Feira multitemática no ISB/Coari atrai público superior a duas mil pessoas

Evento agrega atividades científicas, culturais e tecnológicas até esta sexta-feira, 10 de novembro

Reitor Sylvio Puga participa da abertura em CoariReitor Sylvio Puga participa da abertura em Coari

 
Por Márcia Grana e Cristiane Souza
Equipe Ascom

Com uma programação composta por minicursos, palestras, mostra de culinária e espetáculos de humor, a segunda edição da Feira de Inovação, Ciência, Tecnologia, Extensão e Cultura do Médio Solimões (II Fientec) iniciou na segunda-feira, 6, no Instituto de Saúde e Biotecnologia de Coari (ISB). Ao todo, são 40 minicursos, 30 oficinas, 15 palestras. A expectativa é de que mais de duas mil pessoas participem das atividades científicas e cerca de cinco mil visitem a mostra.

O evento ocorre até esta sexta-feira, 10, na unidade acadêmica Ufam em Coari, a 366 km de Manaus. A Feira busca partilhar conhecimentos científicos, tecnológicos e culturais com a comunidade da região do Médio Solimões, tanto do município sede como aqueles do entorno; comunidade acadêmica do ISB; estudantes das redes públicas (estadual e municipal), professores, e a comunidade em geral.

Acesse a página da II Fientec e veja a programação completa.

A abertura do evento teve a presença do reitor, professor Sylvio Puga, o qual deu todo o apoio à iniciativa. “Este é um caminho pelo qual a Universidade Federal abre as portas aos públicos essenciais para a sua continuidade, e fazemos isso por meio de palestras, cursos, mostras e concursos culturais”, declarou o reitor.

Público aproveita a oportunidade para se aproximar do conhecimento científico, tecnológico e cultural produzido na UniversidadePúblico aproveita a oportunidade para se aproximar do conhecimento científico, tecnológico e cultural produzido na UniversidadeAo lado dele, outros gestores da Ufam participam do evento. Um deles é o diretor do Instituto de Ciências Exatas e Tecnologia de Itacoatiara (ICET), professor Jorge Kanda, responsável pela palestra ‘Tecnologias para a Educação’, proferida na tarde do primeiro dia. A programação segue com participação de profissionais de instituições parceiras, como o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas – Campus Coari (IFAM), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC), além de parceiros da iniciativa privada.

Diferenciais

O diretor do Instituto e coordenador geral do evento, professor Josemar Gurgel, ressaltou pelo menos três diferenciais desta edição: a Feira de profissões e uma palestra vocacional, voltadas aos estudantes do ensino médio da região; o 1º Encontro das Licenciaturas em Ciências do Médio Solimões, que contempla estudantes e profissionais das áreas de Matemática, Física, Biologia e Química; e ainda o 1º Encontro de Nutrição, um curso que a Ufam somente oferta no ISB. “As demais áreas estão contempladas em outras apresentações”, ressaltou o diretor.

De acordo com o professor Umberto Crisafulli, presidente da Comissão Organizadora da Feira, esta é a primeira vez que a Ufam, por meio de seu Instituto em Coari, se aproxima de forma tão eficaz da sociedade. “Nós entendemos que, através da cultura, é possível superar questões sociais como violência, criminalidade e drogas. Esta é uma oportunidade para que os jovens conheçam a Universidade e o caminho da ciência e da cultura”, avaliou o docente, ao lembrar que o evento é direcionado também a estreitar laços entre a Ufam, o Ifam e a Universidade do Estado do Amazonas (UEA), todas com campi naquela cidade.