Fiocruz, Maria Cecília de Souza Minayo, no Auditório da Ciência, das 14h às 17:30h.

O evento, organizado pela Coordenação de Tecnologia Social (COTS), do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa),promove o estudo que foi realizado no período de 2010 a 2012 com o objetivo de compreender a magnitude e a significância do suicídio na população brasileira acima dos 60 anos ou mais, que faleceram por suicídio entre os anos de 1989 a 2009 no Brasil.

Na avaliação da psicóloga e professora da Faculdade de Psicologia (Fapsi) da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Denise Machado Duran Gutierrez, estamos enfrentando um problema de saúde pública e que vem se tornando cada vez mais relevante para a sociedade. “Isso ocorre porque, junto ao envelhecimento, surgem às doenças crônicas, as incapacitações físicas e o nosso sistema de saúde, muitas vezes, não está preparado para todas as demandas que os idosos têm passado a apresentar”, relata.

Ainda segundo a professora Denise Machado, o objetivo do evento é realizar uma evolutiva de resultados, fazendo com que a informação que foi obtida durante as pesquisas e que já foram divulgadas em forma de artigos científicos, passe a um âmbito mais amplo, chegando até os gestores.

A palestra é gratuita e direcionada a gestores, técnicos, pesquisadores, estudantes e demais interessados no assunto. Haverá certificado de participação com carga horária de 4h.

`Deus é ele´ e `Chico Mendes´ serão exibidos nesta quinta-feira (28) pelo Navi Ufam

Adrian Cowell, homenageado na IV Mostra Amazônica do Filme Etnográfico, em 2012Adrian Cowell, homenageado na IV Mostra Amazônica do Filme Etnográfico, em 2012O Núcleo de Antropologia Visual (Navi) exibe na quinta-feira (28) dois documentários da mostra Cruzando Olhares na Amazônia: Chico Mendes – Eu quero Viver, e Deus é Ele. Os documentários foram produzidos por realizadores de fora da Amazônia, que lançaram seus olhares, através da câmera, para compreender a região amazônica.

As exibições serão no auditório Rio Negro, do Instituto de Ciências Humanas e Letras (Ichl), no horário de 12h30 às 14h.  

Sobre os documentários

Chico Mendes – Eu Quero Viver- Adrian Cowell e Vicente Rios- 43 min. / Inglaterra; Goiás, 1989: Com registros feitos entre 1985 e 1988, a equipe de filmagem acompanhou Chico Mendes na organização dos seringueiros, em defesa da floresta, no nascimento da Aliança dos Povos da Floresta e na luta pela demarcação das primeiras Reservas Extrativistas na Amazônia. O documentário mostra, ainda, a trama armada para seu assassinato e as repercussões no Brasil e no mundo.

Documentarista britânico da BBC de Londres, Adrian Cowell, junto com Vicente Rios, da Universidade Católica de Goiás, revelou ao mundo as imagens da década da destruição na Amazônia, das tragédias provocadas aos povos indígenas e tradicionais da região pela violência da ditadura militar. São imagens inéditas em sua maior parte, abrangendo o período entre 1970 e 2005.

Deus é Ele– Eduardo Duwe - 26 min. SP/2006: Um missionário de uma seita apocalíptica tem um sonho: o fim do mundo está próximo. A partir disso ele empreende uma peregrinação e permite a uma equipe de filmagem acompanhá-lo a sua Terra Prometida.

Eduardo Duwe voltou a filmar na Amazônia as mudanças que vinham ocorrendo na década passada, produzindo o documentário “Homens, Maquinas e Deuses”, em 2008.

Pesquisadores da Ufam debatem sobre Democracia e Direitos Humanos no Legislativo na quinta-feira (28)

Palestrantes e temasPalestrantes e temasPesquisadores das áreas de Antropologia, Psicologia, Serviço Social, e Sociologia promovem na quinta-feira (28), às 09h30, na Faculdade de Educação (Faced) um ciclo de debates sobre Democracia e Direitos Humanos no Legislativo Federal.

O debate foi uma proposta coletiva de pesquisadores da Ufam, militantes do movimento de Lésbicas, Gays, Bissexuais e Travestis (LGBT) e profissionais da educação e dos direitos humanos, mobilizados para debater a PL 389/2015. Esse projeto de lei que tramita na Câmara de Manaus é um desdobramento do processo de discussão dos planos nacional, estaduais e municipais de educação dos quais as expressões gênero e diversidade sexual foram banidas. No contexto dos debates atuais sobre democracia, os palestrantes irão discutir os impactos dessas propostas legislativas para a democracia, direitos humanos e equidade de gênero.

Na Ufam o evento é organizado pelo Grupo de Estudos e Pesquisas em Gênero, Sexualidades e Interseccionalidades (Gesecs), Observatório da Violência de Gênero no Amazonas, Ilhargas  e o Laboratório de Pesquisa em Desenvolvimento Humano e Educação.

As inscrições devem ser feitas no auditório Rio Jatapu, Faced, setor norte do Campus Universitário, local do ciclo de debates. Será fornecida declaração de participação de 2 horas. Outras informações pelos telefones e e-mails: 99306-4681/ O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. (professora Iolete Ribeiro); 98298-5646; O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. (professora Fátima Weiss).

PPGI divulga 250ª Defesa de Dissertação de Mestrado no dia 29

A Coordenação do Programa de Pós-graduação em Informática (Ppgi) da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) tem o prazer de convidar toda a comunidade para a sessão pública de apresentação da 250ª defesa de dissertação de Mestrado: “Live Shine – Uma Ferramenta Para Suporte à Avaliação de Impacto de Eventos Científicos em Computação” do candidato Leonardo Fontes do Nascimento, a ser realizada na sala de seminários do Instituto de Computação (Icomp), localizada no setor Norte, na sexta (29), às 9h.

A banca examinadora será composta pelos professores Altigran Soares da Silva (Ufam), David Fernandes de Oliveira (Ufam), Edleno Silva de Moura (Ufam) e Philippe Olivier Alexandre Navaux (Ufrgs).

