Cine & Vídeo Tarumã exibe filmes sobre aventuras no espaço-tempo

A partir desta segunda-feira (17), o projeto de extensão Cine & Vídeo Tarumã, da Ufam, apresenta uma programação de filmes com a temática de aventuras no espaço-tempo. Os escolhidos para essa semana são: "Donnie Darko”, "Os doze macacos" e "Fonte da vida". As sessões tem início às 12h30, no Auditório Rio Negro, do Instituto de Ciências Humanas e Letras (ICHL), localizado no setor Norte do Campus Universitário. Por ocasião do feriado, excepcionalmente nesta semana, a sessão de sexta-feira foi transferida para a quinta-feira.

             


O filme exibido na segunda-feira (17), é o longa metragem dirigido por Richard Kelly, "Donnie Darko". O filme narra a história de um jovem (Jake Gyllenhaal) que cursa o colegial e passa a ter visões, em especial de um coelho monstruoso, que o encoraja a realizar brincadeiras destrutivas e humilhantes com quem o cerca. A trama se tornou um sucesso de público e crítica, principalmente, por sua trilha sonora e ideias relacionadas a universos paralelos.

Na quarta-feira (19), é a vez de "Os doze macacos", ficção científica dirigida por Terry Gilliam. Com a presença de Bruce Willis e Brad Pitt em seu elenco, o filme de 1995 se passa em uma realidade do ano de 2035, onde um prisioneiro aceita a missão de voltar ao passado para tentar decifrar um mistério envolvendo um vírus mortal que atacou grande parte da população mundial.

O último filme a ser exibido é "Fonte da vida", na quinta-feira (20). A obra foi dirigida por Darren Aronofsky, famoso por seus trabalho em "O lutador", "Cisne Negro" e o mais recente, "Noé". O drama envolve três linhas do tempo diferentes: uma no século 16 com o navegador Tomas Creo e sua jornada em busca da lendária árvore da vida; a segunda no período atual onde o pesquisador Tommy Creo busca desesperadamente uma cura para salvar sua mulher; e outra história une as duas primeiras: no século 26, o astronauta Tom finalmente consegue a resposta para as questões fundamentais da existência.

O projeto Cine & Vídeo Tarumã é uma atividade de extensão do Departamento de Comunicação Social da UFAM. As sessões gratuitas acontecem sempre às 12h30, no Auditório Rio Negro, do Instituto de Ciências Humanas e Letras, localizado no setor Norte do Campus Universitário, com o apoio cultural da locadora de filmes Take Vídeo Locadora.

Faculdade de Estudos Sociais realiza feira de troca e doações de livros

A Faculdade de Estudos Sociais da Ufam (FES) promove nos dias 27 e 28 de abril a segunda edição da Feira de Troca e Doações de Livros, evento realizado em conjunto com a Biblioteca Central da Ufam, que visa enfatizar a importância da leitura habitual entre servidores e estudantes. 

A Feira será em frente ao Auditório Rio Amazonas, localizado no hall da FES, Setor Norte do Campus, no horário de 15h às 20h. Não há necessidade de inscrição prévia para assegurar participação.

De acordo com a coordenadora do evento e professora do Departamento de Contabilidade, Silvia Elaine Moreira, o acervo de doações, aberto para trocas, contém diversos gêneros literários e quaisquer interessados poderão participar, não apenas estudantes. “Durante a edição anterior, recebemos romances, clássicos nacionais, livros didáticos, entre outros estilos. Pretendemos realizar outras em maio e junho deste ano”, disse.

 

 

Informações: (92) 3305-4546 (Secretaria da FES)

Notícia relacionada:

FES promove feira de troca e doação de livros

Cine & Vídeo Tarumã exibe filmes referentes à data religiosa da Paixão de Cristo

As sessões gratuitas ocorrem sempre às 12h20, no Auditório Rio Negro, nInstituto de Filosofia, Ciências Humanas e Sociais, localizado no setor Norte do Campus Universitário

Nesta semana o projeto Cine & Vídeo Tarumã propõe uma programação temática referente a data religiosa cristã da Paixão de Cristo, destacando produções que foram aclamadas devido ao seu impacto imagético e narrativo, além de possuir uma notável qualidade. Os filmes escolhidos para o tema “Visões de Cristo - Morte e Ressurreição” são: A Paixão de Cristo e A Investigação.


                                         

Na segunda-feira, dia 10, teremos a exibição do filme A Investigação, de Damiano Damiani. Três anos após a morte de Cristo, o Imperador Tiberius, obcecado com a idéia de encontrar seu corpo, manda uma delegação a Roma, liderada por Taurus, o qual se envolve com a esposa de Pilatos, e através dela obtém importantes informações.

Na quarta-feira, dia 12, haverá a exibição do filme A Paixão de Cristo, dirigido por Mel Gibson. No meio da noite, Jesus é traído por Judas e é preso por soldados no Monte das Oliveiras, sob o comando de religiosos hebreus. Após ser severamente espancado pelos seus captores, Jesus é entregue para o governador romano na Judéia, Poncio Pilatos, pois só ele poderia ordenar a pena de morte para Jesus. Pilatos não entende o que aquele homem possa ter feito de tão horrível para pedirem a pena máxima e tenta passar a decisão para Herodes, governador da Galiléia, pois Jesus era de lá. Herodes também não encontra nada que incrimine Jesus e o assunto volta para Pilatos, que vai perdendo o controle da situação enquanto boa parte da população pede que Jesus seja crucificado. Tentando acalmar o povo e a província, Pilatos vai cedendo sob os olhares incriminadores de Claudia, sua mulher, que considera Jesus um santo.

O projeto Cine & Vídeo Tarumã é uma atividade de extensão do Departamento de Comunicação Social da Ufam. As sessões são gratuitas e recebem apoio cultural da locadora de filmes Take Vídeo Locadora.

 

 

Centro de Artes da Ufam promove a “Exposição Fênix”

No próximo dia 13 de abril, o Centro de Artes da Ufam (CAUA) realiza a abertura da exposição “A Fênix nas sombras da arte”, do professor Otoni Mesquita. O período de visitação será de 17 de abril a 5 de maio, na galeria do CAUA, localizada na rua Monsenhor Coutinho, 724, Centro.

