Faculdade de Direito abre inscrições para a segunda edição do Curso de Direitos Humanos

Podem se inscrever acadêmicos de direito da Ufam, bem como de outras universidades.

A Faculdade de Direito da Ufam, por meio do Grupo de Estudos do Sistema Interamericano de Direitos Humanos (Gesidh) está com inscrições abertas para 60 vagas no II Curso de Direitos Humanos, voltado para acadêmicos da área jurídica. (Acesse a rede social do Gesidh)

As aulas serão presenciais, 15 ao todo, sempre aos sábados, no horário de 9h às 12h, com início em 12 de agosto, nas dependências da Faculdade de Direito, localizada no Setor Norte do Campus. Os temas a serem abordados são: Teoria Geral dos Direitos Humanos; Filosofia e Direitos Humanos; Sistema Global de Direitos Humanos; Sistema Interamericano de Direitos Humanos; Processo internacional Interamericano; Tribunal Penal Internacional; e temáticas específicas como direitos LGBT, Violência de Gênero, Direitos Humanos e sua Relação com Direito Ambiental, e Políticas Públicas e Direitos Humanos no Brasil. Os professores das disciplinas são da própria Faculdade de Direito, bem como convidados externos de outras universidades. 

As inscrições devem ser realizadas até às 17h do dia 6 de agosto, pelo e-mail da coordenadora do Gesidh, professora Alichelly Ventura- O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. - e devem conter:

1.    Nome completo;

2.    Instituição de ensino e período que está cursando;

3.    Telefone e email para contato;

4.    Motivo pelo qual tem interesse em realizar o curso. 

Podem se inscrever todos os acadêmicos de direito da Ufam, bem como de qualquer outra universidade.Caso as inscrições ultrapassem o quantitativo oferecido de vagas, será elaborada uma lista de espera. O Gesidh orienta aos alunos que permaneçam como ouvintes, pois há desistências.

Ao final do curso será emitido um certificado de 45 horas de atividade de extensão, pela Coordenação do Curso de Direito da Ufam. O acadêmico poderá faltar até três vezes ao longo do curso. Caso ultrapasse o número de faltas, não será disponibilizado o certificado. 

Notícia relacionada:

Acadêmicos de Direito são selecionados para competição Internacional de Direitos Humanos

UFAM é destaque em competição de Direitos Humanos nos EUA