Mais informações no convite (em anexo) ou pelo telefone: (092) 3305 1193

2ª Feira de Ciências Gerontológicas acontece no dia 28

Acadêmicas do Programa da Universidade na 3ª idade adultaAcadêmicas do Programa da Universidade na 3ª idade adultaPromovida pelo programa Idoso Feliz Participa Sempre (Pifps) da Faculdade de Educação Física e Fisioterapia (Feff), da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), a 2ª Feira de Ciências Gerontológicas (Fecig) ocorrerá na quinta (28) na Quadra Idoso Feliz Participa Sempre, das 10h ás 16h.

Os acadêmicos do Programa da Universidade na 3ª idade adulta abordarão em banners e stands temas como: sistema muscular, sistema respiratório, sistema locomotor, história do Gerontovoleibol – modalidade esportiva criada no Programa, que parece com o vôlei, mas com algumas adequações – sempre do ponto de vista da própria experiência aliada aos conhecimentos ministrados em sala de aula, de acordo com orientação dos professores do Programa.

Segundo uma das coordenadoras, a professora  Rita Puga, o objetivo do evento é estimular a aprendizagem para que o idoso se mantenha autônomo, o que é parte da educação para o envelhecimento promovida pelo programa. “Quando a criança entra na escola há uma fase pré-escolar, em que ela aprende habilidades para o seu desenvolvimento de acordo com a sua idade, ou seja, estamos preparando as pessoas para que ao envelhecer esses conhecimentos sejam aplicados nas suas próprias vidas proporcionando bem estar físico e emocional dos idosos”. Afirma.

O evento é aberto para a comunidade em geral. Mais informações pelo telefone:(92) 3305-4145

ProGesp, Cais e Siass promovem o I Ciclo de Palestras Itinerantes de Promoção em Saúde na Ufam

A Pró-reitoria de Gestão de Pessoas (ProGesp), por meio do Departamento de Saúde e Qualidade de Vida (DSQV), em parceira com o Centro Integrado de Assistência ao Servidor (CAIS) e Subsistema Integrado de Atenção à Saúde do Servidor (SIASS) promovem o I Ciclo de Palestras de Promoção em Saúde da UFAM.

A atividade tem como objetivo principal promover ações visando à saúde integral dos servidores por meio de palestras voltadas ao estímulo do cuidado com sua própria saúde e manutenção da mesma.

O I Ciclo de Palestras de Promoção em Saúde será de caráter itinerante e contará com a participação dos profissionais do DSQV, CAIS e SIASS na realização das palestras, direcionadas a técnicos-administrativos, professores e acadêmicos.

Os temas selecionados foram Saúde Bucal, Prevenção de Câncer Bucal, Obesidade, Hipertensão, Diabetes e Hábitos da Vida Saudável. Estas palestras percorrerão diferentes unidades acadêmicas, unidades administrativas e órgãos suplementares, durante todo o ano de 2016, e será um momento de orientação e discussão dos referidos temas, os quais são relevantes para todos os indivíduos. As palestras ocorrerão na última sexta-feira de cada mês, com exceção de maio e dezembro, pela proximidade com feriados. As primeiras serão realizadas na sexta-feira (29), nos seguintes locais e horários:  

 

I Ciclo de Palestras de Promoção em Saúde

Tema

                          Local                 

Horário

Saúde Bucal

Auditório Rio Negro (ICHL)

8h30

Câncer Bucal

Auditório Paulo Burnhein (FEFF)

8h30

Diabetes

Sala de Reunião da Biblioteca Central

8h30

Hipertensão

Miniauditório do Prédio Administrativo

14h

Obesidade

Sala de Seminários do ICOMP

8h30

Hábitos de Vida Saudável

Auditório Jatapu (FACED)

8h30

 

O Departamento de Saúde e Qualidade de Vida pretende com esta atividade oportunizar aos nossos servidores e alunos um momento de aproximação com os aqueles que desenvolvem o trabalho de promoção de saúde em nossa Instituição, bem como favorecer a discussão e conhecimento dos temas a serem abordados.

Serão distribuídos folders sobre os assuntos abordados, e após as palestras haverá medição de Glicemia, e Aferição de Pressão Arterial nas palestras sobre Hipertensão Arterial. Confira a programação em anexo.

Outras informações pelo telefone: (92) 3005-1181/ Ramais 1478 / 1479. E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Cine e Vídeo Tarumã realiza mostra de documentários estrangeiros

O projeto Cine & Vídeo Tarumã, da UFAM, realiza na última semana do mês de abril uma pequena mostra de filmes documentários estrangeiros atuais. O documentário é um gênerocinematográfico, assim como o cinema de ficção, que caracteriza uma representação parcial e subjetiva da realidade, trazendo ao telespectador o questionamento sobre tal. As produções selecionadas são: Pina, Nostalgia da Luz eCartel Land.

Na segunda-feira (25), será exibido o documentário Pina, do aclamado diretor alemão Wim Wenders. Um espetáculo de dança e teatro inspirado pelo trabalho da coreógrafa alemã Pina Bausch, ressaltado em seus detalhes, formas e cores através da tecnologia 3D. O espetáculo é estrelado por dançarinos da cidade de Wuppertal e seu entorno, local de origem de Pina e por ela considerado como sua força criativa. Foi indiado ao Oscar de Melhor Documentário, em 2012.

O filme Nostalgia da Luz, do diretor chileno Patricio Guzmán, será exibido na quarta-feira, (27). No deserto de Atacama, astrônomos de todo o mundo se reúnem para observar as estrelas. Nessa região do Chile, a três mil metros de altitude, o calor do sol mantém intactos restos humanos. Ao mesmo tempo em que os astrônomos pesquisam as galáxias em busca de vida extraterrestre, mulheres procuram seus parentes na terra do deserto.

Na sexta-feira (29), é a vez do Cartel Land, do diretor americano Matthew Heineman. O documentário coloca questões políticas e pessoas através dos vigilantes dos dois lados da fronteira entre EUA e México, que lutam contra os ferozes cartéis de drogas mexicanos. Com acesso sem precedentes, o documentário provoca profundos questionamentos sobre a ilegalidade, a quebra da ordem e se os cidadãos podem combater violência com violência. Indicado ao Oscar de Melhor Documentário.