Na abertura será realizada a performance/instalação “Modelando sombras e resgatando a História da Arte”, com participação especial do artista Fabiano Barros. Trata-se de um ensaio artístico para intermediar e recuperar referências da arte de variados tempos e lugares. Já nos dias de visitação, resultados de outras performances também serão expostos juntamente com obras realizadas em 1986. São reflexões sobre a temática, formato, suportes e dinâmicas das artes contemporâneas. 

Para o professor Otoni Mesquita, a Fênix remete ao grande poder da arte em restaurar e fazer renascer artistas e obras, evidenciando o caráter inovador da criação e do fruir artístico. "A Fênix é uma força que pode ser comparada com a fé, para os que creem. Nesse caso, a concepção de uma obra será sempre uma coisa inconclusa, assim como o próprio autor, que se modifica ao se espelhar na construção que realiza", explica o artista.

 

Informações sobre a exposição: (92) 3305-5150

Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

CAUA apresenta espetáculo “Percussivo Submerso”

O Centro de Artes da Universidade Federal do Amazonas (CAUA) apresenta, entre os dias 7 e 9 de abril, às 19h, o espetáculo “Percussivo Submerso: sons, tambores e ideias submersas abaixo da linha do Equador”. O evento tem como objetivo mostrar as várias maneiras de fazer música utilizando até mesmo objetos recicláveis.

Durante a programação, o artista percussionista Leonardo Pimentel dividirá o palco com o artista visual Darlan Gomes. Já nas tardes dos dias 7 e 8, às 14h, será ofertada gratuitamente oficina de percussão, a ser ministrada por Leonardo Pimentel. Para participar, os interessados devem realizar as inscrições até o dia 7 de abril na Unidade I do CAUA, localizada na Rua Monsenhor Coutinho, 724, Centro.

Documento necessário: documento oficial com foto.

 

Informações:

CAUA: 3305-5150

E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Estudantes de Artes expõem no Museu Amazônico nesta quarta-feira

Exposição "Folharal" tem abertura na quarta-feiraExposição "Folharal" tem abertura na quarta-feiraO Museu Amazônico da Universidade Federal do Amazonas realiza nesta quarta-feira, 5, às 19h, a abertura da exposição “Folharal”, dos estudantes do curso de licenciatura em Artes Visuais da Faculdade de Artes. A exposição fica em cartaz até o dia 30 de abril, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h, com a curadoria da professora Priscila Pinto. O Museu Amazônico localiza-se na Rua Ramos Ferreira, 1036, no Centro.

Segundo a professora Priscila Pinto, do curso de Licenciatura em Artes Visuais da Faculdade de Artes da Universidade Federal do Amazonas e curadora da exposição, nos trabalhos foi utilizada a técnica da tinta acrílica sobre papel cartão preparado, tomando-se a folha como referência temática, com o fim de sensibilizar o olhar na apreciação do elemento natural a partir de um estudo de cor, forma e composição. Nos exercícios, os alunos aplicaram a teoria da cor na prática pictórica, no processo de observação da cor das folhas e sua composição com o fundo. Ainda, segundo ela, as folhas foram coletadas pelos alunos no entorno do campus, escolhidas por sua coloração e forma. Foram propostos três exercícios – acrescenta a professora -, sendo duas pinturas de observação, uma composição com folha seca inteira e uma com detalhe ampliado de folha verde/fresca; uma pintura de criação, na composição de folhas sobrepostas com efeitos de transparência e opacidade. O que se mostra neste espaço é o processo de estudo de futuros professores de arte e artistas em formação, em diferentes estágios. Como resultado, vemos maneiras diversas de perceber o mundo e de transformar esta percepção visual em pintura, finaliza.

 

 

AgroUfam em mais uma edição no setor Sul

O Núcleo de Socioeconomia da Universidade Federal do Amazonas -Nusec- promove nesta semana, dias 6 (das 7h às 18h) e 7 (das 6h às 16h), nos blocos 1 e 2, na Faculdades de Ciências Agrárias -FCA-, no setor Sul do campus,  a 36ª edição AgroUfam  2017 – a Feira da Produção Familiar. Com o tema “Difusão Agrotecnológica no mundo rural”, a Feira visa disseminar a agricultura familiar no estado do Amazonas, bem como contribuir para o fortalecimento socioeconômico dos agricultores envolvidos, além da troca de saberes do conhecimento tradicional em prol do fortalecimento e desenvolvimento organizado da agroecologia na região da Amazônia brasileira.

Seminário da pós-graduação em Sociologia discute "Mobilidades, Fronteiras e Ilegalismo na Amazônia"

O Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Ufam (PPGS), CNPq, Grupo de Pesquisa Ilhargas e o Observatório da Violência de Gênero no Amazonas realizam o Seminário permanente sobre "Regimes de Mobilidade Espacial na Amazônia Urbana" com o tema: "Crime e Estado na Amazônia – mobilidades, fronteiras e ilegalismo",

Evento será na segunda-feira, dia 3 de abril, às 10h, no auditório Rio Solimões, no Instituto de Filosofia, Ciências Humanas e Sociais -IFCHS-, no setor Norte do campus., e contará com a presença dos professores Luiz Fábio Silva Paiva, da Universidade Federal do Ceará; Izaura Rodrigues Nascimento, da Universidade do Estado do Amazonas; e Fábio Magalhães Candotti, da Universidade Federal do Amazonas. 

Telefone para contato: (92) 99128-9257 

Violência contra a Mulher é pauta em Audiência Pública

A comunidade acadêmica e quaisquer interessados são convidados

O Ministério Público Federal (MPF) realiza série de eventos em consideração ao Mês Internacional da Mulher, com foco de abordagem que visa chamar à atenção dos participantes a respeito da implementação de novas Políticas Públicas que minimizem as diversas dificuldades enfrentadas pela população feminina. O encerramento ocorre nesta sexta-feira (31), no Auditório do Prédio Anexo do MPF.