O projeto Cine & Vídeo Tarumã é uma atividade de extensão do Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal do Amazonas, com as sessões acontecendo sempre às 12h30, no auditório Rio Negro, do Instituto de Ciências Humanas e Letras, localizado no setor Norte do campus universitário.

As sessões são gratuitas e recebem o apoio cultural da locadora Take Video.

Professores da UFAM participam da I Semana de Estudos Clássicos do Amazonas e do VI Encontro Nacional de Professores de Latim

A I Semana de Estudos Clássicos do Amazonas “Cultura Clássica e Gramática Ocidental” e o VI Encontro Nacional de Professores de Latim, serão realizadas entre 24 e 27 de maio, na Escola Normal Superior (UEA).

Pela parte da manhã o evento será realizado na Escola Normal Superior, localiza na Avenida Djalma Batista, 2470, Chapada e à tarde e a noite, ele será realizado no Centro Cultural Palácio do Rio Negro, na Avenida Sete de Setembro, 1546, no Centro de Manaus.

Durante os quatro dias de evento serão realizados minicursos, mesas redondas, conferências e uma programação cultural. A professora Grace Bandeira da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), irá ministrar o minicurso “Sobre o acusativo e a formação do léxico português” e o professor Francisco de Assis Costa de Lima, da Ufam, irá falar sobre “O ensino de Latim nos cursos especiais de Letras no Amazonas”.

O público alvo do evento são pesquisadores, professores, alunos e estudiosos de todo o Brasil para debater e apresentar suas pesquisas não somente, mas com especial atenção, na área de estudos clássicos, dentro da temática ampla dos estudos dos estudos gramaticais no mundo ocidental. Espera-se ainda, discutir as ações políticas da área na atual conjuntura nacional.

Para mais informações, acesse o site.

Simpósio do Núcleo de Socioeconomia da Ufam está com inscrições abertas para trabalhos

Estão abertas as inscrições para os pesquisadores interessados em enviar seus artigos para serem apresentados no “I Simpósio de Organização Social e de Mercado: Sustentabilidade em Comunidades Rurais do Amazonas”, que acontece nos dias 05 e 06 de maio, na Faculdade de Ciências Agrárias (FCA) da Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

Os trabalhos deverão ser apresentados em forma de banner, e enviados até o dia 25 de abril para o email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. . O resultado da seleção será divulgado no dia 02 de maio. Mais informações podem ser consultadas no manual de normas de envio (em anexo).

Organizado pelo Núcleo Socioeconomia da Ufam (Nusec), o evento tem o objetivo de criar um espaço de socialização, discussão e encontro de estudiosos da área de organização social, visando disseminar experiências e fortalecer as organizações e entidades do estado do Amazonas, envolvendo acadêmicos, professores universitários, membros de instituições e interessados nas questões organizacionais e institucionais rurais no estado do Amazonas (programação em anexo).

Em caso de dúvidas, os interessados deverão entrar em contato pelo email ou pelo telefone (92) 99384-4874. 

Notícia relacionada

Simpósio do Núcleo de Socioeconomia da Ufam está com inscrições abertas para trabalhos

 

Curso de Economia debate situação econômica do Brasil

A Universidade Federal do Amazonas (UFAM), por meio da disciplina Seminários em Economia, da Faculdade de Estudos Sociais (FES), realiza às 10h da próxima segunda-feira (25), no Auditório Rio Amazonas, localizado na Faculdade, o debate “Teoria Neoclássica VS. Desenvolvimentismo Novo: qual o melhor caminho para o Brasil?”.

O objetivo é trazer para o meio acadêmico o debate sobre a conjuntura econômica nacional e de treinar os discentes do Curso no trato de questões atuais e do cotidiano do Brasil. Serão abordados temas como inflação, reformas e investimentos na educação, privatização e distribuição de riqueza, entre outros.

O palestrantes são os professores Lenice Vieira de Sá; Michele Aracaty; e Anderson Costa. Eles abordarão questões cruciais do atual momento econômico brasileiro, e a importância do desenvolvimento de um pensamento crítico e prático. Os alunos que participarem do evento receberão um certificado de 2h complementares. O debate é aberto à comunidade universitária e sociedade.

Outras informações pelos telefone e e-mail: (92) 99415-9336 / O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  

 

Núcleo de Estudos e Pesquisas de Humaitá promove o evento "Direitos Indígenas na Atualidade"

O Núcleo de Estudos e Pesquisas Afro-brasileiras e Indígenas (Neabi) do Instituto de Educação, Agricultura e Ambiente (IEAA) da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), realizará nesta terça-feira (19), no campus Vale do Rio Madeira, em Humaitá, das 8h às 17h, o evento: "Direitos Indígenas na Atualidade”. 

A programação (em anexo) terá rodas de conversa, apresentações culturais, e mesas redondas que discutirão saúde, educação, meio ambiente e territorialidade no contexto dos povos indígenas. As mesas redondas abordarão temas como “Desafios da Educação Indígena” e “Território e meio Ambiente”.

Mais informações no e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Mestrado em Enfermagem da Ufam promove palestra no dia 20 de abril

Escola de Enfermagem de Manaus (EEM)Escola de Enfermagem de Manaus (EEM)O Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, da Escola de Enfermagem de Manaus (EEM), promove na quarta-feira (20), às 18h, a palestra “Pensando a Contemporaneidade no Processo de ser Saudável”. A convidada para o evento é a professora do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Rosane Gonçalves Nitschke (Currículo Lattes).

Durante a palestra serão respondidas as seguintes perguntas: como estão os ambientes por onde circulamos (lares, escolas, trabalho) no nosso viver e conviver na sociedade contemporânea? Como se mostra nosso quotidiano contemporâneo e sua relação com a promoção da saúde das famílias? Temos possibilidade de promover famílias saudáveis? Como construir famílias saudáveis em dias atuais?

O evento será realizado na sala 25 da Escola de Enfermagem, localizada na Rua Terezina, 495, bairro de Adrianópolis. Telefones: (92) 3305-1181 / Ramal 2050. E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. . As inscrições podem ser feitas no dia do Evento, e a palestra vale certificado de participação de 4h.

Mostra didática “Contos Sonoros: novas experiências em podcast” ocorre nesta quarta (20)

Os alunos do 6º período do curso de Comunicação Social - Jornalismo, da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), sob a orientação da Professora Ítala Clay de Oliveira Freitas, apresentam nesta quarta-feira (20), às 8h30, no auditório Rio Solimões, localizado no Instituto de Ciências Humanas e Letras (ICHL), setor Norte, a mostra didática intitulada “Contos Sonoros: novas experiências em podcast”.

O objetivo é apresentar à comunidade acadêmica e ao público em geral a produção dos discentes, realizada nas aulas práticas da Oficina Básica de Rádio Convencional e Webrádio - disciplina do Módulo de Rádio do Curso de Comunicação Social – Jornalismo da Ufam.

Os trabalhos resultam da construção de textos produzidos com base em temas provenientes de contos literários, narrativas da cultura popular ou dos meios de comunicação. Dessa forma, os alunos elaboraram podcasts com referências ao conto de Cinderela, ao imaginário proporcionado pela lenda da Cobra Grande, e às linhas narrativas do Auto da Compadecida e do escritor Murilo Rubião.

O diferencial deste ano constitui-se na inserção de uma crítica social na composição de imagens sonoras que sobreponham realidade e ficção, e proporcionem o exercício do pensamento reflexivo e metafórico, auxiliando na construção de novas experiências e novos caminhos de linguagem. 

Progesp realiza seletiva com alunos para equipe de basquete nesta segunda, 18

A seletiva com atletas interessados em concorrer a vagas na equipe de basquetebol masculino da Universidade Federal do Amazonas ocorre nesta segunda-feira, 18, às 20h, na quadra 02 da Faculdade de Educação Física e Fisioterapia (FEFF).

O requisito é que o participante seja aluno da Universidade, e a seleção é coordenada pela Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progesp/DELC).

A Ufam é a atual tricampeã dos Jogos Universitários do Amazonas. E o esforço, nesta edição, é no sentido de alcançar o tetracampeonato e conseguir o acesso à segunda divisão dos Jogos Universitários Brasileiros. O basquete universitário conta com a sua participação!

Cine & Vídeo Tarumã exibe produções do cinema brasileiro

Na próxima semana o projeto Cine & Vídeo Tarumã vai realizar um apanhado do cinema brasileiro atual, destacando produções recentes, que foram aclamadas pela crítica e pelo público, devido à sua notável qualidade. A semana, intitulada de “Novos Filmes Brasileiros”, traz obras cinematográficas que pontuam situações sociopolíticas correntes e, ainda assim, ressaltam a beleza singular dos espaços que comportam essas narrativas. Os filmes selecionados foram: Que Horas Ela Volta?; Ventos de Agosto; e Casa Grande.

A programação “Novos Filmes Brasileiros” traz filmes que pontuam a situação sociopolítica corrente e ainda assim ressaltam a beleza singular dos espaços que comportam essas narrativas tão tocantes. Os filmes escolhidos são: Que Horas Elas Volta?, Ventos de Agosto e Casa Grande.

Teremos o aclamado Que Horas Ela Volta? da diretora Anna Muylaert, na segunda-feira, 18. A pernambucana Val (Regina Casé) se mudou para São Paulo a fim de dar melhores condições de vida para sua filha Jéssica. Com muito receio, ela deixou a menina no interior de Pernambuco para ser babá de Fabinho, morando integralmente na casa de seus patrões. Treze anos depois, quando o menino (Michel Joelsas) vai prestar vestibular, Jéssica (Camila Márdila) lhe telefona, pedindo ajuda para ir à São Paulo, no intuito de prestar a mesma prova. Os chefes de Val recebem a menina de braços abertos, só que quando ela deixa de seguir certo protocolo, circulando livremente, como não deveria, a situação se complica.

Na quarta-feira, 20, será apresentado o filme Ventos de Agosto, do pernambucano Gabriel Mascaro. Agosto. Um pesquisador de som de ventos alísios desembarca em uma pacata vila de pescadores e abala a rotina de Shirley (Dandara de Morais), que trabalha em uma fazenda, e Jeison (Geová Manoel dos Santos), praticante da pesca submarina. A maré está alta, os ventos fortes e a vila nunca mais será a mesma.

A estreia o filme Casa Grande, do diretor carioca Fellipe Barbosa, acontece na sexta-feira, 22. Sônia (Suzana Pires) e Hugo (Marcello Novaes) são da alta burguesia carioca e levam uma vida bastante confortável. Aos poucos vão à falência, mas ninguém sabe de seus problemas financeiros, nem mesmo o filho Jean (Thales Cavalcanti), que faz de tudo para se desvencilhar dos pais superprotetores. Para se manter, o casal corta despesas e ele, que só se preocupava com garotas e vestibular, enfrenta pela primeira vez a realidade.

O projeto Cine & Vídeo Tarumã é uma atividade de extensão do Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal do Amazonas, com as sessões acontecendo sempre às 12h30, no auditório Rio Negro, do Instituto de Ciências Humanas e Letras, localizado no setor Norte do campus universitário.

As sessões são gratuitas e recebem o apoio cultural da locadora Take Video.

Finalistas do Curso de Pós-Graduação em Educação Ambiental apresentam projetos na FCA nesta sexta (15)

Faculdade de Ciências Agrárias, setor sul do CampusFaculdade de Ciências Agrárias, setor sul do CampusApós 18 meses atividades, os participantes do Curso à distância de Pós-Graduação Lato Sensu em Educação Ambiental, com ênfase em espaços educadores sustentáveis, apresentam nesta sexta-feira (15), a partir das 08h, na área de convivência da Faculdade de Ciências Agrárias (FCA), seus Trabalhos de Conclusão do Curso (TCC).