Cronograma de atividades

Dia 29 (quarta-feira), das 9 às 12h. Local: Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos(SEMMASDH), Avenida Ayrão, Centro. Atividade: Roda de conversa sobre Educação de Gênero nas Escolas: Exposição da Secretaria Municipal de Educação (SEMED) e Secretaria de Estado de Educação (SEDUC) acerca de dificuldades, desafios e boas práticas nesta temática.

Dia 31 (sexta-feira), das 14 às 18h. Local: Auditório do Prédio Anexo do MPF, Avenida Ephigênio Salles, V8. Atividade: Audiência Pública sobre Violência contra a Mulher.

 

 

 

PPGCCOM realiza I Colóquio de Teorias da Comunicação no dia 3 de abril

Qual a importância da pesquisa científica em comunicação? E a relevância das teorias e conceitos da Comunicação na formação de profissionais da área? Essas e outras questões serão abordadas durante o “I Colóquio de Teorias da Comunicação – Interconexão!” do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da Universidade Federal do Amazonas (PPGCCOM-Ufam), que será realizado na segunda-feira (3), das 9h às 16h, no Auditório Rio Negro, Setor Norte do campus universitário.

Inscrições

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até o dia 1 de abril no link do evento no Eventbrite.

O colóquio visa promover a interação entre pesquisadores, professores e estudantes da graduação e pós-graduação de cursos de Comunicação Social, enfocando a dimensão teórica dos objetos da comunicação, assim como seu espelhamento com a vida prática. O evento é aberto a acadêmicos e profissionais interessados na compreensão da complexidade envolvida nas práticas comunicativas.

Programação

9h – Abertura

9h30 – Diálogos impertinentes sobre as teorias da comunicação

11h – Mostra de vídeos Interpretação Criativa do Conceito

12h – Intervalo

14h – Caminhos teóricos da Comunicação

15h – Teia de possibilidades

16h – Encerramento

Sobre o PPGCCOM

Reconhecido por ser o primeiro mestrado acadêmico em Comunicação na região Norte do Brasil, o PPGCCOM-Ufam foi aprovado em 2007 pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Com uma proposta inovadora de abordagem interdisciplinar e transdisciplinar que busca compreender as problemáticas da comunicação na e para a Amazônia, o Programa desenvolve pesquisas na área de concentração de “Ecossistemas Comunicacionais”. Os estudos abrangem os processos de organização, transformação e produção das mensagens conformadas a partir das interações entre sistemas sócio-culturais-tecnológicos em duas linhas de pesquisa.

Informações: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Sessão de sexta-feira do Cine & Vídeo Tarumã é transferida para a próxima semana

Devido ao segundo turno da eleição à reitoria da Ufam, nesta sexta-feira, 31, a exibição do filme Manchester à Beira Mar (conforme a programação seria exibido nesta sexta-feira), fica transferida para a próxima terça-feira, 4, no mesmo auditório, às 12h15. A mudança é em função da utilização do auditório Rio Negro como local de votação durante o dia.

O projeto Cine & Vídeo Tarumã apresenta nesta semana uma pequena programação de exibição dos filmes mais marcantes e premiados do Oscar 2017, cuja premiação aconteceu no dia 26 de fevereiro, em Los Angeles. É fato que o evento internacional reúne produções cinematográficas selecionadas com um perfil muito próximo ao padrão da indústria norte-americana. Contudo, é inegável que algumas obras possuem qualidade estética ou pertinência temática que as colocam num patamar de engrandecimento do cinema. Diante de uma cerimônia cheia de surpresas e algumas polêmicas, o projeto destaca alguns dos filmes mais marcantes e que entraram para a história da trajetória da premiação.

Na segunda-feira, dia 27, a abertura da programação será com o filme O Apartamento, do diretor iraniano Asghar Farhadi e que levou o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. Emad e Rana são casados e encenam a montagem da peça teatral "A Morte de um Caixeiro Viajante", de Arthur Miller. Um dia, eles são surpreendidos com o alerta para que eles e todos os moradores do prédio em que vivem deixem o local imediatamente. Diante deste problema, Emad e Rana passam a morar, provisoriamente, em um apartamento emprestado. É lá que Rana é surpreendida com a entrada de um estranho no banheiro, justamente quando está tomando banho. O susto faz com que ela se machuque seriamente e vá parar no hospital. Entretanto, é o trauma do ocorrido que afeta, cada vez mais, suas vidas.

Na quarta-feira, dia 29, o filme escolhido é Moonlight: Sob a Luz do Luar, do diretor Barry Jenkins e que levou os prêmios de Melhor Filme, Melhor Ator Coadjuvante e Melhor Roteiro Adaptado. Três momentos da vida de Chiron, um jovem negro morador de uma comunidade pobre de Miami. Do bullying na infância, passando pela crise de identidade da adolescência e a tentação do universo do crime e das drogas, este é um poético estudo de personagem.

Na sexta-feira, 31, o encerramento da programação ocorre com o filme Manchester à Beira Mar, do diretor Kenneth Lonergan e que levou os prêmios de Melhor Ator e Melhor Roteiro Original. Lee Chandler é forçado a retornar para sua cidade natal com o objetivo de tomar conta de seu sobrinho adolescente após o pai do rapaz, seu irmão, falecer precocemente. Este retorno ficará ainda mais complicado quando Lee precisar enfrentar as razões que o fizeram ir embora e deixar sua família para trás, anos antes.

O projeto Cine & Vídeo Tarumã é uma atividade de extensão do Departamento de Comunicação Social da Ufam, com as sessões acontecendo sempre às 12h20, no auditório Rio Negro, do Instituto de Ciências Humanas e Letras, localizado no setor Norte do campus universitário. As sessões são gratuitas e recebem o apoio cultural da Take Video Locadora.

 

NAVI realiza programação especial para comemorar o Dia do Teatro

Peça "Os Náufragos do Louca Esperança" (Foto: Michelle Laurent)Peça "Os Náufragos do Louca Esperança" (Foto: Michelle Laurent)Em celebração ao Dia Mundial do Teatro (27 de março), o Núcleo de Antropologia Visual da Universidade Federal do Amazonas (Navi/Ufam) realiza uma programação especial nos dias 29 e 31. O evento acontece às 14h30 no Auditório Rio Negro, localizado no Setor Norte do campus universitário.