Os trabalhos são propostas de intervenção ligadas à formação de redes, movimentos de juventude, identidade e territorialidade, gestão ambiental na escola e na comunidade, considerando as mudanças ambientais globais e a construção de espaços educadores sustentáveis.

Os projetos serão apresentados por professores da rede pública estadual e municipal de ensino, líderes comunitários, militares, jornalistas e representantes de Organizações Governamentais e Não Governamentais.

A iniciativa de oferecer uma especialização no modelo Ensino à Distância, abrangendo cursistas de Manaus e da região metropolitana: Iranduba, Manacapuru, Novo Airão e Presidente Figueiredo-, surgiu a partir da constatação de que cursos de curta duração e sem acompanhamento posterior, não são eficientes no sentido de formar agentes capazes de atuar em sua área de formação como educadores ambientais.

“Nossa proposta foi desenvolver uma abordagem polissistêmica de questões essenciais para o desenvolvimento da educação ambiental em contextos escolares, em espaços educadores formais e não formais, explica a coordenadora institucional do curso, professora Maria Anete Leite Rubim.

A especialização foi uma iniciativa da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), junto ao Ministério da Educação (MEC), coordenada pela Faculdade de Ciências Agrárias (FCA) por meio do Centro de Formação Continuada, Desenvolvimento de Tecnologia e Prestação de Serviço para a Rede Pública de Ensino (Cefort) em parceria com a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e Secretaria Municipal de Educação (Semed).

Programa de Pós-Graduação em Geografia divulga calendário de defesas públicas de mestrado para abril e maio

O Programa de Pós-Graduação em Geografia da Ufam (PPGEO) estará realizando entre os dias 25 de abril e 10 de maio, defesas públicas de mestrado de seus alunos. O local das defesas será na Sala Audiovisual do Departamento de Geografia, localizada no Instituto de Ciências Humanas e Letras (Ichl), setor norte do Campus Universitário, Senador Arthur Virgílio Filho.

Os temas das dissertações são:

Áreas de Risco nas Bacias Hidrográficas Urbanizadas de Manaus;

Espaço e Tempo na Cidade de Manaus: Processo de Verticalização 1970 a 2010;

Classificação de Unidades Ambientais da Paisagem da Bacia Hidrográfica do Rio Sanabani, em Silves-Amazonas;

Estudos dos Deslocamentos Urbanos de Coari, Itacoatiara e Parintins e Possíveis Influências da Topografia na Divisão Modal;

Clima Urbano e Dengue (2000-2012) na Cidade de Manaus – Amazonas;

Em anexo segue o cronograma com os nomes dos alunos, data, horário e banca examinadora.

"Projeto Plante!" realiza oficina com plantio de mudas na UFAM

A Universidade Federal do Amazonas é uma Instituição centenária, que reúne mais de 20 mil estudantes e tem seu espaço físico no terceiro maior fragmento florestal urbano do Mundo e primeiro do Brasil (aproximadamente 600 hectares). Possui também, corpos d´água e uma diversidade de espécies da fauna e flora amazônica.
 
O Centro de Ciências do Ambiente e o Projeto Sauim de Coleira da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), irão realizar a oficina "Projeto Plante!", no dia 20 de abril, às 13h, no Auditório Paulo Burnhein, localizado no Instituto de Ciências Biológicas (ICB), setor Sul do Campus Universitário Arthur Virgílio Filho, em Manaus.
 
Com o objetivo de promover uma ação que conjugue a recuperação de uma área desmatada dentro da UFAM e mostrar a situação para a comunidade acadêmica, o projeto  conta com diversas atividadees, entre elas está confirmada a presença da palestrante Narrúbia Almeida e o plantio de mudas em um espaço da própria Universidade.
 
O evento é aberto para todo corpo docentes e discente e público em geral, os participantes irão receber um certificado de horas complementares. Para realizar a inscrição basta acessar o link.

PPGAS promove mesa-redonda sobre “O que é antropologia para os indígenas”

O Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal do Amazonas (PGGAS/UFAM) realizará no dia 18 de abril, das 8h às 12h a mesa-redonda de acadêmicos Indígenas intitulada “O que é antropologia para os indígenas”. O evento acontece no auditório da Faculdade de Direito (FD), localizado no setor Norte do Campus Universitário Arthur Virgílio Filho, em Manaus. As inscrições podem ser realizadas no dia e local do evento.

O evento tem como objetivo promover o debate acerca da visão antropológica dos acadêmicos indígenas a partir de suas experiências, desafios e perspectivas, além de pensar a relação antropologia e conhecimento indígena como um processo de constituição de uma “antropologia cruzada”.

A presença indígena iniciou no ano de 2009 e com novas leituras a partir da contribuição de trabalhos desenvolvidos pelos acadêmicos indígenas, com diversas socializações e reflexões em sala de aula e em diferentes eventos, o Núcleo de Estudo da Amazônia Indígena (NEAI) passou a desenvolver novas metas antropológicas, especificamente no âmbito etnográfico/etnológico.

Composta por pesquisadores indígenas e professores do PPGAS, a mesa-redonda irá abordar temas como “Trajetória da Antropologia no Rio Negro”, realizada pelo Padre Justino, da etnia Tuyuca; “Reflexividade e Descolonização do Pensamento Indígena”, apresentada pelo doutorando João Paulo Lima Barreto, da etnia Tukano; e “Desafio do Método Etnográfico”, exposta pelo mestrando Gabriel Akuto, da etnia Tukano, além de uma exposição de fotografias dos acadêmicos indígenas.

UFAM realiza debate sobre atual conjuntura econômica e social no Brasil

Os alunos da disciplina de Ciência Política, do departamento de Comunicação Social da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) promovem nesta quinta-feira (14), às 9h, a mesa-redonda “Conjuntura Econômica e Social no Brasil”, no Auditório Rio Alalaú, localizado na Faculdade de Educação (FACED), setor Norte do Campus Universitário Arthur Virgílio Filho, em Manaus.