A exibição do filme “Os Náufragos do ‘Louca Esperança’”, inédito em Manaus, será seguida de um bate-papo com Nereide Santiago e Gorete Lima da Companhia Teatral A RÃ QI RI. O filme dividido em duas partes, com mais de 3 horas de duração, será exibido em dias alternados: a 1ª parte na quarta-feira, 29; e a 2ª parte na sexta-feira, 31.

O filme foi construído a partir da peça teatral dirigida por Ariane Mnouchkine, do Théâtre Du Soleil. Trata-se de uma composição que une a literatura, pois foi inspirada no romance póstumo de Julio Verne; o cinema como era realizado na década de 1920; e a peça de teatro que está sendo filmada.

Sobre o NAVI

Coordenado pela professora Selda Vale Costa, o Núcleo de Antropologia Visual da Ufam reúne pesquisadores e estudantes interessados no estudo das imagens, sobretudo as que retratam características do cotidiano do homem amazônico. A proposta do grupo é tratar o visual como objeto de estudo e como método de conhecimento.

O NAVI possui um acervo com mais de 500 filmes que tratam direta ou indiretamente da Região Amazônica em produções realizadas no Brasil e no mundo. Além dos filmes, o Núcleo possui uma biblioteca sobre o audiovisual e a Amazônia. Entre os eventos realizados pelo NAVI, destaca-se a Mostra Amazônica de Filme Etnográfico.

NEAI discute dados demográficos sobre indígenas nesta quinta-feira (23)

Com o tema “Qual é o indígena da Amazônia que emerge a partir dos censos nacionais?”, o Núcleo de Estudos da Amazônia Indígena (NEAI) promove nova edição dos Seminários de Pesquisa, na quinta-feira (23), às 14h, na sala 12 do NEAI, localizada na Faculdade de Direito, Setor Norte do campus universitário.

Desta vez a palestra é em parceria com o Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia (PPGVIDA - Fiocruz Amazônia), que convidou o especialista em demografia indígena da Fiocruz, Ricardo Ventura, para justificar a substancial expansão dos estudos demográficos sobre as populações indígenas no Brasil, e abordar, por meio de uma perspectiva histórica e antropológica, questões teóricas e metodológicas envolvidas na captação de dados sobre indígenas pelos censos demográficos no país, trazendo exemplos do Amazonas. Também serão abordados os desafios que se colocam para a coleta de dados sobre as populações indígenas no Censo 2020.

Sobre o NEAI

Grupo de pesquisa vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social (PPGAS) e ao Departamento de Antropologia da UFAM, o NEAI congrega pesquisadores, professores e estudantes de diferentes áreas do conhecimento que se dedicam ao estudo e pesquisas sobre temas e problemas relacionados aos povos e comunidades tradicionais.

Evento debate “Dia Mundial da Água”

O grupo de pesquisa Hidrossistemas  e o Homem na Amazônia - H2A -  da Ufam, promove nesta quarta-feira, 22, evento gratuito em comemoração  ao Dia Mundial da Água, intitulado “Caminhos da água na Amazônia”.

O evento ocorre no auditório da Central Analítica, da Faculdade de Química, setor Norte do campus, com a solenidade de abertura às 9h.

A programação conta com a participação de pesquisadores da Ufam, Inpa, e do Instituto de Mudanças Climáticas do Estado do Acre. (Acesse a programação em anexo).

Sobre o H2A

Hidrossistemas e o Homem na Amazônia (H2A) é um grupo de pesquisas da Ufam junto ao CNPq, cuja missão é desenvolver pesquisas em cooperação para a produção e disseminação do conhecimento sobre a dinâmica da água na Amazônia e sua relação com a sociedade. O grupo é multidisciplinar e multi-institucional, com mais de 20 pesquisadores de instituições do Brasil e do exterior.

A liderança da Ufam advém da necessidade de um grupo baseado na Amazônia, articulando diversas iniciativas, fixando pesquisadores e os resultados de suas pesquisas na própria região. Neste sentido a Ufam junto com pesquisadores do Institut du Recherche pour le Développement da França, e de outras instituições, uniram-se e criaram em 2003 a plataforma HYBAM (www.ore-hybam.org), um consórcio internacional que produz dados sobre a hidrologia, geoquímica e geodinâmica da Bacia Amazônica e os distribui gratuitamente na Internet.

O H2A se preocupa em disponibilizar dados de forma mais didática e estabelecer relações entre as populações ribeirinhas da região. Esses dados alimentam uma rede cidadã e sustenta ações de prevenção em diversas frentes no Estado do Amazonas. Para tanto, a rede Rios On Line, mantida pelo grupo H2A, disponibiliza, dados e informações para a comunidade e se mantém em contato com as comunidades ribeirinhas através das redes sociais.

Informações: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

Cine & Vídeo Tarumã volta as atividades nesta segunda

O Cine & Vídeo Tarumã  retorna às suas atividades nessa semana com uma programação de três filmes realizados por mulheres cineastas e que alcançaram sucesso de crítica. A semana reúne filmes produzidos na França, Espanha e Alemanha, que demonstram a sensibilidade do olhar feminino sobre diversas questões sociais, emocionais e políticas que as mulheres enfrentam em diferentes fases da vida. Os filmes escolhidos para a programação que recebe o nome “Perfis femininos sob o olhar delas” são: O que está por vir, Ninguém deseja a noite e As mulheres de Rosenstrasse.

Nesta segunda-feira, dia 20, ocorre a exibição do filme O que está por vir, da diretora francesa Mia Hansen-Løve. A professora de filosofia, Nathalie, tem dois filhos que pouco vê e um marido também docente, seu companheiro há 25 anos. Entre trocas de ideias com o pupilo anarquista, ligações insistentes da mãe solitária e piquetes de alunos, ela leva uma vida tranquila. Mas tudo está para mudar.

Na quarta-feira, dia 22, será a vez do filme Ninguém deseja a noite, da diretora espanhola Isabel Coixet. Groenlândia, 1908. Josephine Peary é uma expedicionária que viaja ao Polo Norte em busca de seu marido, desbravador. Dona de fortes convicções sobre a vida e o seu trabalho, ela muda por completo sua visão do mundo após um inesperado encontro com a esquimó Allaka.

Sexta-feira, dia 24, haverá o filme As mulheres de Rosenstrasse da diretora alemã Margarethe Von Trotta. No ano de 2000, após seu pai falecer em Nova York, a jovem judia Sarah passa a se preocupar com Ruth, sua mãe, que começou a se comportar de forma estranha. O mistério aumenta quando uma prima distante aparece para visitá-las, trazendo uma foto que mostra Ruth, ainda criança, ao lado da mulher que a ajudou a escapar da Alemanha durante a Segunda Guerra. Curiosa a respeito dos fatos por trás do retrato, Sarah viaja a Berlim disposta a desvendar os mistérios sobre a infância da mãe, e acaba entrando em contato com uma história emocionante.

O projeto Cine & Vídeo Tarumã é uma atividade de extensão do Departamento de Comunicação Social da Ufam, com as sessões acontecendo sempre às 12h30, no auditório Rio Negro, do Instituto de Filosofia, Ciências Humanas e Sociais -IFCHS-, localizado no setor Norte do campus universitário. As sessões são gratuitas e recebem apoio cultural da locadora de filmes Take Vídeo Locadora.

HUGV participa de I Workshop Humanizando o Tratamento do Paciente em Terapia Renal Substitutiva

Nos dias 23 e 24 de março, o Hospital Universitário Getúlio Vargas da Universidade Federal do Amazonas (HUGV-UFAM) participa do workshop “Humanizando o Tratamento do Paciente em Terapia Renal Substitutiva”, realizado pelo Ministério Público do Estado (MP-AM). O evento acontece no Auditório Gebes Medeiros, na sede da Procuradoria-Geral da Justiça, situada na Avenida Coronel Jorge Teixeira, 7995, Nova Esperança.

O objetivo do workshop é garantir a humanização do tratamento dos pacientes renais crônicos por meio da sensibilização e capacitação dos profissionais que atuam neste tipo de procedimento médico-hospitalar.

O evento é voltado para autoridades da Rede de Atenção ao Paciente Renal, representantes de instituições de ensino do Amazonas, pacientes em tratamento renal e entidades de fiscalização da área, além de acadêmicos de Direito, Medicina e Enfermagem.

Programação

Palestras, painéis e debates compõem a programação que reúne instituições que prestam serviços de terapia renal substitutiva. Destacam-se a participação da fisioterapeuta do HUGV, Jolaynne Prado, na Apresentação de Boas Práticas (primeiro dia do evento); e a Apresentação de Protocolos de Acesso, com a enfermeira-chefe do Setor de Regulação e Avaliação em Saúde do HUGV.

Confira a programação completa:

Com informações da Assessoria do MP-AM.

Pós-graduação em Geografia promove semana acadêmica

O Programa de Pós-graduação em Geografia (PPGG) da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) realiza, entre os dias 22 e 24 de março, a semana de acolhimento aos novos alunos da graduação e pós-graduação, com apresentações de trabalhos de pesquisas.

A programação começa com a aula inaugural ministrada pela professora Ana Fani Alessandri Carlos, da Universidade de São Paulo (USP), no dia 22 de março, às 18h, no auditório Rio Solimões, Instituto de Filosofia, Ciências Humanas e Sociais (IFCHS). O tema da aula será: “Perspectivas para uma Geografia brasileira: qual o papel da Geografia que não se produz no centro?”. O evento é aberto para a comunidade acadêmica.

Já nos dias 23 e 24, de 8h às 18h, no auditório Rio Alalaú, localizado na Faculdade de Educação (Faced), ocorre a quinta edição do Seminário de Projetos de Dissertação de Mestrado (Programação em anexo). O objetivo é expor e discutir sobre os projetos de pesquisa dos alunos de pós-graduação da turma de 2016 e recepcionar os alunos da turma de 2017.

 

Sobre a palestrante

A professora Ana Fani Alessandri Carlos é autora e organizadora de vários livros na área de Geografia Humana, sendo o mais recente: A condição Espacial. Seu livro Espaço tempo na metrópole recebeu menção honrosa do Prêmio Jabuti em 2003. Ela também já recebeu o prêmio geocrítica de 2012 e o prêmio Manuel Correia de Andrade - ANPEGE, em 2015. (Acesse o currículo Lattes)

"Seminários Foucault/Lévi-Strauss: Uma inflexão da Filosofia ao pensamento social” encerra com mesa-redonda no dia 23 de março

Como parte do encerramento das atividades, a Coordenação do "Seminários Foucault/Lévi-Strauss: Uma inflexão da Filosofia ao pensamento social” realiza mesa-redonda “Lévi-Strauss e a construção dos saberes no pensamento amazônico”, no dia 23 de março, das 18 às 20h30, no auditório Rio Solimões do Instituto de Ciências Humanas e Letras (ICHL), Setor Norte do Campus.

As inscrições podem ser feitas presencialmente na data e horário do evento, ou pelo endereço eletrônico www.filosofiaeseusestudos.blogspot.com.br.

O tema desta última edição será debatido pelos professores: Marilina Bessa Serra Pinto, Renan Freitas Pinto e Luciana Salorte. O encontro será gratuito e aberto à comunidade acadêmica, com direito a certificado de participação.

 

Sobre a proposta do ciclo de palestras

De acordo com o coordenador do Projeto, Professor de Filosofia e membro do Programa de Pós-Graduação em Sociedade e Cultura da Amazônia da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Nelson Matos de Noronha, os encontros objetivam promover a discussão acerca das possíveis aproximações teórica e metodológica entre Foucault e Lévi-Strauss, cujas obras, à primeira vista, denotam um esforço na direção do refinamento das técnicas de observação, de análise discursiva e de aprimoramento teórico. “A repercussão destas obras mostrou se tratar de novas bases para o conhecimento da sociedade e para o desenvolvimento da reflexão filosófica”, avalia a professor. O projeto foi apresentado ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico CNPQ, descrito na chamada MCTI/CNPq/MEC/CAPES.