Ministrado pelo professor Davyd Spencer, o evento tem como convidados a superintendente da Suframa, Rebecca Garcia, e os professores Sylvio Puga, do Departamento de Economia, e Fábio Candotti, do Departamento de Ciências Sociais.

Aberto à sociedade acadêmica e público e geral, serão discutidos os dilemas da economia e suas consequências sociais para o Brasil e o estado do Amazonas, considerando o atual contexto de dificuldades enfrentado pelo país, além de os participantes receberem um certificado de 3 horas complementares.

`Amazonas, Amazonas´ e `Fluxos´ são os próximos documentários a serem exibidos pelo Navi na quinta-feira (14)

Glauber RochaGlauber RochaO Núcleo de Antropologia Visual da Ufam (Navi/Ufam) exibe na próxima quinta-feira (14) dois documentários da Mostra “Cruzando Olhares Na Amazonia”: Amazonas, Amazonas (1966, 15 min), de Glauber Rocha, e Fluxos (2007, 25 min), de Fernanda Bizarria. Os documentários serão exibidos no auditório Rio Negro, do Instituto de Ciências Humanas e Letras (Ichl), setor norte do Campus Universitário, bairro Coroado, no horário de 12h30 às 14h. As apresentações e debates serão apresentados pela professora Selda Vale, e Rosiel Mendonça.

Sobre os Documentários

Amazonas, Amazonas (1966) é um filme encomendado pelo Departamento de Turismo e Promoções do Amazonas (Depro), na gestão do governador Arthur Reis, ao cineasta de maior projeção naquele momento: Glauber Rocha. Em 1965 ele aceitou o convite para filmar “as belezas e riquezas naturais da região amazônica” e posteriormente filmaria, em São Luiz, “Maranhão, 66”, sobre a posse de José Sarney, como governador.

Glauber teria afirmado: “... É meu primeiro ensaio em cores. Cheguei ao Amazonas com uma ideia pré-concebida e descobri que não existia a Amazônia lendária e mágica, a Amazônia dos crocodilos, dos tigres, dos índios...” (Glauber Rocha, “Revolução do Cinema Novo”, 1996, p.79). Que Amazônia descobriu Glauber Rocha?

Fluxos (2007), realizado por Fernanda Bizarria, mineira, Mestre em Sociedade e Cultura na Amazônia, da equipe do Navi, na época, traz o depoimento dos viajantes que passam por Manaus, com entrevistas nos principais pontos de entrada e saída da cidade, tecendo um mapa invisível dos muitos trajetos de quem chega e vai.

Mais Cultura Ufam promove palestra e oficinas

O Programa Mais Cultura UFAM, em parceria com o Coletivo Sambaqui, o Grupo Cultural Malungo Dudu, o Maracatu Pedra Encantada, o G.R.E.S. Tradição Leste e a Associação de Cervejeiros Artesanais do Amazonas (AcervA Amazonense), realizará, nos dias 28 e 29 de abril, diversas atividades culturais gratuitas para a comunidade acadêmica e a sociedade em geral. A programação traz oficinas de cerveja artesanal, capoeira, maracatu, roda de samba e palestra.

Os interessados em participar devem baixar o formulário e enviar preenchido para o e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. . As inscrições ocorrem no período de 11 a 28 de abril. As oficinas, exceto a de Maracatu, têm vagas limitadas.

Confira a programação completa, com datas e locais:

Programação Mais Cultura UFAM – Abril

DIA 28

13-19h – Oficina de Cerveja Artesanal, com AcervA Amazonas (15 vagas)

Local: LapecBio, ICB, sala 07, 1º andar

DIA 29

14-16h – Oficina de Maracatu, com Maracatu Pedra Encantada

Local: Centro de Convivência – Setor Norte (sem limite de vagas)

14-16h – Oficina de Capoeira Angola, com Mestre Cacá Bonates

Local: Hall do ICHL – Setor Norte (20 vagas)

16-18h – Conversa com samba com o cantor e compositor Cléber Cruz e o Mestre de Bateria da G.R.E.S. Tradição Leste Mestre Valmar

Local: Hall do ICHL – Setor Norte (Aberto)

18-20h – Sambaqui

Local: Hall do ICHL – Setor Norte (Aberto).

 

Fonte: Blog TV UFAM

UFAM recebe XI Congresso Internacional de Estudos Japoneses no Brasil, entre os dias 21 e 23 de setembro

A Universidade Federal do Amazonas (UFAM) recebe nos dias 21, 22 e 23 de setembro o XI Congresso Internacional de Estudos Japoneses no Brasil. O evento acontece simultaneamente com o XXIV Encontro Nacional de Professores Universitários da Língua, Literatura e Cultura Japonesa.

Durante os seminários haverá conferências, painéis de discussão, sessões de comunicações, sessão de pôsteres, atividades culturais e oficinas. Os encontros são organizados a cada dois anos, de forma rotativa, nas universidades públicas que oferecem curso de graduação em Letras – Língua e Literatura Japonesa. É a primeira que vez que a região Norte do país recebe o evento.

O tema do seminário é 'Tessituras: encontro dos povos no encontro das águas', que sugere uma reflexão sobre o encontro de ideias, de culturas, de interação, de convergências de pesquisas científicas e busca de novos conhecimentos.

O foco do evento está disposto em eixos temáticos, que pretendem acionar a reflexão em torno das seguintes questões:

LÍNGUA JAPONESA: TESSITURAS E CONVERGÊNCIAS – língua japonesa, perspectivas, complexidades linguísticas, aproximações teóricas implícitas ou explícitas, ensino-aprendizagem, mudanças pragmáticas da língua, de forma diacrônica;

TRADUÇÃO: INTENSIDADE E DENSIDADE – problemática enfrentada no âmbito linguístico, transcrição, fidelidade, intensidade, densidade e responsabilidade diante da escrita, o tradutor brasileiro;

LITERATURA JAPONESA: MAR DE FERTILIDADE – a obra, a comparação, a abordagem dos artifícios narrativos e a criação de sentidos, a subjetividade das coisas, o cenário caótico e a luz do florescer, a guerra com testemunhas, o antigo, o moderno e o contemporâneo;

IMIGRAÇÃO JAPONESA: LUGAR, CONDIÇÃO E REALIZAÇÃO SOCIAL – as diferentes composições culturais, que se desdobram em uma multiplicidade de outras expressões conforme as relações que se estabelecem a partir da mudança de espaço e de realidade social, o contexto da imigração na Amazônia.