 

Informações: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Notícia relacionada:

Departamento de Filosofia promove Seminários “Foucalt/Lévi-Strauss: Uma inflexão da Filosofia ao pensamento social”

XXII Semana de Filosofia ocorre entre os dias 27 e 31 de março

Estão abertas as inscrições para a 22ª Semana de Filosofia da Ufam. O evento, organizado pelo Departamento de Filosofia (DFIL), será entre os dias 27 e 31 de março, no auditório Rio Solimões, localizado no Instituto de Filosofia, Ciências Humanas e Sociais (IFCHS), setor norte do campus.

Na programação, palestras, mesas-redondas, sessões de comunicação e um minicurso com o professor Marco Ruffino, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Para participar como ouvintes, os interessados devem preencher o formulário de inscrição. Todos os participantes inscritos ganharão certificado de horas complementares.

A XXII Semana de Filosofia é aberta para a comunidade acadêmica e demais instituições. A conferência de abertura ocorre no dia 27, às 18h, com o convidado professor Marco Ruffino. No mesmo dia, pela manhã, acontece a “Sessão de Comunicação”, onde bolsistas do PIBIC/Filosofia apresentarão projetos de pesquisa.

No dia 31, às 18h, acontece a conferência de encerramento, onde as professoras da Ufam Verrah Chamma e Maria do Socorro Jatobá abordarão, respectivamente, os temas “A sociedade civil e o Estado em Hegel” e “Profecia, sabedoria e filosofia: uma análise do Cármides de Platão”. Confira a programação em anexo.

 

Informações:

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

“Diálogos com a Arquivologia” recepciona calouros de 3 a 6 de abril

Como forma de dar as boas-vindas aos calouros do curso de Arquivologia da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), o projeto “Diálogos com a Arquivologia” promove, entre os dias 3 e 6 de abril, um evento de recepção. O encontro ocorre no Auditório Rio Solimões, localizado no Setor Norte do campus universitário, a partir das 18h.

O evento é gratuito e dá direito a certificado. As inscrições podem ser feitas no endereço no Sympla.

Durante as mesas-redondas, serão apresentadas questões relacionadas à vida acadêmica, como pesquisa e extensão, além da criação recente da Faculdade de Informação e Comunicação (FIC), à qual o curso de Arquivologia está vinculado. Representantes do Centro Acadêmico de Arquivologia (CA-ARQ) e das Pró-Reitorias de Ensino de Graduação (Proeg), de Pesquisa e Pós-Graduação (Propesp) e de Extensão (Proext) estarão presentes para esclarecer dúvidas dos alunos.

Dentro da programação, destacam-se ainda as palestras “Classificação e Avaliação de Documentos de Arquivo”, “Gestão de Projetos voltada para a área arquivística” e “Fundamentos sobre Documentos Digitais”. A programação completa pode ser acessada na imagem anexa.

Sobre o projeto

“Diálogos com a Arquivologia” é um projeto de extensão integrado ao Programa de Apoio à Realização de Cursos e Eventos da Proext (Parec). Coordenado pelo professor Leandro Coelho de Aguiar, tem como objetivo realizar eventos e promover debates em torno de temáticas ligadas à Arquivologia.

Acesse a fanpage do projeto

Anexos:
Fazer download deste arquivo (Programação.jpg)Programação.jpg[ ]260 kB

NEAI inicia temporada 2017 de Seminários de Pesquisa

O Núcleo de Estudos da Amazônia Indígena (NEAI) dá início à temporada 2017 de Seminários de Pesquisa. O primeiro encontro ocorre nesta terça-feira (14), às 14h, na sala 12 do NEAI, bloco da Faculdade de Direito da Ufam (FD).

O antropólogo especialista em populações indígenas amazônicas e docente da Universidade Nacional da Colômbia – Sede Amazônia, Juan Alvaro Echeverri, desenvolve o tema desta edição: “Questões de território: Territórios Ancestrais, indígenas urbanos e aplicação de mecanismos REDD+ na Amazônia colombiana”.

“Nesta palestra indagarei sobre o conceito de território a partir de três exemplos:

 (1) A visão territorial do povo ‘Muinane’, a partir de um trabalho de investigação própria com o qual colaborei há anos e que foi recentemente publicado. Aqui se enfatiza a noção de território em relação à vida, à memória e tecido de relações sociais;

(2) O caso da recente formação de um conselho urbano indígena na cidade de Letícia, os problemas relacionados ao seu reconhecimento legal (indígenas sem território), no que isto implica em contraste com a visão territorial ancestral do ponto 1 e com relação à visão estatal: aqui aflora uma visão de territórios multi-situados;  

(3) O programa Visão Amazônia 2020, que o governo colombiano busca aplicar em toda a região amazônica (incluindo territórios indígenas), que envolvem a aplicação de mecanismos REDD+. Aqui surge a visão de território com recursos no mercado mundial de serviços ambientais”, adiantou o professor, acerca dos desdobramentos da discussão.

Sobre mecanismos REDD

Necessária para viabilizar o controle do aquecimento global, a Redução do Desmatamento e da Degradação Florestal (REDD) sintetiza e sugere mecanismos para tanto, que são adotados por países como a Colômbia, visando a preservar a biodiversidade, os recursos naturais e a saúde de populações indígenas.

Professores da Faculdade de Direito fazem evento de lançamento da obra “Temas Contemporâneos de Direito”

A direção da Faculdade de Direito da Ufam e a editora Lumen Juris convidam a comunidade acadêmica para o lançamento da obra “Temas Contemporâneos de Direito: uma contribuição da Universidade Federal do Amazonas. Volumes I e II”, na próxima quarta-feira (15), às 19h, no auditório da FD, localizado no setor Norte do campus.

A presente coletânea de artigos é fruto do esforço coletivo dos docentes e discentes da Faculdade de Direito da Universidade Federal do Amazonas e versa sobre diversos ramos do Direito.

A finalidade da obra é fomentar a investigação no âmbito da graduação, considerando que é por meio da pesquisa que o acadêmico descobre que o mundo jurídico não se resume a sala de aula, vai muito além.

Esta é uma obra que comporta temas inéditos e palpitantes. Abre uma cortina para outras discussões, talvez mais abrangentes e profundas. Afinal, o direito é um organismo vivo em constante mutação e como tal, fonte permanente de pesquisa.

Feira Agroufam ganha um novo espaço de comercialização em Manaus

A tradicional Feira da Produção Familiar da UFAM (Agroufam) ganha um novo espaço de comercialização, desta vez no Park Vieiralves, localizado na Rua Rio Madeira, 450A, Nossa Senhora das Graças, Zona Centro-Sul de Manaus.

“Agroufam no Park” terá edições sempre aos sábados, com início no dia 11 de março, em dois horários: 6h às 13h, dedicado à Agricultura Familiar; e 18h às 22h, para Artesanato.

Segundo a coordenadora da Agroufam, professora Jozane Lima, o novo espaço é fruto de uma parceria público-privada entre Universidade, produtores e a empresa Park Vieiralves. “Esta iniciativa vem atender a um dos principais objetivos da Feira, que é ampliar o espaço de comercialização dos nossos produtores na cidade de Manaus”, declarou a docente.

Quem visitar a Agroufam no Park encontrará os mesmos produtos presentes nas edições do evento dentro do Campus Universitário, como frutas, verduras e hortaliças características da região amazônica, assim como artesanatos e plantas medicinais e ornamentais.

Sobre a Feira

A Agroufam é uma realização do Núcleo de Socioeconomia da Ufam (Nusec), sob a liderança da professora Therezinha Fraxe. Acontece sempre no início de cada mês nos Blocos 1 e 2 da Faculdade de Ciências Agrárias (FCA), Setor Sul do campus universitário. A feira reúne 120 produtores de base familiar de 12 municípios do Amazonas. Com mais de 30 edições realizadas, a Agroufam tornou-se em 2017 um Programa Institucional da Ufam, com o apoio contínuo da Pró-Reitoria de Inovação Tecnológica (Protec).

Contatos

Coordenação: Professora Jozane Lima (99434-8334)

Blog da Agroufam/ Fanpage da Agroufam

Notícia relacionada

Agroufam ocorre nos dias 16 e 17 de março com venda de alimentos, artesanato e plantas medicinais

Centro de Artes apresenta exposição “O Imaginário Amazônico" até 13 de março

A Galeria do Centro de Artes da Universidade Federal do Amazonas (CAUA) realiza, até o dia 13 de março, a exposição O Imaginário Amazônico, com obras do acervo do diretor da unidade, Paulo Simonetti. A exibição acontece na Unidade I do CAUA, situada na Rua Monsenhor Coutinho, 724, Centro, com horário para visitação de segunda a sexta-feira, das 8 às 12h e das 14 às 17h.

A exposição faz parte de um novo projeto do Centro de Artes, cuja proposta é a montagem de exposições com curta duração, a fim de preencher os intervalos entre as exibições de longa duração.

O Imaginário Amazônico apresenta pinturas e desenhos em estilo figurativo produzidos em acrílico, óleo, guache, grafite e nanquim. As obras representam cenas amazônicas, como a vida do homem, moradia, barcos e canoas, flora e fauna. Ao todo, são vinte e seis trabalhos dos artistas Afrânio de Castro, Ignácio Evangelista, José Stenio, Eli Bacelar, Fernando Junior, Paulo Simonetti, Nelci Leão, Mario Cezar, Kleber e Denize Valentin.

Contato: (92) 3305-5150 

E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Pós-graduação em Antropologia Social realiza aula inaugural no dia 15 de março

A aula inaugural do primeiro semestre letivo de 2017, do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal do Amazonas (PPGAS/Ufam) ocorre no dia 15 de março. Com o tema “Biodiversidad como educácion sexual: qué significa la ‘naturaleza’ para los Murui-Muina?”, a aula será ministrada pelo professor titular da Universidad Nacional de Colombia, Sede Amazônia, Juan Alvaro Echeverri.

O encontro acontece às 9h no Auditório Rio Alalaú da Faculdade de Educação (Faced), situada no Setor Norte do campus universitário.

Segundo o coordenador do PPGAS, professor Gilton Santos, o intercâmbio com cursos de Antropologia de outros países será uma marca do novo período que se inicia. “Estamos priorizando na agenda da nova gestão intensificar e ampliar nossas redes de convênio com os programas de Antropologia de países amazônicos, como Colômbia, Peru e Equador”, diz. O professor acrescenta, ainda, que já estão em andamento atividades de cooperação com universidades daquelas nações. Eventos acadêmicos, troca de publicações e mobilidade de docentes e alunos são algumas das ações previstas.

“O PPGAS está completando 10 anos; já é um programa consolidado, com linhas de pesquisa e políticas afirmativas sólidas. Estamos prontos para dar este salto no intercâmbio de conhecimento”, afirma o coordenador.

Sobre o convidado

Juan Alvaro Echeverri é PhD em Antropologia pela New School for Social Research, New York. Atua como professor titular da Universidad Nacional de Colombia, Sede Amazônia. Estuda os temas Etnologia Indígena, Etnolinguística e Etnobiologia.

Sobre o PPG

Criado em 2007, o PPGAS-Ufam conta com cursos de Mestrado e Doutorado em Antropologia Social. Entre os objetivos do PPGAS, estão: formar profissionais em antropologia, ampliando as oportunidades de reprodução de quadros de pesquisadores qualificados na região amazônica; contribuir para a formação de um marco conceitual para a proposição de programas e políticas sociais e culturais da Região Norte do Brasil; e desenvolver ações de articulação com centros de excelência em antropologia, nacionais e internacionais, buscando explorar temas de ponta da disciplina a partir da realidade panamazônica.

Posse da nova gestão do ICE será nesta sexta-feira, 10

Nesta sexta-feira, dia 10, ocorre a cerimônia de posse da nova gestão do Instituto de Ciências Exatas (ICE). A solenidade está marcada para as 16h, no Auditório da Faculdade de Direito, no Setor Norte do Campus Universitário Arthur Virgílio Filho.