CULTURA JAPONESA: MULTIPLICIDADE E CONTEMPORANEIDADE – identidade, artes japonesas, transfigurações culturais, tradição e influências, inovação, religião, costumes e cinema.

ENSINO: MÚLTIPLOS OLHARES – ensino e aprendizagem de Língua Japonesa, crenças, estratégias, processo cognitivo, interação entre sistemas, movimento do ensino de línguas e convergências.

ECONOMIA E POLÍTICA INTERNACIONAL: O BALANÇO DO BARCO – Economia do Brasil e do Japão, tratado de amizade, relações bilaterais e culturais.

Local do evento: Universidade Federal do Amazonas - UFAM - 69077-000, Avenida General Rodrigo Octávio, 6200, Coroado I, Manaus, Amazonas.

As inscrições podem ser feitas pelo site do evento, clicando neste link.

UFAM realiza mesa-redonda sobre comunicação na gestão pública

No dia 19 de abril acontece a 21ª Mesa Redonda dos profissionais de Relações Públicas, com o tema “Os desafios da comunicação na gestão pública”, organizada pelos acadêmicos do 6º período do curso e coordenada pela professora Inara Costa, no auditório Rio Solimões, localizado no Instituto de Ciências Humanas e Letras (ICHL), setor Norte do Campus Universitário Arthur Virgílio Filho, em Manaus.

A Mesa Redonda conta com a participação de profissionais com vasto conhecimento na gestão pública, dentre eles, a professora Kleomara Cerquinho, do curso de Administração da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), que realizará a palestra de abertura intitulada “Governo digital e participação cidadã”. Em seguida, o Diretor Presidente do Processamento de Dados Amazonas (Prodam), Márcio Lira, ministrará a palestra “As Relações Públicas sob a ótica da alta Administração”.

“É uma excelente oportunidade para os profissionais de comunicação que atuam na administração pública municipal, estadual ou federal, trocarem conhecimentos e experiências” relata Inara Costa.

A mesa-redonda também será composta pelas profissionais de Relações Públicas Bruna Pinheiro, do Sétimo Comando Aéreo Regional; Tayana Rubim, da Superintendência da Zona Franca de Manaus; Andréia Dias do Comando do 9º Distrito Naval e Tayara Wanderley, da Secretaria Municipal de Comunicação. A mesa terá a mediação da Assessora de Relações Púbicas do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Amazonas (CREA-AM), Rosângela Azedo.

“É uma excelente oportunidade para os profissionais de comunicação que atuam na administração pública municipal, estadual ou federal, trocarem conhecimentos e experiências” relata Inara Costa.

As inscrições para a Mesa Redonda de Relações Públicas são gratuitas e podem ser realizadas através do link.

Lepapis promove no dia 14 de abril, exposição fotográfica e lançamento de livro em Montevidéu

Os eventos ocorrerão no Museu de Arte Pré-Colombina e Indígena (MAPI), em Montevidéu – Uruguai. A abertura da “Mostra Cidades em perspectiva: um estudo sócio-espacial sobre Manaus e Montevidéu” ocorre no dia 14 de abril às 18h, e o lançamento do livro “Índios num país sem índios. A Estética do Desaparecimento. Um Estudo Sobre Imagens Índias e Versões Étnicas” do professor Jose Basini, ocorrerá no dia 15, às 18h no MAPI.

Organizados pelo Laboratório de Estudos Panamazônicos (Lepapis), da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), através do Programa de Cooperação com a Universidade da República do Uruguai (Udelar) e o Museu de Arte Pré-Colombina e Indígena (MAPI), a Mostra conta com o apoio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e da Rede Internacional de Estudos Socioespaciais (RESE).

Coordenado pelos Professores José Basini (Ufam) e Nicolas Guigou (Udelar), a mostra "Cidades em perspectiva: um estudo socioespacial sobre as cidades de Manaus e Montevidéu" é o resultado das atividades desenvolvidas no marco do Programa de Cooperação que prevê a realização de Conferências, Palestras, Exposição Fotográfica e de Material Audiovisual.

O livro é resultado da tese de doutorado em Antropologia Social e da trajetória político-acadêmica do professor José Basini, junto às comunidades indígenas do Brasil e Uruguai, e em específico quanto a estética dos índios guarani na caminhada entre as fronteiras dos dois países. 

Segundo o autor, o livro realiza um esforço de conceituação sobre formas indígenas, e a compreensão das fronteiras e territorialidade nas terras da América do Sul. “A pesquisa com os índios Mbya Guarani, localizados ao longo do litoral brasileiro e sua ênfase migratória em diversos países no Cone Sul da América, possibilitaram estudos comparativos entre diversos povos indígenas”.  


Laboratório de Estudos Panamazônicos

O Laboratório de Estudos Panamazônicos – Práticas de Pesquisa e Intervenção Social (Lepapis) é um laboratório aberto e interdisciplinar que desenvolve estudos sobre a região pan-amazônica, e reflete sobre as relações entre pesquisa e intervenção social, com interesse nos aspectos socioespaciais vinculados a geopolítica e fronteiras.

Lepapis

Tel.: (92) 3305-4595

E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Site: www.lepapis-ufam.blogspot.com

 

 

Oficinas sobre música do CAUA oferecem 50 vagas

O Centro de Artes da Universidade Federal do Amazonas (CAUA) e a Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) promovem nos dias 13 e 14, um ciclo de palestras, fruto do resultado das diversas atividades do edital Pérolas do Meu Igarapé.

Serão três oficinas gratuitas pela manhã e tarde, com um total de 50 vagas disponibilizadas, e ocorrem no CAUA, localizado na Rua Monsenhor Coutinho, 724, Centro de Manaus. O objetivo das atividades é levar ao público o grande conhecimento da música e fomentar o cenário musical amazônico.

Programação

A primeira oficina do dia 13/04, tem início às 9h e disponibilizará 15 vagas. O tema é “Prática de conjunto: Sonoridade e percepção musical”, com os palestrantes Neto Armstrong e Aldenor Honorato.

A segunda oficina é à tarde, às 14h, e também oferece 15 vagas, com o tema “Tambores: sonoridades e ritmos” e ministrada por João Paulo Ribeiro, com a participação do musicista Celdo Braga.

A terceira oficina acontece no dia 14/04, de 9h e às 14h, com o tema “Saxofone: Uma abordagem técnica e interpretativa para a música popular”, com o saxofonista Ênio Prieto. Serão disponibilizadas 20 vagas. 

Outras informações pelo telefone: (92) 3305-5150.

Filmes sobre identidade de gênero são exibidos no Cine & Vídeo Tarumã

Para a segunda semana do mês de abril o projeto Cine & Vídeo Tarumã, da UFAM, põe em destaque filmes que abordam questões de gênero. Embora a discussão sobre identidade de gênero seja extensa, foram escolhidos três produções cinematográficas que abrem espaço para o diálogo sobre as transgeneridades e o gênero-fluido em diferentes idades, nacionalidades e meios sociais. A programação “Filmes Sobre Questões de Gênero” inclui os filmes “Laurence Anyways”, “Tangerine” e “Tomboy”.   

 

A primeira produção a ser exibida, no dia 11, é Laurence Anyways, do diretor canadense Xavier Dolan. Laurence é um homem que deseja se tornar uma mulher. Em seu aniversário de 30 anos, ele revela para sua namorada Fred que irá fazer uma cirurgia de mudança de sexo. Mesmo abalada com a revelação, a namorada resolve permanecer ao lado da pessoa que ama, que sofrerá bastante com a nova situação, tendo que lidar com preconceitos de familiares, amigos e colegas de trabalho. Contra tudo, eles tentarão provar que o amor deles pode superar todas as situações.

 

No dia 13 haverá a apresentação do filme Tangerine, do diretor Sean Baker. Assim que sai da prisão, na véspera de natal, a prostituta transexual Sin-Dee descobre através de sua melhor amiga, Alexandra, que o namorado Chester está saindo com outra pessoa, uma mulher cisgênero. Sin-Dee decide sair pelas ruas de Los Angeles para encontrar os dois e puni-los pela traição.

 

O término da programação acontecerá dia 15 com o filme Tomboy, da diretora francesa Celine Sciamma. Laure é uma garota de 10 anos, que vive com os pais e a irmã caçula, Jeanne. A família se mudou há pouco tempo e, com isso, não conhece os vizinhos. Um dia Laure resolve dar uma volta na rua e conhece Lisa, que a confunde com um menino. Laure, que usa cabelo curto e gosta de vestir roupas masculinas, aceita a confusão e lhe diz que seu nome é Mickaël. A partir de então ela leva uma vida dupla, já que seus pais não sabem de sua outra identidade.

O projeto Cine & Vídeo Tarumã é uma atividade de extensão do Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal do Amazonas, com as sessões acontecendo sempre às 12h30, no auditório Rio Negro, do Instituto de Ciências Humanas e Letras, localizado no setor Norte do campus universitário. As sessões são gratuitas e recebem o apoio cultural da locadora Take Video.

UFAM realiza Semana de Prevenção e Combate a Hipertensão Arterial

A Universidade Federal do Amazonas (UFAM), por meio do Centro de Atenção Integral à Saúde (CAIS), irá realizar nos dias 26 a 29 de abril a Semana de Prevenção e Combate a Hipertensão Arterial, voltada para todos os servidores e técnicos da Universidade.

O evento irá percorrer o Campus Universitário, sendo encontrado na Faculdade de Ciências Agrárias (FCA); Faculdade de Educação Física e Fisioterapia (FEFF); Faculdade de Estudos Sociais (FES); Faculdade de Direito (FD); Instituto de Computação (ICOMP); a Comissão Permanente de Concursos Públicos (COMPEC); sendo encerrado no Prédio Administrativo.

Durante a Semana de Prevenção e Combate a Hipertensão Arterial, a equipe de enfermagem irá aferir a pressão dos servidores, distribuir material educativo e orientar a todos sobre hipertensão.

Veja o cronograma do evento.

Anexos:
Fazer download deste arquivo (ALTERADO - SEMANA DE HIPERTENSÃO.pdf)Semana de Hipertensão[ ]129 kB

Museu Amazônico divulga lançamento do livro “Mar.rio” e sarau de poesia

A Universidade Federal do Amazonas (UFAM), por meio do Museu Amazônico está realizando o evento de lançamento do livro “Mar.rio” e sarau de poesia, de Mario Geraldo da Fonseca. O evento tem entrada franca e acontecerá no dia 15 de abril, às 19h.

Segundo o autor, o livro é uma caixa contendo dez “livroínhos”, que foram editados pela editora Crivo Editorial, de Belo Horizonte. A expressão “livroínhos” indica o formato inovador da obra, que consistem e uma folha A4, dobrada de modo a construir sete páginas pequenas para serem manipuladas em forma de sanfona. Ele também é composto de desenhos que dialogam de maneira clara com os grafismos indígenas amazônicos.

Como parte do projeto Cria. Atividades e Saberes, os livros são compostos de versos, jogos de palavras que não brincam somente com o nome do autor, mas também com o lugar onde ele nasceu, no município de Maués, interior do estado do Amazonas.

“As linhas de atuação do projeto estão em estreita conexão com a arte contemporânea na interface com a educação ambiental e com as culturas de vertentes indígenas e afr-brasileiras”, relata Mario Geraldo.

Ao lançamento dos “livroínhos” será realizado um sarau com o tema “da água e do rio”, atualmente em foco pela “crise hídrica”, que atinge o Brasil. O Museu Amazônico fica localizado na Rua Ramos Ferreira, n° 1036, no Centro de Manaus.