A atual direção, composta pelos professores Cícero Mota Cavalcante e Marta Silva dos Santos Gusmão, dará lugar à gestão formada pelos professores Raimundo Ribeiro Passos, no cargo de diretor, e Nilomar Vieira de Oliveira, como vice-diretor.

A gestão empossada atuará durante o quadriênio 2017-2021.

ARII promove palestra sobre “Como Estudar na Espanha”

A Assessoria de Relações Internacionais e Interinstitucionais - ARII - em parceria com a Embaixada da Espanha e com apoio do curso de Língua e Literatura Espanhola promove palestra com o tema “Como estudar na Espanha”, proferida pelos assessores técnicos da embaixada,  Ángel Sánchez Máiquez e María Luisa Martínez de Grado. Durante a explanação serão abordados assuntos como: apresentação geral da Espanha; universidades e ofertas acadêmicas; ajudas e bolsas para estudar na Espanha, dentre outros. Além dos palestrantes, a aluna da Ufam Franciane Soares relatará sobre sua experiência como estudante em universidade espanhola.

O evento ocorre no dia 15 de março, no auditório Rio Solimões, no Instituto de Ciências Humanas e Letras, às 9h, no setor Norte.

Agroufam ocorre nos dias 16 e 17 de março com venda de alimentos, artesanato e plantas medicinais

Com o tema “Práticas agroecológicas que preservam nossa identidade cultural”, a 35ª edição da Feira da Produção Familiar (Agroufam) ocorre nos dias 16 e 17 de março, das 7 às 18h, nos Blocos 1 e 2 da Faculdade de Ciências Agrárias (FCA), setor Sul do campus universitário.

Comercialização de produtos, oportunidade de negócios, venda de livros e apresentações culturais são algumas das atrações da Agroufam, atividade que busca promover o desenvolvimento rural sustentável, a inclusão social, a segurança alimentar e o incentivo à produção de base solidária na Região Amazônica.

120 produtores de doze municípios amazonenses comercializarão seus produtos na feira, onde é possível encontrar maracujá, jerimum, abacaxi, abacate, cacau, queijo, açaí, macaxeira, cheiro-verde, pimenta de cheiro, pimenta ardosa e pimentão.

Artesanatos, plantas medicinais e ornamentais, bem como os produtos do tradicional projeto "Chitas Nativa" também estarão em exposição na feira. Venha conferir.

A Agroufam assumiu uma nova posição como Programa Institucional da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), com o apoio contínuo da Pró-Reitoria de Inovação Tecnológica (Protec). A nova configuração da feira vai gerar renda para as comunidades por meio da produção agroecológica de base familiar solidária, além de estimular a pesquisa científica no setor.

 

NUSEC

A Agroufam é promovida pelo Núcleo de Socioeconomia da Ufam (Nusec), sob a liderança da professora Therezinha Fraxe. Desde 2002, o Núcleo trabalha junto às organizações familiares nas comunidades rurais para desenvolver tecnologias inovadoras que agreguem valor à produção agrícola.

 

Contatos

Coordenação: Profª Jozane Lima – 99434-8334

Blog da AGROUFAM / Fanpage da AGROUFAM

ARII recepciona novos alunos estrangeiros

A Assessoria de Relações Internacionais e Interinstitucionais da Ufam (ARII) realiza na próxima quarta-feira (22), às 14h, evento de recepção aos estudantes estrangeiros que estão ingressando à Universidade por meio do Programa de Estudante de Convênio de Graduação (PEC-G). A recepção será no miniauditório da Pró-reitoria de Gestão de Pessoas (Progesp), localizado na térreo do prédio da Reitoria, setor norte do Campus. (Confira a programação em anexo). 

Um desses ingressantes é o aluno Christian Kikeba Bande, aprovado em Engenharia de Petróleo e Gás. Ele elogiou a estrutura da Universidade e os programas de assistência estudantil que oferece. “Estou muito contente por ser estudante da Ufam e poder contar com a ajuda da ARII. Eu espero aproveitar ao máximo esta oportunidade”, observa o rapaz. Outro estudante que optou por cursar Ciência da Computação, Shaibu Alhassan, considera-se entusiasta com relação ao início das aulas no dia 13 de março. “Logo aprendi a gostar da Ufam, é uma universidade super legal, um lugar bom para se fazer amigos!”. 

Sobre o PEC-G

Desenvolvido pelos ministérios das Relações Exteriores e da Educação em parceria com universidades federais, estaduais e particulares, o Programa foi desenvolvido com a finalidade de atender à demanda de estudantes oriundos de países em subdesenvolvimento socioeconômico por graduações, como alunos naturais de Gana, Benin, República Democrática do Congo, Haiti, Camarões, dentre outros. O procedimento que conferiu vaga a estes novos discentes da Ufam consistiu, primeiramente, na conclusão de um curso de Língua Portuguesa para estrangeiros em 2016, ministrado presencialmente aqui, e em aprovações em seu exame de proficiência (Língua Portuguesa – Celpebras).

Informações: (92) 3305 – 1753

E-mail ARII: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Site: www.arii.ufam.edu.br

 

Grupo de Teatro do CAUA realiza teste de aptidão nesta terça, 7

O Centro de Artes da Universidade Federal do Amazonas -CAUA/Ufam- convida toda a comunidade acadêmica e o público em geral a participar do teste de aptidão em atuação para participar do Grupo de Teatro do Centro de Artes da Ufam.

Estão habilitados a fazer o teste todos os interessados com idade a partir de 16 anos; alfabetizados; com residência fixa na cidade de Manaus e que tenham disponibilidade de horário no turno vespertino. O teste ocorre nos dias 7 e 9 de março, com início às 14h, na unidade I do CAUA, localizado na Rua Monsenhor Coutinho (esquina com a Rua Tapajós), 724, Centro.

No teste será realizada leitura de um texto de livre escolha (com no máximo 350 palavras), improvisação com mote dirigido, vocalização e expressão corporal.

Os estudos e ensaios do Grupo serão realizados às  terças e quintas-feiras, de 14h às 17h, nas dependências do CAUA I.